Juninho recebe equipe de robótica da Escola Batista Leme

Equipe ficou em quinto lugar em torneio de robótica com projeto de acessibilidade para o Lago Azul.

O prefeito de Rio Claro, João Teixeira Junior, recebeu nesta quinta-feira (20) no paço municipal a equipe Robô-Tigre da Escola Estadual “Profº. João Batista Leme”, que ficou em quinto lugar no torneio de robótica First Lego League, na etapa Desafio do Robô. Nela, os estudantes têm que construir e programar um robô autônomo capaz de cumprir missões predeterminadas.

Além de construir e programar robôs, os participantes do torneio devem desenvolver projeto de pesquisa com solução para um problema real, com base no tema sugerido que este ano é cidades inteligentes. A equipe Robô-Tigre fez um projeto de acessibilidade para o playground do Lago Azul com instalação de brinquedos adaptados para crianças com deficiência.

O prefeito Juninho parabenizou a equipe pelo bom desempenho na competição. “É gratificante ver pessoas jovens sensíveis às necessidades do outro. Isso nos dá esperança de um futuro melhor com uma sociedade mais tolerante”, disse Juninho aos alunos. O prefeito ressaltou que inclusão tem sido preocupação do governo municipal, tanto que implantou brinquedo adaptado para crianças cadeirantes no Espaço Família do Jardim Guanabara e isso também será feito nos próximos Espaços Família.

A equipe explicou ao prefeito os procedimentos para realização do projeto, as pesquisas realizadas e ações empreendidas, até que o robô ficasse pronto. “A equipe tem três anos. É uma equipe nova e essa colocação no torneio é um grande feito”, observou Sérgio Barbosa, técnico da equipe, eleito o melhor técnico do torneio. Além do quinto lugar na etapa Desafio do Robô, a equipe ficou em sétimo lugar na classificação geral do torneio que teve participação de 32 equipes. Além disso, ficou como suplente para participar do torneio nacional.

Também técnica da equipe, Ana Paula Nardelli, elencou as dificuldades da equipe para conseguir recursos para participar da competição. “Os alunos fizeram campanhas e venderam pães de queijo para conseguir dinheiro e parte dos custos da viagem foi custeada pela APM da escola”, informou.

A equipe Robô-Tigre é composta pelos alunos Beatriz Dinelle Silva, Beatriz Fontana dos Santos, Davi Furtado Pastro, Isabelly V. F. das Neves, João Gabriel B. Rodrigues, Kamila de Freitas Alves, Luís Felipe Penteado, Pedro Henrique B. C. Ozório, Raphael Breda e Yam Victor A. Maciel. Também participaram da atividade desta quinta-feira (20) a diretora da Escola Batista Leme, Maria Teresa Busato Mendonça; o secretário municipal da Educação, Adriano Moreira; e o diretor municipal de Administração, Sérgio Christofoletti.

Prefeitura renova mobiliário de 26 escolas de ensino fundamental

A iniciativa beneficia mais de dez mil alunos que ganharam novas carteiras e cadeiras.

A prefeitura de Rio Claro continua trabalhando para melhorar a infraestrutura das escolas da rede municipal de ensino, que atende cerca de 20 mil alunos. Vinte e seis escolas de ensino fundamental ganharam novo mobiliário com investimentos superiores a R$ 1,7 milhão. A entrega dos móveis foi concluída nesta semana e professores e alunos já podem trabalhar e estudar com mais conforto. A iniciativa beneficia mais de dez mil alunos.

No total, foram entregues 418 conjuntos escolares para professores (mesa e cadeira) e 7.113 conjuntos para os alunos (carteira e cadeira), com mesas e cadeiras adequadas à faixa etária e às medidas dos estudantes. “Ter um mobiliário confortável e adequado também influencia no aprendizado das crianças, e nosso objetivo é atender cada vez melhor nossos alunos e professores”, destaca o prefeito João Teixeira Junior.

O secretário municipal da Educação, Adriano Moreira, ressalta que essa é uma das ações realizadas pela prefeitura para melhorar a estrutura física e a qualidade do ensino nas escolas. “O novo mobiliário vai proporcionar maior comodidade aos nossos alunos e educadores”, comenta Moreira.

O mobiliário antigo passou por triagem e manutenção, com reutilização das peças em boas condições. “Parte do mobiliário retirado das escolas foi doada a entidades e o restante foi guardado para futuras reposições”, explica Paulo Apolari, diretor de Planejamento da Secretaria da Educação.

Os recursos para compra dos móveis foram disponibilizados ao município pelo Ministério da Educação, por meio do Plano de Ações Articuladas (PAR) do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). O dinheiro veio com destinação específica, ou seja, somente poderia ser usado para a compra de móveis escolares cujas especificações técnicas foram definidas pelo Ministério da Educação

Prefeitura promove encontro de brigadistas e lança projeto “Caça Larvas” nas escolas

Prefeito Juninho ressalta importância da comunidade na prevenção e combate à dengue.

A prefeitura de Rio Claro lançou nesta sexta-feira (14) o projeto “Caça Larvas” nas escolas da rede municipal de ensino. O projeto consiste em realizar jogos utilizando a dinâmica de caçar larvas com o objetivo de incentivar o olhar investigativo dos alunos na procura de criadouros do mosquito. O lançamento foi feito durante o 1º Encontro de Brigadistas Municipais contra o Aedes realizado no auditório do Núcleo Administrativo Municipal (NAM).

São 140 brigadistas que vão colaborar com as ações de prevenção ao mosquito Aedes aegypti. “Os brigadistas são representantes dos espaços públicos indicados pela equipe gestora que vão auxiliar no combate ao mosquito”, explica Edison Norberto de Andrade, coordenador de Educação Ambiental da Secretaria da Educação.

O prefeito João Teixeira Junior destacou a importância dos brigadistas e da união de esforços na luta contra o mosquito. “A dengue é um problema de todos e temos que dividir as responsabilidades com a população. Cada um deve fazer a sua parte para eliminar os criadouros e combater o mosquito”, destacou Juninho, que solicitou à comunidade que faça o descarte correto do lixo. “Todos temos direitos e deveres, e devemos cumpri-los. A prefeitura limpa terrenos e faz mutirões, mas de nada adianta se o morador não cuidar do quintal de sua casa e não usar os ecopontos e o sistema de coleta para descartar corretamente os resíduos”, observou.

“A prevenção é a melhor arma para o combate ao Aedes aegypti e às doenças transmitidas por ele”, frisou o secretário municipal de Saúde, Maurício Monteiro, reforçando a importância da conscientização da comunidade. Pedido de colaboração também foi feito pelo vereador Júlio Lopes. “A comunidade tem que colaborar nesse trabalho, inclusive os gestores dos campos distritais”, pontuou.

Também participaram do evento a chefe de gabinete da Fundação Municipal de Saúde, Eleny Freitas de Almeida; o gerente do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), Diego Reis; e Solange Marscherpe, chefe de Núcleo do CCZ.

Prefeitura cria mais 60 vagas de período integral na Escola Darci Reginatto

Escola agora atende 100 crianças em período integral.

A prefeitura de Rio Claro está ampliando o atendimento em período integral na rede municipal de ensino. Mais 60 vagas do programa de educação integral (PEI) foram criadas na Escola Municipal “Darci Reginatto”, localizada no bairro Santa Cruz. A escola, que já atendia 40 crianças nessa modalidade de ensino, passa a atender 100 crianças a partir deste ano.

“Essa é mais uma conquista para o setor de educação na qual temos feito muitas melhorias, com reformas e construção de escolas. São mais 60 famílias que serão atendidas, principalmente as mães que terão um local seguro para deixar os filhos enquanto trabalham”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.

A Escola Darci Reginatto atende 265 alunos do ensino fundamental, sendo de 100 de período integral. As crianças atendidas no PEI passam o dia todo na escola onde cursam ensino regular e fazem atividades extracurriculares no contraturno escolar. “Estamos trabalhando para atender as metas e estratégias do plano municipal da educação de ampliar a educação integral de modo a incrementar e melhorar a qualidade do ensino nas escolas”, explica o secretário municipal da Educação, Adriano Moreira.

Rebeca Cardoso Guimarães, diretora da escola, agradece a iniciativa da prefeitura, por meio da Secretaria Municipal da Educação. “A escola está muito feliz com a ampliação de mais três turmas do programa de educação integral e agradecida com esse olhar cuidadoso com as crianças”, destaca. “Esse atendimento à comunidade é muito importante por oferecer às crianças uma educação de qualidade com atividades diferenciadas durante todo o dia”, acrescenta.

Hoje, a rede municipal de ensino atende 3.774 crianças em período integral, sendo 2.057 nas creches, 615 na pré-escola, 980 no ensino fundamental I e 122 no ensino fundamental II.

Prefeitura inicia construção de muro no entorno do Complexo Educacional

Obra iniciada nesta quarta-feira (5) visa oferecer mais segurança aos alunos e professores.

Mais uma escola está recebendo melhorias em Rio Claro. A prefeitura iniciou nesta quarta-feira (5) a construção de muro e instalação de concertinas no entorno do Complexo Educacional do Jardim Novo I, que abriga três escolas municipais e uma estadual. A obra está sendo realizada por empresa terceirizada contratada pela prefeitura. Os investimentos são de R$ 354 mil, sendo R$ 120 mil de convênio e R$ 234 mil do município.

“O muro vai ampliar a proteção às escolas que funcionam no complexo e proporcionar mais segurança para nossas crianças e colaboradores”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, que acompanhou a execução dos trabalhos nesta quarta-feira (5) junto com o secretário municipal da Educação, Adriano Moreira, e do secretário de Economia e Finanças, Gilmar Dietrich. “A educação é uma das nossas prioridades, setor no qual já investimos mais de R$ 32,5 milhões somente em reformas de prédios escolares e construção de novas escolas”, frisa Juninho.

Desde o início de 2017 a prefeitura providenciou dez novas unidades escolares. Três já estão em funcionamento e sete estão em construção, sendo quatro creches e três escolas de ensino fundamental. “Escolhemos atender bairros com grande demanda para que a criança tenha o conforto de estudar perto de casa”, ressalta Adriano Moreira. Além de oferecer comodidade aos alunos, ter escola nos bairros gera economia aos cofres públicos. “Com a criança estudando no próprio bairro iremos economizar com transporte escolar”, informa.

Além do muro, a prefeitura realizou outras melhorias no Complexo Educacional do Jardim Novo. No ano passado, as três escolas municipais do complexo ganharam portões individuais para entrada e saída das crianças. O complexo educacional atende mais de dois mil alunos desde a educação infantil até o ensino médio.

Alunos das escolas municipais voltam às aulas nesta quarta-feira em Rio Claro

Aula inaugural realizada nesta terça-feira (4) marcou o início do ano letivo.

A rede municipal de ensino de Rio Claro inicia o ano letivo de 2020 nesta quarta-feira (5). Cerca de 20 mil alunos voltam às aulas após período de férias. Os três primeiros dias serão de adaptação para as crianças, portanto, com menos tempo de atividades na escola: das 7 às 9 horas ou das 7h30 às 9h30 no período da manhã e das 13 às 15 horas no período da tarde. Os alunos do ensino fundamental terão adaptação de um dia (quarta-feira, 5) e as crianças da educação infantil de três dias (quarta, quinta e sexta-feira).

A retomada de atividades nas escolas municipais foi marcada por aula inaugural realizada nesta terça-feira (4). O evento reuniu professores, gestores, entre outros profissionais da educação. O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, participou da solenidade onde agradeceu o trabalho realizado pelos educadores e desejou sucesso no novo ano letivo.

“Minhas palavras são de gratidão pelo compromisso de cada um de vocês com a educação de nossas crianças”, disse Juninho aos educadores. “Tivemos avanços importantes, com reformas e construção de novas escolas, mas o mais importante são as pessoas que podem fazer a diferença na vida de cada uma das 20 mil crianças atendidas pela rede municipal”, acrescentou.

A Secretaria Municipal da Educação apresentou aos participantes um relatório com as realizações de 2019 e o plano de trabalho para 2020. “O ano de 2019 foi difícil com perda severa da arrecadação, mesmo assim conseguimos investir em obras e melhorias nas escolas”, destacou o secretário municipal da Educação, Adriano Moreira, que agradeceu o trabalho dos profissionais. “Quero expressar minha gratidão pelo empenho de vocês porque é graças ao trabalho de cada um que a escola cumpre seu papel de ensino e aprendizagem”, assinalou.

Em nome da Câmara Municipal, o vereador Val Demarchi falou de sua satisfação em participar da aula inaugural e enalteceu o trabalho realizado pela prefeitura na educação nos últimos três anos. “Sabemos das dificuldades orçamentárias e mesmo assim a educação tem feito um trabalho magnífico na manutenção das escolas”, elogiou.

Luciana de Lourdes dos Santos, presidente do Conselho Municipal da Educação (Comerc), desejou sucesso aos professores no novo ano letivo e falou sobre melhorias que serão implantadas no conselho. Vinícius Pimenta, presidente do Conselho de Acompanhamento e Controle Social do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação), lembrou que neste ano serão discutidas novas diretrizes para o Fundeb e frisou a importância do conselho que é órgão fiscalizador das ações do poder público, além de poder propor políticas públicas.

Também participaram do evento os vereadores Júlio Lopes e Adriano La Torre.

Prefeito Juninho participa de unificação da Asser com a Unicep

Unificação foi formalizada em Rio Claro nesta segunda-feira (3).

A Asser Rio Claro e a Asser Porto Ferreira agora são Unicep (Centro Universitário Central Paulista). A unificação foi formalizada nesta segunda-feira (3) em evento que contou com participação do prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria. “É uma notícia fantástica, pois consolida um grupo forte de educação em nosso município e oferece mais oportunidades aos nossos jovens”, comenta Juninho. “A educação faz a diferença e todo o avanço que chega ao município nesta área tem nosso entusiasmo e apoio”, acrescenta.

De acordo com a Asser, a unificação vai oferecer mais possibilidades de formação acadêmica aos jovens e profissionais, bem como apoio às empresas que buscam mão de obra qualificada. “Através da unificação vamos levar toda a tecnologia da Unicep para essas duas cidades e proporcionar mais acesso aos alunos, com mais conteúdos, mais professores e mais pós-graduação”, informa Luiz Lara, gerente de Relacionamento da Unicep.

A superintendente do Arquivo Público e Histórico do Município, Monica Frandi Ferreira, observou que a instituição mantém várias parcerias com a prefeitura e que esse trabalho terá continuidade. “A escola tem um histórico muito positivo de parceria com a prefeitura, tanto em projetos de extensão que buscam soluções de projeto para os espaços e equipamentos públicos, como no atendimento à comunidade rio-clarense nas clínicas da área da saúde”, destaca Monica que é coordenadora do curso de Arquitetura e Urbanismo da instituição.

O vereador André Godoy, presidente da Câmara Municipal, destacou a importância do trabalho educacional e a disposição dos gestores da Asser em participar do dia a dia de Rio Claro em parcerias com o poder público. Ronald Penteador, secretário municipal dos Esportes e Turismo, também participou do evento.

Além das parcerias em projetos de extensão, alunos da faculdade atuam como estagiários em diversas secretarias municipais, colocando em prática o conhecimento adquirido e contribuindo na solução de questões que envolvem a administração municipal.

A Asser Rio Claro, agora Unicep Rio Claro, oferece hoje 15 cursos de graduação e cursos de pós-graduação latus sensus (MBA e especialização). A instituição fica na Rua 7, 1193, no Centro.

Aula inaugural marca o início do ano letivo na rede municipal de ensino

Alunos retornam às aulas nesta quarta-feira (5) nas escolas municipais.

A prefeitura de Rio Claro realiza nesta terça-feira (4) aula inaugural que marca o início do ano letivo na rede municipal de ensino. Centenas de professores, diretores, coordenadores pedagógicos e outros gestores e profissionais da educação participam do evento que será realizado a partir das 8 horas no Centro Cultural “Roberto Palmari”. “Queremos dar as boas vindas aos professores que desempenham importante função na sociedade”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.

A Secretaria Municipal da Educação apresentará aos participantes um balanço dos projetos e ações realizados em 2019 e o plano de trabalho para 2020. “Vamos fazer uma prestação de contas dos investimentos realizados que resultaram em importantes conquistas para o município e a comunidade escolar”, destaca o secretário municipal da Educação, Adriano Moreira.

Desde o início de 2017 a prefeitura realizou mais de 40 obras de reformas e manutenção em prédios escolares, além de providenciar dez novas escolas. Três escolas já entraram em funcionamento e sete estão em construção. “Os desafios e dificuldades são grandes, mas com trabalho e planejamento conseguimos muitas conquistas e melhorias para a educação, com expectativas de avançar ainda mais no setor”, frisa o prefeito Juninho da Padaria.

A rede municipal de ensino de Rio Claro atende aproximadamente 20 mil alunos na educação infantil (creche e pré-escola), ensino fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA). O ano letivo de 2020 terá início nesta quarta-feira (5) para todos os alunos.

Rede municipal abre o ano letivo com aula inaugural na terça-feira

Alunos retornam às aulas no dia 5 de fevereiro nas escolas municipais.

A prefeitura de Rio Claro realiza na terça-feira (4) aula inaugural que marca o início do ano letivo na rede municipal de ensino. O evento será realizado no Centro Cultural “Roberto Palmari”, às 8 horas, e reunirá centenas de professores e outros profissionais da educação. “Vamos apresentar um balanço das realizações de 2019, referente a investimentos, obras e projetos pedagógicos, e o plano de trabalho para 2020”, informa o secretário municipal da Educação, Adriano Moreira.

O evento reunirá gestores, professores, coordenadores, diretores e demais funcionários das escolas. “Este é um momento importante e de receptividade aos profissionais que desempenham importante trabalho que é cuidar da educação de nossas crianças”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria. “É fundamental que eles iniciem o ano com o ânimo renovado”, acrescenta.

Nos últimos três anos o município de Rio Claro teve vários avanços no setor de educação. A rede municipal de ensino foi ampliada em três novas escolas, prédios escolares receberam reforma e manutenção, cursos e treinamentos foram ministrados, e a prefeitura está construindo mais sete escolas, cujas obras estão em andamento. “Mesmo com dificuldades financeiras conseguimos investir no setor de educação e obter avanços importantes não só para a comunidade escolar, mas também para toda a cidade”, destaca Juninho.

A rede municipal de ensino de Rio Claro atende aproximadamente 20 mil alunos na educação infantil (creche e pré-escola), ensino fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA). O ano letivo de 2020 terá início na quarta-feira, dia 5 de fevereiro, para todos os alunos.

Construção de creche avança com levantamento das paredes

Escola no Residencial dos Bosques vai atender 188 crianças.

A prefeitura de Rio Claro está construindo sete escolas em Rio Claro. Uma delas é a creche do Jardim Residencial dos Bosques, que vai atender 188 crianças de zero a três anos de idade em período integral. As obras avançam rapidamente e no momento estão sendo levantadas as paredes. “Estamos acompanhando de perto as obras e cobrando agilidade para que a escola possa atender o quanto antes as crianças e principalmente as mães que trabalham fora de casa e precisam de um local seguro para deixar os filhos”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.

Os operários estão terminando as vigas de respaldo para instalação da cobertura de steel frame, sistema formado por peças de aço galvanizado que são mais leves que o ferro. O telhado será coberto com telhas sanduíche que são termoacústicas e possuem propriedades que isolam a temperatura e o som.

A prefeitura está investindo R$ 2,7 milhões na obra, sendo R$ 2,4 milhões do governo federal, por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), e R$ 357,7 mil de contrapartida do município. “É um prédio projetado e construído para atender crianças nessa faixa etária, o que contribui para o processo de ensino e aprendizagem”, observa o secretário municipal da Educação, Adriano Moreira.

Além da creche, aquela região da cidade está ganhando escola de ensino fundamental para 780 alunos no bairro Benjamin de Castro, num total de dez escolas em construção e/ou implantadas pela prefeitura desde o início de 2017. Três já estão funcionando nos bairros Terra Nova, Esmeralda e Vila Alemã. Outras sete estão em construção, sendo três escolas de ensino fundamental nos bairros Jardim Novo II, Benjamin de Castro e Jardim das Nações II, e quatro creches nos bairros Jardim Araucária, Jardim das Nações I, Jardim Residencial dos Bosques e Jardim Residencial das Palmeiras.