Rio Claro participa de seminário de gestão pública do governo estadual

Evento foi comandado pelo governador João Dória. Um dos focos foi a desburocratização.

Rio Claro participou do primeiro Seminário de Gestão Pública do governo estadual, evento realizado quarta-feira (19) no Palácio dos Bandeiras, na capital. Na pauta, novos padrões de relacionamento dos municípios com o governo do Estado. “Foi uma atividade bastante proveitosa, apontou caminhos para buscar apoio e parceria na esfera estadual, assunto que muito interessa a Rio Claro”, explica o secretário municipal de Governo, Desenvolvimento Econômico e Planejamento, Francesco Rotolo, que participou do seminário.

Com explanações do governador João Dória, do vice-governador Rodrigo Garcia, do secretário da Fazenda e Planejamento do Estado de São Paulo, Henrique Meirelles e do secretário estadual do Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, o evento abordou temas como os desafios da gestão pública, parcerias e concessões, inovação digital e gestão pública e teve foco especial na desburocratização.

“Desde 2017, quando teve início a atual gestão, a prefeitura vem estreitando laços com o governo estadual, e essa nova dinâmica de trabalho que o governador está implementando tende a facilitar esse contato”, explica Rotolo, citando a iniciativa “papel zero”, a unificação de plataformas e digitalização de procedimentos como exemplos.

Prefeitura recupera asfalto e fez outras melhorias no Mercado Municipal

Além do Mercado Municipal, equipes de reparo asfáltico trabalham no Alto de Santana, Vila Nova e Santa Maria.

Os serviços de reparo asfáltico prosseguem em Rio Claro com ações simultâneas em vários bairros. Alto do Santana, Vila Nova e Santa Maria recebem o serviço de tapa-buracos e uma quarta equipe foi deslocada para obras de recapeamento no Mercado Municipal, uma melhoria que há anos era solicitada pela população e comerciantes. “O asfalto do ‘Mercadão’ estava em péssimas condições, é uma situação que incomodava há vários anos e agora estamos conseguindo fazer esse trabalho que integra nossos esforços para valorizar uma das mais importantes referências histórias, urbanística e do comércio rio-clarense”, explica o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, que acompanhou o início do recapeamento na segunda-feira (10).

O projeto da prefeitura para o Mercado Municipal vai além. A iluminação pública está sendo ampliada, para mais conforto e sensação de segurança dos frequentadores. Oito lâmpadas de 250 watts mistas estão sendo substituídas por oito de 400 watts que, além de mais potentes, iluminam com vapor metálico, emitindo luz branca e clareando mais. Outras melhorias incluem nova pintura no chafariz instalado no centro do mercado.

A prefeitura deve anunciar em breve outras etapas da revitalização do local. O assunto vem sendo discutido com a Câmara Municipal e o presidente André Godoy, juntamente com os vereadores Carol Gomes, Ruggero Seron, Geraldo Voluntário e Yves Carbinatti se reuniram com comerciantes para tratar assunto, que já foi abordado por muitos vereadores em requerimentos. “Com a união de todos, conseguiremos devolver o brilho que o Mercado Municipal merece”, comenta André Godoy.

Na visita ao local na segunda-feira, o prefeito Juninho esteve acompanhado do diretor municipal de Desenvolvimento Econômico, Laerte Tebaldi Filho, e conversou com comerciantes do local. Dono de restaurante instalado há 12 anos no “Mercado”, Sebastião Generoso Neto aprova as iniciativas da prefeitura. “Estou muito feliz de ver essas melhorias sendo realizadas, é sem dúvida uma ótima notícia”, afirma.

De acordo com o secretário municipal de Governo, Desenvolvimento Econômico e Planejamento, Francesco Rotolo, a revitalização do Mercado Municipal terá desdobramentos positivos nos esforços da prefeitura para estimular o lazer e comércio locais. “Em um único local, o Mercado resume o potencial do município nessas duas áreas”, destaca.

O Mercado Municipal reúne várias atividades comerciais. Bares, lanchonetes, peixaria, artesanato e vários outros produtos em um dos mais antigos prédios do município, erguido em 1885.

Prefeitura inicia melhorias no Mercado Municipal

Pátio será repavimentado e chafariz também receberá melhorias.

A prefeitura de Rio Claro inicia na segunda-feira (10) a primeira etapa de uma série de melhorias para revitalizar o Mercado Municipal. O trabalho terá início com o recapeamento do piso interno do “Mercadão”, antigo pedido de comerciantes e frequentadores. “O Mercado Municipal é uma referência para Rio Claro e estamos trabalhando no sentido de valorizar esse que, além do comércio, é também um importante espaço de lazer e convivência do município”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, que visitou o local na sexta-feira (7) junto com o secretário municipal de Governo, Desenvolvimento Econômico e Planejamento, Francesco Rotolo.

Depois do recapeamento, a administração municipal fará outras ações no Mercado Municipal. Já está na relação de serviços da prefeitura pintura do chafariz e reforço na iluminação, para ampliar a sensação de segurança dos comerciante e usuários.

“Além de sua importância como ponto comercial, o Mercado Municipal é um patrimônio histórico da arquitetura da cidade”, destaca André Godoy, presidente da Câmara Municipal, ao comentar a importância dos investimentos que a prefeitura está providenciando para o local. Juntamente com os vereadores Carol Gomes, Ruggero Seron e Yves Carbinatti e comerciantes, André Godoy participou de reunião no gabinete do prefeito sobre melhorias no Mercado Municipal, assunto que já foi abordado por muitos vereadores em requerimentos.

Dono de restaurante instalado há 12 anos no “Mercado”, Sebastião Generoso Neto aprova as iniciativas da prefeitura. “Estou muito feliz de ver essas melhorias sendo realizadas”, afirma. “Estamos dialogando com a prefeitura desde o início da atual gestão e avanços já foram feitos nessa administração”, afirma. “Agora temos esta boa notícia”.

De acordo com o secretário municipal Francesco Rotolo, a ação da prefeitura no Mercado Municipal faz parte da proposta do governo municipal de estimular o lazer e o comércio local.

Rio Claro terá cadastro no programa Meu Emprego

Portal do governo estadual na área de qualificação profissional foi lançado na terça-feira.


Francesco Rotolo, Laura Laganá, Juninho da Padaria e Daniela Ferraz.

Para dar maior impulso à geração de empregos no município, a prefeitura de Rio Claro fará nos próximos dias cadastro no programa estadual Meu Emprego. A plataforma online, que entra em operação nesta semana, vai aglutinar todos os cursos gratuitos de qualificação profissional oferecidos pelo governo do estado ao mesmo tempo em que permitirá que as cidades cadastradas registrem suas demandas na área. O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, participou do evento de lançamento do portal, realizado terça-feira (4) no Palácio dos Bandeirantes, onde também estiveram presentes o secretário municipal de Governo, Desenvolvimento Econômico e Planejamento, Francesco Rotolo, e a secretária municipal de Cultura, Daniela Ferraz. De acordo com o prefeito Juninho, a criação do portal é uma excelente notícia que terá reflexos positivos nas ações de capacitação em Rio Claro, uma das prioridades da atual administração municipal. “É uma iniciativa que agiliza as tratativas com o governo estadual e permite que possamos trazer cursos mais alinhados à realidade do mercado de trabalho local”, enfatiza.

Na mesma linha, Francesco Rotolo vê a iniciativa como “bastante interessante para os municípios, pois desburocratiza procedimentos para capacitação do trabalhador, e qualificar a população é gerar oportunidade de emprego e renda”. Somente neste ano e no ano passado, programas de qualificação profissional intermediados pela prefeitura, por meio da Secretaria de Governo, Desenvolvimento Econômico e Planejamento, capacitaram cerca de 580 pessoas atendidas pelo Posto de Atendimento ao Trabalhador. Além disso, outros setores da prefeitura também realizam cursos, como o Fundo Social de Solidariedade que, em parceria com entidades, qualificou outras 500 pessoas somente em 2018.

O programa Meu Emprego foi lançado pelo governador João Dória e pela secretária de estado do Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen. Também participou Laura Laganá, diretora-superintendente do Centro Paula Souza (CPS), entidade vinculada à pasta estadual de Desenvolvimento Econômico responsável por programas de qualificação profissional como o Via Rápida Emprego, que já formaram dezenas de pessoas em Rio Claro. De acordo com o governo, a proposta da iniciativa é criar no estado de São Paulo um milhão de empregos em quatro anos.

Prefeito vai à China em busca de investimentos para Rio Claro

Objetivo é apresentar o potencial da cidade ao mercado asiático para investimentos e parcerias.

O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, viaja nesta quinta-feira (18) à China, com despesas integralmente custeadas pela entidade chinesa que fez o convite ao prefeito, que estará de volta na próxima quinta-feira (25)

O prefeito de Rio Claro estará em Haidian, distrito do município de Pequim, onde deverá firmar convênios de cooperação nas áreas de educação, saúde, lazer, cultura e esportes.

A viagem também é importante pela oportunidade da troca de informações com empresários chineses. O prefeito apresentará o potencial de Rio Claro para futuros investimentos no comércio e indústria.

“Estamos aproveitando esta oportunidade para divulgar positivamente o nome de nossa cidade e estabelecer contatos para novos investimentos”, afirma Juninho, que viajará acompanhado do secretário municipal de Governo, Desenvolvimento Econômico e Planejamento, Francesco Rotolo.

Embora a viagem tenha duração inferior a 15 dias, o prefeito Juninho encaminhou ofício à Câmara Municipal informando que durante sua ausência o vice-prefeito, Marco Antonio Bellagamba, assumirá o comando do município.

Audiência pública discute adequação no Plano Diretor para novas oficinas ferroviárias

Comunidade está convidada a participar da reunião.

Audiência pública será realizada em Rio Claro nesta terça-feira (16), às 18h30 na Câmara Municipal, para discutir adequação no Plano Diretor, mais uma etapa no processo de transferência das oficinas ferroviárias da região central da cidade para o Jardim Guanabara.

A solicitação de adequação foi feita pelo Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) e a prefeitura encaminhou projeto de lei à Câmara Municipal propondo alterar a área de zoneamento de sustentável para industrial. “É um projeto que vem sendo realizado há anos sem que fosse verificada a questão do zoneamento”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, acrescentando que agora estamos providenciando a adequação da lei.

A proposta será discutida em duas audiências públicas, sendo a próxima no dia 26 de abril, também às 18h30 na Câmara. Depois disso, o projeto será levado ao plenário para votação dos vereadores. “Sem essa alteração não será possível instalar as oficinas ferroviárias no Guanabara”, explica Francesco Rotolo, secretário municipal de Governo, Desenvolvimento Econômico e Planejamento.

O presidente da Câmara Municipal, André Godoy, afirma que o Legislativo vem cumprindo o trâmite exigido pelo regimento interno da casa, inclusive a realização de audiências públicas. “Entendo que o projeto deve ser discutido com toda a sociedade, uma vez que amplia as perspectivas de crescimento econômico e geração de empregos no município”, declara André Godoy.

A transferência das oficinas da região central para o Jardim Guanabara é um grande anseio da comunidade. As oficinas funcionam há décadas no mesmo local em Rio Claro e são vistas hoje como um grande empecilho para o crescimento da cidade.

Livro “Diferentes porém iguais” está disponível nas bibliotecas públicas

Interessados poderão conferir a obra escrita e ilustrada por crianças de projetos sociais.

“Diferentes porém iguais” é o nome do livro lançado na terça-feira (9) em Rio Claro. Os textos e ilustrações da obra foram feitos por crianças e adolescentes atendidos pelos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) oferecidos pela prefeitura e também por entidades parceiras do município. O livro traz histórias e relatos escritos pelas crianças e jovens, com base em suas experiências de vida. A obra não será comercializada, mas os interessados em conferir o trabalho das crianças poderão ter acesso ao livro nas bibliotecas públicas municipais e também no Arquivo Público e Histórico do município.

O livro foi organizado pela prefeitura, através da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Social, com apoio de organizações da sociedade civil. Os autores são crianças e jovens do SCFV Jardim Bandeirantes, Projovem, SCFV Jardim Brasília, SCFV Jardim das Flores, Agência Adventista de Recursos Assistenciais Central Brasileira (Adra), Aldeias Infantis SOS Brasil, Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), Centro Social e Esportivo Claretiano Terra Nova, Educandário Santa Maria Goretti, Núcleo Artevida Associação Beneficente, Sociedade Beneficente São João da Escócia e União de Amigos (Udam).

“Foi gratificante realizar esse trabalho e ver o sorriso nos rostos das crianças. É algo que vai marcar esses jovens para o resto de suas vidas”, destaca a secretária municipal do Desenvolvimento Social, Érica Belomi, uma das organizadoras do livro, trabalho realizado em parceria com Rita de Cássia Dalla Costa Godoy Lima, diretora do Departamento de Gestão Integrada do Suas, e Viviane Cristina Geraldo, gerente de Proteção Social Básica.

A publicação foi feita dentro do projeto “Como nasce um livro”, da editora Adonis, que também fez revisão de textos e projetos editorial e gráfico. O livro está registrado na Biblioteca Nacional, como é feito com as demais publicações.

Centenas de pessoas participaram do lançamento do livro no Centro Cultural “Roberto Palmari”. Familiares, autoridades, representantes das entidades e profissionais do setor foram prestigiar o trabalho desenvolvido pelas crianças. “Agradeço o empenho e o trabalho realizado pelas equipes da secretaria e das entidades para viabilizar a obra, bem como o apoio dos pais e familiares dos autores”, destacou Érica Belomi.

O vice-presidente da Udam, Adriano Marchi, enfatizou a importância do trabalho desenvolvido com as crianças. O ex-deputado Aldo Demarchi elogiou o trabalho desenvolvido pela prefeitura e entidades. “As crianças de hoje são o futuro do amanhã e, por isso, o poder público deve ter um olhar voltado para o social”, frisou.

Também participaram do lançamento Daniel Buchdid, diretor municipal dos Programas Complementares e presidente dos conselhos municipais da Criança e do Adolescente e da Assistência Social; Augusto Pedro Prochnon Júnior, presidente da Casa das Crianças; Ruy Philadelpho Machado Filho, presidente da Apae; Candinha Demarchi, ex-secretária municipal; e os vereadores Adriano La Torre e Geraldo Voluntário.

Savegnago inaugura terceira loja e gera mais 120 empregos em Rio Claro

Rede de supermercados emprega cerca de 600 trabalhadores na cidade.

Os moradores de Rio Claro e região ganharam mais uma opção de compras no varejo. A rede de supermercados Savegnago inaugurou nesta quinta-feira (21) a terceira loja da rede na cidade, a 46ª unidade da empresa. A nova loja fica na Avenida 29, no bairro Cidade Jardim, e iniciou operação abrindo 120 empregos diretos. A rede tem outras duas lojas no município na Rua 14, Bairro do Estádio, e na Rua José Felício Castellano, na Vila Cristina. Juntas, as três lojas geram aproximadamente 600 postos de trabalho.

“É uma grande satisfação inaugurar a terceira loja da rede em Rio Claro. Agradeço ao prefeito Juninho da Padaria que desde o início de sua gestão tem apoiado o plano de expansão da empresa com foco na geração de emprego e renda na cidade”, disse o presidente-executivo da rede, Sebastião Savegnago, o Chalim.

O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, destacou a importância do investimento no município. “Ficamos felizes quando vemos pessoas que acreditam em Rio Claro e escolhem a cidade para investir, gerando emprego e renda e movimentando a economia do município”, declarou Juninho, destacando que a prefeitura vem trabalhando para divulgar o potencial econômico de Rio Claro e atrair novos investidores.

A nova loja Savegnago já está em funcionamento com equipe de colaboradores pronta para atender os clientes. Da inauguração participaram o vice-prefeito e secretário da Segurança, coronel Marco Antonio Bellagamba; os secretários municipais Rodrigo Ragghiante (Negócios Jurídicos) e Francesco Rotolo (Governo, Desenvolvimento Econômico e Planejamento); o presidente da Câmara Municipal, André Godoy, e os vereadores Geraldo Voluntário, Irander Augusto e Hernani Leonhardt; Antonio Carlos Beltrame (Secreta), presidente da Acirc (Associação Comercial e Industrial de Rio Claro); Luís Fernando de Godoy, comandante da Guarda Civil Municipal (GCM); além de diretores da empresa, fornecedores e clientes.

PAT de Rio Claro atende média de 250 pessoas por dia

Posto de Atendimento ao Trabalhador rio-clarense atende na Rua 6, 676, entre avenidas 9 e 11.

Opção para quem quer ingressar ou se recolocar no mercado de  Trabalho, o Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) de Rio Claro está desde dezembro na Rua 6, 676, entre avenidas 9 e 11, Centro. “O PAT continua atendendo diariamente grande quantidade pessoas, com a diferença de que agora temos um espaço mais adequado para receber aqueles que querem oportunidade de entrar ou se recolocar no mercado de trabalho”, comenta Renata Murbach, diretora do PAT de Rio Claro.

A frequência de atendimento do PAT em média é de  250 pessoas por dia. Além de intermediar o contato entre empregadores e trabalhadores, o PAT também vem se destacando no município pelos cursos de qualificação profissional que ministra a partir de parcerias da prefeitura com outras esferas de administração, como o governo estadual. O atendimento no PAT rio-clarense é feito de segunda a sexta-feira das 8 às 16 horas.

No prédio atual o PAT atende em plenas condições de acessibilidade, inclusive com portas largas para permitir a passagem de cadeiras de rodas e piso plano. Além de instalar o PAT em um prédio melhor, a prefeitura também economizou no aluguel, que era de quase R$ 6 mil  no prédio antigo e agora é de R$ 5 mil.

Empresa investe R$ 20 milhões em Rio Claro, cria empregos e adota uma praça

Praça fica na Rua 7 com a Avenida Visconde do Rio Claro

Na manhã dessa quarta-feira (13), representantes da empresa Safra Indústria e Comércio de Álcool para Uso Doméstico Ltda., Mariana Cristina Bortoloti e Marcio José da Silva foram recebidos pelo prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, para assinarem a adesão ao “Adote uma Praça”, programa da prefeitura de Rio Claro. 
A praça adotada fica na Rua 7 com a Avenida Visconde do Rio Claro, no Centro. A parceria terá a duração de dois anos, podendo ser prorrogada, e a empresa iniciará as melhorias no paisagismo e demais cuidados com o local.
O adotante recebe permissão de uso da praça onde pode instalar placa publicitária no local, respeitando a padronização definida pela prefeitura.
“Parceria que mostra Poder Público e iniciativa privada de mãos dadas em prol da cidade, a favor da comunidade. Só temos de agradecer essa iniciativa da Safra em apoiar essa ideia e adotar uma das nossas praças”, agradeceu Juninho.
Na ocasião, Márcio anunciou ao prefeito que a empresa já está prestes a iniciar a implantação de uma biodestilaria no município. Tais investimentos, segundo Márcio são da ordem de R$ 20 milhões. “Pretendemos gerar cerca de 60 novos empregos diretos, além dos indiretos. E podemos afirmar que a prefeitura foi ágil na obtenção da documentação necessária para dar início a esse investimento”, ressaltou Márcio.
Juninho também agradeceu e reafirmou o papel da prefeitura com relação aos investimentos de empresas privadas no município. “O Poder Público deve sempre ter em mente de que precisa ser um facilitador, eliminando burocracias desnecessárias e excessivas e sendo parceiro nos projetos, pois a geração de novos empregos e riquezas para a cidade é fundamental para o progresso e o bem estar da população”, ressaltou Juninho.
Também presentes ao ato de assinatura do Adote Uma Praça com a Safra, estavam Amanda Silva Servidoni e Margarete Pisani, ambas da Secretaria de Governo, representando o secretário Francesco Rotolo.