Polícia Militar comemora 30 anos do Batalhão de Rio Claro

Batalhão engloba oito municípios com população de quase 290 mil habitantes.

O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, participou nesta quinta-feira (15) da comemoração dos 30 anos do 37⁰ Batalhão da Polícia Militar do Interior (BPM/I) de Rio Claro completados nesta quinta-feira (15). O evento foi realizado no auditório do Sest Senat e também contou com solenidade de valorização dos policiais com realização de várias homenagens a policiais da ativa e reformados, ex-comandantes do Batalhão e os heróis que perderam a vida durante o trabalho.

“Fiquei muito feliz em participar da comemoração e poder abraçar nossos valorosos policiais, que arriscam diariamente suas vidas para garantir a segurança da população”, comentou Juninho, ressaltando que os índices de criminalidade têm diminuído em Rio Claro graças ao trabalho conjunto realizado pela Polícia Militar, Polícia Civil e Guarda Civil Municipal.

Para o presidente da Câmara, André Godoy, cuidar da segurança das pessoas de bem é uma grande responsabilidade. “Pelo trabalho incansável e destemido que realiza no combate ao crime, o 37º BPMI conta com o respeito e reconhecimento da comunidade rio-clarense. A Câmara estará sempre de portas abertas para que, através da representatividade política, as ações de segurança ganhem mais eficiência”, frisou.

O tenente-coronel Luís Roberto Moreira Filho, comandante do Batalhão, fez um resumo da história do Batalhão que começou como subdestacamento do Batalhão de Piracicaba na década de 1930, ascendeu a pelotão em 1957 e depois companhia em 1976 até ser elevado a Batalhão em 15 de agosto de 1989. A elevação foi feita através do decreto nº 29911 de 12 de maio de 1989, de autoria do então deputado estadual Aldo Demarchi. “Quero destacar a sensibilidade do comandante Moreira que resgatou a história do Batalhão e agradecer o trabalho dos PMs, a melhor corporação do país”, disse o ex-deputado Aldo Demarchi na cerimônia.

Também participaram do evento o juiz Cláudio Pavão, diretor do Fórum de Rio Claro; os vereadores Val Demarchi, Irander Augusto e Ruggero Seron; Luís Fernando de Godoy, comandante da Guarda Municipal; o major Aparecido Chagas do Nascimento, presidente da Apas (Associação Policial de Assistência à Saúde); tenente-coronel Rogério Capuano do CPI-9; delegado seccional Paulo Henrique Nabuco de Araújo; além de familiares dos policiais homenageados.

Servidores municipais fazem treinamento sobre situações de risco

São 150 servidores realizando curso para gestão de risco no ambiente de trabalho.

A prefeitura de Rio Claro, por intermédio da Secretaria Municipal de Segurança, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Sistema Viário, deu início nesta semana a novo ciclo de treinamento para servidores da administração pública, focado na percepção de risco e em ações emergenciais. A organização é do departamento municipal de Defesa Civil.

“Estamos difundindo conhecimentos relacionados à gestão de riscos no ambiente de trabalho e a ações de rotinas ou emergenciais que precisam ser desencadeadas em caso de eventuais problemas estruturais das edificações, de emergências médicas ou de incêndios”, explica o diretor da Defesa Civil de Rio Claro, Wagner Martins Araújo.  “São situações que muitas vezes precisam de ações iniciais de resposta imediata até a chegada de equipes especializadas”, acrescenta.

O curso está sendo oferecido para 150 servidores distribuídos em cinco turmas. As atividades seguem até o mês que vem, com aulas teóricas e práticas ministradas por profissionais da Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e Samu.

“Nossa foco em ações preventivas passam por manter um corpo de servidores públicos preparados para situações de risco, o que é essencial em uma estrutura que envolve centenas de profissionais”, observa o secretário municipal de Segurança, Marco Antonio Bellagamba.

A programação desta etapa do curso inclui atividades em escolas municipais, nas quais serão executados treinamentos para abandono de área e exercícios simulados progressivos, com o objetivo de produzir uma consciência de prevenção.

“Todos esses esforços têm o principal objetivo de preservar vidas, e reafirmam nossa atenção com os servidores municipais, que são parte essencial da  nossa administração”, salienta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.

“Baep é uma conquista para a região”, afirma prefeito Juninho

Batalhão especial da Polícia Militar será inaugurado em dezembro para atender toda a região.

A região de Rio Caro terá um Batalhão de Ações Especiais de Polícia (Baep) para reforçar o policiamento. A unidade será instalada até o final do ano no município de Piracicaba. A inauguração do Baep está prevista para o mês de dezembro. “É uma grande conquista para a região, que terá mais policiais em atuação aumentando a sensação de segurança da população”, avalia o prefeito de rio Claro, João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria. “Os indicadores de segurança da região estão melhorando e é preciso continuar investindo para que nossos policiais tenham boas condições de trabalho e possam prestar um serviço ainda melhor à população”, acrescenta o prefeito.

O mês de inauguração do Baep foi confirmado na quinta-feira (8) pelo governador em exercício, Rodrigo Garcia, durante a cerimônia de entrega de 70 viaturas para a Polícia Militar realizada em Piracicaba. “Esse será o quinto Baep instalado em nossa administração e o sexto será instalado em Ribeirão Preto. Com isso, em poucos meses de governo, vamos aumentar de cinco para 11 os Baeps no estado”, informou Garcia.

O Baep de Piracicaba será o décimo do estado e deverá ter 268 novos policiais com treinamentos especiais para atuar em toda a região. “O Baep é um instrumento a mais colocado à disposição da população regional que vai contribuir para baixarmos ainda mais os indicadores criminais”, comenta o vice-prefeito e secretário de Segurança, Marco Antonio Bellagamba.

Para o presidente da Câmara Municipal de Rio Claro, André Godoy, essa é mais uma importante iniciativa do governador João Dória e do vice-governador Rodrigo Garcia para reforçar a segurança pública em todo o estado. “Além de novos veículos e armamentos, temos a ampliação do número de Baeps nas sedes dos comandos de área e atuação em todas as cidades da região. Sem dúvida, o estado de São Paulo vive um novo momento no combate à criminalidade, o que já se reflete nas estatísticas das ocorrências em Rio Claro e na maioria dos municípios”, destacou André Godoy.

Das 70 viaturas entregues ao CPI-9 (Comando de Policiamento do Interior) na quinta-feira (8), a cidade de Rio Claro foi contemplada com três veículos, sendo um carro modelo Spin e duas motos. Da cerimônia de entrega das viaturas também participaram os vereadores Irander Augusto, Adriano La Torre, Ney Paiva, Júlio Lopes, Ruggero Seron, Hernani Leonhardt e Rogério Guedes.

Antenas anticerol serão distribuídas gratuitamente neste sábado em RC

Instalação dos equipamentos nas motos também será gratuita.

A prefeitura de Rio Claro faz neste sábado (3), das 10 às 14 horas, distribuição gratuita de antenas anticerol no cruzamento da Rua 4 com Avenida 1, região central da cidade. A ação faz parte da programação de atividades da campanha Fique Antenado, que visa orientar e conscientizar os motociclistas sobre a importância do uso das antenas que cortam linha com cerol e outros cortantes. “É uma ação preventiva com o objetivo de orientar os condutores para que tenhamos um trânsito mais seguro”, afirma o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.

Na ação deste sábado serão distribuídas 400 antenas. Quem quiser poderá optar pela instalação do equipamento na hora, também de forma gratuita. Além das antenas, motociclistas e demais pessoas que passarem pelo local vão receber folhetos informativos sobre segurança no trânsito, direção consciente, os riscos do uso de celular ao volante, entre outros temas. “Os motociclistas vão receber as antenas gratuitamente e teremos o apoio de profissionais para instalar de imediato o equipamento nas motos”, reforça o vice-prefeito e secretário de Segurança, Marco Antonio Bellagamba.

O diretor municipal de Mobilidade Urbana, Adilson Marques, observa que a eficácia da ação para ampliar a segurança e diminuir acidentes depende da conscientização dos motociclistas sobre o uso das antenas e demais equipamentos de segurança, além da obediência às leis de trânsito.

Representantes de várias cidades concluem em RC curso sobre drones

Rio Claro é referência no uso do equipamento, que auxilia em ações de segurança e monitoramento.

DCIM\100MEDIA\DJI_0091.JPG

A prefeitura de Rio Claro concluiu formação de mais uma turma que realizou o curso para Operações com Sistemas de Aeronaves Remotamente Pilotadas, popularmente chamados de “drones”. Foi a quinta turma que recebeu orientações sobre como manobrar o equipamento, que tem várias utilidades nas áreas de segurança e monitoramento em áreas de risco, entre outras.

“Novamente, representantes de vários municípios frequentaram o curso, mostrando que a integração entre os órgãos públicos para difusão de experiências e conhecimentos, é um diferencial positivo, com benefícios para toda a população”, comenta o secretário municipal de Segurança, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Sistema Viário, Marco Antonio Bellagamba.

Os 25 formandos são das defesas civis de Rio Claro, Santa Gertrudes e Campinas; guardas municipais de Rio Claro, Santa Gertrudes, Piracicaba, Cordeirópolis, Pirassununga e Salto; Polícia Militar e Polícia Civil de Rio Claro; Polícia Rodoviária de Rio Claro e Ribeirão Preto; Polícia Ambiental de Rio Claro, Pirassununga e São João da Boa Vista; Corpo de Bombeiros de Rio Claro e Piracicaba; Secretaria de Meio Ambiente de Rio Claro e Santa Gertrudes; Vigilância Patrimonial de Rio Claro; e Secretaria de Obras de São Carlos.

“No total, são 111 pessoas formadas nesse curso, no qual Rio Claro é referência”, comenta o diretor municipal de Defesa Civil, Wagner Martins Araújo, informando que cinco turmas já passaram pelo curso, que é organizado pela Secretaria Municipal de Segurança em parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia, que confere à atividade reconhecimento do Ministério da Educação.

O curso tem o objetivo de capacitar os profissionais para a operacionalização das aeronaves e pilotos de acordo com os parâmetros da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e do departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea).

45ª Carreata de São Cristóvão contará com ação especial em prol dos motoristas

A tradicional Carreata de São Cristóvão, que presta homenagem ao santo padroeiro dos motoristas e viajantes, chega a 45ª edição no próximo sábado, 20 de julho, e nesse ano contará com uma programação especial. A novidade é que a concentração terá início a partir das 12 horas, na Avenida Presidente Kennedy, em frente ao portão principal do Aeroclube. No local, haverá área de bem estar com diversas atrações para os motoristas e também para crianças. A 45ª Carreata de São Cristóvão é uma realização do Sintrarc (Sindicato dos Transportadores Autônomos Rodoviários de Pessoas, de Bens e de Cargas de Rio Claro), em parceria com a Paróquia Nossa Senhora Aparecida e Prefeitura Municipal de Rio Claro por meio das Secretarias de Esportes e Turismo (Setur) e Segurança, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Sistema Viário.

De acordo com Gilvon Barbosa, presidente do Sintrarc, a área de bem estar contará com brinquedos infláveis como mini tobogã e um kiddie play aventura, e pula pula para que as crianças possam se divertir. Além disso, haverá o Espaço Saúde com exames de glicemia e aferição de pressão arterial entre outras atividades. O público contará ainda com tenda de alimentação onde serão comercializados lanches e refrigerantes. Toda a renda da área de alimentação será destinada ao Instituto Crescer no Esporte, entidade com base em projeto esportivo/social, que visa fomentar a prática de diferentes modalidades esportivas entre crianças e adolescentes.

“Convido a todos para que prestigiem a atividade e participem da carreata. Ano passado foram mais de mil veículos presentes e tenho certeza que novamente será um grande sucesso”, destaca Barbosa.

O titular da Setur, Ronald Penteado, salienta que, embora seja um importante momento de fé para os motoristas, é preciso ficar atento às regras e sinalização do trânsito. “Todos estão em busca de proteção e benção, mas é preciso ter cuidado em relação ao trajeto e utilizar cinto de segurança, as crianças devem ficar no banco de trás do veículo e motociclistas devem usar capacete. É um momento de fé, mas com consciência e responsabilidade”, aponta o secretário.

Após as atividades em frente ao Aeroclube, a saída da procissão motorizada está prevista às 18 horas. Os motoristas vão percorrer a Rua 14, até a rotatória da Avenida 32 com a Avenida Visconde do Rio Claro. No local, haverá benção aos motoristas concedida pelo padre Renato Luís Andreatto, pároco da Igreja Nossa Senhora Aparecida.

Defesa Civil controla fogo em área no Jardim Santa Maria

Operação De Olho na Queimada prossegue durante todo o período de estiagem.

A baixa umidade relativa do ar, principalmente no período da tarde, segue aumentando o risco de incêndios florestais e em terrenos. Na quarta-feira (11) a Defesa Civil de Rio Claro fez a contenção do fogo em uma grande área no Jardim Santa Maria. “O local possui mata rasteira e as chamas produziram um grande incômodo aos moradores de toda aquela região”, comenta o diretor municipal da Defesa Civil, Wagner Martins Araújo.

O trabalho foi mais um desdobramento da operação De Olho na Queimada, no qual a Secretaria Municipal de Segurança, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Sistema Viário intensifica o monitoramento contra incêndios, que ficam mais frequentes nesta época de estiagem.

Por isso a prefeitura reforça a importância da comunidade colaborar e não colocar fogo em terrenos e vias. Além do risco de danos ambientais e materiais , outro dos principais problemas é o risco à saúde, principalmente daqueles com problemas respiratórios, crianças e idosos.

Combatentes da Revolução de 1932 são reverenciados em evento em Rio Claro

Centenas de rio-clarenses participaram do conflito e três soldados morreram.

O município de Rio Claro realizou na terça-feira, dia 9 de julho, evento para celebrar os 87 anos da Revolução Constitucionalista de 1932. A cerimônia prestou homenagem aos combatentes que participaram do conflito armado, incluindo 483 rio-clarenses que se alistaram como voluntários. Quase mil soldados morreram na luta iniciada em 9 de julho e encerrada em 4 de outubro de 1932, inclusive três rio-clarenses: Othoniel Marques Teixeira, Benedito Carlos Brunini e Domingos Mazullo.

Para Pedro Zonta, presidente do Clube 21 Irmãos Amigos, esses valorosos soldados combateram em defesa da Constituição e pela restituição de direitos e liberdade, e esse ato heróico consolidou a democracia e espírito constitucionalista. “Essa homenagem ao movimento sinaliza que os ideais da revolução não morreram e, além de reverenciar os combatentes, também serve como exemplo às novas gerações”, afirmou Zonta na solenidade realizada na entrada do Cemitério Municipal São João Batista.

O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, observou que devemos trabalhar com afinco para fazer a diferença no presente e no futuro, porém sem esquecer aqueles que construíram o Estado de São Paulo. “O dia 9 de julho não é um simples feriado e sim uma data para que possamos refletir sobre o movimento e agradecer as pessoas que fizeram e continuam fazendo a diferença em nossa história”, disse Juninho, lembrando que hoje a revolução é outra, principalmente contra a corrupção, e devemos trabalhar para envolver as pessoas na luta em prol da União, estado e município. “Façamos nossa revolução a cada dia para transformar a sociedade”, completou.

Ao lado da esposa Candinha Demarchi, o ex-deputado Aldo Demarchi lembrou que em 1997 votou na Assembleia Legislativa o projeto de lei, que deu origem à lei estadual que tornou o dia 9 de julho feriado no estado. “São Paulo tem que reverenciar esses valorosos combatentes, esses bravos paulistas que lutaram pela Constituição que foi promulgada em 1934”, declarou.

Representando a Câmara Municipal, o vereador Geraldo Voluntário destacou a importância da merecida homenagem aos revolucionários de 1932.

O evento teve ainda apresentação da Banda Sinfônica União dos Artistas Ferroviários, hasteamento de bandeiras ao som da marcha batida, leitura do texto “Os Escoteiros e Revolução de 1932”, declamação da poesia “A Última Trincheira”, execução da canção da Força Pública que deu origem à Polícia Militar e do hino da Revolução de 1932, a música Paris-Belfort.

Também participaram do evento o vice-prefeito e secretário de Segurança, coronel Marco Antonio Bellagamba; o ex-prefeito Du Altimari; o comandante da Guarda Civil Municipal, Luís Fernando de Godoy; tenente-coronel Luís Roberto Moreira Filho, comandante do 37º BPMI; delegado André Luís Alvares Müller; capitão Ludio Veludo, comandante da 1ª Cia. da PM; cabo Jacó, da 2ª Cia. da Polícia Rodoviária; subtenente Wagner Firmino da Silva, chefe de Instrução do Tiro de Guerra; entre outras autoridades e pessoas da comunidade.

Programa contra as drogas forma 180 alunos da Escola Monsenhor Martins

Prefeito Juninho da Padaria participou da cerimônia de formatura.

Cerca de 180 alunos do quinto ano do ensino fundamental da Escola Municipal Monsenhor Martins, em Rio Claro, receberam na noite de quinta-feira (4) diploma de conclusão de curso do Proerd (Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência), desenvolvido pela Polícia Militar com o objetivo de prevenir o uso de drogas. Após quatro meses de curso as crianças receberam o certificado e assumiram o compromisso de se manterem longe das drogas.

A cerimônia de formatura foi realizada na unidade escolar e contou com a presença do prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria. “Programas como esses são muito importantes porque orientam nossas crianças sobre os malefícios das drogas”, comenta o prefeito Juninho da Padaria, ressaltando também a importância da participação da família na educação das crianças.

O Proerd é um programa preventivo e estratégico realizado pela Polícia Militar há 25 anos no Estado de São Paulo e há 20 anos em Rio Claro. “O programa já formou mais de 40 mil crianças nesse período”, informa o tenente-coronel Luís Roberto Moreira Filho, comandante do 37º BPMI (Batalhão da Polícia Militar do Interior), destacando os resultados positivos, como a redução de comportamentos inadequados, melhora no relacionamento familiar, além de proporcionar uma aproximação entre a Polícia Militar e a comunidade.

O Proerd é realizado na escola há pelo menos 20 anos com foco na prevenção. “Nós trabalhamos para orientar, instruir e preparar as crianças sobre como agir com reação às drogas e à violência”, explica Elisabeth Ventura, coordenadora pedagógica da escola.

Também participaram do evento o vereador Júlio Lopes, professores e funcionários da escola, e familiares dos alunos.

Rio Claro comemora 87 anos da Revolução Constitucionalista de 1932

Evento será na terça-feira (9), às 9 horas, na entrada do Cemitério Municipal.

A Revolução Constitucionalista de 1932 completa 87 anos na terça-feira, dia 9 de julho. Para celebrar a data, o município de Rio Claro realizará solenidade para homenagear os participantes do movimento. A solenidade será realizada na terça-feira (9), às 9 horas, na entrada do Cemitério Municipal São João Batista, onde está o túmulo que homenageia Othoniel Marques Teixeira, Benedito Carlos Brunini e Domingos Mazullo, combatentes de Rio Claro que morreram na Revolução de 32.

O evento de terça-feira vai reunir autoridades que falarão sobre a importância da data para o Estado de São Paulo e para o país. A atividade terá participação do pelotão da Polícia Militar, Guarda Civil Municipal (GCM), Tiro de Guerra, escoteiros do Grupo Santa Cruz, Clube 21 Irmãos Amigos e apresentação da Banda Sinfônica União dos Artistas Ferroviários. A atividade é aberta à comunidade.

A Revolução Constitucionalista de 1932 foi um movimento armado realizado no Estado de São Paulo com o objetivo de derrubar o governo provisório de Getúlio Vargas e a promulgar uma nova constituição para o Brasil. O conflito iniciado em 9 de julho só terminou em 4 de outubro com a rendição dos revolucionários.