Prefeitura limita peso de caminhões nos bairros Itapuã, Leblon e Porto Fino

Sinalização indicando restrição será implantado no próximo dia 24.

A partir do próximo dia 24, um sábado, vias públicas dos bairros Jardim Itapuã, Porto Fino e Leblon, em Rio Claro, terão nova sinalização indicando limites de peso para caminhões que circularem nesses trechos.

A prefeitura orienta os motoristas a redobrarem a atenção, pois haverá fiscalização e os infratores estarão sujeitos a penalidades conforme estabelece o Código de Trânsito Brasileiro.

A proibição vale para caminhões acima de 16 toneladas. Esses veículos ficam proibidos de circular na Avenida Marginal, sentido Avenida 61; Avenida 61, sentido Rua João Polastri; Rua João Polastri, sentido Avenida 4PF; Avenida 4PF, sentido Rua 4PF; Rua 4PF, sentido Rua 9; e Rua 9, sentido estrada de Santa Gertrudes.

Vias movimentadas do Jardim Santa Elisa terão mudança na mão de direção

Trechos das avenidas 40 e 40-B e da rua 30 passam a ter mão única a partir de sexta-feira.

Quem transita pelo bairro Santa Elisa, em Rio Claro, deve redobrar a atenção. A partir de sexta-feira (16) haverá mudança em três trechos movimentados do bairro, que têm mão dupla e passarão a ter mão única de direção.

Como as mudanças dependem de pintura de solo para nova sinalização, as alterações podem ser adiadas caso haja impedimento pelas chuvas.

A Avenida 40 entre as ruas 26 e 27 terá sentido da Rua 26 para a Rua 27. A Avenida 40-B entre as ruas 28 e 29 passará a ter sentido da Rua 29 para a Rua 28. Já a Rua 30 entre as avenidas 40 e 40-B terá sentido único da Avenida 40 para a Avenida 40-B.

A orientação da Secretaria Municipal de Segurança, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Sistema Viário é para que os motoristas respeitem as novas demarcações e sentidos do tráfego. “São mudanças necessárias para melhorar o fluxo de veículos no bairro”, frisa Vitor Caparrotti, do departamento de Mobilidade Urbana.

Segunda-feira (5) ônibus voltam a circular a partir das 6 horas em Rio Claro

Retomada foi antecipada em duas horas para atender usuários que irão trabalhar

Em Rio Claro, na segunda-feira (5), os ônibus do transporte coletivo urbano de passageiros voltarão a circular a partir das 6 horas.

Os ônibus pararam de operar no dia 26 de março como medida restritiva para diminuir a circulação de pessoas na pandemia.

Inicialmente a retomada dos serviços seria às 8 horas, mas foi antecipada para atender as pessoas que se utilizam do sistema de transporte coletivo para chegar aos seus locais de trabalho.

Portanto, os ônibus do transporte coletivo em Rio Claro passarão funcionar normalmente a partir das 6 horas de segunda-feira (5), cumprindo os horários e itinerários disponíveis no site da empresa Rápido São Paulo e em sua sede.

Prefeitura faz sinalização de trânsito no Santa Cruz

Serviços também estão sendo feitos em outros bairros

A prefeitura de Rio Claro está providenciando ampliação da sinalização de trânsito em todas as regiões da cidade.

Na noite de quarta-feira (31) o Departamento de Mobilidade Urbana realizou, no bairro Santa Cruz, pintura de sinalização de vagas de estacionamento para pessoas portadoras de deficiência, para motocicletas e vaga de curta duração. O serviço foi feito na Rua 8 entre as avenidas 14 e 16.

O objetivo das ações é ampliar a sinalização e a segurança no trânsito, e são feitas também em outros bairros.

Faixa de pedestres em frente ao Senai recebe reforço na pintura

Trabalho faz parte de ação intensificada que atende várias regiões da cidade.

O Jardim Primavera é outro bairro de Rio Claro que está recebendo reforço na sinalização de solo. A prefeitura trabalha na Avenida 46, entre ruas 3 e 4, perto da escola Senai, fazendo melhorias na faixa de pedestres.

Nas últimas semanas o município vem realizando ação intensificada de melhorias na sinalização viária. Além das faixas de pedestres, o trabalho inclui criação de vagas especiais para idosos e pessoas com deficiência, além de estacionamento para motos.

“O reforço nas faixas de pedestres é um auxílio a mais para os motoristas e as vagas especiais estão sendo implantadas a partir de estudos técnicos”, explica o secretário municipal de Segurança, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Sistema Viário, Otávio Balbão Júnior.

Semáforo para pedestres entra em funcionamento em frente ao shopping

Prefeitura também reforçou e ampliou a sinalização de solo nas imediações.

A prefeitura de Rio Claro colocou em operação nesta sexta-feira (12) semáforo na Avenida Conde Francisco Matarazo, em frente à entrada principal do shopping. O equipamento beneficia principalmente os pedestres que saem ou se dirigem ao estabelecimento, localizado em trecho muito movimentado da região central.

De acordo com Otávio Balbão, secretário municipal de Segurança, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Sistema Viário, ao colocar em funcionamento aquele semáforo a prefeitura está demonstrando preocupação com os pedestres. “É um local de grande concentração popular. Com o semáforo em funcionamento e ampliação da sinalização de trânsito, temos o objetivo de aumentar a segurança de pedestres e motoristas”, afirma.

O secretário municipal lembra que todo cidadão pode fazer solicitação de melhorias no trânsito. “Os pedidos são analisados tecnicamente e, quando viáveis, providenciamos os serviços”, explica Balbão.

Além do semáforo, a prefeitura reforçou e ampliou a pintura de solo nas imediações, providenciando sinalização de faixa de pedestres, indicação de mão de direção, “Pare” e também delimitou espaço para taxis.

O setor de mobilidade urbana reforça a orientação para que motoristas redobrem a atenção ao trafegarem pelo local e que respeitem a sinalização e o semáforo.

Transporte coletivo volta ao atendimento normal em RC

Mudanças haviam sido feitas para atender restrições da fase vermelha da pandemia.

Os ônibus que atendem o sistema de transporte coletivo urbano de Rio Claro irão operar normalmente no final de semana. A suspensão das mudanças foi definida nesta quarta-feira (3) após anúncio do governo estadual que encerrou as restrições impostas aos municípios nos finais de semana. Nos dias úteis a partir das 21 horas as alterações feitas na semana passada estão mantidas no transporte coletivo de Rio Claro.

Com a volta à normalidade nos fins de semana, os ônibus em Rio Claro voltarão a ter linhas separadas aos sábados e domingos e terão linhas com horários disponíveis durante todo o dia.

Os usuários poderão consultar os novos horários no site da empresa Rápido São Paulo (rapidosp.com.br/horarios/) ou no posto de atendimento da empresa, na Rua 1 entre as avenidas 1 e 2, em frente ao terminal de ônibus circulares.

Mão única na Avenida 76-A muda linha Arco-íris/Mãe Preta a partir de 2ª-feira

Trecho da Avenida 76-A passará a ter mão única de direção.

A partir de segunda-feira (25) o trajeto da linha de ônibus “2”, que atende a região do Arco-íris e Mãe Preta, terá mudanças no sentido da estação para os bairros. Os usuários devem ficar atentos, pois não será mais possível utilizar os pontos de embarque e desembarque da Avenida 76-A quando o ônibus se deslocar do centro para os bairros atendidos pela linha. Nesse caso será necessário usar os pontos instalados na Avenida 80-A.

Também é importante prestar atenção ao novo trajeto da linha no sentido estação-bairro, que a partir da segunda-feira (25) terá saída da estação na Rua 1 seguindo até Avenida 24, Avenida 24-A, Rua 4-A, Avenida 30-A, Rua 5-A, Avenida 50-A (rotatória), Rua 5-JA, Avenida 68-A, Rua 3-A, Avenida Brasil, Avenida 86-A, Rua 5-JA, Avenida 68-A, Rua 3-A, Avenida Brasil, Avenida 86-A, Rua 5-JPR, Avenida 80-A, Rua 3-RV, Rua 6-RV, Rua 4-RV, Avenida 1-MP, Rua 16-MP, Avenida dos Estudantes, portaria do residencial Florença, Avenida dos Estudantes, Rua 16-MP, Avenida 1-MP e Avenida 2-MP.

A mudança no itinerário da linha Arco-íris/Mãe Preta é necessária porque a partir de segunda-feira (25) trecho da Avenida 76-A terá nova mão de direção. A mudança será feita entre a Avenida José Felício Castellano e a Rua 3-A. Atualmente o trecho tem mão dupla de direção. Com a alteração, passará a ter mão única e só será possível transitar nesse segmento da Avenida 76-A indo da “Felício Castellano” até a 3-A. O sentido inverso ficará proibido.

Trecho da Avenida 76-A terá mão única a partir do dia 25

Mudança será feita entre a Avenida José Felício Castellano e Rua 3-A.

A partir do dia 25 de janeiro, uma terça-feira, trecho da Avenida 76-A, na região noroeste de Rio Claro, terá nova mão de direção. A mudança será feita entre a Avenida José Felício Castellano e a Rua 3-A. A prefeitura orienta os motoristas para que redobrem a atenção ao trafegarem pelo local a partir do próximo dia 25.

Atualmente o trecho tem mão dupla de direção. Com a alteração, passará a ter mão única. Com isso, a partir de 25 de janeiro só será possível transitar nesse segmento da Avenida 76-A indo da “Felício Castellano” até a 3-A. O sentido inverso ficará proibido.

A Avenida 76-A é muito movimentada e dá acesso a bairros como Arco-íris, Vila Verde, Jardim Vilage e outros.

Moradores do Jardim Fazendinha precisam de cadastro na Eixo para acesso sem pedágio

Concessionária estabeleceu critério para conceder gratuidade e aguarda cadastro de moradores.

A prefeitura de Rio Claro publicou no Diário Oficial do Município comunicado aos moradores do Jardim Fazendinha, informando que a partir da próxima semana o ingresso ao bairro pela pista sul da Rodovia Washington Luis, no km 182, somente será permitido aos moradores devidamente cadastrados na concessionária Eixo.

Os interessados devem entrar em contato pelo telefone (16) 3363-8300 para falar com representantes da Eixo, que estabelece critérios para conceder o não pagamento de pedágio aos moradores do Fazendinha, bairro rural de Rio Claro.

Para fazer o cadastro, os moradores devem apresentar certificado de propriedade do veículo e comprovantes de identidade e de residência. A autorização de acesso será pessoal e intransferível, restrita ao veículo especificado. Se o morador trocar de veículo, terá de comunicar a concessionária com no mínimo 48 horas de antecedência. Novos moradores do bairro também terão de fazer o cadastro e aqueles que se mudarem perderão o direito ao acesso.