Rio Claro registra 1.627 casos de coronavírus

Boletim deste domingo (12) aponta mais seis casos positivos.

A Secretaria de Saúde de Rio Claro divulgou no domingo (12) boletim que confirma 1.627 casos positivos de coronavírus na cidade. Os seis novos casos são de pessoas que estão em isolamento domiciliar.
O número de pacientes internados por coronavírus é 64, incluindo casos suspeitos, sendo que 30 pessoas recebem cuidados em leitos do SUS e 34 na rede particular. Deste total, 20 pacientes estão em UTI, sendo 14 na rede pública e seis em hospitais particulares.
O município tem 50 óbitos confirmados por coronavírus e dois em investigação. Até o momento 867 pessoas se recuperaram da doença.

Rio Claro tem 50 mortes e mais de 1.600 casos positivos de coronavírus

Três óbitos e 90 casos foram confirmados no boletim deste sábado (11).

Com mais três óbitos, Rio Claro chega a 50 mortes por coronavírus, conforme números divulgados no sábado (11) pela Secretaria Municipal de Saúde. As vítimas são um idoso, uma idosa e um rapaz que estavam hospitalizados. O total de casos positivos é 1.621, com 90 novos casos registrados no sábado.

Dos novos casos positivos, 12 estão hospitalizados e 78 em isolamento domiciliar. Ao todo o município tem 69 pessoas internadas por coronavírus, incluindo casos suspeitos, sendo que 32 estão em leitos do Sistema Único de Saúde e 37 em hospitais particulares. Há 24 pacientes em unidade de terapia intensiva, sendo 17 na rede pública e sete na rede particular.

O número de pessoas recuperadas da doença aumentou em 37, chegando a 846. Há dois óbitos em investigação.

Rio Claro confirma 47º óbito por coronavírus

Boletim de sexta-feira (10) aponta 1.531 casos positivos de Covid-19.

Idosa que estava hospitalizada é a 47ª vítima fatal da Covid-19 em Rio Claro. Boletim divulgado na sexta-feira (10) confirma 22 casos registrados no município em 24 horas e total de 1.531 casos da doença.
O município tem 70 pessoas hospitalizadas em decorrência de coronavírus, o que inclui casos suspeitos. Trinta e quatro pacientes recebem cuidados em hospitais do Sistema Único de Saúde (SUS) e 36 na rede particular. Deste total, 27 pessoas recebem atendimento em unidade de terapia intensiva (UTI), sendo 20 em leitos públicos e sete em hospitais particulares.
Dos 22 novos casos confirmados, oito pessoas estão hospitalizadas e 14 em isolamento domiciliar. O boletim também aponta dois óbitos em investigação. O número de pessoas recuperadas da doença continua em 809.

Prefeitura de Rio Claro fecha bares em fiscalizações na pandemia

Por desrespeito à quarentena, bares foram fechados no Cervezão e Panorama.

Num trabalho que envolve fiscais da Vigilância Sanitária (Visa) e a Guarda Civil Municipal (GCM), a prefeitura de Rio Claro tem fiscalizado o cumprimento das regras nesta quarentena contra o coronavírus.”O principal fiscal é o próprio cidadão, que deve seguir as orientações das autoridades sanitárias”, ressalta o prefeito João Teixeira Junior. “As ações de fiscalização continuam também no final de semana”, informa Juninho. De sábado até esta sexta-feira (10), a Guarda Municipal fez 114 fiscalizações.  Um bar foi fechado no Cervezão e outros dois no Jardim Panorama por estarem com pessoas consumindo bebida. Na semana passada, outras 80 fiscalizações foram feitas pela GM.Nos últimos 15 dias, a prefeitura também realizou 106 fiscalizações com equipes da Vigilância Sanitária, em estabelecimhentos comerciais, com 25 notificações, duas interdições e seis autos de infração lavrados.Os fiscais da Visa fizeram ainda 260 abordagens orientativas a transeuntes, sem necessidade de autuação.Quem verificar alguma irregularidade no cumprimento das regras nesta quarentena pode ligar para o telefone 153.

Rio Claro confirma mais dois óbitos por coronavírus e ultrapassa 1.500 casos

Novo boletim aponta total de 46 óbitos e 1.509 casos positivos de Covid-19.

Dois homens com menos de 60 anos que estavam hospitalizados são as novas vítimas fatais da Covid-19 em Rio Claro, ampliando para 46 o número de óbitos.
Boletim divulgado na quinta-feira (9) confirma 35 casos registrados no município em 24 horas e total de 1.509 casos da doença.
O número de pessoas internadas se mantém alto, com 76 pessoas hospitalizadas em decorrência de coronavírus, o que inclui casos suspeitos. Trinta e seis pacientes recebem cuidados em hospitais do Sistema Único de Saúde (SUS) e 40 na rede particular. O município tem 26 pessoas recebendo atendimento em unidade de terapia intensiva (UTI), sendo 20 em leitos públicos e seis em hospitais particulares.
Dos 35 novos casos confirmados, todos estão em isolamento domiciliar. O boletim de quinta-feira (9) também aponta dois óbitos em investigação. O número de pessoas recuperadas da doença subiu e chega a 809.

Rio Claro tem mais dois óbitos por coronavírus e ultrapassa 1.400 casos positivos

O município tem 93 pessoas hospitalizadas, o maior número nesta pandemia.

A Covid-19 fez mais duas vítimas fatais em Rio Claro. Um idoso e uma idosa que estavam hospitalizados morreram em decorrência da doença, conforme divulgado na quarta-feira (8) pela Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde. O município soma 44 óbitos por coronavírus, sendo que 34 pessoas tinham mais de 60 anos. Faleceram por coronavírus em Rio Claro 20 mulheres e 24 homens.

Oitenta e um novos casos foram registrados nas últimas 24 horas e agora o total é de 1.474 positivos. Dos novos casos, 19 pessoas estão hospitalizadas e 62 em isolamento domiciliar. O número de internados é o maior desde o início da pandemia. São 93 pacientes hospitalizados, incluindo casos suspeitos, sendo 34 em leitos públicos e 59 em leitos particulares. O número de pessoas em UTI é 23, com 17 no Sistema Único de Saúde (SUS) e seis na rede particular.

Até o momento, 746 pessoas se recuperaram da Covid-19, 48 a mais do que na terça-feira (7). Há dois óbitos em investigação.

Rio Claro tem 1.013 casos de dengue

Colaboração da comunidade é fundamental para evitar a doença.

Descarte correto de resíduos e eliminação de criadouros são medidas fundamentais no combate à dengue. Em 2020 Rio Claro registrou 1.013 casos de dengue, conforme boletim divulgado na quarta-feira (8) pela Vigilância Epidemiológica.

“A população também deve estar envolvida no combate ao mosquito transmissor para que o trabalho realizado pelo poder público tenha resultado efetivo”, alerta Maurício Monteiro, secretário de Saúde. O crescimento de casos teve ritmo desacelerado, mas mesmo com o tempo seco e baixas temperaturas, os cuidados devem ser redobrados para impedir a proliferação do Aedes aegypti, que também transmite zika vírus, chikungunya e febre amarela.

“As ações de combate continuam sendo realizadas, com visitas casa a casa, nebulização e vistorias em pontos estratégicos”, observa Diego Reis, chefe do Centro de Controle de Zoonoses, acrescentando que a comunidade também deve fazer a sua parte.

O trabalho realizado é contínuo e tem participação de vários setores da administração municipal. As secretarias de Obras e de Agricultura fazem limpezas periódicas de terrenos particulares e em áreas públicas onde moradores, de forma inadvertida, descartam entulho e lixo.

Rio Claro tem representante no Conselho Nacional de Arquivos

A partir de escolha técnica, Monica Frandi Ferreira conquistou suplência na entidade.

Monica Frandi Ferreira (primeira à esquerda) durante trabalho de recuperação de item do Arquivo de Rio Claro

Rio Claro conquistou representação no Conselho Nacional de Arquivos (Conarq). A superintendente do Arquivo Público Municipal de Rio Claro “Osca de Arruda Penteado”, Monica Frandi Ferreira, foi escolhida em seleção pública para ocupar a suplência do segmento “arquivos públicos municipais” do Conarq. Apenas dois representantes de arquivos municipais de todo o Brasil fazem parte do conselho nacional, sendo que a escolhida para a cadeira titular no segmento foi Nadia Csoknyai Del Monte Kojio, do arquivo municipal de São José dos Campos.

“Mais uma vez Rio Claro tem destaque positivo no país e essa conquista é fruto do trabalho sério desenvolvido em nosso arquivo público para registrar e divulgar a história de nosso município”, comenta o prefeito João Teixeira Junior. “Sem dúvida, trata-se de uma excelente notícia que nos deixa muito orgulhosos”, acrescenta Juninho.

A escolha dos integrantes da Conarq foi técnica e teve como critérios a análise do currículo dos candidatos e as ações da gestão nos respectivos arquivos públicos. De acordo com o Arquivo Nacional, 26 candidaturas foram homologadas. “O trabalho que desenvolveremos no Conarq será técnico, assim como é a gestão que desenvolvemos aqui no Arquivo Público de Rio Claro”, reforça Monica Frandi Ferreira. “Essa conquista coroa os esforços que dedicamos a esse trabalho tão importante que é zelar pela memória de nossa cidade e nossa gente”, acrescenta a superintendente do arquivo “Oscar de Arruda Penteado”.

Segundo Mônica Frandi Ferreira, os escolhidos para integrar o Conarq serão empossados em cerimônia virtual a ser conduzida pelo Ministério de Estado da Justiça e Segurança Pública, ao qual o Arquivo Nacional é vinculado.

O processo de seleção pública para compor o conselho nacional incluiu segmentos de arquivos municipais, estaduais e distrito federal, associações de arquivistas, instituições de ensino e pesquisa, organizações ou instituições com atuação na área de tecnologia da informação e comunicação, arquivologia, história, ciências sociais ou ciência da informação.

Trechos da Vila Operária e Jardim São Caetano ficam interditados na 2ª-feira

Prefeitura instalará lombadas em vias desses bairros.

Na segunda-feira, 13, haverá interdições de trânsito para implantação de lombadas nos bairros Vila Operária e Jardim São Caetano, em Rio Claro. As interrupções começam às 8h30.

Os trechos interditados ficam na Avenida 40 com Rua 5, na Vila Operária, e na Rua 6 com Avenida M-25, no Jardim São Caetano. Os motoristas devem redobrar atenção ao trafegarem pelas imediações.

A prefeitura está implantando 70 lombadas em vários trechos da cidade. O objetivo é deixar pontos movimentados mais seguros para motoristas e pedestres.

Proximidades de escolas e unidades de saúde também estão recebendo as lombadas, que obedecem aos padrões estabelecidos pelo Conselho Nacional de Trânsito.

Para que ações como essa tenham pleno resultado, a prefeitura reforça a importância dos condutores respeitarem as leis e sinalização de trânsito.

Daae realiza melhorias na parte elétrica da ETA 1 na madrugada de sábado para domingo

Manutenção preventiva programada vai melhorar o rendimento da ETA 1 e será feita em horário em que há menor consumo de água.

O Daae (Departamento Autônomo de Água e Esgoto) de Rio Claro segue realizando melhorias para aperfeiçoar o fornecimento de água no município.

Na madrugada de sábado para domingo (12), a autarquia vai realizar uma manutenção preventiva, promovendo melhorias na parte elétrica da Estação de Tratamento de Água (ETA 1). O serviço terá início às 23 horas de sábado (11), com previsão de término para até as 5 horas de domingo (12), dia e horário em que há menor consumo de água.

“Essa ação vai resultar em uma melhoria considerável no rendimento da ETA 1, proporcionando robustez ao recalque da água tratada, aperfeiçoando o fornecimento”, comenta o superintendente do Daae, Paulo Roberto Bortolotti.

A ETA 1 está localizada anexa à sede do Daae, no bairro Cidade Nova, e abastece 40% da cidade. Os outros 60% são abastecidos pela ETA2, que fica na estrada municipal que liga o Distrito Industrial ao distrito de Ajapi e seguirá funcionando normalmente.

A paralisação da ETA 1 deverá causar baixa pressão ou interrupção temporária no fornecimento de água nos bairros Bela Vista, Cidade Nova, Vila Alemã, Santa Cruz, Santana, Centro, Cidade Jardim, Saúde, Copacabana, Bairro do Estádio, Cidade Claret, Vila do Rádio, Inocoop, Jardim Mirassol, Jardim Novo, Jardim Anhanguera, Jardim Kennedy, Jardim Donângela, Jardim Conduta, Jardim do Trevo, Jardim Nova Veneza, Vila Operária, Vila Paulista, Vila Santo Antônio, Vila Indaiá, Vila Aparecida, Vila do Horto, Consolação, Parque Flórida, São Benedito, Itapuã, bairro Olímpico, Porto Fino e bairros próximos.

Assim que retomado o abastecimento, serão realizadas descargas na rede. Pode haver casos pontuais de cor escura na água, que devem ser relatados à Central de Atendimento do Daae pelo telefone 0800-505-5200, que funciona 24 horas e atende ligações de telefone fixo e celulares. 

Nesse período, embora o consumo seja menor, o Daae orienta que os consumidores façam uso racional da água. A autarquia reforça a importância de os moradores terem caixa d’água em seus imóveis, já que durante os serviços de manutenção os imóveis que possuem caixa d’água não sofrem com eventual falta d’água, o que reduz transtornos em casos de interrupção no fornecimento.

O Daae informa ainda que ao restabelecer o abastecimento há um aumento temporário na pressão em alguns pontos da rede, o que pode deixar a água com um aspecto “esbranquiçado”. Neste caso, a água está apenas cheia de ar, podendo ser consumida normalmente.