Campanha de vacinação contra a pólio termina na sexta-feira

Crianças de 1 a 4 anos devem tomar a vacina.

A campanha de vacinação contra a poliomielite e multivacinação termina nesta sexta-feira (30). A vacina contra a pólio é para crianças de 1 ano a 4 anos e a campanha de multivacinação, para pessoas com menos de 15 anos.

Pais ou responsáveis devem levar as crianças e adolescentes a uma unidade básica de saúde ou unidade de saúde da família. O atendimento é de segunda a sexta-feira a partir das 7h30. No caso das unidades dos bairros Mãe Preta, Bonsucesso e Terra Nova, que funcionam em horário estendido, a vacinação segue até as 18h30, e nas demais unidades de saúde do município a vacinação é até as 16h30. Não há vacinação nas unidades do Boa Vista, Guanabara e São Miguel.

A vacina contra a pólio também está sendo aplicada nas escolas municipais, onde as crianças também são vacinadas contra a Covid. Nesta quarta-feira (28) serão atendidos alunos de quatro escolas. Das 11 às 14 horas haverá aplicação das doses nas escolas João Rehder Neto e Paulo Koelle. Das 15 às 17 horas serão vacinados os alunos das escolas Lucia Buschinelli Carneiro e Sebastião Ambrózio.

Vacinação Covid

A vacinação contra Covid é realizada em oito locais, de segunda a sexta-feira, a partir das 7h30. O atendimento nas unidades de saúde da família do Mãe Preta, Terra Nova e Bonsucesso é em horário estendido, até as 18 horas. Já nos postos de saúde de Ajapi, Wenzel, Vila Cristina, Cervezão e Avenida 29, a vacinação é até as 16h30.

As primeiras doses são para quem tem 3 anos ou mais. Para a segunda dose, é necessário observar a data de retorno, marcada a lápis no cartão de vacinação. Já nos maiores de 12 anos a terceira dose é aplicada quatro meses após a segunda dose. A quarta dose é aplicada em pessoas com 18 anos ou mais que tomaram a terceira dose há no mínimo quatro meses.

Telhado da escola Margarida Penteado passou por reforma

Serviços dão maior comodidade a alunos e funcionários da escola.

A prefeitura de Rio Claro finalizou a reforma no telhado da Escola Municipal Caminho da Vida – Profª Margarida Penteado. Localizada no bairro Jardim Novo Wenzel, a escola conta com 140 alunos de zero a cinco anos de idade.

Com a reforma, a escola voltou a funcionar em sua totalidade, atendendo mais 10 crianças. Uma das salas estava fechada em razão de goteiras que, agora, foram eliminadas.

A empresa contratada retirou todo o telhado e demoliu parte da parede de sustentação do telhado. “O madeiramento da cobertura foi refeito e aprumado, a parede foi construída e as telhas recolocadas”, explica o engenheiro Renato Silva Ferreira. “Este e outros serviços que estão sendo feitos no prédio garantem maior comodidade para as crianças, funcionários e também aos pais quanto estão em visita à escola”, observa o diretor Carlos Alberto de Góes Junior.

Ainda estão previstas a troca de algumas portas e de revestimentos de parede. Pintura já foi realizada.

Idosos curtem sessão de cinema no shopping

Atividade foi organizada pelo Fundo Social de Solidariedade.

Um grupo de idosos rio-clarenses esteve no shopping na terça-feira (27) para assistirem sessão de cinema organizada pelo Fundo Social de Solidariedade (FSS) de Rio Claro.

“Nosso objetivo foi proporcionar momentos de lazer e diversão para idosos que fazem parte dos grupos de terceira idade cadastrados no Fundo Social”, informa Lilian Santos, chefe de gabinete e presidente interina do Fundo Social de Solidariedade.

A iniciativa fez parte das comemorações da Semana do Idoso. Ao longo deste mês, outras atividades foram realizadas pelo FSS, como visitas à Expoflora, no município de Holambra, onde o grupo de Rio Claro pôde participar da maior exposição de flores e plantas ornamentais da América Latina.

Finalizado texto do Plano Diretor que será encaminhado à Câmara Municipal

Prefeito Gustavo recebeu o material na sexta-feira.

O Grupo de Trabalho para Atualização do Plano Diretor de Rio Claro entregou na sexta-feira (23) ao prefeito Gustavo o texto final, mapas, quadros e memoriais que agora serão encaminhados à Câmara Municipal para avaliação e votação.

“Este material é resultado de um amplo trabalho que envolveu toda a comunidade e certamente trará importantes avanços para nossa cidade”, afirmou o prefeito Gustavo, que recebeu o material ao lado de secretários municipais.

Mônica Ferreira, que coordenou o grupo de trabalho, ressaltou a ampla divulgação feita durante todos os meses de revisão do plano, o que possibilitou que todos os interessados participassem e apresentassem sugestões.

No primeiro semestre deste ano, foram realizados 14 encontros para apresentar a proposta de atualização e para receber as contribuições da população, que ocorreram em diversos pontos da cidade, abrangendo os bairros, áreas urbanas isoladas e distritos. Nessas escutas públicas, compareceram 517 munícipes que foram convidados por meio de ampla divulgação que ocorreu por meio de impressos distribuídos nas escolas municipais, de matérias em jornais locais, de entrevistas nas rádios e de publicações nas redes sociais oficiais.

Também foram realizadas outras 24 reuniões externas, onde compareceram representantes de diversos segmentos e entidades locais.

Neste processo de escuta, foram incluídos os vereadores, principalmente em dois momentos, onde a proposta de escuta pública e de texto legal foi apresentada no plenário da Câmara Municipal.

Além dessas contribuições, o Grupo de Trabalho para Atualização recebeu 90 requerimentos com sugestões de inclusão na proposta de atualização, sendo que foram incorporadas aquelas cuja justificativa técnica estivesse pertinente aos objetivos gerais e específicos do Plano Diretor de Desenvolvimento de Rio Claro.

Vacinação contra Covid e pólio atendem três escolas nesta 3ª-f

Atendimento também é realizado em unidades de saúde.

Alunos de três escolas da rede municipal de Rio Claro serão vacinados nesta terça-feira (27) contra Covid e poliomielite. Das 11 às 14 horas haverá aplicação das doses nas escolas Victorino Machado e Elpídio Mina. Das 15 às 17 horas serão vacinados os alunos da escola José de Campos Chagas.

Até o final do mês a prefeitura de Rio Claro vacina alunos em 48 unidades da rede municipal de ensino, contemplando todas as escolas e creches que atendem crianças até 5 anos.

Durante a ação será aplicada a dose contra a poliomielite em crianças de 1 a 4 anos que ainda não tomaram a gotinha neste ano e também a vacina contra a Covid em crianças com 3 anos ou mais que ainda não receberam sua primeira ou segunda dose.

A vacina contra a pólio também é aplicada nas unidades de saúde da família e unidades básicas de saúde a partir das 7h30. Devem tomar a vacina todas as crianças de 1 a 4 anos. Não há vacinação nas unidades do Boa Vista, Guanabara e São Miguel.

Já a vacinação contra Covid é realizada em oito locais, também a partir das 7h30. O atendimento nas unidades de saúde da família do Mãe Preta, Terra Nova e Bonsucesso é em horário estendido, até as 18 horas. Já nos postos de saúde de Ajapi, Wenzel, Vila Cristina, Cervezão e Avenida 29, a vacinação é até as 16h30.

As primeiras doses são para quem tem 3 anos ou mais. Para a segunda dose, é necessário observar a data de retorno, marcada a lápis no cartão de vacinação. Já nos maiores de 12 anos a terceira dose é aplicada quatro meses após a segunda dose. A quarta dose é aplicada em pessoas com 18 anos ou mais que tomaram a terceira dose há no mínimo quatro meses.

Daae na Escola continua com palestras em Rio Claro

Ação visa conscientizar alunos da rede de ensino do município através de palestras e materiais educativos sobre o uso consciente e sem desperdícios da água.

O Daae (Departamento Autônomo de Água e Esgoto) de Rio Claro continua com o ciclo de palestras do projeto Daae na Escola, que tem como objetivo, conscientizar alunos das escolas do município sobre o consumo sem desperdícios de água.

Desta vez, a ação foi realizada na segunda-feira (26), na escola municipal “Dr. Paulo Koelle”, bairro Boa Morte.

Divididas em quatro turmas, cerca de 440 crianças de dois a cinco anos de idade da Educação Infantil assistiram as explanações da equipe do Departamento de Meio Ambiente do Daae sobre o tratamento e uso consciente da água em quatro palestras realizadas ao longo do dia.

“As crianças têm disposição para aprender e realizar mudanças, principalmente entre familiares e amigos, para que se torne cada vez mais habitual o uso consciente e sem desperdícios da água”, destaca o superintendente do Daae, Sérgio Ferreira, que acompanhou as duas primeiras palestras.

Em conjunto com a secretaria municipal de Educação, o Daae na Escola tem o apoio do Consórcio PCJ e consiste na realização de palestras para alunos das escolas municipais, estaduais e particulares de Rio Claro.

Adaptadas de acordo com a faixa etária dos alunos, as palestras abordam o contexto histórico e a importância do Daae para o município, seu compromisso com a qualidade e a quantidade de água disponível para a população, além dos desafios enfrentados para a conservação ambiental dos mananciais de abastecimento e a importância do uso consciente e da preservação da água.

“Nosso objetivo é fazer com que este projeto se torne uma ação permanente nas escolas da cidade”, afirma Rui Barbosa, diretor do Departamento de Meio Ambiente do Daae e coordenador do projeto Daae na Escola.

Ao final de cada encontro os alunos recebem um kit informativo sobre o consumo consciente da água, fornecido pelo Consórcio PCJ.

Escolas interessadas em receber o Daae na Escola devem entrar em contato através do telefone 3531-5248 ou pelo Whatsapp 9.9940-9724, das 8 às 16 horas, em dias úteis, ou pelo e-mail ambiental@daaerioclaro.sp.gov.br.

Gincana mobilizou comunidade da região do bairro Bom Retiro

Temática ambiental de saúde foi foco da ação, que reuniu crianças e adultos.

Cerca de 300 crianças participaram da gincana ambiental realizada pela prefeitura de Rio Claro sábado (24) na região do bairro Bom Retiro. A recepção da comunidade foi bastante positiva, na avaliação dos organizadores, que receberam muitas manifestações dos pais de alunos sobre a importância de se realizar iniciativas do tipo nos bairros mas afastados da região central.

A programação incluiu plantio de árvores. As crianças levaram brinquedos e roupas confeccionadas com material reciclável. “Vamos organizar outras atividades do tipo em outras regiões”, informa Edson Norberto Andrade, da Secretaria Municipal da Educação.

O evento foi realizado na quadra próxima ao Centro de Referência em Assistência Social (Cras) do Jardim Bonsucesso/Novo Wenzel/Bom Retiro. “Estamos intensificando as ações de recolhimento de materiais jogados indevidamente em vias e terrenos, mas é essencial que toda a população se mobilize pela destinação correta de todo o tipo de descarte”, observa o secretário municipal de Meio Ambiente, Leandro Geniselli, que esteve presente à gincana.

O foco da iniciativa é o incentivo à coleta seletiva e sua importância na saúde pública, econômica e ambiental. A ideia é conscientizar moradores para a necessidade do descarte correto de resíduos, visto que o descarte irregular atrai animais e provoca doenças, além da aumentar a poluição do meio ambiente, interferindo na qualidade da água, solo e ar.

Durante a semana que antecedeu a gincana houve passagem do carro de som com informações preventivas sobre mosquitos, dengue, roedores e animais peçonhentos, e orientações sobre descarte de materiais que servem de abrigo e criadouros para estes animais.

A ação atende os objetivos do desenvolvimento sustentável (ODS) que o Brasil adotou em 2015 junto com 192 países. A Agenda 2030 contém 17 ODS que devem ser cumpridos até o ano de 2030, entre os quais, água potável e saneamento, educação de qualidade, cidade e comunidade sustentáveis e ação contra mudança global do Clima.

A organização foi da Fundação Municipal de Saúde, por intermédio do Centro de Controle de Zoonoses, Secretaria Municipal de Educação, por meio do Centro de Aperfeiçoamento Pedagógico e Coordenação Ambiental, e Câmara Municipal, representada pelo vereador Geraldo Voluntário, que participou do evento de sábado.

Vários setores da prefeitura também estiveram envolvidos na iniciativa, como o Daae e secretarias municipais de Segurança (Guarda Municipal e Defesa Civil), Meio Ambiente, Serviços Públicos, Turismo, Esportes, Desenvolvimento Social, Agricultura e Comunicação. As cooperativas de recicláveis também participaram.

Alunos recebem certificado do programa Bombeiro na Escola

Estudantes foram orientados sobre prevenção a incêndio e outros assuntos relativos à segurança.

Sessenta e dois alunos da escola municipal Darci Reginatto, em Rio Claro, receberam no sábado (24) certificados de participação no programa Bombeiro na Escola. “Os estudantes tiveram acesso a orientações valiosas, que enriqueceram seu conhecimento sobre prevenção a incêndios que certamente repassarão para seus familiares e amigos”, destaca o prefeito Gustavo, que participou do encerramento do curso.

O projeto-piloto foi desenvolvido com alunos de quatro quartas séries da escola Darci Reginatto, sob o comando da bombeira e educadora Ângela Luísa de Oliveira, que realizou três reuniões neste mês com os estudantes para falar sobre os perigos de incêndio em espaços de convivência como ambiente escolar e familiar, e como se comportar em caso de princípio de incêndio. “Também houve dicas importantes a respeito dos riscos de passar trote”, explica a coordenadora de Ensino Fundamental Luciane Oliveira.

Além dos certificados, os estudantes receberam medalhas de participação e os vencedores de concurso de desenho receberam troféu. “Nosso objetivo é iniciar novas turmas do Bombeiro na Escola no próximo semestre”, comenta a Secretária Municipal da Educação, Valéria Vélis, que participou da cerimônia no sábado.

O evento contou ainda com a presença de pais e familiares dos alunos, da equipe gestora da escola Darci Reginatto, do tenente do Corpo de Bombeiros William José do Santos, da bombeira e educadora Ângela Luísa de Oliveira e do vereador Adriano La Torre, autor do projeto de lei, aprovado pela Câmara Municipal, que instituiu o programa Bombeiro na Escola na rede municipal de ensino de Rio Claro.

Trabalhadores concluem curso de operador de empilhadeira

Em outubro, nova turma realizará o curso.

Numa parceria da prefeitura de Rio Claro, por intermédio da Secretaria Municipal de Planejamento e Habitação, e Sest Senat, foi realizado um curso de operador de empilhadeira.

Os 15 alunos receberam o certificado de conclusão na quinta-feira (22), numa atividade do trabalho social, realizado através de convênio com governo federal do programa Minha Casa Minha Vida, no Jardim das Nações 2.

“O objetivo do curso é capacitar os moradores para a inserção no mercado de trabalho”, observa o secretário municipal da Habitação, Agnelo Matos.

Nos dias 8 e 9 de outubro nova turma de 15 alunos deverá realizar o curso de operador de empilhadeira, no Sest Senat.

240 pacientes fazem pré-operatório para cirurgias de catarata

Cirurgias serão realizadas nas próximas semanas.

Cerca de 240 pacientes realizam neste sábado (24) avaliação pré-cirúrgica no Centro de Especialidades e Apoio Diagnóstico (Cead), em Rio Claro. Esses pacientes passarão nas próximas semanas por cirurgia de catarata, em novo mutirão organizado pelo município. “É o segundo mutirão que realizamos em menos de dois meses, o que reforça nosso comprometimento em proporcionar o melhor atendimento em saúde para a população”, destaca o prefeito Gustavo. Assim como no primeiro mutirão, este também é realizado com recursos de emenda parlamentar conseguidos pelo vereador Julinho Lopes. “Agradecemos ao vereador pelos recursos que, em união de esforços, estão possibilitando ao município atender estas pessoas que dependem da cirurgia para recuperar a qualidade de vida”, destaca Giulia Puttomatti, presidente da Fundação de Saúde. No dia 27 de agosto a prefeitura realizou mutirão de catarata e pterígio, atendendo 173 pacientes. Entre eles, 121 também passaram por procedimento no dia 17 de setembro, quando fizeram a cirurgia no segundo olho.