Mais de 150 livros são arrecadados em apresentação da Esquadrilha da Fumaça

Exemplares foram doados pelo público que prestigiou apresentação no aniversário de Rio Claro.

Arrecadação de livros foi realizada na segunda-feira (24) em evento que comemorou o aniversário de Rio Claro. Em ação de incentivo à leitura, o público que acompanhou show aéreo com apresentação da Esquadrilha da Fumaça foi convidado a participar da campanha “Doe um Livro”, apoiada pela Força Aérea.

Cento e cinquenta e sete exemplares de livros novos ou usados foram arrecadados no evento. De acordo com os organizadores, o número supera as doações conseguidas na apresentação do ano passado.

A campanha “Doe um Livro” nasceu em 2009 de maneira informal, através das redes sociais, tendo como objetivo principal a conscientização da importância da leitura. Em 2018 a campanha fechou parceria com a Força Aérea Brasileira para o recolhimento de livros durante as apresentações da Esquadrilha da Fumaça ao longo do ano, ação que foi repetida neste ano. Os livros arrecadados são doados a entidades/ONGs, comunidades carentes, e bibliotecas públicas, comunitárias e escolares. Em Rio Claro, os livros arrecadados serão entregues à Secretaria Municipal da Cultura.

37º Salão de Artes Plásticas de Rio Claro será aberto na 5ª-feira

Exposição ficará no Casarão da Cultura até o final de julho, com entrada franca.

Um dos mais importantes eventos do calendário de comemoração de aniversário de Rio Claro, o Salão de Artes Plásticas chega neste ano à 37ª edição. A abertura será no dia 27, quinta-feira, no Casarão da Cultura, e faz parte dos eventos que celebram os 192 anos do município. “O Salão de Artes Plásticas é uma tradição que destaca Rio Claro no cenário cultural e, por isso, convidamos a comunidade a prestigiar esse belo evento”, diz o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.

A exposição contará com 63 obras expostas de 33 artistas, divididas pelas categorias: “Novos Olhares”; “Acadêmicos” e “Contemporâneos” e entregará prêmios aos vencedores e menções honrosas. “São obras de grande qualidade artística que reafirmam a importância do Salão de Artes Plásticas de Rio Claro como vitrine de grandes talentos”, observa a secretária municipal da Cultura, Danila Ferraz.

Nesta ano o salão recebeu inscrições de 235 obras, provenientes de 25 cidades dos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. As obras ficarão expostas até o dia 31 de julho com visitação aberta de segunda à sexta-feira, das 8 às 16 horas. O Salão de Artes Plásticas de Rio Claro é realizado pela Prefeitura, por intermédio da  Secretaria Municipal da Cultura. O Casarão da Cultura fica na Rua 7, esquina com Avenida 3, Centro.

Eventos

O calendário de eventos de aniversário de Rio Claro tem muitas atrações gratuitas. A Esquadrilha da Fumaça e o show com a dupla sertaneja Edson e Hudson, reuniram milhares de pessoas na segunda-feira (24).

A tradicional Festa do Padroeiro está sendo realizada na praça da Liberdade, onde a quermesse será finalizada neste final de semana, com atividades sextas, sábados e domingos. Nestes mesmos dias haverá a tradicional Exposição Nacional de Orquídeas em sua 75ª edição, no Claretiano Faculdade. O mesmo local recebe no dia 7 de julho o 29º Encontro de Autos Antigos, fechando a programação dos 192 anos de Rio Claro.

Palco Móvel do EMCENA BRASIL – Tigre acontece em Rio Claro

Rio Claro recebe no sábado e domingo uma série de eventos gratuitos que incluem apresentações de teatro adulto e infantil, sessão de cinema, circo, contação de histórias, entre outros

Caravana do Palco Móvel Emcena Brasil estará em Rio Claro no sábado e domingo (29 e 30). O evento leva ao público uma série de eventos culturais gratuitos com o apoio da Tigre e ICRH. A realização é da Companhia AbaréTeatro, por meio do Programa de Ação Cultural (ProAC) com patrocínio da Tigre/ICRH e apoio da Prefeitura Municipal  de Rio Claro e  Secretaria de Cultura.

O projeto já atingiu público de mais de um milhão e meio de pessoas nos onze anos em que esteve viajando por cerca de 500 cidades brasileiras, levando arte, cultura e entretenimento gratuito para toda a família.

Dotada de uma estrutura moderna, que inclui som, iluminação, tela de cinema e uma grande tenda com acomodações para 500 espectadores, a caravana oferece apresentações de espetáculos teatrais para crianças e adultos, oficinas, contação de histórias, além de números circenses e sessão de cinema.

As atividades envolvem cerca de 30 artistas e técnicos que exibem suas habilidades para o público, com excelente nível artístico e a interação com a plateia que, aliados à tecnologia de luz e som, proporcionam um grande divertimento, em evento único, valorizando a cultura popular e o artista nacional.

“Estes últimos anos de circulação nas mais variadas regiões de norte a sul de País estão sendo muito gratificantes, tanto pela troca de experiências como também pela absorção de conhecimento das tradições e da rica cultura de cada localidade. Depois de milhares de quilômetros rodados, nós estamos, de fato, levando a cultura para onde a população está localizada. O mais importante é que estamos consolidando um verdadeiro projeto de confraternização e reencontro do povo com sua própria cultura. Temos notado que crianças, adolescentes e adultos se divertem com o gracejo do palhaço, se emocionam com a história bem contada e como gente grande, sem pudor e nem preconceito, são capazes de gestos de carinho ao reviver a criança que existe dentro de cada um. E sempre ao final, agradecidos,  retribuem aplaudindo entusiasticamente todos os eventos ”, conclui Orlando Moreno, criador e idealizador do projeto.

Confira a programação

1º dia – sábado

15h – Teatro para crianças – O Reino Bruxólico da Bruxa Serafina Chinfrim

16h – Atividades Recreativas – Oficina de Dobradura

17h – Contação de histórias – A mala estampada

19h – Sessão de Cinema

20h – Espetáculo de Circo – Circo de Dois

2º dia – domingo

15h – Teatro para crianças – Dom Quixote – O Cavaleiro das Mil Páginas

 16h – Atividades Recreativas – Oficina Pintando o Sete

17h – Teatro de Mamulengos – A Resenha de Mamulengo

19h – Convidado Local – Camerata de Violões

20h – Teatro para Adultos – Ariano – O Cavaleiro Sertanejo

Serviço

EMCENA BRASIL

Local: Parque   do Lago Azul – Rio Claro (SP)

Dias:  29 e 30 de junho

Horário: 15 às 21 horas

Entrada: GRATUITA

Classificação:             LIVRE

Sobre a TIGRE

Com uma história de quase 80 anos, a Tigre é uma multinacional brasileira com forte presença internacional, líder em soluções para construção civil e cuidado com a água. A empresa oferece um amplo portfólio de produtos que atende os mercados predial, de infraestrutura, de irrigação e industrial. Presente em 30 países, conta com cerca de sete mil funcionários, 11 plantas no Brasil e 12 no exterior: Argentina (2), Bolívia (2), Chile (2), Colômbia, Equador, Estados Unidos, Paraguai, Peru e Uruguai. Além de tubos e conexões, fazem parte do Grupo: Claris Tigre (esquadrias de PVC), Ferramentas para Pintura, Tigre-ADS (tubulações de PEAD para saneamento e drenagem), Fabrimar e Tigre Metais (no segmento de metais sanitários), além da TAE – Tigre Água e Efluentes (tratamento e reutilização da água).

Sobre o ICRH

O Instituto Carlos Roberto Hansen (ICRH), braço social do Grupo Tigre, tem por objetivo a formação do cidadão do futuro, focando o desenvolvimento de Crianças e Adolescentes.  Mais do que a realização do sonho do ex-presidente, é a continuidade de sua linha de pensamento e trabalho. O ICRH resume e reúne a postura de um grupo empresarial que coloca em primeiro lugar as pessoas e que sempre valorizou sua comunidade. Somar para o futuro do país, contribuindo com a educação, esporte e cultura de jovens e adolescentes, sem descuidar da Saúde e do Saneamento Básico, são diretrizes do ICRH. Em 15 anos, investiu R$ 50 milhões, que beneficiaram 4,3 milhões de pessoas.

Evento fala do uso de cão-guia e importância da inclusão da pessoa com deficiência

Atividades foram realizadas pela prefeitura e Instituto Magnus na sexta-feira (14).

Rio Claro realizou na sexta-feira (14) atividade com o Instituto Magnus, da cidade de Salto de Pirapora, em que foi abordada a experiência do trabalho com cão-guia. O evento esteve inserido no curso Deficiência Visual Um Novo Olhar, realizado pela prefeitura de Rio Claro em parceria com a ONG Mais Forte que a Deficiência.

“Foi um evento bastante produtivo, com importantes abordagens no que se refere à qualidade de vida que as pessoas com deficiência podem ganhar e levando mais conhecimento sobre o trabalho do cão-guia”, observou Paulo Meyer, assessor dos direitos da pessoa com deficiência, acrescentando que o conhecimento é fundamental na promoção da inclusão.

Coordenadora institucional do Instituto Magnus, Janaína Teixeira falou sobre a estrutura do instituto e a doação de cães-guias para deficiente visuais. Gabrielle Mazetti, aprendiz de instrutora, relatou como é feito o treinamento, e as informações foram complementadas por Murilo Delgado, assistente administrativo do Instituto e usuário de cão-guia. Com a presença da cadela Barusca, Murilo relatou sobre sua vivência como usuário de cão-guia.

O evento também teve participação de Luan Henrique Oliveira, aluno da escola Bayeux, que expôs protótipo de um sensor (pulseira) de ajuda para locomoção de deficientes visuais. A abertura do evento teve os hinos Nacional e de Rio Claro interpretados por alunos da Aderc (Associação dos Deficientes de Rio Claro), sob coordenação do maestro Claudionor Fonseca.

Também participaram da atividade alunos da Escola Municipal Antonio Sebastião da Silva; Néia Magalhães, assessora dos Direitos do Idoso; Leonardo Andrade, da Secretaria do Meio Ambiente; Adriane Paoli, da Secretaria de Esporte; Adriana Bueno, da Secretaria de Educação; e Sabrina Pereira, da Ong Mais Forte que a Deficiência, uma das coordenadoras do curso Deficiência Visual um Novo Olhar.

Mix Cultural em Rio Claro tem hip hop e cultura popular no domingo

Em sua terceira edição, Mix será no Lago Azul e Lagoa Seca do Cervezão. Entrada é gratuita.

Rio Claro terá no domingo (16) a terceira edição do Mix Cultural. São 29 atrações gratuitas para toda a comunidade, em cinco horas ininterruptas de programação. As apresentações serão das 16 às 21 horas na Lagoa Seca do Cervezão e Lago Azul.

“Além da música, neste ano o evento terá na programação dança, literatura, brincadeiras e outras intervenções artísticas, contemplando públicos de todas as idades”, destaca Daniela Ferraz, secretária da Cultura.

Dois nomes conhecidos no cenário nacional são destaque no evento. Mazinho Quevedo e o rapper Rodrigo Ogi se apresentam respectivamente na Lagoa Seca e no Lago Azul. “O público irá conferir também o talento de artistas de Rio Claro e região, valorizando a produção cultural local”, acrescenta Daniela.

A Lagoa Seca do Cervezão terá atrações que representam a cultura popular e tradicional. Além do show “Viola de todos os tempos”, de Mazinho Quevedo, haverá ainda outras apresentações musicais e também de dança, além de oficina de luminária mosaico e apresentação circense. As crianças poderão se divertir em cama elástica e com pintura de rosto.

No Lago Azul o evento terá principalmente apresentações que valorizam e divulgam a cultura hip hop, incluindo música e dança. Oficinas, jogos, workshops e mágica também estão na programação. Além de Rodrigo Ogi, que apresenta o álbum “Pé no Chão”.

Feira de troca de livros será realizada na Lagoa Seca e no Lago Azul. O Mix Cultural tem o apoio do Sesc.

Membros do Conselho da Comunidade Negra tomam posse em Rio Claro

Conselheiros têm mandato de dois anos, sendo permitida uma única reeleição consecutiva.

Os novos conselheiros do Conselho da Comunidade Negra de Rio Claro (Conerc) tomaram posse dos cargos na noite de terça-feira (11) em cerimônia no paço municipal. Após reformulação, o órgão elegeu nova composição com dez membros, sendo cinco representantes do poder público e cinco da sociedade civil.

Ao se dirigir aos novos conselheiros, o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, solicitou empenho dos profissionais na nova função para ajudar e orientar na elaboração de políticas públicas. “Sejam atuantes precisamos muito do trabalho executado pelo conselho em favor da população negra que ajudou a construir nosso país e nossa história”, disse.

A secretária da Cultura, Daniela Ferraz, destacou a importância do conselho para a construção de políticas públicas cada vez mais afirmativas em prol da população afrodescendente. “Em Rio Claro a sociedade civil envolvida nas questões da comunidade negra trouxe ganhos, mas ainda temos muito que caminhar. Vocês têm papel fundamental na implantação de políticas para nossa população”, afirmou Daniela.

Janice Aparecida Antonio Rezende, nova presidente do Conerc, falou de sua alegria em ocupar a presidência do conselho onde atua há mais de 20 anos como conselheira, acompanhando os avanços e conquistas para a população negra. A diretoria ainda é composta por Maria de Lourdes da Silva (vice-presidente), Janaína Maria Augusto (1ª secretária) e Elizama Ramos dos S. Costa (2ª secretária).

Os vereadores presentes também ressaltaram a importância do conselho. “Um conselho atuante conquista muitas coisas”, assinalou Júlio Lopes, reforçando que “devemos muito à comunidade negra pelo que somos”. “Temos que buscar novos avanços e o trabalho conjunto é importante para isso”, declarou Geraldo Voluntário. Já Adriano La Torre desejou sucesso à nova diretoria e se colocou à disposição do conselho.

Também participaram do evento o secretário municipal dos Negócios Jurídicos, Rodrigo Ragghiante; Josiane Cristina Martins da Silva, assessora municipal de Direitos Raciais; Djalma Antonio dos Santos, vice-presidente do Conselho da Comunidade Negra de Piracicaba;  Divanilde Aparecida de Paula, ex-presidente do Conerc; além dos conselheiros titulares e suplentes, e representantes da comunidade negra.

Cultura popular e tradicional em Mix Cultural no Cervezão

Evento será realizado no domingo (16) das 16 às 21 horas e terá apresentação de Mazinho Quevedo.

Lagoa Seca do Cervezão e Lago Azul recebem no domingo (16) quase 30 atrações na terceira edição do Mix Cultural, em Rio Claro. As apresentações serão das 16 às 21 horas, com entrada gratuita.  

Com apresentações voltadas principalmente à cultura popular e tradicional, a Lagoa Seca terá pela primeira vez um dos palcos do Mix. “A opção pela Lagoa Seca se deu pela localização, já que fica em uma região bastante populosa, e pela estrutura que o espaço oferece”, observa Daniela Ferraz, secretária da Cultura.

DJ Alone será o apresentador do evento na Lagoa Seca, que contará com atrações musicais e também intervenções artísticas de outros gêneros. O violeiro Mazinho Quevedo será uma das atrações, levando ao público seu show “Viola de Todos os Tempos”.  Moda de viola também estará na apresentação de Gabriel Polegate e o evento terá ainda o som da cantora Mary Rocha.

A dança estará presente em duas apresentações. O Grupo Olimpiense “Cidade Menina Moça” exibirá coreografia de dança de bambu e o Núcleo Manjarra apresentará sambada de Reis, em que o ritmo pulsante da música é acompanhado por diferentes formações coreográficas.

A programação terá ainda, com o Coletivo Sagui, oficina de luminária mosaico, em que o público poderá construir luminária tridimensional utilizando papéis, desenhos à mão e colagem. A Cia. Pé de Cana representará a arte circense. Depois de viajar um ano e percorrer treze estados brasileiros, essa trupe “mambembe” resolveu, com este espetáculo, contar as histórias que viveu e aprendeu. As crianças poderão se divertir em atividades infantis, incluindo cama elástica e pintura de rosto.

No Lago Azul haverá principalmente apresentações que valorizam e divulgam a cultura hip hop. Nos dois locais será realizada feira de troca de livros. O Mix Cultural tem o apoio do Sesc.

Mix Cultural terá hip hop no Lago Azul

Lagoa Seca do Cervezão também terá palco do evento no domingo (16).

Rio Claro realiza no domingo (16) a terceira edição do Mix Cultural. Das 16 às 21 horas, Lago Azul e Lagoa Seca do Cervezão recebem muita música e dança, além de atrações culturais variadas. A entrada é gratuita.

“Além da música, o Mix neste ano abre espaço para outras intervenções culturais, enriquecendo a programação”, comenta Daniela Ferraz, secretária da Cultura.

No Lago Azul haverá principalmente apresentações que valorizam e divulgam a cultura hip hop. Kizie irá comandar o evento, com destaque para a apresentação do rapper Rodrigo Ogi, que divulga o álbum “Pé no Chão”. Também sobem ao palco os grupos rio-clarenses Camaleão Destro, Causa Perdida e DuCorre Clan. Completam a programação musical os DJs Fejão Beats e Roooo, além da equipe 288 Crew.

A dança estará bem representada em performances de Anselmo Lima, Projeto Cultura Urbana, World Of B.Girls e Over X e haverá oficina de break com o B. boy Uga.

O público poderá participar de oficina de malabares, que inclui técnicas de malabarismo com bolas, que vão desde a sua confecção até a iniciação ao aprendizado do malabarismo. A arte circense também estará em Intervenção Mágica, que reúne três mágicos. A atração Jogos da Caravana Lúdica irá oferecer ao público a oportunidade de ter contato com jogos dos cinco continentes de todos os tempos (1400 a.C. até jogos contemporâneos) em espaços públicos. O grupo Manxs irá realizar maquiagem artística nos interessados. E o Coletivo Art Muro representará a arte do grafite.

Ao todo são 29 atrações no Lago Azul e na Lagoa Seca, que receberá atrações que representam a cultura popular e tradicional. Nos dois locais será realizada feira de troca de livros. O Mix Cultural tem o apoio do Sesc. 

Prefeito empossa novos membros do Conselho da Comunidade Negra

Conselheiros têm mandato de dois anos e função não remunerada.

O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, dá posse nesta terça-feira (11) aos novos membros do Conerc (Conselho Municipal da Comunidade Negra) de Rio Claro. A cerimônia de posse será realizada às 18 horas no paço municipal. Os conselheiros foram escolhidos por meio de eleição realizada no dia 9 de maio.

O Conerc é formado por dez membros com representantes do poder público e sociedade civil. “Os conselheiros prestam importante serviço à comunidade, tendo a função de fiscalizar e auxiliar o poder público no desenvolvimento de políticas públicas”, comenta Juninho.

São representantes titulares do poder público Dinorá Silmara dos Santos, Jailson Malta Miranda da Silva, Roberta Nativio Goulart Rodrigues, Elizama Ramos dos S. Costa e Josiane Cristina Martins da Silva. Os suplentes são: Laís Garcia, Raquel Ribeiro, Eliane Regina Zanellato Zanardo, Alex de Oliveira Rodrigues Lopes e Carlos Alberto Trevisan.

Além dos membros do poder público, o Conerc tem representantes de entidades ligadas à comunidade negra. São eles Maria Lúcia Paulo, Janaina Maria Augusto, Maria de Lourdes da Silva, Janice Aparecida Antonio Rezende e Alessandra Daniela Santana Mendes. Os suplentes são Daiana Cristina dos Santos Clementino (Religião), Marcos Antonio Lopes (Clube Social/Cultura Negra), Joseph Luckson (ONG), Divanilde Aparecida de Paula e Kieni L. E. Borges.

A diretoria do conselho é formada por Janice Aparecida Antonio Rezende (presidente), Maria de Lourdes da Silva (vice-presidente), Janaína Maria Augusto (1ª secretária) e Elizama Ramos dos S. Costa (2ª secretária). “O mandato dos conselheiros é de dois anos, sendo permitida uma única reeleição consecutiva”, explica Josiane Cristina Martins da Silva, assessora municipal de Direitos Raciais, destacando que a função de conselheiro não é remunerada.

Rio Claro busca apoio para reformas no Centro Cultural

Município pleiteia recursos do governo estadual para realizar as obras.

A prefeitura de Rio Claro reforçou pedido de apoio financeiro ao governo estadual para reformar o telhado e parte do teatro do Centro Cultural “Roberto Palmari”, localizado na Vila Operária. A solicitação foi feita ao secretário da Justiça e da Defesa da Cidadania, Paulo Dimas Mascaretti, em reunião realizada na terça-feira (4) na sede da secretaria em São Paulo. “Pedimos atenção aos projetos apresentados pelo município no ano passado para reformar o prédio do Centro Cultural, que é tão importante para a história cultural do município”, explica o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.

Os projetos preveem investimentos de R$ 950 mil na reforma de todo o telhado do prédio que enfrenta problemas com infiltrações e de R$ 750 mil na recuperação do urdimento do teatro que engloba iluminação, som e equipamentos cênicos. “São problemas antigos que estamos trabalhando para resolver, assim como fizemos com a documentação do terreno do Lago Azul que hoje pertence ao município”, destaca Juninho.

Para realizar as obras, o município pleiteia recursos do Fundo Estadual de Defesa dos Interesses Difusos (FID), que administra recursos oriundos de multas e ações civis públicas por danos causados ao meio ambiente, ao consumidor e ao patrimônio histórico, turístico e paisagístico. Esse dinheiro é destinado à preservação e à recuperação dos bens danificados.

A secretária municipal da Cultura, Daniela Ferraz, informa que o secretário estadual ficou de verificar a situação dos projetos de Rio Claro e encaminhá-los para aprovação. “A liberação desses recursos será uma conquista muito grande para a comunidade, já que há anos o prédio não recebe manutenção e carece de intervenções”, afirma Daniela, observando que a reforma do prédio irá oferecer maior conforto para artistas e frequentadores do Centro Cultural.