Prefeitura reforça serviços de tapa-buracos

Os trabalhos de tapa-buracos, realizados pela prefeitura de Rio Claro, estão sendo reforçados.  Para a execução dos serviços, que abrangem toda a cidade, a prefeitura realizou compra de emulsão de asfalto, matéria-prima utilizada, e prevê ainda ampliação nas equipes de trabalho.

Quarenta toneladas de emulsão de asfalto foram compradas pela prefeitura, em investimento de R$ 74 mil. A quantidade é suficiente para dois meses de serviço. “Com a entrada do novo ano, a partir do orçamento aprovado para 2018, será possível providenciar compra maior”, informa Paulo Roberto de Lima, secretário de Obras. As medidas necessárias já estão sendo adotadas para que licitação de outras 500 toneladas do produto seja aberta em breve.

A manutenção da cidade é uma das prioridades da administração, que vem se esforçando para realizar os reparos. No período de chuvas as dificuldades aumentam e a intenção é colocar ao menos mais uma equipe na execução da tarefa, passando de três para quatro equipes. Além de prejudicar a realização do trabalho, as chuvas contribuem para que novos buracos sejam abertos nas vias. “As dificuldades são maiores, mas estamos trabalhando para que a população tenha menos transtornos no que se refere aos buracos”, acrescenta Paulo.

Na quarta-feira (3), as equipes estarão nas regiões dos bairros Jardim das Palmeiras, Jardim Paulista e Bonsucesso. Na terça-feira (2) as equipes trabalharam para finalizar os reparos nos bairros Vila Industrial e Jardim Claret.

Rio Claro cria 1.719 empregos e obtém melhor resultado dos últimos três anos

O município de Rio Claro fechou os primeiros 11 meses de 2017 com saldo positivo na geração de empregos formais com carteira assinada. Levantamento feito pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), aponta que a cidade criou 1.719 vagas no mercado de trabalho de janeiro a novembro. Foram feitas 21.940 contratações contra 20.221 demissões, com destaque para o setor de Serviços que registrou o maior número de admissões: 901.

Nesses dados faltam contabilizar os números de dezembro. No entanto, esse é o melhor resultado obtido nos últimos três anos quando o município fechou sempre com saldo negativo, sendo 906 postos de trabalho em 2016, 2.875 em 2015 e 813 em 2014.

O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, avalia que esses números refletem as ações do empresariado rio-clarense e do poder público para manter o crescimento do município mesmo num cenário econômico delicado. “Recebemos os números do Caged com muita satisfação porque eles demonstram que há sinais de recuperação da economia e do mercado de trabalho. Mais trabalhadores conseguiram emprego e puderam garantir o sustento de suas famílias”, observa Juninho da Padaria. De acordo com ele, esse resultado gera boas perspectivas para 2018. “Vamos seguir nesta tendência de crescimento trabalhando para atrair novos investimentos e empreendedores”, acrescenta.

O secretário de Governo, Desenvolvimento Econômico e Planejamento, Gilberto Brina, comenta que o bom resultado obtido pelo município na geração de empregos se deve aos investimentos feitos pelas empresas. A prefeitura também contribuiu com a concessão de incentivos fiscais por meio do Proderc (Programa de Desenvolvimento de Rio Claro) e na divulgação do nome de Rio Claro e valorização do potencial da cidade. “É importante apoiar e incentivar as empresas que investem e geram emprego e renda na cidade”, afirma Brina, ressaltando que o município vai continuar trabalhando para incentivar as empresas já instaladas na cidade e atrair novos negócios.