Daae irá restituir valor de tarifa irregular de 2015

Reajuste feito em gestão passada foi anulado pela Justiça e, agora, Daae terá que devolver dinheiro.

O Departamento Autônomo de Água e Esgoto (Daae) de Rio Claro informa que, referente à decisão do Tribunal de Justiça que declarou nulo o segundo aumento nas contas de água e esgoto do ano de 2015, bem como determinou a devolução à população do excedente pago, com efeitos retroativos, irá, juntamente com o Ministério Público e a Ares-PCJ, analisar como será cumprida a decisão judicial, da melhor maneira a atender a população de Rio Claro que pagou as contas de água e esgoto da época, arcando com exposto erro administrativo da gestão municipal anterior, feito em 2015. Para esta devolução do dinheiro, será necessária uma análise da capacidade de pagamento do Daae.

Em março de 2015 houve aumento de 13,95% na tarifa de água e esgoto e, em agosto do mesmo ano, um novo acréscimo de 8,39% na tarifa, que foi aplicado nos meses de outubro de 2015 até maio de 2016. Esses valores serão restituídos pelo Daae a quem efetivamente pagou as tarifas com reajuste agora considerado pela Justiça como irregular.

Vigilância Sanitária confirma boa qualidade da água fornecida pelo Daae

Monitoramento é feito em pontos aleatórios da cidade.

Manter a qualidade no fornecimento de água na cidade é uma preocupação constante da atual gestão municipal. Além do Departamento Autônomo de Água e Esgoto (Daae) de Rio Claro, a Fundação de Saúde de Rio Claro, por meio da Vigilância Sanitária (Visa), também realiza o monitoramento permanente da água fornecida pela autarquia. A análise abrange também poços e represas utilizados por empresas e propriedades rurais de Rio Claro.

“Os parâmetros utilizados seguem as determinações do Ministério da Saúde e mostram que a água é própria para consumo”, explica Maurício Monteiro, gerente da Vigilância Sanitária do município.

A Visa faz coletas de amostra da água em pontos de consumo de todo o município, incluindo cavaletes dos imóveis, escolas, clubes, hospitais, empresas e unidades de saúde.

As coletas são realizadas pelos fiscais da Vigilância Sanitária e as amostras são encaminhadas ao Laboratório de Saúde Pública do Instituto Adolfo Lutz (IAL) Regional de Rio Claro, que realiza as análises e disponibiliza os resultados para a Vigilância Sanitária fazer o monitoramento da qualidade da água.

Nas amostras são analisadas a cor aparente, turbidez, temperatura, quantidade de flúor e cloro, além do PH da água. Também são asseguradas a ausência de coliformes totais e da Escherichia coli, bactéria que causa doenças como diarreia e infecção urinária.

Análise constante

O Daae realiza minucioso trabalho para assegurar a qualidade da água distribuída no município. Com a coleta diária de 10 amostras, são cerca de 150 análises feitas todos os dias. Equipes rotativas trabalham 24 horas, seguindo um rígido controle de dosagem de produtos químicos e acompanhamento dos padrões de qualidade, conforme as especificações do Ministério da Saúde.

Nas amostras do Daae, além dos parâmetros analisados pela Vigilância Sanitária, também são verificadas a quantidade de ferro, manganês, alumínio e fluoreto. Esses cuidados abrangem todo o sistema de distribuição das duas Estações de Tratamento de Água (ETA 1 e ETA 2), que funcionam diuturnamente, com análises de controle de qualidade feitas a cada hora antes da saída da água tratada para toda a cidade.

“O trabalho feito pela Vigilância Sanitária, somado a outras análises, assegura que a água distribuída para a população de Rio Claro é de qualidade e própria para consumo. Seguimos as determinações do prefeito Juninho e conseguimos prestar um serviço de excelência devido à equipe capacitada e empenhada que temos”, ressalta o superintendente do Daae, Paulo Roberto Bortolotti.

Além dessas duas análises, a agência reguladora Ares-PCJ também tem feito monitoramento mensal na rede de abastecimento. Recentemente, Rio Claro atingiu pontuação máxima, ficando em segundo lugar, no Ranking da Universalização do Saneamento entre cidades de grande porte (acima de 100 mil habitantes) em todo o país. Em boletim divulgado em junho pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (ABES), foram analisados o abastecimento de água, coleta de esgoto, tratamento de esgoto, coleta de resíduos sólidos, destinação adequada, taxa de internações por doenças relacionadas ao saneamento e plano de saneamento.

Daae trabalha durante madrugada mais fria do ano para manter abastecimento na cidade

Limpeza na canaleta de captação de água da ETA 2 foi feita em dia e horário com menor consumo para afetar o mínimo possível a rotina dos munícipes.
Além da preocupação em manter a qualidade da água fornecida em toda a cidade, o Departamento Autônomo de Água e Esgoto (Daae) de Rio Claro, também trabalha arduamente para que o abastecimento seja afetado o mínimo possível, principalmente quando manutenções preventivas são necessárias.
Na madrugada de sábado para domingo (7), a equipe da autarquia realizou a limpeza da canaleta de captação de água do rio Corumbataí, localizada na estrada municipal que liga o Distrito Industrial ao distrito de Ajapi.
Para realizar o serviço, a equipe da autarquia precisou, como procedimento padrão e controlado, paralisar a ETA 2, o que poderia causar baixa pressão ou interrupção temporária no fornecimento de água em 60% da cidade que é abastecida por essa Estação de Tratamento de Água.
Mas para afetar o mínimo possível do abastecimento, o serviço teve início às 23 horas de sábado (6), concluído por volta das 4h da manhã de domingo, quando o termômetro utilizado pela equipe do Daae no local registrou 0°C, sendo, até o momento, a noite mais fria do ano na cidade.
“Elaboramos a logística e preparamos o local durante a semana para que tudo transcorresse da melhor maneira possível. Todos os funcionários entenderam a necessidade da realização do serviço nesse horário e estavam devidamente preparados e protegidos do frio, com roupas adequadas”, comenta o diretor técnico, Marcio Frandi, que supervisionou o trabalho. “Também tínhamos chá e café para nos mantermos aquecidos”, acrescenta Frandi.
A temperatura estava tão baixa que ao final da manutenção, havia crostas de gelo formadas nos tetos dos veículos utilizados pela equipe formada por Marcio Frandi, Rodrigo Mura, Rodrigo Bichoff, Eduardo Vale e Demerval Prado, além de três funcionários da empresa terceirizada, operadores das retroescavadeiras e da escavadeira hidráulica.
“O trabalho foi feito durante frio intenso, mas os funcionários do Daae não mediram esforços para que a população não ficasse sem água, pois nesse dia e horário, o consumo é extremamente baixo. São heróis que estavam assegurando a continuidade do abastecimento de água na cidade”, destaca o superintende do Daae, Paulo Roberto Bortolotti.
A limpeza na canaleta é feita periodicamente para não comprometer o tratamento e o abastecimento de água nas regiões abastecidas pela ETA 2, garantindo a qualidade no fornecimento de água da região.

Daae faz reparo emergencial em adutora na Rodovia Washington Luís

Previsão inicial para conclusão do serviço é para o final desta sexta-feira.

O Departamento Autônomo de Água e Esgoto (Daae) de Rio Claro faz, nesta sexta-feira (5), reparo emergencial em adutora de 400 milímetros que se rompeu sob a Rodovia Washington Luís, próximo ao reservatório do bairro Jardim Centenário.

Para executar o serviço foi necessário interromper temporariamente o abastecimento de água, o que pode ocasionar baixa pressão ou interrupção temporária no fornecimento de água nos bairros: Jardim Guanabara, condomínios e parte do Jardim das Palmeiras, Terra Nova, Nova Rio Claro,  Centenário, Maria Cristina, Benjamin de Castro, Jardim Brasília e Jardim das Nações.

Devido à chuva e às dificuldades operacionais e de acesso, a previsão inicial para a conclusão dos trabalhos está prevista para o final da tarde desta sexta-feira (5), e a normalização do abastecimento nos bairros afetados durante a noite de sexta.

Nesse período, o Daae orienta que os consumidores deem atenção especial ao uso racional da água e reforça a importância de os moradores terem caixa d’água em seus imóveis, essencial para reduzir transtornos em caso de interrupção no fornecimento, com volume suficiente para 24 horas de consumo racional.

“A instalação de reservatórios nas residências é obrigatória, de acordo com o Código Sanitário Estadual”, comenta o superintendente do Daae, Paulo Roberto Bortolotti, observando que durante os serviços de manutenção, os imóveis que estão em acordo com o disposto nessa lei não sofrem com a eventual falta d’água quando usada racionalmente.

Assim que o serviço for concluído, a normalização da pressão e o abastecimento serão restabelecidos aos poucos e serão realizadas descargas na rede. Poderá haver casos pontuais de cor escura na água, que devem ser relatados à Central de Atendimento do Daae, pelo telefone 0800-505-5200.

Feriado altera atendimento do Daae na segunda e terça-feira

No fim de semana e feriado prolongado atendimento será feito por telefone.

O Departamento Autônomo de Água e Esgoto (Daae) de Rio Claro terá alterações no expediente na próxima semana, devido ao feriado de 9 de Julho. O atendimento presencial será feito até às 15 horas de sexta-feira (5), no balcão de atendimento na Avenida 8-A, no bairro Cidade Nova.

No sábado, domingo, segunda e terça-feira (9) o Daae não abre, mas fará atendimento telefônico 24 horas pela linha 0800-505-5200, para ligações recebidas de linha fixa. O atendimento presencial será retomado na quarta-feira (10), às 9 horas.

Daae faz manutenção na ETA 2 na madrugada de sábado para domingo

Limpeza de canaleta é preventiva e essencial para a qualidade da água distribuída à população.

O Departamento Autônomo de Água e Esgoto (Daae) de Rio Claro vai realizar manutenção preventiva na Estação de Tratamento de Água (ETA) 2 para limpar a canaleta de captação de água do Rio Corumbataí, localizada na estrada municipal que liga Rio Claro ao distrito de Ajapi. O serviço terá início por volta das 23 horas de sábado (6) e a conclusão do serviço está prevista para o início da manhã de domingo (7), bem como a normalização da pressurização e do fornecimento de água.

“Essa ação é feita periodicamente para não comprometer o tratamento e o abastecimento de água nas regiões abastecidas pela ETA 2, garantindo a qualidade no fornecimento de água da região”, explica o superintendente do Daae, Paulo Roberto Bortolotti, ressaltando que a limpeza será feita nesse horário para afetar o mínimo possível o abastecimento. “Este é o horário em que normalmente o consumo de água é menor”, observa.

Para realizar o serviço, a equipe da autarquia vai precisar, como procedimento padrão e controlado, paralisar a ETA 2, o que poderá causar baixa pressão ou interrupção temporária no fornecimento de água no distrito de Ajapi e nos bairros Mãe Preta, Grande Cervezão, Santana, Distrito Industrial, Vila Industrial, Arco-íris, Alan Grey, Vila Verde, Vila Nova, Vila Martins, Floridiana, Jardim América, Progresso 1 e 2, Jardim das Flores, Bandeirantes, Jardim Primavera, Jardim Portugal, Jardim Karan, Jardim Ipê, Jardim São João, São Miguel, Santa Maria, São Caetano, Parque Residencial, Ipanema, Chácara Rupiara, Residencial Florença, Residencial Regina Picelli, Águas Claras e Santa Clara 1 e 2.

Nesse período, o Daae orienta que os consumidores deem atenção especial ao uso racional da água e reforça a importância de os moradores terem caixa d’água em seus imóveis, essencial para reduzir transtornos em caso de interrupção no fornecimento. A instalação de caixas d’água nas residências é obrigatória, conforme estabelece o Código Sanitário Estadual.

Assim que o serviço for concluído, a normalização da pressão e o abastecimento serão restabelecidos aos poucos e serão realizadas descargas na rede. Poderá haver casos pontuais de cor escura na água, que devem ser relatados à Central de Atendimento do Daae, telefone 0800-505-5200.

No aniversário de Rio Claro, Daae é homenageado em desfile cívico

Autarquia faz 50 anos de fundação e lança logo comemorativo à data.

A cidade de Rio Claro comemorou 192 anos na segunda-feira (24). Para celebrar a data especial, o município realizou programação festiva que teve início com desfile cívico no Jardim Público no período da manhã. O evento contou com grande público que pôde conferir homenagens à Cidade Azul, sendo uma delas ao Departamento Autônomo de Água e Esgoto (Daae), que neste ano completa 50 anos de fundação.

Através da Secretaria Municipal da Educação, alunos do ensino fundamental das escolas municipais “Celeste Calil” e “Rubens Foot Guimarães” prestaram homenagens à autarquia. As crianças iniciaram a apresentação com um quebra-cabeça contendo imagens da história do Daae. Depois, uma apresentação de dança como forma de representar a captação, tratamento e fornecimento de água. Ao final, com duas faixas com fotos retratando a sua história e a frase “Daae, há meio século tratando bem a água de Rio Claro”, os alunos fizeram apresentação de duas músicas abordando a água como tema em homenagem não só à autarquia, mas também para todos os seus funcionários.

“Foi uma linda homenagem, com belas apresentações que engrandecem as comemorações de 50 anos de fundação da autarquia. Ficamos agradecidos pela lembrança”, comenta o superintendente do Daae, Paulo Roberto Bortolotti, que acompanhou o desfile. De acordo com ele, uma programação comemorativa de aniversário está sendo elaborada para o segundo semestre.

A autarquia aproveitou o momento para lançar oficialmente o logo comemorativo referente às suas “bodas de ouro”, estampado em camisetas vestidas pelas crianças das escolas. Em um círculo dourado, há 10 estrelas, o ano de fundação e o ano em que completa meio século, além do escrito “50 anos”, com o zero em formato de gota d’água, com o logo do Daae em seu interior.

Rio Claro obtém pontuação máxima no ranking nacional da universalização de saneamento

Avaliação foi feita pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental em 1.868 municípios e nas 27 capitais do país.

O Departamento Autônomo de Água e Esgoto (Daae) de Rio Claro tem como principal objetivo levar água com qualidade às torneiras de todo o município, sempre com responsabilidade com a saúde pública.

Mais uma vez esse compromisso foi confirmado em boletim divulgado na segunda-feira (17) pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (ABES), apontando Rio Claro em segundo lugar no Ranking da Universalização do Saneamento entre cidades de grande porte (acima de 100 mil habitantes) em todo o país.

Compõem o ranking 1868 municípios do Brasil e todas as 27 capitais neste instrumento de avaliação do setor, onde são avaliados o abastecimento de água, coleta de esgoto, tratamento de esgoto, coleta de resíduos sólidos, destinação adequada, taxa de internações por doenças relacionadas ao saneamento e plano de saneamento, permitindo identificar quais municípios estão próximos da universalização do saneamento.

As cidades foram classificadas em quatro categorias, sendo a pontuação máxima possível de 500 pontos, com Rio Claro entre as três únicas que alcançaram 100% em todos os cinco indicadores, classificado como “Rumo à universalização”, cuja pontuação é acima de 489 pontos.

“É um resultado bastante expressivo, que reforça a nossa preocupação em levar água com qualidade para toda a cidade”, afirma o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, ressaltando que Rio Claro ficou à frente de todas as capitais do país.

Nesta classificação, apenas 33 cidades consideradas de grande porte estão na lista. A Cidade Azul ficou atrás apenas de Piracicaba, que possui Plano de Saneamento, enquanto em Rio Claro está em fase de elaboração. A terceira cidade com pontuação máxima foi São Caetano do Sul, mas com maior taxa de internações: 24, contra 25 de Piracicaba e apenas cinco de Rio Claro. A única capital presente neste ranking é Curitiba, em quarto lugar, com 499,99 pontos.

“Seguindo as determinações do prefeito Juninho, o Daae consegue prestar um serviço de excelência devido à  equipe capacitada e empenhada que possui, o que é  confirmado em mais uma análise de outro órgão competente”, destaca o superintendente do Daae, Paulo Roberto Bortolotti, lembrando que além desta avaliação, a Agência Reguladora (Ares-PCJ) também tem feito análises na rede de abastecimento, atestando a qualidade da água em toda a cidade.

Das cidades da região nessa lista, Araraquara aparece na 30ª colocação, com 492,37 pontos, seguida de São Carlos, com 491,58 e em penúltimo neste ranking, Limeira, com 491,06.

Para assegurar a qualidade da água, há anos, o Daae faz um rígido trabalho na análise da água, com a coleta diária de 10 amostras, realizando cerca de 150 análises todos os dias. Equipes rotativas trabalham 24 horas por dia, seguindo um rígido controle de dosagem de produtos químicos e acompanhamento dos padrões de qualidade, conforme as determinações do Ministério da Saúde. Além disso, análises de controle de qualidade da água são feitas a cada hora antes da saída da água tratada para toda a cidade.

Esses cuidados abrangem todo o sistema de distribuição das duas Estações de Tratamento de Água (ETA 1 e ETA 2), que funcionam diuturnamente, com análises de controle de qualidade feitas a cada hora antes da saída da água tratada para toda a cidade.

Para melhorar ainda mais a infraestrutura da autarquia, o Daae aguarda a aprovação do projeto de financiamento de R$ 60 milhões que a prefeitura está tentando viabilizar para investir em pavimentação asfáltica, recapeamento, saúde e no Daae.

Desse montante, R$ 5 milhões serão destinados à autarquia para investimentos em melhorias na infraestrutura para melhorar a qualidade na captação, tratamento e abastecimento de água no município, além do pagamento do Fehidro (Fundo Estadual de Recursos Hídricos) e troca de trechos da rede de abastecimento.  

Corpus Christi e 192 anos de RC alteram atendimento do Daae

Atendimento presencial para na tarde de quarta-feira, 19, e retorna na manhã de terça-feira, 25.

O Departamento Autônomo de Água e Esgoto (Daae) de Rio Claro terá alterações no expediente nesta semana e na próxima, devido aos feriados de Corpus Christi e de aniversário da cidade. O atendimento presencial será feito até às 15 horas de quarta-feira-feira (19), no balcão de atendimento na Avenida 8-A, no bairro Cidade Nova.

Na quinta-feira (20), sexta-feira, sábado, domingo e segunda-feira (24) o Daae não abre, mas fará atendimento telefônico 24 horas pela linha 0800-505-5200, para ligações recebidas de linha fixa. O atendimento presencial será retomado na terça-feira (25), às 9 horas.

Daae finaliza plantio de mais de mil mudas em área rural

Atividade envolveu mais de 300 alunos de seis escolas do município em sete dias de atividades às margens do rio Corumbataí.

Após uma semana de intenso trabalho, o Departamento Autônomo de Água e Esgoto (Daae) de Rio Claro finalizou o plantio de 1.360 mudas de árvores nativas e frutíferas em área rural do município, às margens do rio Corumbataí.

As atividades foram realizadas no início do mês de junho em comemoração à semana do meio ambiente e fazem parte do “Programa de Recuperação de Área de Preservação Permanente do rio Corumbataí”, inserido no Projeto Nascentes, que faz o monitoramento, recuperação e proteção de nascentes no município e conta com o apoio das secretarias municipais da Agricultura, Abastecimento, Silvicultura e Manutenção; Educação e Meio Ambiente e também da Casa de Agricultura de Rio Claro e do Consórcio PCJ.

“É um número bastante significativo de mudas plantadas e seguimos recuperando e ampliando a proteção e conservação dos recursos hídricos de Rio Claro”, destaca José Crespo Filho, gerente de preservação do Meio Ambiente do Daae e coordenador do projeto Nascentes, ressaltando que esse trabalho é feito pelo Daae desde 2017, com mudas do viveiro da autarquia.

Seis escolas, sendo quatro municipais e duas particulares, participaram dos plantios, envolvendo no total mais de 300 alunos, que puderam aprender na prática mais sobre o meio ambiente.

“Acreditamos na conscientização e na educação ambiental como agente transformador e as crianças têm esse poder, além de adquirir hábitos que vão beneficiar não só o meio ambiente, mas o futuro de todos”, comenta o superintendente do Daae, Paulo Roberto Bortolotti.

O plantio foi feito em área rural particular próxima à captação da Estação de Tratamento de Água (ETA 2), na Estada do Sobrado, mediante autorização do proprietário. O local foi definido após estudo feito da bacia hidrográfica pela Unidade de Gerenciamento de Projetos de Rio Claro (UGP), com visita de campo e imagens via satélite.

“É fundamental o consentimento e a colaboração dos proprietários para a realização desse trabalho”, acrescenta o superintendente da autarquia, ressaltando que essa ação também é importante para os produtores rurais em termos de adequação ambiental de seus imóveis à etapa posterior ao Cadastro Ambiental Rural (CAR).

Tanto as escolas interessadas em participar do projeto e plantio, como os proprietários com intenção de aderirem ao programa de recuperação ambiental devem ligar para a gerência de Meio Ambiente do Daae, no telefone 3531-5248, em horário comercial.

A autarquia reforça que as doações de mudas não são para plantio em residências, e sim em Áreas de Preservação Permanente (APPs), chácaras, sítios e fazendas no entorno de cursos d’água e nascentes e são feitas mediante cadastro e agendamento.