Daae inicia modernização da rede de abastecimento de água da cidade

Ação visa substituir as tubulações mais antigas por material mais moderno e resistente, melhorando consideravelmente o fornecimento de água em toda a cidade.

Em mais uma ação de melhoria no fornecimento de água no município, o Daae (Departamento Autônomo de Água e Esgoto) de Rio Claro está fazendo a troca das redes mais antigas de abastecimento de água por outras mais modernas e resistentes em diversos pontos da cidade.

Nesta semana, a equipe de manutenção e obras da autarquia está substituindo 180 metros da tubulação na Rua Jacutinga, próxima da Avenida Saburo Akamine. Já foram substituídos mais de 60 metros da tubulação instalada cerca de 50 anos atrás.

Por ser de ferro fundido, a tubulação estava praticamente obstruída por incrustações, dificultando o fluxo da água e essa ação visa melhorar o abastecimento já que todo o trecho está sendo renovado com rede de 63 milímetros de Polietileno de Alta Densidade (Pead).

“O Pead tem mais de 100 anos de vida útil, alto desempenho e flexibilidade, não forma incrustações na rede, é resistente ao impacto e imune a corrosões, melhorando consideravelmente o fornecimento de água na cidade”, informa o superintendente do Daae, Paulo Roberto Bortolotti, destacando que a iniciativa segue as determinações do prefeito João Teixeira Junior. O investimento para esse trecho de 180 metros é de aproximadamente R$ 180 mil.

O Pead já tem sido utilizado pela autarquia quando realiza manutenções emergenciais na rede da cidade. De acordo com o Daae, atualmente, há aproximadamente 900 quilômetros de rede de água em todo o município e para fazer a troca das tubulações mais antigas para este material mais moderno e resistente, o investimento seria em torno de R$ 50 milhões.

O trecho da Rua Jacutinga deve ser finalizado até o final desta semana desde que a condição climática seja favorável para a realização do serviço. A obra está sendo feita por etapas e a substituição dos 180 metros de rede deve ser concluída até a primeira quinzena deste mês.

“O Daae está fazendo o mapeamento das áreas mais críticas para continuar, gradativamente, realizando essas ações em todo o município”, comenta o diretor técnico, Marcio Frandi.

Esse mapeamento tem sido feito com os dados do sistema de georreferenciamento das redes de água e esgoto de toda a cidade, realizado recentemente pela equipe de engenharia da autarquia, permitindo que o planejamento de obras seja feito de forma muito mais prática, rápida e eficiente.

Problema na rede elétrica afeta ETA 2 e fornecimento de água em bairros de Rio Claro

Previsão para normalizar o abastecimento é para até o início da noite desta quarta-feira (1). Uso responsável da água se faz necessário no período.

Um problema na rede elétrica no início da tarde dessa quarta-feira (1) paralisou a Estação de Tratamento de Água (ETA 2), localizada na estrada municipal que liga o Distrito Industrial ao distrito de Ajapi e é responsável por 60% do abastecimento da cidade. Os outros 40% são distribuídos pela ETA 1, que fica no Cidade Nova e segue funcionando normalmente.

Assim que o problema foi detectado, o Daae (Departamento Autônomo de Água e Esgoto) acionou a empresa concessionária de energia elétrica da cidade para que fosse realizado o serviço de reparo elétrico.

Por causa da queda de energia que resultou na paralisação, o fornecimento de água nos bairros abastecidos pela ETA 2 deve se normalizar, gradativamente, até o início da noite desta quarta-feira (1).

A baixa pressão ou interrupção temporária no fornecimento de água até a normalização da ETA 2 deve atingir o distrito de Ajapi e os bairros Mãe Preta, Grande Cervezão, Santana, Alto do Santana, Parque das Nações 1 e 2, Distrito Industrial, Vila Industrial, Arco-íris, Alan Grey, Vila Verde, Vila Nova, Vila Martins, Vila Olinda, Jardim Floridiana, Jardim América, Jardim Progresso 1 e 2, Jardim Guanabara, Jardim das Palmeiras, Jardim das Flores, Bonsucesso, Village, Panorama, Jardim Maria Cristina, Jardim Cidade Azul, Jardim Azul, Boa Vista, Paulista 2, Centenário, Nova Rio Claro, Bandeirantes, Jardim Primavera, Jardim Portugal, Jardim Brasília, Jardim Karan, Jardim Figueira, Jardim Ipê, Jardim São Paulo,  Wenzel, Novo Wenzel, São Miguel, Santa Maria, Santa Elisa, Terra Nova, Recanto Paraíso, São Caetano, Parque Universitário, Parque São Jorge, Parque Residencial, Ipanema, Chácara Rupiara, Matheus Manieiro, BNH, Bom Retiro, Condomínio Residencial São Paulo Home, Residencial Florença, Residencial Regina Picelli, Águas Claras, Paineiras, Santa Clara 1 e 2 e Benjamin de Castro.

Nesse período, o Daae pede para que os consumidores façam uso responsável da água e reforça a importância de terem caixa d’água em seus imóveis, já que durante os serviços de manutenção os imóveis que possuem caixa d’água não sofrem com eventual falta d’água, o que reduz transtornos em casos de interrupção no fornecimento. As caixas d’água possuem volume suficiente para 24 horas de consumo racional, além de a instalação ser obrigatória, conforme o Código Sanitário Estadual.

Na retomada do abastecimento, serão realizadas descargas na rede. Pode haver casos pontuais de cor escura na água, que devem ser relatados à Central de Atendimento do Daae pelo telefone 0800-505-5200, que funciona 24 horas por dia e também atende chamadas via celular.

O Daae informa ainda que ao restabelecer o abastecimento, há um aumento temporário na pressão em alguns pontos da rede, o que pode deixar a água com um aspecto “esbranquiçado”. Neste caso, a água está apenas cheia de ar, podendo ser consumida normalmente.

Daae segue trabalhando em reparo emergencial na adutora embaixo da Washington Luís

Daae segue trabalhando em reparo emergencial na adutora embaixo da Rodovia Washington Luís

Previsão para a conclusão dos serviços é para o final da tarde e normalização do abastecimento durante a noite desta quarta-feira (10). Uso responsável da água se faz necessário nesse período.

O Daae (Departamento Autônomo de Água e Esgoto) de Rio Claro segue trabalhando no reparo emergencial na adutora de 400 milímetros que se rompeu sob a Rodovia Washington Luís na manhã desta quarta-feira (10).

Para executar o serviço foi necessário interromper temporariamente o abastecimento de água, o que pode ocasionar baixa pressão ou interrupção temporária no fornecimento de água nos bairros: Jardim Guanabara, condomínios e parte do Jardim das Palmeiras, Terra Nova, Nova Rio Claro, Jd. Centenário, Maria Cristina, Benjamin de Castro, Jd. Brasília e Jardim das Nações.

O trabalho de reparo é de alta complexidade por conta da localização da adutora, que fica embaixo da Rodovia Washington Luís. Diante disso, a previsão para a conclusão do serviço é para o final da tarde e a normalização do abastecimento de água nos bairros afetados vai acontecer gradativamente durante a noite desta quarta-feira.

Nesse período, o Daae pede para que os consumidores façam uso responsável da água e reforça a importância de terem caixa d’água em seus imóveis, já que durante os serviços de manutenção os imóveis que possuem caixa d’água não sofrem com eventual falta d’água, o que reduz transtornos em casos de interrupção no fornecimento. As caixas d’água possuem volume suficiente para 24 horas de consumo racional, além de a instalação ser obrigatória, conforme o Código Sanitário Estadual.

Na retomada do abastecimento, serão realizadas descargas na rede. Pode haver casos pontuais de cor escura na água, que devem ser relatados à Central de Atendimento do Daae pelo telefone 0800-505-5200, que funciona 24 horas por dia e também atende chamadas via celular.

O Daae informa ainda que ao restabelecer o abastecimento, há um aumento temporário na pressão em alguns pontos da rede, o que pode deixar a água com um aspecto “esbranquiçado”. Neste caso, a água está apenas cheia de ar, podendo ser consumida normalmente.

Daae faz reparo emergencial em adutora embaixo da Rodovia Washington Luís

Autarquia pede uso responsável da água durante toda quarta-feira (10).

O Daae (Departamento Autônomo de Água e Esgoto) de Rio Claro está fazendo reparo emergencial em adutora de 400 milímetros que se rompeu sob a Rodovia Washington Luís na manhã desta quarta-feira (10), próximo ao reservatório do bairro Jardim Centenário.

Para executar o serviço foi necessário interromper temporariamente o abastecimento de água, o que pode ocasionar baixa pressão ou interrupção temporária no fornecimento de água nos bairros: Jardim Guanabara, condomínios e parte do Jardim das Palmeiras, Terra Nova, Nova Rio Claro, Jd. Centenário, Maria Cristina, Benjamin de Castro, Jd. Brasília e Jardim das Nações.

Devido às dificuldades operacionais e de acesso ao local que está a adutora, embaixo da Rodovia Washington Luís, ainda não há previsão de conclusão do reparo e normalização do abastecimento nos bairros afetados.

A autarquia pede que os munícipes façam uso responsável da água durante toda a quarta-feira (10) e vai atualizar as informações do reparo assim que possível.

O Daae pede para que os consumidores façam uso responsável da água e reforça a importância de terem caixa d’água em seus imóveis, já que durante os serviços de manutenção os imóveis que possuem caixa d’água não sofrem com eventual falta d’água, o que reduz transtornos em casos de interrupção no fornecimento.

As caixas d’água possuem volume suficiente para 24 horas de consumo racional, além de a instalação ser obrigatória, conforme o Código Sanitário Estadual.

Daee está consertando rede de água que abastece o Bairro do Estádio

Serviço deve ser concluído na manhã deste domingo.

Equipe do Departamento Autônomo de Água e Esgoto (Daae) está consertando uma rede de água que abastece a região do Bairro do Estádio, na área sul de Rio Claro.
Por causa do rompimento da rede, a água poderá chegar com coloração alterada e menos pressão nas torneiras dos imóveis.
A rede, que rompeu na Avenida 29 com Via Kennedy, deverá estar consertada já na manhã deste domingo (07 junho 2020) para que o abastecimento de água seja normalizado o quanto antes.

Rio Claro é a 2ª melhor cidade no ranking nacional de saneamento

Pelo segundo ano consecutivo município teve a segunda melhor classificação na análise da universalização do abastecimento de água e saneamento básico.

Rio Claro foi destaque e obteve a segunda colocação na pesquisa de abrangência nacional realizada pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (Abes), uma das entidades de maior credibilidade no setor de saneamento básico do Brasil.

A Abes analisou os 5.570 municípios do País, fazendo a classificação de 1.857 cidades das cinco regiões, considerando os índices de abastecimento de água, coleta de esgoto, tratamento de esgoto, coleta de resíduos sólidos e destinação adequada de resíduos, levando em conta também o índice de internações por doenças relacionadas ao saneamento ambiental irregular (DRSAI).

“O investimento no saneamento básico da cidade promove diretamente a melhoria da saúde da população, principalmente para aqueles de maior vulnerabilidade social, e é prioridade total desde o início da nossa gestão”, comenta o prefeito João Teixeira Junior. “A ótima classificação de Rio Claro nesse levantamento mostra que estamos no caminho certo e que nossos esforços estão dando resultados”, acrescenta Juninho.

Rio Claro obteve a pontuação máxima em todos os quesitos referentes aos serviços de saneamento básico, sendo classificada em segundo lugar dentre os 1857 municípios avaliados. Só teve pontuação menor que São Caetano do Sul, a primeira classificada, na taxa de internações por DRSAI.

“Na pesquisa do ano passado Rio Claro também apresentou a mesma pontuação máxima que a primeira classificada nos quesitos de saneamento básico e pontuação menor na taxa de internação por DRSAI, obtendo também o segundo lugar, o que nos dá certeza de que Rio Claro tem água e saneamento básico em níveis entre os mais altos do Brasil”, ressalta o superintendente do Departamento Autônomo de Água e Esgotos (Daae), Paulo Roberto Bortolotti.

A atual administração realizou em 2019 a atualização do Plano Diretor de Água e o Plano Diretor de Esgoto, que complementados pelos Plano de Manejo de Resíduos Sólidos e Plano de Manejo de Águas Pluviais, comporão a atualização do Plano Municipal de Saneamento Básico.

“Os Planos Diretores de Água e Esgoto foram concebidos para um horizonte de 20 anos, prevendo a modernização e expansão do Sistema Público de Saneamento correspondente ao crescimento econômico e populacional de Rio Claro nesse período, contemplando as obras e ações ambientais para cada vez melhor atender a população”, destaca o diretor de Gestão, Projetos e Planejamento do Daae, Ricardo Pires de Oliveira.

Com os investimentos programados para este e para os próximos cinco anos, inclusive com ações para redução de perdas nas redes de distribuição de água e combate a fraudes e ligações clandestinas, a situação do saneamento básico de Rio Claro deverá ser ainda melhor, devido também às medidas de recuperação de áreas de proteção permanente às margens dos rios e nascentes que formam os mananciais de captação de água para o tratamento e abastecimento à população, e eliminação de lançamentos irregulares de poluentes nos cursos d’água.

Daae implanta consulta “on-line” aos mapas de água e esgoto

Com esta medida, usuário sabe na hora se há condição técnica para novas ligações de água e esgoto.

Depois de disponibilizar o recebimento de chamadas de telefones celulares pelo Sistema de Teleatendimento (0800-505.5200), o Departamento Autônomo de Água e Esgoto (Daae) também oferece à população um novo benefício para facilitar o atendimento presencial dos usuários.

A partir de agora, todos os funcionários do setor de atendimento presencial do Daae têm acesso “on-line” aos mapas das redes de água e esgoto, permitindo que os atendentes façam as consultas no cadastro técnico na hora de abrir os pedidos de nova ligação à rede de abastecimento de água. A consulta direta aos mapas no momento do pedido evita, por exemplo, que sejam feitos pedidos de ligação em locais onde não existam as redes de água ou esgoto.

“É mais um recurso de última geração que a administração municipal, por intermédio do Daae, oferece à população rio-clarense para auxiliar e agilizar o atendimento de suas necessidades”, destaca o superintendente do Daae, Paulo Roberto Bortolotti.

Com a implantação desse novo módulo no sistema de geoprocessamento e cadastro técnico, todos os postos de trabalho do setor de atendimento presencial do Daae têm acesso “on-line” às atualizações das redes de água e esgoto, proporcionando muito mais qualidade e rapidez ao atendimento aos usuários. “Com esta medida, além de facilitar para os usuários, o Daae também está oferecendo melhores condições para o trabalho de seus servidores”, afirma o prefeito João Teixeira Junior.

Vinculando as informações do cadastro técnico das redes aos dados das leituras de consumo de mais de oitenta mil ligações de água e esgoto do sistema público municipal, o departamento de Engenharia do Daae realiza as simulações hidráulicas e as disponibiliza de imediato nos mapas atualizados para consulta pelos atendentes no ato do pedido de ligação.

Os mapas das redes também têm a indicação de registros e válvulas instaladas na tubulação, e poderão ser consultados pelas equipes de manutenção de campo pelos coletores eletrônicos de dados, que já recebem as ordens de serviço diretamente após a triagem das ocorrências abertas pelo sistema de teleatendimento (0800).

De acordo com Bortolotti, outros dados e recursos serão incorporados ao Sistema de Geoprocessamento e Cadastro Técnico do Daae, como informações sobre funcionamento dos reservatórios e estações de bombeamento, medidores de vazão e pressão da tubulação, e sondas de monitoramento da qualidade da água dos rios e da água tratada distribuída à população.

“Esse instrumento de alta tecnologia possibilita consulta “on-line” de informações técnicas que antes ficavam no departamento de Engenharia diretamente pelos atendentes e técnicos de manutenção e operação do Daae, proporcionando a melhoria contínua dos métodos e processos de trabalho para o abastecimento e atendimento aos usuários”, ressalta o Diretor de Gestão, Projetos e Planejamento do Daae, engenheiro Ricardo Pires de Oliveira.

Rio Claro quer usar Fundo para garantir água na pandemia

Decreto do prefeito Juninho estabeleceu possibilidade de uso dos recursos, mas Justiça suspendeu decreto.

A crise econômica provocada pela pandemia do novo coronavírus também atingiu a arrecadação dos municípios. Em Rio Claro, a prefeitura já contabiliza uma redução de aproximadamente 60% na arrecadação tributária e o Departamento Autônomo de Água e Esgoto (Daae) também já sente os reflexos da retração financeira.

Para que o departamento possa continuar em condições de realizar a captação, tratamento e fornecimento de água aos moradores e setores de comércio e indústria, o prefeito João Teixeira Junior assinou no início deste mês decreto que autoriza o Daae a utilizar até 50% dos recursos do Fundo de Compensação Tarifária dos Serviços de Esgoto.

A empresa BRK Ambiental, concessionária responsável pelo tratamento de esgoto do município em parceria público-privada, entrou com pedido e a Justiça concedeu liminar que suspendeu os efeitos do decreto assinado pelo prefeito Juninho.

“Vamos recorrer da decisão, pois a arrecadação do Daae caiu e, com isto, corremos o risco de ter os serviços de fornecimento de água prejudicados. Este dinheiro do Fundo é uma garantia para a manutenção do atendimento à comunidade”, explica Paulo Roberto Bortolotti, superintendente do Daae.

A administração municipal quer garantir, com o decreto, o pagamento de insumos, energia elétrica, serviços de manutenção de rede e outras similares, inclusive folha de pagamentos dos servidores.

“Adotamos uma medida preventiva para garantir o atendimento das famílias e empresas”, afirma o prefeito Juninho. “Só vamos utilizar os recursos, se houver necessidade”, explica.

Entre as medidas tomadas pelo município para enfrentar a pandemia, está a suspensão de corte de água de quem atrasar o pagamento da tarifa, pois, com a crise, muitas pessoas estão com dificuldades financeiras.

Daae faz reparo emergencial em rede de abastecimento no Jardim Esmeralda

Normalização do abastecimento está prevista para ocorrer no final da tarde desse domingo (10 de maio de 2020). Uso racional da água na região se faz necessário nesse período.

O Daae (Departamento Autônomo de Água e Esgoto) de Rio Claro está fazendo reparo emergencial em uma das redes de abastecimento que se rompeu neste domingo (10 de maio de 2020), na Estrada dos Costas, no Jardim Esmeralda, em frente ao condomínio Reserva das Palmeiras.

A autarquia pede que os munícipes redobrem a atenção e os cuidados e evitem transitar nas proximidades, procurando rotas alternativas para diminuir riscos de eventuais acidentes.

Também foi necessário interromper temporariamente o abastecimento de água, o que pode ocasionar baixa pressão ou interrupção momentânea no fornecimento de água nos bairros Jd. Esmeralda, Jd. Brasília, Jd. das Palmeiras, Jd. Guanabara, Terra Nova e bairros e condomínios próximos.

A previsão para conclusão dos trabalhos é para até o final da tarde deste domingo (10). Após a conclusão do serviço de reparo, o fornecimento de água será retomado aos poucos nos bairros afetados.

Nesse período, o Daae pede para que os consumidores façam uso responsável da água e reforça a importância de terem caixa d’água em seus imóveis, já que durante os serviços de manutenção os imóveis que possuem caixa d’água não sofrem com eventual falta d’água, o que reduz transtornos em casos de interrupção no fornecimento. As caixas d’água possuem volume suficiente para 24 horas de consumo racional, além de a instalação ser obrigatória, conforme o Código Sanitário Estadual.

Na retomada do abastecimento serão realizadas descargas na rede. Pode haver casos pontuais de cor escura na água, que devem ser relatados à Central de Atendimento do Daae pelo telefone 0800-505-5200 que funciona 24 horas e também atende chamadas via celular.

O Daae informa ainda que ao restabelecer o abastecimento, há um aumento temporário na pressão em alguns pontos da rede, o que pode deixar a água com um aspecto “esbranquiçado”. Neste caso, a água está apenas cheia de ar, podendo ser consumida normalmente.

Daae começa a atender chamadas de celulares pela linha 0800

Atendimento telefônico na linha 0800-505-5200 passa a ser mais abrangente.

Visando melhor atender os consumidores, o Daae (Departamento Autônomo de Água e Esgoto) de Rio Claro está ampliando o atendimento telefônico aos consumidores. Agora, a autarquia passa a atender também chamadas de telefones celulares pela linha 0800-505-5200, que atende 24 horas, todos os dias da semana.

“Um dos princípios dessa administração é atender o consumidor da melhor maneira possível. Como atualmente a maioria da população conta somente com telefone celular, estamos utilizando a tecnologia para beneficiar os consumidores e poder oferecer melhor suporte às suas necessidades”, afirma o superintendente do Daae, Paulo Roberto Bortolotti.

Para viabilizar o atendimento, a autarquia precisou realizar diversas configurações e adequações em seu sistema de atendimento telefônico. A ação também atende antiga reivindicação dos consumidores, que passam a ter atendimento mais abrangente em relação a outras autarquias.

“Observamos que poucas autarquias de cidades da região fazem atendimento telefônico de chamadas de celulares através do seu 0800 e este é um diferencial significativo aos nossos consumidores”, comenta o diretor de Relações com o Usuário, Fábio Sciamana.

Na linha 0800-505-5200, o consumidor pode solicitar inúmeros serviços, como aferição de hidrômetro, troca ou furto desse equipamento; manutenção hidráulica na calçada ou do cavalete; relatar vazamentos na rua, reservatórios ou em hidrantes; falta d’água ou baixa pressão; pedir descarga de cavalete; construção de caixas de proteção e padronização da ligação de água; solicitar quadro de consumo, segunda via da conta, débitos atualizados, extrato de débitos e demais informações de leituras; vistoria técnica no cavalete, hidrômetro ou no imóvel; religação na rede; reclamações; fechamento de valetas, reparo asfáltico e de calçada; ligação de água e hidrômetro; alteração de endereço para entrega de contas e demais mudanças cadastrais; denúncia ou autodenúncia de fraude ou ligações clandestinas, entre outros.

Para reduzir os riscos de contaminação pelo coronavírus, o atendimento presencial do Daae está temporariamente suspenso. O consumidor pode solicitar agendamento de atendimento pelo telefone 3531-5205, e ligar para o número 3531-5253 para questões relacionadas à dívida ativa. Esse padrão remoto de contato é realizado de segunda à sexta, das 7 às 13 horas e ambas as linhas também atendem chamadas via celular.

O acesso ao site do Daae, no endereço www.daaerioclaro.sp.gov.br, foi liberado neste período de pandemia sem a necessidade de cadastro. Por esse endereço eletrônico, o consumidor pode providenciar a segunda via da conta e consultar débitos.