Rio Claro tem 50 mortes e mais de 1.600 casos positivos de coronavírus

Três óbitos e 90 casos foram confirmados no boletim deste sábado (11).

Com mais três óbitos, Rio Claro chega a 50 mortes por coronavírus, conforme números divulgados no sábado (11) pela Secretaria Municipal de Saúde. As vítimas são um idoso, uma idosa e um rapaz que estavam hospitalizados. O total de casos positivos é 1.621, com 90 novos casos registrados no sábado.

Dos novos casos positivos, 12 estão hospitalizados e 78 em isolamento domiciliar. Ao todo o município tem 69 pessoas internadas por coronavírus, incluindo casos suspeitos, sendo que 32 estão em leitos do Sistema Único de Saúde e 37 em hospitais particulares. Há 24 pacientes em unidade de terapia intensiva, sendo 17 na rede pública e sete na rede particular.

O número de pessoas recuperadas da doença aumentou em 37, chegando a 846. Há dois óbitos em investigação.

Rio Claro confirma 47º óbito por coronavírus

Boletim de sexta-feira (10) aponta 1.531 casos positivos de Covid-19.

Idosa que estava hospitalizada é a 47ª vítima fatal da Covid-19 em Rio Claro. Boletim divulgado na sexta-feira (10) confirma 22 casos registrados no município em 24 horas e total de 1.531 casos da doença.
O município tem 70 pessoas hospitalizadas em decorrência de coronavírus, o que inclui casos suspeitos. Trinta e quatro pacientes recebem cuidados em hospitais do Sistema Único de Saúde (SUS) e 36 na rede particular. Deste total, 27 pessoas recebem atendimento em unidade de terapia intensiva (UTI), sendo 20 em leitos públicos e sete em hospitais particulares.
Dos 22 novos casos confirmados, oito pessoas estão hospitalizadas e 14 em isolamento domiciliar. O boletim também aponta dois óbitos em investigação. O número de pessoas recuperadas da doença continua em 809.

Rio Claro confirma mais dois óbitos por coronavírus e ultrapassa 1.500 casos

Novo boletim aponta total de 46 óbitos e 1.509 casos positivos de Covid-19.

Dois homens com menos de 60 anos que estavam hospitalizados são as novas vítimas fatais da Covid-19 em Rio Claro, ampliando para 46 o número de óbitos.
Boletim divulgado na quinta-feira (9) confirma 35 casos registrados no município em 24 horas e total de 1.509 casos da doença.
O número de pessoas internadas se mantém alto, com 76 pessoas hospitalizadas em decorrência de coronavírus, o que inclui casos suspeitos. Trinta e seis pacientes recebem cuidados em hospitais do Sistema Único de Saúde (SUS) e 40 na rede particular. O município tem 26 pessoas recebendo atendimento em unidade de terapia intensiva (UTI), sendo 20 em leitos públicos e seis em hospitais particulares.
Dos 35 novos casos confirmados, todos estão em isolamento domiciliar. O boletim de quinta-feira (9) também aponta dois óbitos em investigação. O número de pessoas recuperadas da doença subiu e chega a 809.

Rio Claro tem mais dois óbitos por coronavírus e ultrapassa 1.400 casos positivos

O município tem 93 pessoas hospitalizadas, o maior número nesta pandemia.

A Covid-19 fez mais duas vítimas fatais em Rio Claro. Um idoso e uma idosa que estavam hospitalizados morreram em decorrência da doença, conforme divulgado na quarta-feira (8) pela Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde. O município soma 44 óbitos por coronavírus, sendo que 34 pessoas tinham mais de 60 anos. Faleceram por coronavírus em Rio Claro 20 mulheres e 24 homens.

Oitenta e um novos casos foram registrados nas últimas 24 horas e agora o total é de 1.474 positivos. Dos novos casos, 19 pessoas estão hospitalizadas e 62 em isolamento domiciliar. O número de internados é o maior desde o início da pandemia. São 93 pacientes hospitalizados, incluindo casos suspeitos, sendo 34 em leitos públicos e 59 em leitos particulares. O número de pessoas em UTI é 23, com 17 no Sistema Único de Saúde (SUS) e seis na rede particular.

Até o momento, 746 pessoas se recuperaram da Covid-19, 48 a mais do que na terça-feira (7). Há dois óbitos em investigação.

Rio Claro tem 1.013 casos de dengue

Colaboração da comunidade é fundamental para evitar a doença.

Descarte correto de resíduos e eliminação de criadouros são medidas fundamentais no combate à dengue. Em 2020 Rio Claro registrou 1.013 casos de dengue, conforme boletim divulgado na quarta-feira (8) pela Vigilância Epidemiológica.

“A população também deve estar envolvida no combate ao mosquito transmissor para que o trabalho realizado pelo poder público tenha resultado efetivo”, alerta Maurício Monteiro, secretário de Saúde. O crescimento de casos teve ritmo desacelerado, mas mesmo com o tempo seco e baixas temperaturas, os cuidados devem ser redobrados para impedir a proliferação do Aedes aegypti, que também transmite zika vírus, chikungunya e febre amarela.

“As ações de combate continuam sendo realizadas, com visitas casa a casa, nebulização e vistorias em pontos estratégicos”, observa Diego Reis, chefe do Centro de Controle de Zoonoses, acrescentando que a comunidade também deve fazer a sua parte.

O trabalho realizado é contínuo e tem participação de vários setores da administração municipal. As secretarias de Obras e de Agricultura fazem limpezas periódicas de terrenos particulares e em áreas públicas onde moradores, de forma inadvertida, descartam entulho e lixo.

Saúde mantém plantão na 5ª e 6ª-feira, sábado e domingo

Samu e Farmácia Todo Dia também terão atendimento normal nesses dias.

Como medida para reduzir o risco de contágio pelo novo coronavírus, que teve grande aumento de casos positivos nos últimos dias no município, a maioria dos serviços municipais de Rio Claro não terão expediente nessa quinta (9) e sexta-feira. Nesses dias, além do sábado e domingo, o atendimento médico emergencial na rede de saúde será feito em plantões 24 horas. Quem precisar de cuidados nessa área deve procurar a unidades de pronto atendimento do Cervezão, na Rua M-9, 66, telefone 3533-7272, ou a do Bairro do Estádio, na Avenida 29, entre as ruas 12 e 13, telefone 3522-1818.

A rede municipal de saúde também atende nesses dias as emergências psiquiátricas no Centro de Atendimento Psicossocial (Caps III), localizado na Rua M-9, 50, vizinho ao pronto atendimento do Cervezão.

O Samu atende emergências 24 horas pela linha 192. O programa Farmácia Todo Dia também atenderá normalmente nessa quinta, sexta, sábado e domingo no horário normal, das 8 às 17 horas. As unidades ficam no Cervezão (Rua M-9, número 50) e Bairro do Estádio (Avenida 29, 1.311, anexa à Unidade Básica de Saúde). Os medicamentos fornecidos gratuitamente nas unidades do programa Farmácia Todo Dia são destinados exclusivamente aos pacientes que apresentam receita prescrita por médico.

Com 48 novos casos, Rio Claro chega a 1.393 positivos

Município tem 77 pessoas internadas por causa do coronavírus.

Boletim divulgado na terça-feira (7) pela Secretaria de Saúde de Rio Claro aponta 48 novos casos de Covid-19 no município, sendo que oito pessoas estão hospitalizadas e 40 em isolamento domiciliar. O total de casos chega a 1.393.

O município tem 77 pessoas internadas por coronavírus, o que inclui casos suspeitos, sendo que 29 pessoas estão em leitos públicos e 48 em leitos particulares. Deste total, 21 pessoas recebem cuidados em Unidade de Terapia Intensiva, com 15 pacientes no SUS e seis na rede particular.

O total de óbitos confirmados permanece em 42 e há dois em investigação. Até o momento 698 pessoas se recuperaram da Covid-19 na cidade. 

Recuperado da Covid-19, chefe de gabinete do prefeito retorna ao serviço

Após cumprir o período de isolamento domiciliar e se recuperar, Silvio Martins retorna ao Paço.

O chefe de gabinete do prefeito Juninho, Silvio Aparecido Martins, retorna nesta quarta-feira (8) ao trabalho no Paço Municipal, após receber alta médica pela recuperação de Covid-19, tendo cumprido o período de isolamento domiciliar recomendado.

No dia 1º de julho Silvio Martins recebeu resultado positivo de exame para Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus. A amostra para o exame foi colhida no dia 22 de junho.

Na segunda-feira (6) outros integrantes da administração municipal e o prefeito João Teixeira Junior também iniciaram isolamento domiciliar após terem a confirmação de que estão com Covid-19. Nenhum deles apresenta sintomas da doença.

Rio Claro fiscaliza uso de máscaras

Equipes percorreram região Central, Cidade Jardim e Alto do Santana.

Rio Claro realizou na segunda-feira (6) ação de fiscalização quanto ao uso de máscaras. O item de proteção obrigatório deve ser usado sempre que for necessário sair de casa como medida de proteção ao novo coronavírus.

“A fiscalização se faz necessária para que a comunidade entenda a importância de se adotar os cuidados para impedir contágio e transmissão da doença”, destaca o prefeito João Teixeira Junior. “O uso da máscara, higienização adequada e isolamento social são as ferramentas que temos para conter a Covid-19”, acrescenta o prefeito Juninho.

Equipes de fiscalização da Vigilância Sanitária, juntamente com a Polícia Militar e Guarda Municipal, percorreram a região central de Rio Claro e bairros Cidade Jardim e Alto do Santana. Não foi necessário nenhum auto de infração.

“A fiscalização continuará sendo feita e quem não estiver utilizando corretamente a proteção poderá ser multado”, observa Maurício Monteiro, secretário de Saúde. O mesmo vale para estabelecimentos comerciais que permitirem a presença de pessoas que estiverem sem máscaras.

Desde que o uso de máscara tornou-se obrigatório, as equipes vem atuando nos estabelecimentos e orientando a comunidade sobre a importância da proteção. As multas podem ser aplicadas em pessoas físicas ou jurídicas.

Quem for flagrado em espaços públicos sem o equipamento, ou usando-o de maneira incorreta, será multado em R$ 524,59. Já os estabelecimentos que permitirem a presença de pessoas sem a proteção adequada receberão multa de R$ 5.025,02, valor que será multiplicado pelo número de pessoas em situação irregular. Os estabelecimentos devem manter aviso em local visível informando sobre o uso obrigatório das máscaras. Além disso, deverão advertir os eventuais infratores sobre a proibição de entrada e permanência no local sem o uso da proteção. Podem ser utilizadas máscaras de tecido ou outro material adequado, de fabricação caseira ou industrial, e a máscara deve cobrir corretamente o nariz e boca. As pessoas devem usar proteção facial em qualquer via pública, praças, logradouros, passeios públicos, parques, repartições públicas, interior ou área adjacente de estabelecimentos essenciais de serviços ou comércio, na espera e durante a utilização de transporte coletivo, transporte por veículo de serviço de táxi ou de motorista por aplicativo ou transporte aéreo.

Rio Claro tem mais quatro mortes e novo recorde de casos positivos de coronavírus

Duzentos e dez casos foram confirmados em 24 horas.

Com mais quatro óbitos por coronavírus, Rio Claro chega a 42 mortes, conforme números divulgados na segunda-feira (6) pela Secretaria de Saúde de Rio Claro. As vítimas são quatro idosos. O total de casos positivos é 1.345, sendo os 210 novos casos confirmados o recorde de positivos num único dia.

Dos novos casos positivos, dois estão hospitalizados e 208 em isolamento domiciliar. Ao todo o município tem 83 pessoas internadas por coronavírus, incluindo casos suspeitos, sendo que 27 estão em leitos do Sistema Único de Saúde e 56 em hospitais particulares. Há 20 pacientes em unidade de terapia intensiva, sendo 12 na rede pública e oito na rede particular.

O número de pessoas recuperadas da doença aumentou em 56, chegando a 616. Há um óbito em investigação.