Rio Claro assina convênio para exames gratuitos de espirometria

Exames serão realizados no Cead com início previsto para março.

A prefeitura de Rio Claro continua trabalhando para ampliar os serviços públicos de saúde. A Secretaria Municipal de Saúde assinou nesta semana convênio com empresa multinacional GlaxoSmithKline (GSK) para realização de exames gratuitos de espirometria, que avalia a capacidade pulmonar dos pacientes para diagnóstico da doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC). O serviço será oferecido gratuitamente à população e sem custos para o município.

“O convênio terá vigência até 31 de dezembro e a empresa fornecerá equipamentos, insumos e equipe técnica operacional”, explica o secretário municipal de Saúde, Maurício Monteiro. O convênio estabelece que os exames serão realizados por profissional qualificado, com certificação e experiência comprovadas em exame de espirometria.

O exame de espirometria não é disponibilizado na rede pública de saúde. Para atender a demanda, a prefeitura precisa contratar o serviço que agora será feito gratuitamente pela GSK até o final deste ano. Os exames serão realizados no Cead (Centro de Especialidades e Apoio Diagnóstico) com início previsto para março.

Para o prefeito João Teixeira Junior, a oferta dos exames na rede pública de saúde fará grande diferença para a comunidade. “A população será atendida com mais esse serviço e a prefeitura vai economizar porque os procedimentos serão pagos pela empresa parceira”, destaca Juninho.

Essa é mais uma melhoria realizada pela prefeitura no setor de saúde, que teve grandes avanços nos últimos três anos. A prefeitura entregou seis unidades de saúde, comprou três aparelhos de raios-x para as unidades de urgência e emergência, criou o programa Farmácia Todo Dia que entrega medicamentos nos finais de semana e feriados, implantou o Centro de Especialidade Infantil (CEI) para atendimento exclusivo a crianças e realizou mais de 32 mil procedimentos no Espaço Mais Saúde. 

UPA do Bairro do Estádio e do Cervezão mantêm plantão no carnaval

Samu e Farmácia Todo Dia também terão atendimento normal no feriado prolongado.

Desse sábado (22) até a quarta-feira (26), período que inclui os festejos de carnaval, o atendimento médico na rede pública municipal de saúde de Rio Claro será feito nos plantões 24 horas da prefeitura. Quem precisar de cuidados nessa área deve procurar a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Cervezão, na Rua M-9, 66, telefone 3533-7272, ou a UPA do Bairro do Estádio, na Avenida 29, entre ruas 12 e 13, telefone 3522-1818.

Além das UPAs, a rede municipal de saúde também atende no feriado prolongado as emergências psiquiátricas no Centro de Atendimento Psicossocial (Caps III), localizado na Rua M-9, 50, vizinho à UPA do Cervezão. Os telefones são 3525-4940 e 3525-4941. Além disso, o Samu atende emergências 24 horas pela linha 192. O programa Farmácia Todo Dia também atenderá normalmente, das 8 às 17 horas durante o feriado prolongado.

Prefeitura promove encontro de brigadistas e lança projeto “Caça Larvas” nas escolas

Prefeito Juninho ressalta importância da comunidade na prevenção e combate à dengue.

A prefeitura de Rio Claro lançou nesta sexta-feira (14) o projeto “Caça Larvas” nas escolas da rede municipal de ensino. O projeto consiste em realizar jogos utilizando a dinâmica de caçar larvas com o objetivo de incentivar o olhar investigativo dos alunos na procura de criadouros do mosquito. O lançamento foi feito durante o 1º Encontro de Brigadistas Municipais contra o Aedes realizado no auditório do Núcleo Administrativo Municipal (NAM).

São 140 brigadistas que vão colaborar com as ações de prevenção ao mosquito Aedes aegypti. “Os brigadistas são representantes dos espaços públicos indicados pela equipe gestora que vão auxiliar no combate ao mosquito”, explica Edison Norberto de Andrade, coordenador de Educação Ambiental da Secretaria da Educação.

O prefeito João Teixeira Junior destacou a importância dos brigadistas e da união de esforços na luta contra o mosquito. “A dengue é um problema de todos e temos que dividir as responsabilidades com a população. Cada um deve fazer a sua parte para eliminar os criadouros e combater o mosquito”, destacou Juninho, que solicitou à comunidade que faça o descarte correto do lixo. “Todos temos direitos e deveres, e devemos cumpri-los. A prefeitura limpa terrenos e faz mutirões, mas de nada adianta se o morador não cuidar do quintal de sua casa e não usar os ecopontos e o sistema de coleta para descartar corretamente os resíduos”, observou.

“A prevenção é a melhor arma para o combate ao Aedes aegypti e às doenças transmitidas por ele”, frisou o secretário municipal de Saúde, Maurício Monteiro, reforçando a importância da conscientização da comunidade. Pedido de colaboração também foi feito pelo vereador Júlio Lopes. “A comunidade tem que colaborar nesse trabalho, inclusive os gestores dos campos distritais”, pontuou.

Também participaram do evento a chefe de gabinete da Fundação Municipal de Saúde, Eleny Freitas de Almeida; o gerente do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), Diego Reis; e Solange Marscherpe, chefe de Núcleo do CCZ.

Campanha contra sarampo tem vacinação em 4 postos neste sábado

Pessoas de cinco a 19 anos com menos de duas doses na carteira devem ir às unidades do Cervezão, Wenzel, Bairro do Estádio ou Mãe Preta.

Neste sábado, 15, haverá vacinação contra sarampo em Rio Claro. A iniciativa faz parte da campanha nacional iniciada nesta semana, voltada para crianças e jovens de cinco a 19 anos com doses atrasadas da vacina. As aplicações neste sábado para esse público serão feitas das 8 às 17 horas nas unidades de saúde do Cervezão, Wenzel, Bairro do Estádio e Mãe Preta.

A campanha prossegue até o dia 13 de março. Pessoas do público-alvo que têm menos de duas aplicações registradas na carteira de vacinação devem ir a um posto de saúde para se imunizar.

De segunda a sexta-feira, o atendimento em Rio Claro é feito em 18 postos entre unidades de saúde da família e unidades básicas de saúde, no horário de funcionamento de cada uma. A vacina só não é aplicada nas unidades dos bairros Santa Elisa, Jardim Brasília e Vila Cristina.

O sarampo voltou a ser registrado no ano passado em várias cidades do país. Em Rio Claro foram 14 casos da doença em 2019.

Jardim Progresso terá mutirão contra dengue no sábado

Agentes percorrerão o bairro das 8 às 13 horas.

A prefeitura de Rio Claro realiza nesse sábado (15) no Jardim Progresso, mutirão de combate ao mosquito Aedes aegypti. Os agentes do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), da Secretaria Municipal de Saúde, percorrerão o bairro das 8 às 13 horas, vistoriando residências, orientando e recolhendo objetos que podem ser criadouros do mosquito transmissor da dengue. Boletim da Vigilância Epidemiológica divulgado nesta semana aponta 82 casos registrados da doença em Rio Claro desde o início do ano.

“O período de chuvas é crítico e exige atenção redobrada da população, pois até quantidade mínima de água parada pode servir de criadouro para o mosquito da dengue”, destaca o gerente do CCZ, Diego Reis. Muitos recipientes que podem acumular água têm sido encontrados nas residências. O Aedes aegypty também transmite chikungunya, zika vírus e febre amarela.

O mais recente índice de densidade larvária do município, que chegou a 1.9, coloca Rio Claro em estado de alerta com relação ao Aedes. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, mais de 80% dos criadouros do mosquito estão dentro de imóveis habitados.

Movimento Pró-Hospital inicia preparativos para elaboração de projeto do hospital regional

Prefeito Juninho assinou decreto reservando área ao hospital.

O Movimento Pró-Hospital Público Regional de Rio Claro iniciou os preparativos para elaboração do projeto arquitetônico do hospital. O assunto foi pauta de reunião realizada na noite de quarta-feira (12) com integrantes do movimento, representantes de entidades e pessoas da comunidade. O prefeito João Teixeira Junior e o vereador Geraldo Voluntário também participaram da reunião realizada no salão da Igreja Bom Jesus.

“Vamos levantar dados do SUS sobre o número de atendimentos em Rio Claro e região e, com base nessas informações, elaborar o projeto arquitetônico do hospital junto com a Associação dos Engenheiros de Rio Claro e estudantes de engenharia”, explica César Borgi, presidente da Associação Movimento Pró-Hospital Público Regional de Rio Claro. De acordo com ele, esses dados serão coletados com apoio da Fundação Municipal de Saúde e secretarias de saúde da região.

Borgi explica que tendo em mãos os números, projeto arquitetônico e levantamento de custos, terá início a busca por recursos. “O movimento, junto com prefeitos e secretários de saúde de Rio Claro e microrregião, vai buscar apoio nas esferas federal e estadual e na iniciativa privada para viabilizar o projeto”, informa o presidente, ressaltando que o projeto do hospital seguirá as diretrizes do Ministério da Saúde e não afetará outros recursos públicos destinados ao setor de saúde do município. “Cada verba tem uma destinação específica e não pode ter sua finalidade desviada. Ou seja, recursos de outros serviços não podem ser utilizados no hospital e vice-versa”, frisa.

O Movimento Pró-Hospital conta com apoio da prefeitura que reservou área para a construção do prédio, conforme decreto assinado pelo prefeito Juninho que reforça a necessidade da união de esforços para conseguir novos avanços. “Esse projeto precisa do apoio de todos, da sociedade civil, iniciativa privada, municípios da região e, sobretudo, dos governos estadual e federal, para que seja viabilizado”, conclui.

Mais 94 aprovados em concurso estão sendo chamados para reforçar área da saúde

Convocados estão se apresentando e em breve assumem cargos na rede municipal.

Os primeiros dos 94 convocados pela prefeitura para integrar o quadro de servidores da Secretaria Municipal de Saúde de Rio Claro começaram a se apresentar nesta semana. Eles passaram por entrevista e outras providências administrativas estão sendo tomadas para que em breve assumam os cargos no serviço público municipal. Nesta sexta-feira (7) parte dos 54 selecionados no concurso público realizado pelo município para cargos técnicos, administrativos e da área de transportes  estiveram na sede da Fundação Municipal de Saúde. Os demais aprovados dessas áreas foram convocados para comparecer na segunda (10) e terça-feira. Além deles, mais 33 médicos foram selecionados para reforçar o atendimento na rede pública, e outros sete já estão trabalhando na rede pública de saúde.

“Nossos esforços pela saúde, que incluem a entrega de seis unidades, reformas, aquisição de equipamentos e novos convênios, também contemplam a ampliação do quadro de servidores, sempre visando o acolhimento e o melhor atendimento possível à população”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria. “A contratação via concurso público de funcionários para a saúde só está sendo possível porque desde 2017 estamos tomando providências para arrumar as finanças do município e por iniciativas como dar fim aos supersalários, que dificultavam vários investimentos no setor”, acrescenta, lembrando que o município vem investindo na saúde acima do exigido por lei.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Maurício Monteiro, a contratação de novos servidores é uma ação fundamental. “É uma das iniciativas que estamos tomando para garantir qualidade no atendimento, ao mesmo tempo em que planejamos ações em outras frentes devido às demandas e complexidades do setor de saúde existentes na maior parte das cidades do país”, comenta.

Os 53 servidores convocados nas áreas técnica, administrativa e de transportes incluem  técnicos de enfermagem, agente de controle de vetores, agentes administrativos, assistente de gestão municipal, agentes de serviços gerais, atendente de telecomunicações, farmacêuticos, técnico em radiologia, técnico de segurança do trabalho, agentes de combate a endemias, fonoaudiólogos, fisioterapeuta, terapeuta ocupacional e motoristas.

A prefeitura também está convocando 36 médicos de várias especialidades. São médicos ambulatoriais da área de ginecologia e obstetrícia, médicos pediatras plantonistas, psiquiatra plantonista, cirurgião vascular, dermatologista, urologista, pediatra ambulatorial, oftalmologistas, ortopedista,  otorrinolaringologista ambulatorial e plantonistas clínicos.

Campanha vai atualizar doses contra sarampo em pessoas de 5 a 19 anos

Atendimento começa na segunda-feira. Rio Claro terá 18 postos de vacinação.

Rio Claro fará parte da campanha nacional de vacinação contra o sarampo, que começa na segunda-feira (10). Será uma campanha seletiva, voltada a crianças e jovens de cinco a 19 anos com doses atrasadas da vacina. Pessoas nessa faixa etária que têm menos de duas aplicações registradas na carteira de vacinação devem ir a um posto de saúde para se imunizar.

A campanha está programada para ser realizada até  o dia 13 de março. O atendimento em Rio Claro será feito de segunda a sexta-feira em 18 postos entre unidades de saúde da família e unidades básicas de saúde, no horário de funcionamento de cada uma. A vacina só não será aplicada nas unidades dos bairros Santa Elisa, Jardim Brasília e Vila Cristina.

A programação do Ministério da Saúde já estabeleceu um fim de semana com aplicação da vacina contra o sarampo na campanha que começa semana que vem. Será o próximo dia 15, um sábado. Nessa data, a rede municipal de saúde de Rio Claro terá imunização contra o sarampo nas unidades dos bairros Cervezão, Wenzel e Bairro do Estádio.

O sarampo voltou a ser registrado no ano passado em várias cidades do país. Em Rio Claro foram 14 casos da doença em 2019. “Embora a campanha deva se estender por cerca de um mês, orientamos os pais a não deixarem para a última hora, pois manter a carteira de vacinação dos filhos atualizada é fundamental”, reforça o secretário municipal de Saúde, Maurício Monteiro.

Santa Elisa terá mutirão contra dengue no sábado

Agentes percorrerão os bairros das 8 às 13 horas.

Rio Claro realiza nesse sábado (8) no bairro Santa Elisa, mutirão de combate ao mosquito Aedes aegypti. Os agentes do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), da Secretaria Municipal de Saúde, percorrerão os bairros das 8 às 13 horas, vistoriando residências e recolhendo objetos que podem ser utilizados como criadouros do mosquito transmissor da dengue. Boletim da Vigilância Epidemiológica divulgado nesta semana aponta 59 casos registrados da doença em Rio Claro desde o início do ano.

“A luta contra a dengue precisa do apoio de todos e a melhor maneira de combater o mosquito transmissor é eliminando os criadouros”, destaca o gerente do CCZ, Diego Reis. Muitos recipientes que podem acumular água têm sido encontrados nas residências. “Qualquer descuido pode favorecer a reprodução do Aedes”, prossegue, lembrando que o mosquito também transmite chikungunya, zika vírus e febre amarela.

O mais recente índice de densidade larvária do município, que chegou a 1.9, coloca Rio Claro em estado de alerta com relação ao Aedes aegypti. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, mais de 80% dos criadouros do mosquito estão dentro de imóveis habitados.

Rio Claro realiza mais de 13,5 mil cirurgias eletivas em três anos

Procedimentos cirúrgicos foram realizados por meio do SUS.

Nos últimos três anos, o município de Rio Claro ampliou os investimentos realizados no setor de saúde. Além de obras e reformas, também houve aumento nos atendimentos à população. De 2017 a 2019 foram realizadas 13.547 cirurgias eletivas em Rio Claro via Sistema Único de Saúde (SUS). Foram 3.851 procedimentos cirúrgicos em 2017, 5.566 em 2018 e 4.130 em 2019 na Santa Casa, Hospital Santa Filomena, Santa Casa de São Pedro e Espaço Mais Saúde.

“Por meio de parcerias conseguimos aumentar o número de cirurgias e atender um maior número de pessoas”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria. Uma dessas parcerias foi com as carretas da saúde onde foram realizadas 1.658 cirurgias vasculares e oftalmológicas. “O Espaço Mais Saúde foi um grande ganho para o município porque conseguimos, em pouco tempo, atender pessoas que aguardavam há anos por consultas e procedimentos”, destaca Juninho.

Outras 398 cirurgias foram realizadas no Hospital Santa Filomena, por meio de convênio com a prefeitura. Na Santa Casa de Misericórdia, hospital de referência do SUS na cidade, foram feitos 10.589 procedimentos cirúrgicos em três anos. “Essas parcerias e convênios fazem parte da estratégia do governo municipal em buscar alternativas para driblar as dificuldades para atender as demandas na área da saúde”, destaca o secretário municipal de Saúde, Maurício Monteiro.

Nos últimos três anos o município investiu quase 30% do orçamento na área da saúde, quase o dobro do percentual obrigatório exigido por lei. Esse montante é oriundo de recursos próprios somados às verbas repassadas pelos governos estadual e federal. Em 2018 foram investidos R$ 200,7 milhões no setor e no ano passado foram R$ 204,4 milhões de investimentos.

A prefeitura continua trabalhando para ampliar ainda mais os investimentos no setor de saúde e ampliar o atendimento à população. “Em breve vamos anunciar mais uma parceria com outro grande investimento na saúde”, finaliza o prefeito Juninho da Padaria.

O levantamento sobre as cirurgias foi apresentado ao prefeito Juninho durante reunião com o secretário Maurício Monteiro, e Eleny Freitas de Almeida, chefe de gabinete da Fundação Municipal de Saúde, e Laerte Tebaldi Filho, diretor administrativo e financeiro da autarquia.