Prefeito empossa novos membros do Conselho de Economia Solidária

Novos conselheiros atuarão no biênio 2020/2021.

O prefeito de Rio Claro, João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, empossou nesta quinta-feira (23) os novos membros do Conselho Municipal de Economia Solidária para o biênio 2020/2021. A cerimônia foi realizada no paço municipal. “Agradeço o trabalho realizado pelos antigos conselheiros e desejo sucesso aos novos integrantes que assumiram o compromisso de discutir as demandas do setor e buscar soluções para que possamos avançar cada vez mais em políticas públicas e geração de emprego e renda para o segmento”, destacou Juninho, que agradeceu a parceria com a Unesp (Universidade Estadual paulista), nesse e em outros projetos. “Minha gratidão à Unesp que tem sido grande parceira do meu governo, em ações e projetos que geram benefícios à população”, disse. A universidade foi representada pelo professor Auro Mendes.

Votos de sucesso aos novos conselheiros também foram manifestados pela secretária municipal do Desenvolvimento Social, Érica Belomi. Ela lembrou que a Economia Solidária é um complemento aos serviços desenvolvidos pelo Suas (Serviço Único de Assistência Social) que trabalha com o ser humano e a proteção integral às pessoas. “A Economia Solidária é uma ferramenta para fortalecer e proporcionar dignidade aos empreendedores com geração de emprego e renda”, observou.

A secretária também destacou os investimentos realizados no ano passado para fomentar o segmento. A prefeitura investiu R$ 89 mil na troca do telhado e melhorias na infraestrutura do Centro Público de Economia Solidária, além de reformar os quiosques da Rua 1. “O Centro Público é a nossa incubadora com diversas áreas de atuação, como alimentação e beleza. Fizemos esse investimento para que nossos empreendedores tivessem um local digno de trabalho para atender seus clientes”, salientou Érica, informando ainda que a reforma dos quiosques será concluída neste ano.

“O trabalho como conselheiro é árduo, mas gratificante”, afirmou o vereador Geraldo Voluntário ao se dirigir aos conselheiros. “Fico feliz em ver que está sendo formado um conselho com pessoas qualificadas que vão continuar o bom trabalho realizado por seus antecessores”, pontuou.

O Conselho de Economia Solidária é composto por 32 membros. Os titulares são: Veridiana Dionísio Leptokarydis, Odair Maia Junior, Ed Frank Larh Simonato, Edison Norberto de Andrade, José Ricardo Lemes, Daniela Vitols Cerri, Reila Correa Fonte, Luiz Fernando Denardi Stancati Silva, Auro Aparecido Mendes, Suelen Fernanda Vanin, Camila Arvolea Ribeiro, Marlene Maciel Barbuio,  Josilma Jesus Fonrozo, Alexandre Siqueira Pires, Andreia da Silveira Murari França e Elisangela Pereira Silva Leite.

E os suplentes: Daniel Bastos Buchdid, Ivan Donizetti Marafon, Talcídio do Carmo Luciano, Pamela Aparecida Cassão, Wallace Diego Pereira Algisi, Priscila Rita Federson Lopes, Helen Bortolin Beig Giufrida, Daniela Martinez Figueiredo Ferraz, Diego Correa Maia, Selma Cristina da Silva, Felipe Soave Viegas Vianna, Marta Adriana Barbosa Ceccato, Elaine Cristina Pedro, Carlos Alberto Leite de Almeida, Maria Socorro dos Santos e Aparecida de Fátima Moura Gomes.

Rio Claro recebe R$ 841,2 mil para investir em programas sociais

Recursos são oriundos do governo do estado para atender pessoas em situação de vulnerabilidade social.

O governo estadual realizou nesta quarta-feira (22) transferência de R$ 28 milhões do Fundo Estadual de Assistência Social (Feas) para 121 municípios paulistas. Rio Claro foi uma das cidades contempladas e vai receber R$ 841,2 mil para investir em três programas: Proteção Social Básica (R$ 350,4 mil), Proteção Social Especial de média complexidade (R$ 280 mil) e Proteção Social Especial de alta complexidade (R$ 210,7 mil). Os repasses foram anunciados pelo governador em exercício, Rodrigo Garcia, em evento realizado em Bragança Paulista.

“Nosso governo tem trabalhado em prol das pessoas que mais precisam e esse aporte financeiro é muito importante para que possamos manter esse atendimento às pessoas em situação de vulnerabilidade e risco social”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, que participou de evento em Bragança Paulista acompanhado da secretária municipal do Desenvolvimento Social, Érica Belomi. “Agradeço nosso querido amigo Rodrigo Garcia e nosso governador João Doria por esse e outros pleitos atendidos em benefício de Rio Claro e da população”, acrescenta Juninho.

O repasse estadual é feito ao Fundo Municipal de Assistência Social e de acordo com as ações definidas no Plano Municipal de Assistência Social. O dinheiro deve ser utilizado em serviços de acolhimento a crianças, adolescentes, idosos, pessoas com deficiência e em situação de violência, entre outros. “Esses recursos chegarão ao município para custear ações e projetos que já foram planejados. Certamente é um dinheiro que vai nos ajudar muito em nosso trabalho”, destaca Érica.

Os 121 municípios paulistas são atendidos pelas Diretorias Regionais de Assistência e Desenvolvimento Social (Drads) de Campinas (43 municípios), Piracicaba (27), Sorocaba (31) e São João da Boa Vista (20).

Conselho de Economia Solidária será empossado quinta-feira

Novos conselheiros irão atuar no biênio 2020/2021.

Os novos integrantes do Conselho de Economia Solidária de Rio Claro serão empossados na quinta-feira (23), às 9 horas, no paço municipal. Os novos conselheiros atuarão no biênio 2020/2021.

O Conselho Municipal de Economia Solidária tem entre seus objetivos intensificar a participação e o controle social nos projetos relativos à Economia Solidária, além de sugerir medidas que contribuam para a execução dessas iniciativas e para o alcance dos resultados.

Poder público e sociedade civil estão representados na composição do conselho, formado por 32 pessoas. Serão empossados os titulares: Veridiana Dionísio Leptokarydis; Odair Maia Junior; Ed Frank Larh Simonato; Edison Norberto de Andrade; José Ricardo Lemes; Daniela Vitols Cerri; Reila Correa Fonte; Luiz Fernando Denardi Stancati Silva; Auro Aparecido Mendes; Suelen Fernanda Vanin; Camila Arvolea Ribeiro; Marlene Maciel Barbuio;  Josilma Jesus Fonrozo; Alexandre Siqueira Pires; Andreia da Silveira Murari França; e Elisangela Pereira Silva Leite.

E os suplentes: Daniel Bastos Buchdid; Ivan Donizetti Marafon; Talcídio do Carmo Luciano; Pamela Aparecida Cassão; Wallace Diego Pereira Algisi; Priscila Rita Federson Lopes; Helen Bortolin Beig Giufrida; Daniela Martinez Figueiredo Ferraz; Diego Correa Maia; Selma Cristina da Silva; Felipe Soave Viegas Vianna; Marta Adriana Barbosa Ceccato; Elaine Cristina Pedro; Carlos Alberto Leite de Almeida; Maria Socorro dos Santos; e Aparecida de Fátima Moura Gomes.

Guarda Mirim forma 121 jovens para vagas no mercado de trabalho

Formatura foi realizada no sábado (18). Vinte e dois formandos já estão contratados.

Cento e vinte e um jovens concluíram no sábado (18) curso pré-profissionalizante da Guarda Mirim de Rio Claro. O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, participou da solenidade.

“O trabalho realizado pela Guarda Mirim faz a diferença na formação de muitos jovens rio-clarenses”, destaca o prefeito Juninho, acrescentando que a prefeitura é a maior contratante dos formandos da guarda. “Vamos dar continuidade a essa parceria de sucesso”, salienta.

Vinte e dois formandos terminaram essa capacitação já com vaga no mercado de trabalho. “O curso tem duração de três a quatro meses e é importante para preparar os alunos para atuarem como menores aprendizes”, observa Rinaldo Baptista, gerente administrativo da Guarda Mirim. A expectativa é de que todos os formandos estejam contratados nos próximos meses.

Com 58 anos de fundação, a Guarda Mirim é uma das principais referências do município em iniciação profissional. Neste período mais de 19 mil jovens já passaram pela Guarda Mirim. A Guarda Mirim é presidida por Ellery Sebastião Domingos de Moraes e tem como vice-presidente Juarez Moura de Oliveira.

Conselho de Assistência Social toma posse em Rio Claro

Cerimônia foi realizada na quarta-feira (15).

O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, deu posse na quarta-feira (15) aos novos membros do Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS). Os conselheiros atuarão no biênio 2020/2021.

A importância do trabalho realizado no município nos atendimentos sociais foi lembrada pelo prefeito Juninho. “Apesar das dificuldades financeiras, conseguimos manter o orçamento para o setor social, na certeza de que esse investimento fará a diferença na vida de quem mais precisa”, ressaltou o prefeito, lembrando que o conselho participa ativamente da tomada de decisões.

“A ética, o respeito, o conhecimento e o diálogo são extremamente importantes no trabalho realizado pelo conselho, que atua de maneira a somar com as políticas de assistência social”, observou Érica Belomi, secretária do Desenvolvimento Social. Melhorias alcançadas pela secretaria nos últimos anos também foram destacadas, especialmente em relação à estrutura funcional. “Hoje os funcionários de carreira da secretaria estão aptos a dar continuidade ao trabalho que vem sendo desenvolvido, porque foram capacitados para isso”, comentou.

“A Câmara Municipal tem atuado dando condições de projetos sejam viabilizados e assim continuaremos trabalhando para que as pessoas que mais precisam sejam atendidas”, observou o vereador Geraldo Voluntário.

O poder executivo deve encaminhar à Câmara em breve projeto estabelecendo que 3% do orçamento municipal sejam direcionados ao Desenvolvimento Social. Requerimento neste sentido foi apresentado no ano passado pelo vereador André Godoy, presidente da Câmara Municipal e aprovado por unanimidade. “Ao garantir o percentual mínimo, permitimos a otimização dos serviços já realizados, visto que os trabalhadores do setor se desdobram para realizar as ações dentro dos moldes indicados pelo governo federal”, comenta André Godoy.

Daniel Bastos Buchdid, encerrando sua gestão como presidente do CMAS, lembrou que durante o biênio 2018/2019 não houve cortes no orçamento, o que foi fundamental para que o conselho conseguisse manter ações importantes. A primeira reunião dos novos conselheiros será no dia 31, quando será escolhida a mesa diretora. Também estiveram presentes à posse o vice-prefeito e secretário de Segurança Marco Antonio Bellagamba e Heli Vaz Diniz, vice-reitor da Rede Claretiana.

Conselho de Assistência Social toma posse na quarta-feira

Cerimônia será às 9 horas no paço municipal.

A nova composição do Conselho de Assistência Social de Rio Claro será empossada quarta-feira (15) a partir das 9 horas no paço municipal. Os conselheiros atuarão no biênio 2020/2021.

O Conselho Municipal de Assistência Social atua na regulação dos serviços da rede socioassistencial, na efetivação do Sistema Único de Assistência Social (Suas) e no acompanhamento e controle da execução dessa política no município.

Os novos membros representam o poder público e várias áreas da sociedade rio-clarense. Ao todo são 33 conselheiros.

Os titulares: Rita Cássia Dalla Costa de Godoy Lima; Flávia Domingos da Silva; Juliana Maria Luccas Duarte Eigenheer; Lara Zandonadi Campos; Hosana Suzelin Inforzato; Rosimeire Aparecida Rodrigues; Lucy Pinheiro Bittencourt; Angela Maria Ribeiro de Oliveira; Erica dos Santos; Fabricio Henrique Poli; Jonas Ramos da Silva; Claudete Santana Bezerra; Marco Aurélio Campos; Rosalina Aparecida Brassoloto Carvalho; Evelin de Lima Mandes da Cruz; Rose Helena Claro Lima; Fabricia Antunes de Souza; Rosane de Lima Borges.

Suplentes: Ione Helena Bernardo; Irineu Sentinella Neto; Keila Santos Pinto; Renata Luzia Pertile; Mayra Rodrigues Faquini; Fabiane Piza Peres; Anderson Santilli; Naiara Rodrigues dos Santos de Goes; Valdira Velozo Guimarães Augusto; Rosangela Deliberali Siqueira da Fonseca; Rinaldo Aparecido Baptista; Suelen Fernanda Vanin; Lyliane Maria de Carvalho Selingardi Valatti; Karoline Gessiane Persegueiro; Roucheli Tavares.

Conselheiros tutelares são empossados em Rio Claro

Cerimônia de posse foi realizada na sexta-feira (10).

O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, deu posse na sexta-feira (10) aos novos membros do Conselho Tutelar de Rio Claro, eleitos para o período de 2020 a 2023. “A administração municipal está à disposição do Conselho, para que juntos trabalhemos pelo bem comum”, frisou o prefeito Juninho, destacando a importância do trabalho realizado pelo Conselho Tutelar na garantia de direitos da criança e do adolescente.

Nesta semana o prefeito autorizou o investimento de R$ 15 milhões em atendimentos sociais. Deste total cerca de R$ 3 milhões serão direcionados à proteção básica. “Esse investimento é fundamental no atendimento a pessoas em situação de vulnerabilidade”, observou Érica Belomi, secretária do Desenvolvimento Social.

Os conselheiros foram escolhidos em votação secreta e facultativa, realizada no dia 6 de outubro. O processo eleitoral foi organizado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA). “Tudo foi feito de maneira ética e transparente”, comentou Daniel Bastos Buchdid, presidente do CMDCA.

O vereador Geraldo Voluntário, representando a Câmara Municipal, frisou que o objetivo sempre é o bem da comunidade, e que a Câmara está à disposição.

Também estiveram presentes o vereador Irander Augusto; Peterson Santilli, presidente da Comissão de Assuntos Processuais da OAB; e Marco Antonio Bellagamba, vice-prefeito e secretário de Segurança.

Os conselheiros empossados foram os titulares Claudino Nunes Pereira, Isabel Cristina Mathias Gomes de Souza, Juliane Maria Aparecida Gabriel Balieiro, Leonardo Manoel Alves e Aurea Maria Rios. Na eleição também foram escolhidos os suplentes: Wagner Botteselli, Adriana Aparecida Noviscki Pereira, Elaine Cristina de Lima da Silva, Marcia Regina Rodrigues Wrich, Rafael Gustavo de Almeida, Viviane Oehlmeyer Reginatto, Valeria de Mello Martins, Keila Conceição de Souza Felix, Ivanilde Rocha da Silva e David Willian da Silva Simão.

Conselheiros tutelares tomam posse em Rio Claro

Cerimônia será realizada na sexta-feira (10) às 9 horas, no paço municipal.

Os novos membros do Conselho Tutelar de Rio Claro, eleitos para o período de 2020 a 2023, tomam posse nesta sexta-feira (10), às 9 horas, no paço municipal. O Conselho Tutelar é um órgão permanente encarregado pela sociedade de zelar pelo cumprimento dos direitos da criança e do adolescente.

Os conselheiros foram escolhidos em votação secreta e facultativa, realizada no dia 6 de outubro no Grupo Ginástico. Foram eleitos cinco conselheiros titulares e dez suplentes, sendo os titulares: Claudino Nunes Pereira, Isabel Cristina Mathias Gomes de Souza, Juliane Maria Aparecida Gabriel Balieiro, Leonardo Manoel Alves e Aurea Maria Rios. Os suplentes: Wagner Botteselli, Adriana Aparecida Noviscki Pereira, Elaine Cristina de Lima da Silva, Marcia Regina Rodrigues Wrich, Rafael Gustavo de Almeida, Viviane Oehlmeyer Reginatto, Valeria de Mello Martins, Keila Conceição de Souza Felix, Ivanilde Rocha da Silva e David Willian da Silva Simão.

Prefeitura autoriza mais de R$ 15 milhões de investimentos na área social

Município renovou convênios com entidades parceiras para atender as pessoas que mais precisam.

A prefeitura renovou nesta quarta-feira (8) convênios com entidades do terceiro setor que realizam atendimento social no município. São mais de R$ 15 milhões de investimentos em dezenas de programas e projetos que atendem mais de cinco mil pessoas por mês, que incluem crianças, jovens, adultos, idosos e pessoas com deficiência em situação de vulnerabilidade social. O atendimento às famílias é feito pelo município em parceria com as entidades.

A renovação dos convênios foi autorizada pelo prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria. “Nossa administração trabalha com prioridades. É importante construir escolas, postos de saúde e colocar novas viaturas nas ruas como estamos fazendo, mas também é muito importante investir no setor social”, comenta Juninho, que agradece o bom trabalho realizado pelo terceiro setor. “Através das entidades parceiras, o município consegue cuidar das pessoas e ajudar aqueles que mais precisam”.

Esses recursos são oriundos do município e também dos governos estadual e federal. O dinheiro externo é administrado pela prefeitura que define as prioridades e os serviços que serão beneficiados. Os repasses às entidades são feitos por intermédio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Social. “Procuramos otimizar os recursos para diversificar os projetos e ampliar o público atendido”, explica a secretária municipal do Desenvolvimento Social, Érica Belomi.

Os R$ 15 milhões são destinados a 13 organizações da sociedade civil que desenvolvem dezenas de projetos. Uma delas é o Abrigo da Velhice São Vicente de Paulo, que oferece serviço de convivência e fortalecimento de vínculos e acolhimento institucional a idosos. A Adra (Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais) desenvolve projeto social com crianças e adolescentes de 6 a 15 anos. Já a Aldeias Infantis SOS Brasil faz acolhimento institucional de crianças e jovens de 0 a 18 anos na modalidade Casa Lar.

As pessoas com deficiência e idosos também são atendidos por meio da Apachi (Associação de Pais e Amigos do Centro de Habilitação Infantil Princesa Victoria) e da Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), que tem atendimento institucional e domiciliar, além de oferecer acolhimento por meio do programa Residência Inclusiva.

Outras entidades contempladas são o Centro Social e Esportivo Claretiano Terra Nova, que atende crianças e adolescentes de 6 a 15 anos; o IVC (Instituto Viver e Conviver) que oferece acolhimento institucional a adultos e famílias na Casa de Passagem, executa Serviço Especializado em Abordagem Social, além de atender idosos via Centro Dia do Idoso (CDI); e a Udam (União de Amigos) que desenvolve vários projetos: atende idosos, crianças e adolescentes de 6 a 15 anos, desenvolve o Programa Inclusão Produtiva e Cidadã e administra o Banco de Alimentos, programa que visa diminuir o desperdício e combater a fome.

O município também tem parceria com o Lar Bethel, que acolhe idosos; com o Lar Espírita Espiridião Prado, que acolhe mulheres em situação de violência; e com o Núcleo Artevida, o Educandário Santa Maria Goretti e a Sociedade Beneficente São João da Escócia – Casa das Crianças, que atendem crianças e adolescentes de 6 a 15 anos.

Vítima de incêndio terá ajuda da Prefeitura e Fundo Social

Prefeito e primeira-dama se sensibilizaram com drama da família.

Na tarde de quinta-feira (26) incêndio numa residência da Rua 12 no Jardim Bandeirantes, em Rio Claro, destruiu parte do imóvel, consumiu móveis e eletrodomésticos e causou queimaduras em 40% do corpo do morador Celso Alves de Oliveira.

O idoso estava no quintal e quando percebeu o fogo imediatamente entrou na casa para salvar o neto de 4 anos que estava na sala. A criança saiu ilesa.

“Sem dúvida foi ato heróico do avô, que não pensou duas vezes para salvar o netinho”, afirma o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, que soube da notícia pela imprensa e pediu que a Secretaria Municipal de Saúde reforçasse pedido na regional de saúde para uma internação de Celso em hospital para queimados.

O prefeito também determinou à Secretaria Municipal da Habitação uma vistoria no imóvel atingido pelo incêndio para que a prefeitura possa avaliar que tipo de ajuda material oferecer à família.  Paula Silveira Costa, presidente do Fundo Social de Solidariedade, também se sensibilizou com a situação e vai auxiliar no que for possível para minimizar o drama da família Oliveira.