Neste sábado tem mutirão de regularização de imóveis no Bandeirantes

Ação está prevista para ser realizada das 9 às 12 horas no Centro de Convivência e Fortalecimento de Vínculos.

Neste sábado (21) haverá em Rio Claro mutirão de regularização de imóveis dos jardins Bandeirantes 1 e Bandeirantes 2. “Pessoas desses bairros que há anos esperam pela chance de regularizar seus imóveis receberão orientações nesse que é mais um importante passo nesse trabalho que tem total apoio da prefeitura”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, lembrando que 158 famílias desses dois bairros não têm a escritura definitiva de suas casas.

O mutirão será realizado no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, na Rua 9-JB, número 12, das 9 horas ao meio dia. O presidente da Cohab Bandeirante, Fernando Lobato, e o diretor superintendente, Getúlio Troiano Filho, deverão estar presentes.

Todos os mutuários que ainda não solicitaram serão orientados sobre como pedir a minuta de suas escrituras. “Há moradores que esperam pela regularização há mais de 30 anos, portanto reforçamos o convite a todos os interessados para que compareçam”, reforça o secretário municipal da Habitação, Ricardo Campeão.

O vereador Geraldo Voluntário, que acompanha de perto os trabalhos para a regularização dos imóveis nos jardins Bandeirantes 1 e 2 e intermediou o contato entre a prefeitura e a Cohab Bandeirante, informa que os moradores já foram informados sobre o evento deste sábado. “Todos receberam por escrito orientações relativas à documentação necessária que deverão levar ao mutirão”, esclarece.

O prefeito Juninho destaca a importância dos interessados estarem presentes ao mutirão, pois, com esse trabalho, finalmente, serão legalmente donos de suas moradias. “Estamos trabalhando para que isso aconteça o mais rápido possível e para possamos resolver esse problema antigo da cidade”, acrescenta, lembrando que trabalhos similares já foram feitos pela atual administração em outros bairros.

Prefeitura vai regularizar imóveis do bairro Jardim Bandeirantes

Moradores vão receber escrituras e ter a posse legal de suas casas.

A prefeitura de Rio Claro vai regularizar imóveis dos bairros Jardim Bandeirantes I e II. O serviço será realizado em parceria com a Companhia de Habitação Popular Bandeirante (Cohab) e vai beneficiar 158 famílias que ainda não têm a escritura definitiva de suas casas.

“Os moradores, que esperam há anos pela regularização, vão ser legalmente donos de suas moradias, como foi feito em outros bairros do município. Estamos trabalhando para que isso aconteça o mais rápido possível e possamos resolver esse problema antigo da cidade”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.

O secretário municipal de Habitação, Ricardo Campeão, informa que as tratativas para regularização das casas já estão em andamento. “Estamos trabalhando nos processos e os proprietários serão contatados em breve para apresentação de documentos”, explica.

Esse trabalho de regularização conta com apoio do vereador Geraldo Voluntário, que articulou contato entre a prefeitura e a Cohab. “É importante para as famílias terem a segurança da posse legal de seus imóveis”, ressalta o parlamentar.

José Fernando Lobato, diretor-presidente da Cohab, observa que a regularização fundiária de imóveis públicos e privados é um dos serviços realizados pela Cohab, além da construção de conjuntos habitacionais.

Além da regularização de casas no Jardim Bandeirante, prefeitura e Cohab realizam tratativas para a construção de empreendimentos habitacionais em Rio Claro. “Já realizamos esse trabalho em Rio Claro há alguns anos e agora estamos retomando parceria com a prefeitura para voltar a construir casas populares em Rio Claro”, conta Lobato junto com Getúlio Troiano Filho, diretor-superintendente da Cohab.

O prefeito Juninho da Padaria frisa que há vontade política de viabilizar o projeto, mas é necessário observar as questões técnicas e legais. “São estudos preliminares que estamos fazendo e o município fará o que for possível para concretizá-los e realizar o sonho da casa própria para quem mais precisa”, enfatiza. “A concretização do projeto permitirá a construção de novos conjuntos habitacionais em Rio Claro e redução do déficit habitacional, proporcionando moradia a quem precisa”, reforça Geraldo Voluntário.

Rio Claro tem novo secretário de Habitação

Novo titular assumiu pasta, na qual era diretor desde 2017.

Ricardo José Lemes, o Ricardo Campeão, é o novo secretário municipal de Habitação de Rio Claro em substituição a Anderson Golucci, que continua na administração municipal, agora como diretor na Secretaria Municipal de Governo, Desenvolvimento Econômico e Planejamento.

“Ricardo tem grande conhecimento dos assuntos administrativos, pois já acompanhou o trabalho do Executivo como vereador e atualmente participa do dia a dia da Secretaria da Habitação como diretor”, afirma o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, que nesta segunda-feira (29) se reuniu com o novo secretário e com o vice-prefeito Marco Antonio Bellagamba.

Juninho destacou a colaboração de Golucci no trabalho do governo. “Sua participação é importante e está sendo mantido na equipe”, afirmou. O prefeito pediu ao novo secretário que priorize o trabalho de regularização de imóveis no município.

Ricardo Campeão foi vereador entre 2009 e 2012 e atualmente estava atuando como diretor municipal de Acompanhamento de Obras, na Secretaria da Habitação.

Prefeitura inicia construção do alicerce em escola no Jardim das Nações 2

Com terraplanagem e sondagem de solo já realizadas, a prefeitura de Rio Claro iniciou nesta semana as escavações para construção das estacas no terreno onde será construída uma escola de ensino fundamental no Jardim das Nações 2.  As estacas precedem o alicerce que abre caminho para edificação das paredes.

“Nosso objetivo é agilizar os trabalhos para que a obra seja entregue o quanto antes e possa atender as crianças que moram na região”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, que visitou o canteiro de obras nesta sexta-feira (7) acompanhado do secretário municipal da Educação, Adriano Moreira.

A escola do Jardim das Nações 2 é uma das três unidades de ensino que a prefeitura está construindo na região, sendo uma creche no Jardim das Nações 1 e uma escola de ensino fundamental no Jardim Novo. Uma creche já foi construída e entregue à comunidade no Terra Nova. “São quatros escolas que os moradores da região sul estão ganhando em nosso governo”, destacou Juninho.

Com as novas escolas, crianças que hoje são transportadas para locais distantes poderão estudar perto de casa. “As crianças terão mais conforto e comodidade para frequentar a escola e a prefeitura, deixando de transportar esses alunos, irá economizar os gastos com transporte escolar”, avalia Adriano Moreira.

A escola do Jardim das Nações 2 conta com investimentos de R$ 4,07 milhões, com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). “Estamos trabalhando para que o cronograma seja cumprido e que a obra seja executada com qualidade”, afirma o secretário municipal de Habitação, Anderson Golucci.

Além das três escolas em construção na região sul e da creche inaugurada em julho, a prefeitura está construindo uma escola no Benjamin de Castro e uma creche no Jardim Araucária. O município tem ainda outras três creches com projetos em andamento e instalou uma unidade no Jardim Esmeralda no ano passado, totalizando dez novas escolas.

Juninho pede rapidez nas soluções dos problemas do Jardim das Nações

Em reunião realizada na tarde desta sexta-feira (19) com representantes da Direcional, o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, pediu à empresa que se reorganize para dar maior agilidade na solução dos problemas que afetam as famílias do Jardim das Nações e Jardim das Nações 2. “O sonho não pode se tornar pesadelo”, afirma o prefeito Juninho da Padaria que por várias vezes foi pessoalmente ouvir os moradores e, no início da semana, se reuniu com os síndicos dos condomínios.

O prefeito Juninho solicitou à empresa que envie à prefeitura na próxima semana os documentos referentes aos dois conjuntos habitacionais, com o objetivo de fazer encaminhamento ao Ministério Público, à Câmara Municipal e aos representantes dos moradores. A prefeitura também está solicitando documentação ao Ministério das Cidades, responsável pelo programa Minha Casa Minha Vida, bem como ao Banco do Brasil, agente financeiro do empreendimento imobiliário.

Na reunião desta sexta-feira (19) o prefeito manifestou à empresa Direcional sua preocupação com as condições da área recreativa do Jardim das Nações, que também apresenta problemas. “As crianças precisam ter um espaço de lazer em plenas condições de funcionamento”, afirmou Juninho.

No início do mês um vendaval destelhou vários blocos do Jardim das Nações, que também já vinha recebendo manutenção em razão de outros problemas em diversos apartamentos. A prefeitura, por meio das secretarias de Obras e Habitação e a Defesa Civil, têm acompanhado de perto os serviços e cobrado da empresa Direcional as soluções necessárias. A Direcional confirmou que o conserto dos telhados, que já está em andamento desde o dia 4 de outubro, será concluído em no máximo 15 dias.

Prefeito apoia investigações sobre Jardim das Nações

O prefeito de Rio Claro, João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, anunciou que irá encaminhar pedidos oficiais para que o Banco do Brasil, como agente financeiro do empreendimento, apresente cópia de toda documentação referente ao Jardim das Nações 1 e Jardim das Nações 2. A iniciativa faz parte do apoio que a atual administração municipal vem oferecendo aos moradores no enfrentamento de problemas em suas moradias, construídas no governo anterior e que totalizam 2096 imóveis.

“Entendemos que tudo deve ser devidamente apurado. Estamos desde o primeiro momento apoiando as famílias que lá residem, pois sabemos que são merecedoras de uma moradia digna, que lhes garanta maior qualidade de vida”, afirmou o prefeito Juninho durante reunião com síndicos dos empreendimentos. “O que era um sonho não pode se concretizar num pesadelo”, afirma Juninho.

O prefeito também afirmou que irá acionar o Ministério das Cidades, responsável pelo Minha Casa Minha Vida.

A reunião com o prefeito foi realizada na manhã desta segunda-feira (15), no Paço Municipal, a pedido dos síndicos.

Os problemas estruturais das construções começaram a ser sanados há dois meses pela empresa Direcional, responsável pela construção, e tem o acompanhamento da prefeitura com as secretarias de Habitação e Obras e a Defesa Civil. “Até aqui a empresa tem respondido positivamente aos nossos pedidos. Vamos continuar acompanhando os serviços e exigindo soluções”, afirma o secretário municipal da Habitação, Anderson Golucci.

No início do mês de outubro, os problemas se ampliaram em consequência de um vendaval que destelhou vários blocos.

“São problemas que herdamos, e temos trabalhado para auxiliar as famílias a enfrentar e sanar essas dificuldades. Aqui moram muitas crianças, idosos, e toda pessoa merece uma casa em boas condições”, afirmou Juninho em uma de suas visitas ao local.

Os síndicos também solicitaram uma reunião com André Godoy, presidente da Câmara, e foram atendidos já no final da manhã. Uma nova reunião deverá acontecer ainda na segunda-feira (15) na Câmara Municipal, para qual foram convidados todos os vereadores.

Área de anexos

Obras no Jardim das Nações prosseguem mesmo com chuvas

Os trabalhos para reconstruir os telhados de condomínios no Jardim das Nações 1 e 2 já foram iniciados e, conforme pedido da prefeitura, serão realizados também neste feriado prolongado. “Queremos que as equipes só deixem o local quando a obra estiver concluída”, afirma o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, que retornou na quinta-feira (11) ao Jardim das Nações para acompanhar os trabalhos e conversar com os moradores. “Nossa Defesa Civil e Secretaria de Habitação continuarão fazendo o acompanhamento dos serviços e dando apoio às famílias”, acrescenta Juninho, que na semana passada já havia ido ao Jardim das Nações, após o vendaval que causou os destelhamentos.

A empresa contratada pela construtora Direcional começou na quarta-feira (3) a fazer os reparos nos telhados. Segundo a Direcional, a infraestrutura está sendo recuperada para receber o novo telhado. Inicialmente está sendo substituída a estrutura metálica. “As chuvas atrapalham o ritmo dos trabalhos, mas mesmo assim eles continuam sendo feitos”, comenta o secretário municipal de Habitação, Anderson Golucci.

 “A maior preocupação da prefeitura é agilizar os trabalhos, visto que as chuvas estão causando transtornos às famílias. A prefeitura atuou e continua atuando junto à empresa nesse sentido”, afirma Juninho. Por conta disso, a Direcional não acionou o seguro e está fazendo os reparos por conta própria, dando mais rapidez ao processo.

Os blocos com telhado danificado foram cobertos provisoriamente com lona até que os reparos sejam executados pela construtora.

Mesmo os reparos sendo de responsabilidade da construtora, equipes da Defesa Civil e da Secretaria da Habitação comparecem ao local para prestar assistência às famílias atingidas pelo problema. Os danos foram causados por fenômeno natural que também atingiu outros bairros do município.

Empresa inicia reparos no Jardim das Nações nesta quarta-feira

A empresa contratada pela construtora Direcional está programada para começar nesta quarta-feira (3) a fazer os reparos nos telhados dos condomínios Holanda, África, Líbano, Espanha, Polônia e Suécia, do Jardim das Nações 1 e 2, que foram destelhados pelo vento na semana passada. A informação foi confirmada à prefeitura nesta terça-feira (9) e, segundo a Direcional, a infraestrutura será recuperada para receber o novo telhado. “Houve um pouco de dificuldade em encontrar uma empresa especializada disponível para realizar o serviço de imediato, mas felizmente essa barreira foi vencida e vamos atender as famílias”, explica o secretário municipal da Habitação, Anderson Golucci.

O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, esteve no Jardim das Nações na semana passada conversando com os moradores logo após o vendaval. “A maior preocupação da prefeitura é agilizar os trabalhos, visto que as chuvas estão causando transtornos às famílias. A prefeitura atuou junto à empresa nesse sentido”, afirma Juninho. Por conta disso, a Direcional não acionou o seguro e irá fazer os reparos por conta própria, dando mais rapidez ao processo.

Os blocos com telhado danificado foram cobertos provisoriamente com lona até que os reparos sejam executados pela construtora. Com a forte chuva de segunda-feira (8), algumas lonas danificadas pelo grande volume de água foram substituídas nesta terça-feira (9) por equipes da prefeitura e da empresa, com a colaboração dos moradores.

Mesmo os reparos sendo de responsabilidade da construtora, equipes da Defesa Civil e da Secretaria da Habitação estiveram no local nesta terça-feira (9) para prestar assistência às famílias atingidas pelo problema. Os danos foram causados por  fenômeno natural que também atingiu outros bairros do município.

Vento de 27,4 km/h atinge Jardim das Nações em Rio Claro

O município de Rio Claro foi atingido por rajadas de vento na tarde desta quarta-feira (3), que afetaram principalmente a região sul da cidade. O vento de 27,4 quilômetros por hora atingiu o Jardim das Nações 1 e 2, causando destelhamento de alguns edifícios. As rajadas também atingiram os bairros Sebastião dos Santos Lima e Maria Cristina destelhando parcialmente três casas. “A rajada de vento não foi tão forte, mas foi potencializada pela topografia desses bairros aumentando a velocidade e causando alguns danos”, explica o diretor da Defesa Civil, Wagner Araújo.

No Jardim das Nações 1 houve destelhamento parcial nos condomínios Holanda e África, e no Jardim das Nações nos edifícios Líbano, Espanha, Polônia e Suécia. As telhas arrancadas foram carregadas pelo vento e se chocaram com vidraças de outros blocos quebrando vidros.

Assim que tomou ciência do fato, equipes da Defesa Civil e das secretarias da Habitação e Obras imediatamente foram até o Jardim das Nações para fazer levantamento dos danos e prestar assistência às famílias. O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, também esteve no local onde conversou com os moradores. “Já acionamos a empresa responsável pelo empreendimento para que os reparos sejam feitos o quanto antes”, informa Juninho.

O prefeito Juninho da Padaria colocou as equipes da prefeitura à disposição das famílias. “Temos que trabalhar juntos para minimizar os danos às famílias”, comenta.

Como ação emergencial, os prédios danificados serão cobertos com lona para proteção em caso de chuva. Equipes da construtora, que já estava trabalhando no Jardim das Nações fazendo manutenções, serão direcionadas para fazer os reparos dos telhados. “As medidas emergenciais foram tomadas e não houve necessidade de remover as famílias dos imóveis atingidos”, esclarece o secretário municipal da Habitação, Anderson Golucci. Também não foi preciso fazer isolamento e interdição.

Prefeito e vereadores vistoriam reparos em andamento no Jardim das Nações

O prefeito de Rio Claro, João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, acompanhado de vereadores e secretários municipais, vistoriou na segunda-feira (24) os reparos e consertos que estão sendo feitos em imóveis do Jardim das Nações 1 e 2. Os serviços começaram há cerca de 60 dias, a partir de relatório preparado pela Secretaria Municipal da Habitação. “Estamos acompanhando de perto os trabalhos, pois, tão importante quanto providenciar habitação, é garantir que as pessoas morem com qualidade”, observou Juninho.

As obras estão sendo feitas pela empresa Direcional, que construiu os imóveis e teve representantes acompanhando a vistoria desta segunda-feira (24). Os vereadores Júlio Lopes e Geraldo Voluntário participaram da visita de trabalho, assim como os secretários municipais Anderson Golucci (Habitação) e Ricardo Gobbi (Meio Ambiente), além do superintendente do Departamento Autônomo de Água e Esgoto (Daae), Ricardo Pires de Oliveira.

“Acho ótima a presença do prefeito, vereadores e secretários aqui, isso mostra que nosso condomínio não está largado e que as providências estão sendo tomadas”, observa Renata Epaminondas, moradora Jardim das Nações 2, no apartamento 103, Condomínio Líbano. “Como tenho crianças, fico preocupada”, explica Renata.

Também moradora do bloco Líbano, no apartamento 404, Neuza Cruz reforça a importância da vistoria. “Se não houver cobrança das autoridades, os erros cometidos pela empresa podem se repetir”, disse Neuza, observando que quer seu apartamento com “tudo perfeito, como foi prometido lá no início”.

A construção do Jardim das Nações 1 e 2 foi iniciada na administração anterior, sendo que no JN 2, entregue no final do governo passado, estão os problemas mais graves. Os reparos nos dois condomínios foram tema de reunião sexta-feira (21) no paço municipal, entre síndicos do Jardim das Nações, o prefeito Juninho e equipe de governo, vereadores e a empresa Direcional.

“Foi uma reunião produtiva, estamos com as portas sempre abertas aos moradores para, juntos, buscarmos ações e soluções para suas justas reivindicações”, destaca o secretário municipal da Habitação Anderson Golucci, informando que já durante a reunião de sexta-feira a construtora recebeu novo ofício com reivindicações de melhorias no Jardim das Nações.

Uma das decisões tomada na reunião é que a empresa colocará atendimento presencial para facilitar a comunicação e agilizar o atendimento aos moradores. A Direcional também se comprometeu a aumentar a equipe de trabalho da construtora para solucionar os problemas estruturais que afetam os apartamentos.