Juninho discute planejamento de ações para 2018 com subprefeitos

A prefeitura de Rio Claro começou 2018 com foco no planejamento de ações que serão realizadas ao longo deste ano. Reuniões têm sido feitas em vários setores com essa finalidade. Nesta quinta-feira (4) o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, recebeu no paço municipal os cinco subprefeitos do município: Adenilson Feliciano da Silva (do Cervezão), Paulo Henrique Maule (Assistência), Paulo Sérgio Ceccato (Ferraz), Marcelo Roberto Scopinho (Batovi) e Flávio Evaldo Lottério (Ajapi). Também participou da reunião o diretor de Subprefeituras, David Maxwell Ferreira.

“Estamos planejando as ações de trabalho nos distritos para este ano e para isso é importante ouvir os subprefeitos que conhecem as necessidades de cada localidade”, comenta Juninho observando que após um ano de governo, é possível apontar com mais propriedade as prioridades e os serviços necessários para melhorar a vida dos moradores desses locais.

Na reunião, os subprefeitos apresentaram ao prefeito Juninho da Padaria um relatório das atividades realizadas no ano passado. “Foram feitos grandes avanços, mesmo diante de um cenário difícil causado pela crise financeira”, observa Juninho.

Para este ano, o objetivo é avançar ainda mais melhorando a infraestrutura das subprefeituras para melhor atender a comunidade. “Pretendemos realizar mutirões de manutenção e limpeza nos distritos num trabalho integrado envolvendo várias secretarias municipais”, informa David Ferreira que solicita a colaboração da população para que faça o descarte correto do lixo e ajude a manter ruas e terrenos limpos.

Prefeitura estuda novas intervenções no trânsito de Rio Claro

Semáfoto instalado na Avenida Tancredo Neves no bairro Jardim Inocoop​

A prefeitura de Rio Claro estuda novas alterações pontuais para melhorar o trânsito no município. Uma delas é no cruzamento da Avenida Tancredo Neves com a Rua 18, no bairro Jardim Claret.

Conforme anunciando no final de 2017, a prefeitura está finalizando o projeto de instalação de semáforo, câmera de monitoramento, playground e novo paisagismo no local. A intervenção viária acontecerá neste início de ano.

Dois outros locais estão em processo de estudos para receber novas intervenções viárias: os condomínios do Jardim das Nações, na região no bairro Terra Nova, com cerca de 2 mil apartamentos, e a estrada do Sobrado que está recebendo novos empreendimentos imobiliários.

“Existe a necessidade de serem realizadas intervenções nestes pontos, mas para isso precisamos de recursos para realizar estudos mais detalhados e analisar o que é melhor a ser feito, já que a cidade vem crescendo com os novos empreendimentos”, destaca o vice-prefeito e secretário de Segurança, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Sistema Viário, Marco Antonio Bellagamba. O secretário ressalta que a colaboração dos motoristas na observância das leis de trânsito é fundamental para que a cidade tenha um trânsito mais seguro.

Durante 2017 a Prefeitura de Rio Claro realizou importantes intervenções no trânsito urbano, como na Avenida 15 que leva até a Santa Casa e se tornou mão preferencial para reduzir o tempo de socorro das vítimas. Outra intervenção que auxiliou na diminuição de acidentes foi a rotatória construída no cruzamento da Avenida 2-JF com Avenida M-25, bairro Jardim Floridiana, cujo local é um dos mais movimentados daquela região.

Em vários bairros da cidade também foram realizadas mudanças de mão de direção, pinturas de solo, troca de placas enferrujadas, colocação de novas placas, aquisição de semáforos entre outros.

Avenida 15 que leva até a Santa Casa se tornou preferencial

Prefeitura dá 20 dias para donos limparem terrenos baldios

Com chuva em abundância e mais luz solar, o mato cresce mais rapidamente nos terrenos baldios da cidade. A prefeitura de Rio Claro está tomando providências para melhorar este quadro. Os donos de terrenos baldios têm 20 dias corridos a partir desta sexta-feira (6) para limparem e capinarem seus imóveis. No próximo dia 25 a prefeitura começa a fazer o serviço e a mandar a conta aos proprietários faltosos. A limpeza de um terreno de 300m², por exemplo, custará R$ 586,54 se o trabalho for feito pelo município.

Isso porque quem não cuidar de seu imóvel pagará R$ 1,6293 por metro quadrado roçado ou capinado pela prefeitura, além de 20% sobre o valor total como taxa de administração dos serviços. Vencido o prazo, essa ação da prefeitura passa a ser feita ininterruptamente, ou seja, os donos devem manter os terrenos em ordem o ano todo para não receberem várias cobranças do município pelo trabalho.

O edital de limpeza de terrenos baldios está sendo publicado nesta semana no Diário Oficial de Rio Claro. “Reforçamos a orientação para que os donos sempre mantenham seus imóveis limpos, pois é ruim para todos quando os proprietários não cumprem essa obrigação”, comenta o secretário municipal de Agricultura, Abastecimento, Silvicultura e Manutenção, Emílio Cerri.

O diretor de Manutenção e Conservação, Tadeu Olivetti, observa que terrenos sujos e com mato também causam transtornos para os vizinhos e fazem a cidade ficar mais feia. “Além disso, os donos que não limpam seus imóveis deixam de economizar quando o serviço é feito pela prefeitura que, por sua vez, gasta tempo e recursos que poderiam ser integralmente investidos na manutenção de áreas públicas”, acrescenta.

Manter as áreas particulares limpas também é especialmente importante para se evitar os riscos com animais peçonhentos e criadouros do Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika vírus, febre amarela e chikungunya. Por isso, além dos proprietários limparem seus imóveis, é essencial que a comunidade também colabore e não faça descarte de lixo e materiais velhos em terrenos. Rio Claro possui seis ecopontos, coleta de lixo domiciliar em todos os bairros, coleta seletiva e serviço de cata bagulho.

Para realizar a limpeza de terrenos baldios particulares, a partir do dia 25, a prefeitura dividiu o município em 25 setores. Os serviços serão feitos priorizando os pontos mais críticos.

PAT de Rio Claro recebe inscrições para cursos gratuitos de qualificação

O Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) de Rio Claro recebe de 5 a 9 de janeiro inscrições para cursos gratuitos de qualificação profissional. No total serão oferecidas 90 vagas em três cursos: Atendimento e Recepção (30), Técnica em Vendas (30) e Assistente Administrativo (30). Os cursos são resultado de parceria entre a prefeitura e o governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho (Sert). “O objetivo é qualificar desempregados para que se tornem candidatos com maiores chances de inserção no mercado de trabalho”, explica Gilberto Brina, secretário municipal de Governo, Desenvolvimento Econômico e Planejamento.

Os interessados devem fazer a inscrição pela internet no site da prefeitura (www.rioclaro.sp.gov.br) e na página do PAT no Facebook.  Quem não tem computador com internet pode se inscrever pessoalmente no PAT que fica na Avenida 3, número 536, entre as Ruas 6 e 7, Centro. O horário de atendimento é das 9 às 16 horas.

Para participar é necessário ter mais de 18 anos, ensino médio completo, morar em Rio Claro e estar desempregado. Além disso, o interessado não pode ter participado dos cursos oferecidos pelo Programa Estadual de Qualificação Profissional (PEQ) no ano passado. “Será permitida apenas uma inscrição por pessoa, independente do curso. Se o candidato fizer mais de uma inscrição será considerada apenas a última”, afirma Laerte Tebaldi, diretor do PAT Rio Claro.

A lista de candidatos selecionados será divulgada na próxima quinta-feira (11), a partir das 16 horas, no site da prefeitura e na rede social do PAT. As matrículas deverão ser feitas entre os dias 12 e 15 na sede do PAT. Para fazer a matrícula será necessário apresentar original e cópia do RG, CPF e comprovante de escolaridade, além de original do comprovante de residência, carteira de trabalho, título de eleitor e carteira reservista.

As aulas terão início no dia 17 de janeiro com encerramento previsto para o dia 6 de março. Os locais serão divulgados posteriormente. Os cursos terão duração de 160 horas. “Os participantes dos cursos receberão lanche e material didático”, informa Arlete Garcia, responsável pelo setor de Captação de Vagas do PAT.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (19) 3534-0422.