Prefeitura realiza ação de limpeza em bairros

Serviço intensificado foi feito na quarta-feira (14). Descarte irregular dificulta e encarece ações de limpeza do poder público em todo o município.  

A prefeitura de Rio Claro tem realizado intenso e constante serviço de limpeza em todo o município. Na quarta-feira (14) realizou ação intensificada de limpeza em três locais – Rua 17 com a Avenida 33, Bairro do Estádio; Rua Jacutinga, próximo ao pontilhão do bairro Santa Maria; e Avenida 88A com a Rua 5, Parque Industrial.

O serviço foi executado pela equipe da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, por intermédio do Departamento de Resíduos Sólidos. Grande quantidade de lixo, entulho, restos de poda e até dois sofás foram retirados desses locais.

“Uma minoria insiste em desrespeitar o meio ambiente, a cidade e grande parte da comunidade”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria. “São atitudes que dificultam e encarecem as ações de limpeza da prefeitura”, acrescenta.

A prefeitura disponibiliza à comunidade uma série de serviços gratuitos para o descarte correto de materiais, como a coleta de lixo domiciliar, feita três vezes por semana em todos os bairros; o serviço mensal de cata bagulho; a coleta seletiva, realizada uma vez por semana nos bairros; e os seis ecopontos, que abrem todos os dias da semana. Os ecopontos funcionam de segunda a sexta-feira das 8 às 20 horas, aos sábados das 8 às 17 horas e aos domingos e feriados das 8 horas ao meio dia.

“Com esses serviços e locais para o descarte correto de resíduos disponibilizados pela prefeitura, não há motivos para o descarte irregular de materiais”, destaca Ricardo Gobbi e Silva, secretário municipal de Meio Ambiente.

Nos ecopontos podem ser depositados até um metro cúbico de galhos, restos de podas de árvores e entulhos de materiais de construção; móveis, eletrodomésticos, madeiras MDF, colchões e outros objetos velhos; pilhas e materiais recicláveis, lâmpadas e óleo de cozinha. Lixo orgânico, hospitalar e de empresas não são aceitos nos ecopontos, pois têm outras maneiras de descarte.

Os endereços dos ecopontos e calendários da coleta seletiva e cata bagulho estão disponíveis no endereço www.rioclaro.sp.gov.br.

“Pedimos a colaboração de todos. Manter a cidade limpa não depende apenas do poder público, mas sim de todos nós”, ressalta Gobbi, acrescentando que os munícipes também podem denunciar os descartes irregulares, inclusive de maneira anônima.

As denúncias devem ser feitas pelos telefones 156, da Ouvidoria Municipal, ou 3522-1987 da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e, se possível, identificando os infratores ou principalmente as placas dos veículos utilizados nessas infrações.

Rio Claro discute exploração econômica da Floresta Estadual

Atividades econômicas poderão ser desenvolvidas na Feena pela iniciativa privada.

O município de Rio Claro realizou nesta quarta-feira (14) a primeira reunião de sondagem de mercado para a Floresta Estadual Edmundo Navarro de Andrade (Feena). Representantes da prefeitura, Câmara Municipal, Fundação Florestal, instituições e empresários se reuniram para discutir possíveis e potenciais atividades econômicas que possam ser desenvolvidas na floresta.

“Essa é uma grande oportunidade que Rio Claro tem de discutir o uso sustentável da floresta, um sonho antigo que começa a avançar com essa primeira sondagem”, destacou o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria. “A floresta é um patrimônio histórico-cultural importante para Rio Claro, região e o estado, e temos que buscar maneiras de torná-la atrativa aos visitantes e gerar recursos que possam colaborar com sua manutenção e preservação”, acrescentou.

A vereadora Carol Gomes, que ajudou a organizar a reunião, observou que essa sondagem é fruto da vontade política do governador João Dória de apoiar as parcerias entre poder público e iniciativa privada. “Nosso objetivo é resgatar esse patrimônio histórico de Rio Claro, valorizar esse espaço gerando emprego e renda na cidade”, disse.

Para o presidente da Câmara Municipal, André Godoy, esse é um momento histórico. “Esse é o primeiro passo para que esse patrimônio histórico-cultural que é a Feena, com o apoio da iniciativa privada, seja também um instrumento regional de entretenimento”, assinalou.

Rodrigo Levkovicz, diretor executivo da Fundação Florestal, informou que o governo estadual está buscando construir um modelo de concessão para área de uso público nas unidades de conservação. “O modelo de concessão da Feena será construído junto com a sociedade. Vamos executar o que a cidade entender ser o melhor para a floresta”, explicou.

O gestor da Feena, Rodrigo Campanha, falou sobre o desafio de administrar a Feena, que é a terceira maior floresta urbana do Brasil, atrás apenas das florestas da Cantareira e da Tijuca. Campanha destacou a localização estratégica da Feena, próxima a rodovias e aeroportos, como ponto positivo para exploração de atividades como hospedagem, centro de eventos, lanchonetes, restaurantes etc. “Temos possibilidades reais de revitalizar a estrutura da Feena para que os empresários possam operar sem grandes investimentos”, salientou.

Além da permissão de uso do espaço, o governo estadual ainda trabalha com a possibilidade de patrocínio, empresas que queiram “adotar” espaços da Feena ajudando na manutenção e conservação.

Também participaram do evento os secretários municipais Ricardo Gobbi e Silva (Meio Ambiente), Ricardo Campeão (Habitação), Francesco Rotolo (Governo) e Ronaldo Penteado (Esportes e Turismo); Paulo Bortolotti, superintendente do Daae; os vereadores Júlio Lopes, Hernani Leonhardt e Ruggero Seron; o promotor de Justiça Gilberto Porto Camargo; Cláudio Von Zuben e José Alexandre Perinotto, diretores da Unesp; além de empresários e representantes de entidades.

Prefeitura destaca a importância dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Duas ações marcam o final de semana no município. Neste sábado, mais de 30 atividades serão realizadas gratuitamente no Jardim Público.

Nesta semana a população de Rio Claro está tendo a oportunidade de conhecer melhor os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Na sexta-feira (9), o Núcleo Administrativo Municipal de Rio Claro (NAM) sediou o evento “Talks Conhecendo os ODS”, composto por breves apresentações do setor público, instituições e empresas que contextualizaram a aplicação da Agenda 2030, visando a implementação de políticas públicas para guiar a humanidade para daqui 11 anos.

“Ter conhecimento sobre os ODS é fundamental para que as pessoas possam contribuir de alguma forma na proteção do meio ambiente e em assuntos do cotidiano. Essas questões são de responsabilidade de todos”, afirma o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, que esteve presente ao evento.

Também participaram o secretário municipal de Meio Ambiente, Ricardo Gobbi e Silva, a secretária Municipal do Desenvolvimento Social, Érica Belomi, a superintendente do Arquivo Público, Mônica Frandi Ferreira, a diretora de meio ambiente, Clarissa Telles, o diretor do departamento de resíduos sólidos, Willian de Oliveira, o coordenador de educação ambiental da Secretaria Municipal da Educação, Edison Andrade, o diretor dos programas complementares da secretaria de Desenvolvimento Social, Daniel Buchdid, e os vereadores Geraldo Voluntário e Júlio Lopes.

Durante o Encontro dos Agentes Ambientes, realizado ao longo da Semana do Meio Ambiente em junho, no NAM, foi realizada uma atividade em que os participantes responderam a pergunta “Que Rio Claro eu quero para 2030?” em mensagens escritas em pequenos pedaços de pano coloridos.

As 2.900 frases foram utilizadas em trabalho  desenvolvido pelas secretarias de Educação, Meio Ambiente e Desenvolvimento Social ( por intermédio do Programa Municipal de Economia Solidária), coordenado pela gerente Veridiana Leptokarydis, com a confecção de 22 bandeiras de 1,20m e mais uma de seis metros, que serão expostas no evento “Caminhão Conhecendo os ODS”, que será realizado neste sábado (10), no Jardim Público.

“Também haverá desfile de roupas e acessórios produzidos pelos empreendedores assistidos pelo Programa Municipal da Economia solidária, e disponibilizaremos estrutura para que os empreendimentos da alimentação e artesanato possam comercializar seus produtos”, explica Érica Belomi.

Depois de passar por Joinville e Manaus, o caminhão ficará estacionado no Jardim Público, das 10 às 18 horas, com mais de 30 atividades gratuitas para a população conhecer os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Destaque para exposição de fotos e vídeos em realidade virtual.

“É um privilégio para Rio Claro receber um evento como esse que preconiza o conceito das ODS para termos um mundo melhor num futuro próximo”, avalia o secretário municipal de Meio Ambiente, Ricardo Gobbi e Silva.  

O evento, que tem apoio da prefeitura, é realizado pela NTICS Projetos e patrocinado pela Whirlpool Corporation.

Manipulação de resíduos da saúde foi tema de capacitação em RC

Evento orientou sobre manuseio e o descarte corretos desse tipo de material.

A prefeitura de Rio Claro, por intermédio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, realizou na terça (30) e quarta-feira treinamento gratuito sobre manipulação e descarte de resíduos sólidos da área da saúde. A atividade foi voltada a profissionais do setor e interessados que fazem uso rotineiro de medicamentos.

Realizado no teatro do Centro Cultural “Roberto Palmari”, os dois dias de capacitação reuniram 123 pessoas que receberam orientações que seguem as diretrizes da Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

O certificado de participação será enviado por e-mail aos participantes do evento, organizado pelo departamento de Resíduos Sólidos com o apoio da Secretaria Municipal de Saúde e da empresa Stericycle Gestão Ambiental Ltda.

“Foi um evento importante, com vários esclarecimentos sobre o assunto”, resume o secretário municipal de Meio Ambiente, Ricardo Gobbi e Silva.

Também participaram do evento o diretor do departamento municipal de resíduos sólidos, Willian de Oliveira; o gerente de Planejamento Ambiental da Secretaria do Meio Ambiente, Leonardo Andrade; e o vereador Geraldo Voluntário.

A prefeitura de Rio Claro, por intermédio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, realizou na terça (30) e quarta-feira treinamento gratuito sobre manipulação e descarte de resíduos sólidos da área da saúde. A atividade foi voltada a profissionais do setor e interessados que fazem uso rotineiro de medicamentos.

Realizado no teatro do Centro Cultural “Roberto Palmari”, os dois dias de capacitação reuniram 123 pessoas que receberam orientações que seguem as diretrizes da Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

O certificado de participação será enviado por e-mail aos participantes do evento, organizado pelo departamento de Resíduos Sólidos com o apoio da Secretaria Municipal de Saúde e da empresa Stericycle Gestão Ambiental Ltda.

“Foi um evento importante, com vários esclarecimentos sobre o assunto”, resume o secretário municipal de Meio Ambiente, Ricardo Gobbi e Silva.

Também participaram do evento o diretor do departamento municipal de resíduos sólidos, Willian de Oliveira; o gerente de Planejamento Ambiental da Secretaria do Meio Ambiente, Leonardo Andrade; e o vereador Geraldo Voluntário.

Prefeitura realiza capacitação sobre manipulação de resíduos da área de saúde

Evento será realizado nas manhãs dos dias 30 e 31 de julho, no Centro Cultural, para profissionais do setor.

Na terça e quarta-feira (30 e 31) da próxima semana, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, por meio do departamento de Resíduos Sólidos, promove capacitação gratuita para profissionais da saúde sobre manipulação adequada de resíduos sólidos específicos desse setor.

O evento, alusivo ao dia nacional de prevenção a acidentes de trabalho terá início às 8h30 nos dois dias e será realizado no teatro do Centro Cultural “Roberto Palmari”, localizado na Vila Operária.

“O treinamento tem como objetivo capacitar e orientar sobre a manipulação adequada de resíduos da área de saúde, seguindo as diretrizes da Agência Nacional de Vigilância Sanitária”, comenta o secretário municipal de Meio Ambiente, Ricardo Gobbi e Silva.

As inscrições serão feitas pouco antes do início da atividade. Haverá certificado de participação. A capacitação é organizada pela prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, e conta com o apoio da Secretaria Municipal de Saúde e da empresa Stericycle Gestão Ambiental Ltda.

Oficina de produtos de limpeza é atração na Sala Verde do Lago Azul

Produtos que serão mostrados não prejudicam a saúde e o meio ambiente. Para participar, é necessário preencher formulário digital.

Na manhã de sábado (27), das 9 às 11 horas, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Rio Claro, por intermédio do Departamento de Resíduos Sólidos, promove oficina gratuita para fabricação de produtos de limpeza caseiros.

Com vagas limitadas a 30 pessoas, a atividade será realizada no Centro de Formação Ambiental, localizado na Sala Verde do Lago Azul, cuja entrada é pela Rua 2-A.

“É uma atividade bastante interessante, pois será ensinado como fazer produtos de limpeza que não prejudicam a saúde e o meio ambiente”, explica o secretário municipal de Meio Ambiente, Ricardo Gobbi e Silva.

Desinfetante e material utilizado para passar roupa, entre outros, feitos com produtos naturais, são os destaques da oficina

As inscrições devem ser feita pelo telefone 3532-3992 ou pelo formulário digital, no endereço: https://forms.gle/N8XuSGnQK65udfDG6, informando e-mail, nome completo, idade e telefone. Não há restrição de idade para participar.

Rio Claro constrói abrigo para animais de grande porte

Serviço é inédito no município e dará maior conforto aos animais recolhidos nas ruas.

Ainda neste ano, a prefeitura de Rio Claro colocará em funcionamento um abrigo para animais de grande porte, mudando para melhor as condições de atendimento aos animais que são recolhidos por estarem soltos em vias públicas ou por estarem passando por maus tratos. “Pela primeira vez, a cidade terá um lugar com baias individuais e telhado, capaz de abrigar com conforto estes animais”, observa o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria. “Na medida do possível, estamos investindo no bem estar animal, com várias ações pioneiras”, ressalta.

Recentemente, o prefeito Juninho sancionou a lei que criou o Código de Defesa e Proteção dos Animais, a primeira lei de Rio Claro para tratar do assunto. Neste mês de julho, em operação para abrigar do frio pessoas em situação de rua, os cachorros também foram acolhidos. “Rio Claro está adotando uma nova visão no atendimento aos animais”, avalia Gisele Pfeifer, diretora do departamento de Proteção Animal.

O abrigo, que está sendo construído no distrito industrial em frente à sede do Centro de Controle de Zoonoses, terá 13 baias e aproximadamente dois mil metros quadrados. “É espaço suficiente para que os animais possam se movimentar e se alimentarem no pequeno pasto no pátio”, informa Ricardo Gobbi, secretário municipal de Meio Ambiente.

Além de ficaram protegidos do sol, chuva e frio, no abrigo os animais receberão toda alimentação e cuidados veterinários que precisam. Após restabelecerem boas condições de saúde, os animais são colocados para adoção, que segue critérios técnicos. “A pessoa interessada passa por entrevista e fazemos visita ao local onde o animal ficará alojado”, explica Gisele, que elenca os avanços nas políticas públicas para o bem estar animal no atual governo municipal. “Em 2017, o serviço de recolha de animais de grande porte estava desativado. Agora, funciona precariamente nos fundos do canil e logo teremos este espaço apropriado, uma situação inédita na cidade”, compara.

Todo mês de 15 a 20 animais de grande porte são recolhidos. A grande maioria é reavida pelos proprietários que, para isto, têm que comprovar a propriedade com documentos e pagar diária da custódia provisória e multa. Atualmente, oito cavalos estão sob guarda da prefeitura. Se seus donos não se manifestarem interessados em tê-los de volta, serão colocados para adoção.

Rio Claro recebe certificado de qualificação do Município Verde Azul

Programa analisa ações ambientais do município em dez diretivas.

Comitiva de Rio Claro participou na quinta-feira (11), na cidade de Bauru, da cerimônia de qualificação para certificação do ciclo 2019 do Programa Município VerdeAzul (PMVA). O município obteve 42,81 pontos e ficou entre as 161 cidades que receberam o certificado nessa etapa.

De acordo com Edison Andrade, coordenador de educação ambiental da Secretaria Municipal da Educação e interlocutor do PVMA, essa é a única etapa do ano de qualificação do programa do governo estadual, que destaca os municípios melhores colocados em ranking das ações em prol do meio ambiente.

Para ser contemplado com o selo de qualificação do Programa Município VerdeAzul, Rio Claro precisou somar mínimo de 40 pontos em ações que são avaliadas dentro das 10 diretivas do programa: município sustentável, estrutura e educação ambiental, conselho ambiental, biodiversidade, gestão das águas, arborização urbana, qualidade do ar, uso do solo, esgoto tratado e resíduos sólidos.

“Estamos trabalhando para conseguir a certificação final e colocar o município como um dos destaques em política de gestão ambiental no estado”, comenta o secretário municipal de Meio Ambiente, Ricardo Gobbi.

No final do ano, uma nova certificação será realizada e para garantir o selo, Rio Claro precisará somar 80 pontos nas 10 diretivas avaliadas. “Conquistando o certificado garantimos prioridade na captação de recursos do Fundo Estadual de Prevenção e Controle da Poluição”, explica Edison Andrade.

Também participaram do evento o gerente de Planejamento Ambiental da Secretaria do Meio Ambiente, Leonardo Andrade; o engenheiro Roberto Forestti Jr.; o prefeito de Bauru, Clodoaldo Gazzetta; o secretário estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Rodrigues Penido; e o coordenador do PVMA, José Walter Figueiredo Silva.

Lançado em 2007 pelo governo estadual, o PMVA tem o objetivo de auxiliar as prefeituras paulistas no desenvolvimento de ações pela sustentabilidade, cujo selo possibilita às cidades firmarem convênios com entidades e empresas nacionais e internacionais que queiram investir na temática ambiental, além de convênios em âmbito estadual e federal.

Coleta de lixo será normal no feriado de 9 de Julho

Ecopontos também atendem no feriado prolongado.

O feriado estadual da Revolução de 32  na terça-feira (9) altera o atendimento dos serviços públicos municipais de Rio Claro na próxima semana. A maioria das repartições da prefeitura não terá expediente na segunda e terça-feira e retoma o atendimento na quarta-feira (10). Uma das exceções é a coleta de lixo domiciliar, que será realizada normalmente no feriado prolongado. Os moradores de bairros onde há coleta nesses dias podem colocar o material para ser recolhido como de costume.

Os ecopontos abrem em horário normal na segunda-feira (8), das 8 às 20 horas. Na feriado de terça-feira, das 8 às 12 horas. Aos sábados os ecopontos abrem das das 8 às 20 horas e aos domingos, das 8 às 12 horas. O serviço de cata bagulho terá atividade normal na segunda-feira e não terá atividade na terça-feira (9). A coleta seletiva será realizada  no sábado e segunda-feira, mas não no feriado de 9 de Julho. Aos domingos, não há cata bagulho e nem coleta seletiva.

Evento de adoção de cães e gatos será neste sábado em Festa Julina

Das 10 às 16 horas, Canil Municipal participa do Arraiá Animal, na praça em frente à Unesp, no bairro Bela Vista.

Uma vez por mês, a prefeitura, através da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, promove evento de adoção de cães e gatos. Neste mês a atividade será uma das atrações do Arraiá Animal, que será realizado no próximo sábado (6) na praça em frente à Unesp, no bairro Bela Vista.

O Arraiá será das 10 às 16 horas e o Departamento de Proteção Animal (DPA), via canil municipal, convidado a participar da festividade, vai colocar nove cães para adoção, sendo quatro fêmeas e cinco machos, todos adultos, vacinados, vermifugados e castrados. Grupos de proteção animal também vão disponibilizar cães e gatos, que estarão à espera por um novo lar.

Com o objetivo de difundir os conceitos de posse responsável, orientações sobre o tema também serão passadas aos presentes. Também haverá vacinação gratuita antirrábica para cães e gatos, que será realizada pelo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ).

“A procura pela adoção de animais tem sido cada vez maior, além do interesse sobre os conceitos de cuidados, bem-estar animal e posse responsável”, destaca o secretário municipal de Meio Ambiente, Ricardo Gobbi e Silva.

Para certificar que o animal estará em boas condições em seu novo lar, membros da equipe do DPA realizam entrevista com o possível adotante, além de visitarem o local onde o animal deverá ficar. Por isso, os interessados devem estar munidos de documento pessoal e comprovante de endereço.

“A adoção é um ato de amor que precisa de responsabilidade e planejamento”, comenta Giselle Pfeifer, diretora do Departamento de Proteção Animal.

Organizado por ONGs, grupos de proteção animal e protetores independentes, o Arraiá Animal também contará com outras atrações, como barracas de comidas e bebidas típicas, brincadeiras para as crianças, além de aferição de glicemia e pressão arterial. A Unesp fica na rua Avenida 24A, entre as ruas 13B e 14B.

Canil municipal

Outros animais estão à espera de um lar no canil municipal de Rio Claro, que abriga cerca de 130 cães e gatos (filhotes e adultos), todos vacinados e vermifugados. Os animais adultos também são castrados.

Localizado na Avenida das Indústrias, sem número, no Distrito Industrial, o canil municipal abre de segunda a sexta-feira das 8 às 12 horas e das 14 às 18 horas, e aos sábados, das 8 às 12 horas. Aos domingos e feriados as visitas são feitas somente mediante agendamento pelo telefone 3532-4115, em horário comercial.

Os animais podem ser vistos pela internet, na página www.facebook.com/canilrioclaro e no perfil @canilrioclaro no Instagram.