Daae faz mapeamento de áreas degradadas para recuperar matas ciliares na bacia do rio Corumbataí


Foco da ação é revigorar e preservar os mananciais em Áreas de Proteção Permanente para futuramente atender as demandas crescentes de água da população.

Com o objetivo de proteger os mananciais e os recursos hídricos do município, além de garantir melhora na qualidade da água bruta, o Daae (Departamento Autônomo de Água e Esgoto) de Rio Claro está realizando mapeamento das Áreas de Proteção Permanente (APP’s) degradadas ao longo das margens do rio Corumbataí.

O Programa de Recuperação de Áreas Degradadas do rio Corumbataí (PRAD Corumbataí) é feito nessa primeira etapa desde a captação de água da Estação de Tratamento de Água (ETA 2), até a divisa do município de Corumbataí e tem como foco recuperar as áreas de proteção permanente das margens do rio e não somente as nascentes, com a qualificação do proprietário e respectiva propriedade, quantidade de área de APP no perímetro e o quanto está degradado.

Em fase final do mapeamento, foram identificados 33 hectares de áreas degradadas para recuperação das matas ciliares em 35 propriedades rurais, que para serem recuperados terão o plantio de 51 mil mudas de espécies nativas.

“Esse trabalho é importante para quantificar o número de mudas a serem plantadas e está sendo realizado com auxílio do sistema de geoprocessamento do Daae, que permite mapeamento das redes de água e esgoto e monitoramento dos mananciais de captação de água para o tratamento e abastecimento à população”, explica o superintendente do Daae, Paulo Roberto Bortolotti.

Para dar continuidade nas ações, o Daae acionou o Consórcio PCJ para auxiliar o município na conscientização dos proprietários rurais da importância da preservação das APPs de suas propriedades e a planejar com sustentabilidade a segunda etapa das atividades, com a realização dos plantios, que devem acontecer no segundo semestre desse ano, com o retorno do período chuvoso.

“Estamos direcionando nossa tecnologia de ponta para a proteção e defesa do meio ambiente. A recuperação dessas APPs é uma medida fundamental para que no futuro, os mananciais estejam recuperados e mais preservados, possibilitando o atendimento das demandas crescentes de água da população atual e das futuras gerações”, aponta o diretor de Gestão, Projetos e Planejamento do Daae, Ricardo Pires de Oliveira.

A iniciativa também atende solicitações de órgãos ambientais e do Grupo de Atuação Especial em Defesa do Meio Ambiente (GAEMA-PCJ) do Ministério Público do Estado de São Paulo, e da Promotoria do Meio Ambiente de Rio Claro.

Concluído o mapeamento do rio Corumbataí, a equipe do Daae fará o trabalho de identificação das áreas degradadas ao longo do Ribeirão Claro, desde a captação de água bruta da Estação de Tratamento de Água (ETA 1), até após a passagem sob a Rodovia Wilson Finardi (SP-191).

Além deste trabalho, o Daae realiza desde 2017, o Projeto Nascentes. Utilizando as mudas do viveiro da autarquia, essa ação tem recuperado e ampliado a proteção e conservação dos recursos hídricos em nascentes no perímetro urbano e rural de Rio Claro, com o plantio de cerca de 10 mil mudas em três anos de projeto e a participação de mais de mil crianças e adolescentes da rede pública e privada de ensino do município, que também participaram de debates sobre educação ambiental e conscientização para preservação e o uso racional de água, realizadas pela equipe ambiental da autarquia.

Daae terá plantão telefônico durante feriado da Semana Santa

Atendimento 24 horas será pela linha 0800-505-5200, que recebe chamadas de telefone fixo.

Os contatos com o Daae (Departamento Autônomo de Água e Esgoto) de Rio Claro terão alterações no período de quinta-feira (9) a domingo (12) devido à Semana Santa.

O atendimento telefônico para agendamentos será interrompido nessa quarta-feira (8) às 13 horas. A partir desse horário até o domingo de Páscoa o Daae terá atendimento telefônico para emergências relacionadas à distribuição de água somente pela linha 0800-505-5200, que recebe chamadas de telefone fixo.

O atendimento telefônico para demais serviços será retomado na segunda-feira (13) às 7 horas. Esse padrão remoto de contato foi adotado temporariamente para reduzir os riscos de contaminação pelo coronavírus. Com exceção de feriados, pontos facultativos e finais de semana, os clientes do Daae podem ligar 3531-5205 e solicitar serviços, e 3531-5253 para questões relacionadas à dívida ativa. Essas duas linhas também atendem chamadas via celular.

O acesso ao site do Daae, cujo endereço é wwww.daaerioclaro.sp.gov.br, foi liberado nesse período de pandemia sem a necessidade de cadastro. Por esse endereço eletrônico o consumidor pode providenciar a segunda via da conta e consultar débitos.

Daae altera cálculo do consumo de água em imóveis com hidrômetros internos

Medida segue resolução da Ares-PCJ e visa garantir o bem-estar dos consumidores e dos profissionais que fazem a leitura dos aparelhos.

O Daae (Departamento Autônomo de Água e Esgoto) de Rio Claro começa a adotar neste mês de abril uma nova medida para auxiliar na prevenção de contágio pelo coronavírus, alterando o método de cobrança do consumo de água em imóveis com hidrômetros instalados na parte interna das residências. 

A partir deste mês, o cálculo de consumo nesses imóveis será feito pela média do consumo de água dos últimos três meses. O objetivo é que não haja contato físico do leiturista com o cliente ou o equipamento.

“Quando o hidrômetro estiver dentro do imóvel, as faturas serão emitidas com base na média aritmética dos consumos faturados no trimestre anterior”, explica o superintendente do Daae, Paulo Roberto Bortolotti, ressaltando que a medida segue a resolução da Agência Reguladora Ares-PCJ, nº 345, de 23 de março de 2020.

A autarquia esclarece ainda que a mudança tem como objetivo garantir o bem-estar dos moradores e dos profissionais que fazem a leitura dos hidrômetros, sem colocar em risco a saúde dos profissionais e dos consumidores. Em Rio Claro, esse trabalho é feito pela BRK Ambiental.

O Daae informa ainda que, caso clientes não optarem pela cobrança feita com a média do consumo dos três meses anteriores, podem apresentar a leitura atual do medidor pelo e-mail sacrioclaro@brkambiental.com.br.

Nesse caso, será necessário informar o endereço completo, o número da ligação e enviar uma foto do medidor com a leitura realizada na data prevista para a leitura. Essa informação está contida na última fatura recebida. A atualização da medição será feita e uma nova fatura será encaminhada para o e-mail do cliente.

Para residências em que o hidrômetro está instalado do lado externo a apuração seguirá normalmente.

Daae faz reparo emergencial em rede no bairro Consolação

Serviço deve ser concluído no início da tarde desta quinta-feira e abastecimento será normalizado gradativamente.

O Daae (Departamento Autônomo de Água e Esgoto) de Rio Claro está fazendo reparo emergencial em uma rede de abastecimento que se rompeu na Rua 15 com a Avenida 19, no bairro Consolação.

Para realizar o serviço foi necessário interditar o trânsito na Rua 15 com a Avenida 17 e na Avenida 19 com a Rua 16. A orientação é para que se redobre a atenção ao se transitar pelas proximidades.

Essa rede é ligada a uma adutora de 300 milímetros que precisou ser fechada para a realização da manutenção, interrompendo temporariamente o abastecimento de água nos bairros abastecidos pela Estação de Tratamento de Água (ETA 1), que fica no bairro Cidade Nova.

Com isso pode haver baixa pressão ou interrupção temporária no fornecimento de água nos bairros Bela Vista, Cidade Nova, Vila Alemã, Santa Cruz, Santana, Centro, Cidade Jardim, Saúde, Copacabana, Bairro do Estádio, Cidade Claret, Vila do Rádio, Inocoop, Jardim Mirassol, Jardim Novo, Jardim Anhanguera, Jardim Kennedy, Jardim Donângela, Jardim Conduta, Jardim do Trevo, Jardim Nova Veneza, Vila Operária, Vila Paulista, Vila Santo Antônio, Vila Indaiá, Vila Aparecida, Vila do Horto, Consolação, Parque Flórida, São Benedito, Itapuã, bairro Olímpico e Porto Fino.

Assim que retomado o abastecimento, serão realizadas descargas na rede. Pode haver casos pontuais de cor escura na água, que devem ser relatados à Central de Atendimento do Daae pelo telefone 0800-505-5200, que funciona 24 horas ligações de telefone fixo. Outra opção é a linha 3531-5205, que atende chamadas via celular e atende de segunda a sexta das 7h às 13 horas.

Nesse período, o Daae orienta que os consumidores façam uso racional da água. A autarquia reforça a importância de os moradores terem caixa d’água em seus imóveis, já que durante os serviços de manutenção os imóveis que possuem caixa d’água não sofrem com eventual falta d’água, o que reduz transtornos em casos de interrupção no fornecimento.

O Daae informa ainda que ao restabelecer o abastecimento há um aumento temporário na pressão em alguns pontos da rede, o que pode deixar a água com um aspecto “esbranquiçado”. Neste caso, a água está apenas cheia de ar, podendo ser consumida normalmente.

Daae aumenta atendimento telefônico aos consumidores

Usuários também podem pedir segunda via e consultar débitos pelo site da autarquia.

Uma das medidas tomadas Rio Claro para reduzir os riscos de contaminação pelo coronavírus (Covid-19) foi suspender o atendimento presencial no Daae. Mas a autarquia disponibilizou três linhas telefônicas para atender os consumidores. Para informações e pedidos de serviços, o munícipe deve ligar na linha 0800-505-5200, que funciona 24 horas por dia, utilizando telefone fixo.

O telefone 3531-5205 também deve ser utilizado para pedidos de serviços e a linha 3531-5253, para questões relacionadas à dívida ativa. Essas duas linhas atendem chamadas via celular e funcionam de segunda a sexta, das 7h às 13 horas.

O acesso ao site da autarquia, cujo endereço é wwww.daaerioclaro.sp.gov.br, foi liberado nesse período sem a necessidade de cadastro, onde o consumidor pode providenciar a segunda via da conta e consultar débitos.

Uso consciente da água contribui para manter abastecimento

Daae reforça a importância da higienização e pede uso racional da água.

A higienização, principalmente lavar bem as mãos com água e sabão, é fundamental no combate ao coronavírus (Covid-19). Seguindo as determinações do Ministério da Saúde e do Governo Estadual, Rio Claro adotou quarentena desde o dia 24 de março e consequentemente o consumo de água tem aumentado em todo o município.

Por isso, o Daae (Departamento Autônomo de Água e Esgoto) de Rio Claro orienta os consumidores para que façam uso racional da água para não comprometer o trabalho de captação, tratamento e fornecimento de água para que futuramente o abastecimento não seja prejudicado.

“O uso racional da água se faz mais do que necessário para que se mantenha a captação, tratamento e distribuição de água nesse período. Pedimos para que a população priorize as questões de higiene, tão eficazes no combate ao coronavírus e evite desperdícios. O uso consciente da água contribui para manter o abastecimento em toda a cidade”, comenta o prefeito João Teixeira Junior.

Como maneira de incentivar a higienização neste momento de pandemia, desde o dia 19 de março, o município estabeleceu a prorrogação por 30 dias dos cortes de água que estavam programados.

Mas além da higienização, também é fundamental ter garantido o abastecimento de água. Por isso, o Daae ressalta que a suspensão dos cortes não implica na isenção das contas no período, que continuam sendo emitidas normalmente.

“Com o aumento do consumo de água, o Daae precisou aumentar a captação, tratamento e distribuição, e consequentemente estamos usando mais produtos químicos e energia elétrica para mantermos o fornecimento. Por isso, pedimos para que os consumidores façam o uso racional da água e continuem realizando os pagamentos das contas normalmente para que o abastecimento não seja prejudicado nas próximas semanas”, destaca o superintendente do Daae, Paulo Roberto Bortolotti.
Para fazer o uso racional de água em casa, a autarquia recomenda que os munícipes sempre fechem a torneira quando forem lavar a louça, fazer a barba, lavar as mãos e escovar os dentes. Evitar banhos com mais de 10 minutos. Observar se não há vazamentos em torneiras ou nas descargas dos banheiros. Evitar lavar calçadas e sim utilizar vassoura na limpeza. Evitar uso da água para lazer, como lavar o carro ou encher piscinas. Reaproveitar a água da máquina de lavar, para lavar o quintal e não usar mangueiras e sim, regadores, principalmente para as plantas.

Com aumento do consumo de água, Rio Claro poderá usar fundo garantidor

Assunto foi discutido nesta segunda-feira (23) no gabinete do prefeito Juninho.

O município de Rio Claro poderá recorrer ao Fundo de Compensação Tarifária dos Serviços de Esgoto a fim de garantir o funcionamento de suas estações de tratamento de água.

A possibilidade de recorrer ao “fundo garantidor” foi tratada nesta segunda-feira (23) no paço municipal em reunião com o prefeito João Teixeira Junior, o superintendente do Departamento Autônomo de Água e Esgoto (Daae), Paulo Roberto Bortolotti, e o vereador André Godoy, presidente da Câmara Municipal.

O prefeito Juninho afirmou que, como serviço essencial, o Daae precisa funcionar em plenas condições, especialmente neste momento em que a higienização é tão importante para o combate ao novo coronavírus (Covid-19).

Bortolotti informou que desde que o novo coronavírus passou a ser uma ameaça para a população, o consumo de água no município vem subindo gradativamente e já aumentou bastante. “As pessoas estão lavando mais as mãos, as roupas, as casas e, evidentemente, estes cuidados com a saúde fazem com que se consuma mais água”, observou Bortolotti.

O presidente André Godoy disse que a Câmara Municipal apoia a iniciativa do município em utilizar o fundo garantidor. “Os vereadores não irão faltar em momento que a cidade clama por ajuda”, afirmou.

Queda de árvore na rede elétrica paralisa a ETA 2

Problema afetou a rede elétrica  causando a paralisação interrompendo o fornecimento de água. 

A forte chuva na tarde desta sexta-feira (20) ocasionou a queda de uma árvore que danificou rede elétrica próxima à Estação de Tratamento de Água (ETA) 2 de Rio Claro, paralisando a estação que fica na estrada municipal que liga o Distrito Industrial ao distrito de Ajapi e é responsável por 60% do abastecimento da cidade.

Assim que o problema foi detectado, imediatamente o Daae (Departamento Autônomo de Água e Esgoto) acionou a empresa concessionária de energia elétrica para realizar o serviço de reparo, cuja previsão de término é por volta das 17 horas.

Por causa da queda de energia que resultou na paralisação, o fornecimento de água nos bairros abastecidos pela ETA 2 deve se normalizar, gradativamente, até o início da noite desta sexta-feira (20).

A baixa pressão ou interrupção temporária no fornecimento de água até a normalização da ETA 2 deve atingir o distrito de Ajapi e os bairros Mãe Preta, Grande Cervezão, Santana, Alto do Santana, Parque das Nações 1 e 2, Distrito Industrial, Vila Industrial, Arco-íris, Alan Grey, Vila Verde, Vila Nova, Vila Martins, Vila Olinda, Jardim Floridiana, Jardim América, Jardim Progresso 1 e 2, Jardim Guanabara, Jardim das Palmeiras, Jardim das Flores, Bonsucesso, Village, Panorama, Jardim Maria Cristina, Jardim Cidade Azul, Jardim Azul, Boa Vista, Paulista 2, Centenário, Nova Rio Claro, Bandeirantes, Jardim Primavera, Jardim Portugal, Jardim Brasília, Jardim Karan, Jardim Figueira, Jardim Ipê, Jardim São Paulo,  Wenzel, Novo Wenzel, São Miguel, Santa Maria, Santa Elisa, Terra Nova, Recanto Paraíso, São Caetano, Parque Universitário, Parque São Jorge, Parque Residencial, Ipanema, Chácara Rupiara, Matheus Manieiro, BNH, Bom Retiro, Condomínio Residencial São Paulo Home, Residencial Florença, Residencial Regina Picelli, Águas Claras, Paineiras, Santa Clara 1 e 2 e Benjamin de Castro.

Nesse período o Daae orienta que os consumidores redobrem a atenção ao uso racional da água e reforça a importância de os moradores terem caixa d’água em seus imóveis, já que durante os serviços de manutenção os imóveis que possuem caixa d’água não sofrem com eventual falta d’água, quando usada racionalmente, reduzindo os transtornos em casos de interrupção no fornecimento.

O Daae informa ainda que ao restabelecer o abastecimento após a conclusão do reparo emergencial há um aumento temporário na pressão em alguns pontos da rede, o que pode deixar a água com um aspecto “esbranquiçado”. Neste caso, a água está apenas cheia de ar, podendo ser consumida normalmente.

A normalização da pressão e o abastecimento serão restabelecidos aos poucos e serão realizadas descargas na rede. Poderá haver casos pontuais de cor escura na água, que devem ser relatados à Central de Atendimento do Daae, pelo telefone 0800-505-5200.

Para incentivar higienização, Rio Claro prorroga cortes de água por 30 dias

Lavar as mãos é uma das medidas mais simples e eficazes para combater o coronavírus. Daae pede o uso racional da água.

A prefeitura de Rio Claro segue adotando ações para o enfrentamento ao coronavírus (Covid-19). Nesta quinta-feira (19) o município estabeleceu a prorrogação por 30 dias dos cortes de água que estavam programados. “Adotamos essa medida porque lavar as mãos com água e sabão é uma das medidas mais simples e eficazes para evitar infecção pelo coronavírus”, explica o prefeito João Teixeira Junior.

A prorrogação vale apenas para os cortes de água. As leituras e a emissão das contas continuarão sendo feitas. O Daae reforça a necessidade de todos fazerem sempre o uso racional da água.

“Pedimos para que os consumidores continuem realizando os pagamentos das contas de água normalmente para que o Daae tenha condições de manter o abastecimento e as pessoas tenham água inclusive para a higienização preventiva ao coronavírus”, destaca o superintendente do Daae, Paulo Roberto Bortolotti.

O secretário de Saúde, Maurício Monteiro, ressalta que para se conter a pandemia é necessário o envolvimento de toda a população, prevalecendo o pensamento coletivo. “A higienização é um ato individual e requer o comprometimento de todos. Assim temos mais chances de obtermos melhores resultados no combate ao coronavírus”, salienta.

A medida também atende solicitação do vereador Julinho Lopes feita por meio de ofício encaminhado ao prefeito, apoiada pelos vereadores Adriano La Torre, Irander Augusto, Hernani Leonhardt e Ruggero Seron, que participaram de reunião sobre o assunto no paço municipal com o prefeito, o superintendente do Daae e o secretário de Saúde.

Daae elabora sistema de geoprocessamento na rede de abastecimento de toda a cidade

Ação vai permitir o planejamento de obras de forma muito mais prática, rápida e eficiente, além de monitorar os mananciais e recursos hídricos do município.

Detalhe de ligações de água em imóveis

Com o objetivo de otimizar os trabalhos de planejamento estratégico e de manutenção na rede de abastecimento, o Daae (Departamento Autônomo de Água e Esgoto) de Rio Claro concluiu a primeira fase da implantação do sistema de georreferenciamento das redes de água e esgoto de toda a cidade. Agora, os cerca de 892 quilômetros de rede são monitorados por tecnologia de mapeamento por imagens de satélites.

O departamento de engenharia da autarquia, responsável por esse minucioso trabalho que levou cerca de um ano para ser realizado, passa a ter acesso on-line a todas as informações das redes, espacializadas em forma de mapa, possibilitando localizar redes e seus tipos e tamanhos.

Conectado ao sistema comercial e de faturamento da autarquia, o sistema recebe os dados das leituras viagra kullanımı de água dos usuários e realiza o monitoramento e os cálculos hidráulicos automatizados das vazões e pressões em todos os pontos do sistema de abastecimento de água do município.

“O sistema vai conter todo o projeto de setorização da rede de abastecimento, simulando a regionalização da tubulação e permitindo o planejamento de obras de forma muito mais prática, rápida e eficiente”, explica o diretor de gestão, projetos e planejamento do Daae, Ricardo Pires de Oliveira.

Na próxima etapa, que será concluída em breve, o atendimento presencial do Daae terá acesso aos mapas digitais das redes de água e esgoto, o que permitirá a consulta on-line aos cadastros técnicos das redes, agilizando e dando mais segurança ao atendimento para a população.

Rede de Água em Rio Claro

As equipes de manutenção e obras também terão acesso, através de dispositivos em celulares, aos mapas das redes, facilitando os serviços de manutenção nas redes de água e o atendimento às ordens de serviço, que já são recebidas on-line pelas equipes de campo nos celulares.

Com novos equipamentos de informática dedicados exclusivamente para a execução desse sistema, foi criado um completo banco de dados das redes e das áreas de mananciais, abrangendo todas as informações ambientais e de gestão dos recursos hídricos do município.

Com isso, esse sistema virtual também vai permitir o monitoramento das margens do Ribeirão Claro, cuja água bruta é captada para a Estação de Tratamento de Água (ETA 1) “José Maria Pedroso”, que fica no bairro Cidade Nova, responsável por 40% do abastecimento da cidade, e do rio Corumbataí, que abastece a ETA 2 “José Crespo”, localizada na estrada municipal que liga o Distrito Industrial ao distrito de Ajapi, responsável por 60% do abastecimento do município.

“Esse monitoramento visa a proteção e recuperação de áreas de proteção permanente degradadas e aumento da disponibilidade hídrica dos mananciais de captação de água para o tratamento e abastecimento aos consumidores”, destaca o superintendente do Daae, Paulo Roberto Bortolotti.Área de anexos.