Rio Claro suspende cobrança de estacionamento em área azul

Medida entra em vigor nesta quarta-feira (25) e vale até o dia 7 de abril.

A prefeitura de Rio Claro vai suspender a cobrança da tarifa de estacionamento rotativo na área azul a partir desta quarta-feira (25).  A medida consta de decreto municipal assinado pelo prefeito João Teixeira Junior, e vale até o dia 7 de abril. Com isso, a utilização do estacionamento rotativo passar a ser gratuita até o dia 7.

A iniciativa é mais uma medida de proteção contra o novo coronavírus (Covi-19). “Nosso objetivo é garantir maior agilidade para as pessoas que precisam ir ao banco ou à farmácia, por exemplo, a fim de diminuir o tempo de exposição e o contato com outras pessoas”, comenta o prefeito Juninho, reforçando pedido à comunidade para que permaneça em casa e só saia em caso de extrema necessidade.

Além da área azul, a prefeitura também interrompeu por 30 dias todos os prazos regulamentares legais, sem prejuízo de prorrogação, dos processos e expedientes administrativos no âmbito municipal. Na prática isso significa prorrogação de prazo dos processos protocolados no Atende Fácil, como apresentação de documentos, recurso de multa etc. “A medida visa assegurar o devido processo legal e ampla defesa ao cidadão”, explica o secretário municipal dos Negócios Jurídicos, Rodrigo Ragghiante.

Vale ressaltar que a interrupção de prazo não vale para o pagamento de tributos. As dívidas e taxas municipais devem ser pagas nas datas de vencimento.

Rio Claro vai adotar quarentena e fechar comércio para impedir avanço do coronavirus

Bares e restaurantes terão que ser fechados. Decreto municipal será publicado segunda-feira (23)

Após reunião no Paço Municipal na tarde deste sábado (21) o prefeito João Teixeira Junior anunciou que o município de Rio Claro vai seguir a determinação do governo estadual e adotar quarentena a partir da próxima terça-feira (24), por 15 dias.
O prefeito Juninho irá assinar decreto na segunda-feira (23) com as novas determinações e orientações à população. “Com a quarentena, deverão ser fechados bares e restaurantes. Supermercados, mercados e padarias de revenda continuarão funcionando”, antecipou Juninho.
De acordo com o secretário municipal de saúde, Maurício Monteiro, a quarentena é mais uma importante medida no enfrentamento do coronavirus. “São ações amargas, porém a população precisa entender que vivemos uma pandemia e todos precisam se informar, se prevenir e colaborar para que os efeitos do coronavirus sejam cialis menores em nossa cidade”, afirmou o secretário.
Representantes da Polícia Militar e Guarda Civil Municipal participaram da reunião deste sábado (21), onde também ficou definido o apoio das forças de segurança aos setores de fiscalização para cumprimento das medidas de fechamento do comércio em Rio Claro.
Até este sábado Rio Claro apresentava 25 casos em investigação e nenhum caso confirmado de coronavirus.

Prefeitura adquire novos coletes à prova de balas para a Guarda Civil

São 125 novos coletes que darão mais segurança para os guardas civis no desempenho de suas funções.

Os guardas civis municipais de Rio Claro estão recebendo novos coletes à prova de balas. Na quinta-feira (5) o prefeito João Teixeira Junior esteve na sede da corporação para iniciar a entrega dos itens, essenciais ao trabalho dos GCMs que percorrem as ruas ajudando a garantir a segurança da população. “Oferecer boas condições de trabalho é essencial para o bom atendimento à comunidade”, comenta Juninho, destacando a importância da Guarda Civil para o município.

São 125 novos coletes, em investimento de R$ 104 mil. Todos os guardas civis que desempenham funções operacionais nas ruas receberão os novos coletes. “Desde 2017 a prefeitura vem dando prioridade para o setor de segurança e isso vem se refletindo nos vários investimentos feitos recentemente na Guarda Civil”, comenta o vice-prefeito e secretário de Segurança, Marco Antonio Bellagamba.

Os atuais coletes utilizados pela Guarda Civil de Rio Claro estão perto do prazo final de validade. “É preciso que esse material seja renovado periodicamente para que os GCMs saiam às ruas sempre com toda a proteção necessária”, observa o comandante da Guarda Civil, Luís Fernando Godoy.

Além de munição, fardamento e novos equipamentos, outros exemplos de investimentos recentes da prefeitura na GCM é a renovação da frota de veículos da corporação e capacitação dos guardas com vários cursos e treinamentos. No final de janeiro a prefeitura também anunciou que realizará concurso público para ampliar o efetivo. A previsão é de que sejam abertas 50 vagas.

Rio Claro promove ciclo de atualização técnica da Defesa Civil

Aula inaugural foi realizada na quarta-feira (4) com palestra do coordenador regional da Defesa Civil.

Rio Claro iniciou na quarta-feira (4) a edição 2020 do ciclo de atualização técnica de Defesa Civil. “Investimentos em equipamentos e viaturas têm sido realizados e são importantes, porém ainda mais importante, é proporcionar conhecimento e capacitar as equipes para que o serviço tenha ainda mais qualidade”, frisou o prefeito João Teixeira Junior na abertura da programação, realizada no anfiteatro do Claretiano – Centro Universitário de Rio Claro.

“O ciclo de atualização é fundamental para o aperfeiçoamento das equipes e, ano após ano, esse treinamento tem alcançado mais profissionais, preparando-os para atuarem de maneira preventiva e reativa nos momentos de adversidades”, observou Marco Antonio Bellagamba, secretário de Segurança, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Sistema Viário.

“Nosso propósito é buscar conhecimento para exercer o trabalho da maneira mais profissional possível”, destacou Wagner Araújo, diretor da Defesa Civil de Rio Claro.

O ciclo de atualização técnica tem certificação do Ministério da Educação, conforme lembrou Marcelo Camacho de Souza, diretor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia. A importância do trabalho realizado pela Defesa Civil foi ressaltada em ofício encaminhado pelo presidente da Câmara Municipal, André Godoy, e endossada em fala do vereador Geraldo Voluntário. Também estiveram presentes na aula inaugural o comandante do 2º Subgrupamento dos Bombeiros,  capitão Marcelo Augusto Catelani; e tenente Larissa Fernanda Marcucci Sanches, comandante do 1º Pelotão da 2ª Companhia da Polícia Militar Rodoviária.

O público acompanhou palestra ministrada pelo coordenador regional da Defesa Civil da região de Campinas, Sidney Furtado Fernandes, que falou a respeito de cidades resilientes, que são aquelas preparadas para prevenir e, se não for possível evitar, absorver e se recuperar de forma eficiente dos efeitos de desastres.

O curso é voltado aos que trabalham direta ou indiretamente na área de defesa civil de Rio Claro e também da região. Cidades como Americana, Pirassununga e Cordeirópolis terão representantes no ciclo de atualização técnica.

Com aulas práticas e teóricas, o curso seguirá ao longo deste mês. O conteúdo programático será desenvolvido por integrantes da Defesa Civil de Rio Claro, Instituto de Pesquisa Tecnológica, Corpo de Bombeiros, Fundação Municipal de Saúde, de setores da prefeitura como Agricultura e Meio Ambiente e outros. A iniciativa conta com parceria da unidade de Rio Claro do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia.

Rio Claro inicia nesta 4ª-feira mais um ciclo de atualização técnica da Defesa Civil

Cidades da região vão participar das atividades organizadas pela prefeitura de Rio Claro.

Começa nesta quarta-feira (4) em Rio Claro a edição 2020 do ciclo de atualização técnica de Defesa Civil. Organizado pela prefeitura, o curso tem abertura programada para  as 9h30, no anfiteatro do Claretiano – Centro Universitário de Rio Claro (Avenida Santo Antonio Maria, 1724, Jardim Claret). A aula inaugural terá palestras do chefe da Casa Militar de São Paulo e coordenador da Defesa Civil do estado, coronel Walter Nyakas Júnior, e do coordenador regional da Defesa Civil da região de Campinas, Sidney Furtado Fernandes.

O coronel Nyakas Júnior falará sobre a importância das defesas civis para os municípios e Furtado fará explanação a respeito de cidades resilientes, que são aquelas preparadas para prevenir e, se não for possível evitar, absorver e se recuperar de forma eficiente dos efeitos de desastres. Após as duas apresentações, o evento será aberto para perguntas da plateia e dos órgãos de imprensa.

O curso é voltado aos que trabalham direta ou indiretamente na área de defesa civil de Rio Claro e também da região. Cidades como Americana, Pirassununga e Cordeirópolis terão representantes no ciclo de atualização técnica.

O curso seguirá ao longo deste mês, sempre às segundas, quartas e sextas-feiras, das 7h30 às 12h30. Serão 70 horas/aula, com certificado concedido ao final das atividades. As aulas teóricas serão realizadas na sede da Defesa Civil de Rio Claro e haverá aulas práticas em ambientes externos. O conteúdo programático será desenvolvido por integrantes da Defesa Civil de Rio Claro, Instituto de Pesquisa Tecnológica, Corpo de Bombeiros, Fundação Municipal de Saúde, de setores da prefeitura como Agricultura e Meio Ambiente e outros.

Entre os temas que serão abordados estão o Plano Preventivo de Defesa Civil, pronto socorrismo, técnicas de resgate de vítimas em áreas alagadas, segurança em edificações, prevenção a risco de deslizamentos e combate a incêndios florestais. A atividade final do curso será um simulado de ação contra o fogo em florestas.

A iniciativa conta com parceria da unidade de Rio Claro do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia e tem reconhecimento do Ministério da Educação. Haverá certificado para quem cumprir a exigência mínima de presença nas aulas.

Aula inaugural de curso terá presença do coordenador estadual da Defesa Civil

Prefeitura de Rio Claro realiza pelo quarto ano o ciclo de atualização técnica da Defesa Civil e cidades da região vão participar.


4º ciclo de atualização técnica da Defesa Civil será encerrado com simulação de combate a incêndio florestal.

Começa próxima quarta-feira (4) em Rio Claro a edição 2020 do ciclo de atualização técnica de Defesa Civil. Organizado pela prefeitura, o curso tem abertura programada para  as 9h30, no anfiteatro do Claretiano – Centro Universitário de Rio Claro (Avenida Santo Antonio Maria, 1724, Jardim Claret). A aula inaugural terá palestras do chefe da Casa Militar de São Paulo e coordenador da Defesa Civil do estado, coronel Walter Nyakas Júnior, e do coordenador regional da Defesa Civil da região de Campinas, Sidney Furtado Fernandes.

“A presença dessas duas importantes autoridades em Rio Claro mostra o alto nível do ciclo de atualização que teve início em nossa administração e que vem, desde 2017, sendo realizado anualmente”, comenta o prefeito João Teixeira Junior.

O coronel Nyakas Júnior falará sobre a importância das defesas civis para os municípios e Furtado fará explanação a respeito de cidades resilientes, que são aquelas preparadas para prevenir e, se não for possível evitar, absorver e se recuperar de forma eficiente dos efeitos de desastres. Após as duas apresentações, o evento será aberto para perguntas da plateia e dos órgãos de imprensa.

O curso é voltado aos que trabalham direta ou indiretamente na área de defesa civil de Rio Claro e também da região. Cidades como Americana, Pirassununga e Cordeirópolis terão representantes no ciclo de atualização técnica. “Rio Claro é referência em várias ações no setor e ficamos muito satisfeitos de compartilhar conhecimento e experiências que podem fazer a diferença em situações envolvendo riscos à população”, destaca o secretário municipal de Segurança, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Sistema Viário, coronal Marco Antonio Bellagamba.

O curso seguirá ao longo do mês de março, sempre às segundas, quartas e sextas-feiras, das 7h30 às 12h30. Serão 70 horas/aula, com certificado concedido ao final das atividades. As aulas teóricas serão realizadas na sede da Defesa Civil de Rio Claro e haverá aulas práticas em ambientes externos. O conteúdo programático será desenvolvido por integrantes da Defesa Civil de Rio Claro, Instituto de Pesquisa Tecnológica, Corpo de Bombeiros, Fundação Municipal de Saúde, de setores da prefeitura como Agricultura e Meio Ambiente e outros.

“O principal objetivo é aprimorar conhecimentos para o desenvolvimento de ações de Defesa Civil com base na segurança jurídica, técnica e operacional de seus agentes, visando a melhoria constante do atendimento à população”, esclarece o diretor da Defesa Civil de Rio Claro, Wagner Martins Araújo.

Entre os temas que serão abordados estão o Plano Preventivo de Defesa Civil, pronto socorrismo, técnicas de resgate de vítimas em áreas alagadas, segurança em edificações, prevenção a risco de deslizamentos e combate a incêndios florestais. A atividade final do curso será um simulado de ação contra o fogo em florestas.

A iniciativa conta com parceria da unidade de Rio Claro do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia e tem reconhecimento do Ministério da Educação. Haverá certificado para quem cumprir a exigência mínima de presença nas aulas.

Prefeito Juninho dá boas vindas ao novo comandante do CPI-9

Juninho reafirma compromisso de Rio Claro de unir forças em prol da segurança.

O CPI-9 (Comando de Policiamento do Interior) de Piracicaba tem novo comandante. O coronel Willians de Cerqueira Leite Martins assumiu o posto deixado pelo coronel Érico Hammerschmidt Júnior. Na manhã desta quarta-feira (12) o prefeito de Rio Claro, João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, deu as boas vindas ao novo comandante durante a revista semanal da tropa, primeiro evento oficial de Cerqueira Leite à frente do CPI-9.

“Desejo sucesso ao novo comandante nesta nova etapa e reafirmo o compromisso de Rio Claro de integração entre as forças de segurança para continuar diminuindo os indicadores de criminalidade e aumentar a sensação de segurança da população”, disse o prefeito Juninho da Padaria, que participou do evento em Piracicaba acompanhado do vice-prefeito e secretário de Segurança, Marco Antonio Bellagamba, e do vereador Ruggero Seron.

Na oportunidade, o prefeito salientou os avanços ocorridos em Rio Claro na área de segurança nos últimos três anos, com destaque para a diminuição dos indicadores criminais. Para a Polícia Militar foram destacadas três principais conquistas: a regularização da área da Força Tática, a implantação da atividade delegada e a doação do terreno para construção da nova sede do batalhão. “São conquistas importantes para a corporação e o município, fruto desse trabalho conjunto realizado em Rio Claro”, destacou Bellagamba, ressaltando a integração entre as forças de segurança: Guarda Civil Municipal, Polícia Civil e Polícia Militar.

O novo comandante recebeu de Rio Claro pedidos de apoio para as demandas do município, como aumento do efetivo da PM e construção da nova sede do batalhão. O coronel Cerqueira Leite observou que diminuir a criminalidade e melhorar a segurança é um grande desafio que só pode ser vencido com a participação de todos. O CPI-9 é responsável pela atuação da PM em 52 municípios da região, incluindo Rio Claro.

Período de chuvas pede cuidados da população

Tempo chuvoso também dificulta realização de serviços de manutenção.

As chuvas de verão trazem riscos que podem ser reduzidos com cuidados da comunidade. A Secretaria Municipal de Segurança, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Sistema Viário reforça orientações que ajudam a evitar problemas maiores em situações de risco relacionadas ao clima. “As chuvas mais fortes podem gerar transtornos como galhos ou árvores que caem, ruas alagadas e outros”, comenta o diretor da Defesa Civil de Rio Claro, Wagner Martins Araújo. “Algumas ações simples são essenciais para evitar contratempos”, acrescenta.

O período de chuvas também dificulta a realização de vários serviços de manutenção da cidade. O tapa-buracos é especialmente prejudicado com as chuvas, pois além do aumento dos buracos, principalmente nos trechos onde a pavimentação é antiga, o serviço fica mais difícil de ser realizado com qualidade em solo úmido. O serviço de corte de mato também fica lento.

Orientações

Uma das principais dicas à comunidade é evitar contato com a água de enchentes ou alagamentos. O risco de a água estar contaminada é alto, o que pode provocar doenças. A Defesa Civil também orienta para que se mantenha produtos de limpeza e alimentos fora do alcance das águas. Se houver contato, pode haver contaminação, portanto esse material deve ser descartado. Também é importante beber somente água filtrada ou fervida.

Não se deve transitar em vias alagadas, mas, se for o caso, é recomendável que a pessoa esteja calçada. Por questão de segurança, é importante andar utilizando apoio de muros e paredes. Durante as chuvas não se deve buscar abrigo sob árvores, pelo risco de raios e de quedas de galhos ou da própria árvore.

As pessoas que forem limpar locais atingidos por água e lama devem usar botas e luvas. Não se deve nunca reaproveitar a água das enchentes. É essencial manter equipamentos elétricos longe da água e não encostar nesses equipamentos se estiverem molhados.

O descarte correto de materiais também ajuda. Lixo jogado em terrenos e vias públicas entope galerias e bocas de lobo, prejudicando o sistema de escoamento de águas das chuvas, agravando problemas de inundações.

O departamento municipal de Defesa Civil mantém um serviço de emergência 24 horas, todos os dias da semana. Os contatos podem ser feitos pela linha telefônica 199.

Guarda Civil de Rio Claro está entre as mais ativas do estado de São Paulo

Números são da Secretaria Estadual de Segurança Pública. Rio Claro está na 18ª posição entre 223 municípios.

A Guarda Civil Municipal de Rio Claro está entre as 20 cidades do estado de São Paulo com maior volume de ocorrências atendidas e encaminhadas à Polícia Civil. O ranking foi apresentado no fim de semana durante a Conferência Nacional das Guardas Municipais e mostra a GCM rio-clarense na 18ª posição entre as 223 cidades paulistas que contam com guardas civis. “É mais um exemplo dos esforços de Rio Claro pela segurança, uma das prioridades de nosso governo”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria. “É sempre importante destacar o importante trabalho de nossos guardas municipais, pela dedicação e qualidade do atendimento prestado à população”, acrescenta.

Os números são da Secretaria Estadual de Segurança Pública e mostram que, em 2019, a Guarda Civil de Rio Claro encaminhou à polícia 579 ocorrências. Em 2018 foram 414 e em 2017, 481. “O ranking mostra claramente o importante trabalho que a Guarda Civil realiza pela manutenção da ordem pública e sua colaboração às polícias civil e militar”, ressalta o secretário municipal de Segurança, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Sistema Viário, Marco Antonio Bellagamba.

Desde que o atual governo teve início, em 2017, a prefeitura de Rio Claro vem fazendo vários investimentos na área de segurança. Duas centrais de segurança integradas foram entregues, na Avenida Tancredo Neves e na antiga estação ferroviária. A prefeitura implantou o programa Guarda Cidadã, a Patrulha Maria da Penha, a Patrulha do Idoso, os leitores automáticos de placas (LAPs) e reativou o patrulhamento rural. A Guarda Municipal ganhou 21 novos veículos, armamento e fardamento, além de cursos e treinamentos.

Na semana passada o governo municipal anunciou que vai realizar concurso público para ampliar o efetivo da corporação. A previsão é de que sejam abertas 50 vagas o que vai elevar o efetivo da GCM de 132 para 182 guardas municipais.

Novo concurso da Guarda Municipal prevê equipe contra maus-tratos de animais

Prefeitura fará concurso para contratação de mais 50 guardas municipais.


Guarda Municipal ganhou novas viaturas e ganhará novos integrantes em breve.

A prefeitura de Rio Claro vai realizar concurso com 50 vagas para a Guarda Civil Municipal (GCM). Com a ampliação do efetivo da corporação, o município terá equipe para atender ocorrências relativas aos maus-tratos de animais, e aplicar as punições quando necessárias. A medida estará prevista no edital do concurso. A ideia é ter uma viatura caracterizada para esse tipo de atendimento, como é feito com as patrulhas Maria da Penha e do Idoso.

“Com o efetivo atual da guarda não temos condições de ter esse serviço, mas com o acréscimo de mais 50 guardas poderemos oferecer à população mais esse atendimento para atender ocorrências e dar suporte aos protetores e ONGs que recebem denúncias desse tipo”, explica o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, lembrando que nos últimos três anos o município avançou muito nas questões referentes aos direitos dos animais. “Conseguimos criar um código de proteção e defesa dos animais que foi um grande ganho para a cidade, e em breve vamos inaugurar um gatil e um abrigo para animais de grande porte, e estamos trabalhando para avançar ainda mais na causa animal”, afirma.

A equipe da GCM deverá receber capacitação para conhecer as leis e normas que regem os direitos de proteção dos animais. Esse conhecimento vai auxiliar no trabalho dos profissionais em denúncias de violência e maus-tratos.

Desde o ano passado o município de Rio Claro tem lei própria que dispõe sobre a proteção e os direitos dos animais. O Código Municipal de Defesa e Proteção dos Animais estabelece regras para os cuidados com animais e cria multa de até R$ 8 mil para maus-tratos. Além disso, a lei de crimes ambientais prevê detenção de três meses a um ano para esse tipo de crime, além de multa. A pena aumenta em caso de morte do animal.