Prefeitura amplia serviço de tapa-buracos

A partir desta sexta-feira (12) a prefeitura passa a trabalhar com mais uma equipe de tapa-buracos nas vias de Rio Claro. Com isso, o município agora conta com quatro equipes para manutenção do asfalto. “Ainda é pouco, vamos ampliar ainda mais nossa estrutura para dar maior dinamismo ao atendimento nesse setor”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.

De acordo com Juninho, um dos entraves para o serviço de tapa-buracos ao longo do ano passado foi o orçamento herdado da administração anterior, que limitou várias ações da prefeitura. “Com o orçamento elaborado pela nossa gestão, já no início deste ano estamos começando a melhorar vários serviços e um deles é o tapa-buracos”, explica.

O secretário de Obras, Paulo Roberto de Lima, esclarece que a prefeitura pretende incorporar uma quinta equipe para os serviços de tapa-buracos. “Além disso, vamos passar de uma para duas equipes de manutenção de guias e sarjetas, totalizando sete equipes trabalhando para melhorar as condições de tráfego nas ruas e avenidas de Rio Claro”, observa.

A prefeitura também está tomando providências para melhorar a qualidade dos serviços. Para isso, pretende que em algumas situações o tapa-buracos seja feito com o uso de massa quente, que garante maior durabilidade em pontos onde há enxurradas.

Mesmo com equipe reduzida, o trabalho de tapa-buracos continua sendo realizado no município. Na quinta-feira (11) o serviço foi iniciado nas imediações do Sesi e Caic, e também em parte do Cervezão. “As chuvas atrapalharam e não concluímos as intervenções nesses pontos”, comenta o secretário de Obras, informando que nesta sexta-feira (12), se não houver imprevistos com o clima, o trabalho será retomado nesses locais e, com a nova equipe que entra em operação, também serão atendidos os bairros Bonsucesso e Novo Wenzel. “O período chuvoso prejudica muito as condições do solo e atrapalha demais o nosso trabalho de fechamento dos buracos”, ressalta o secretário de Obras.

Prefeitura reforça pintura de sinalização de solo em Rio Claro

A prefeitura de Rio Claro reiniciou nesta quinta-feira (10) a pintura de sinalização de solo em ruas e avenidas da cidade. O serviço começou pelo Jardim das Palmeiras em lombada instalada na Avenida 7, entre as Ruas 6 e 7. Também foram pintadas algumas lombadas próximas à unidade de saúde do Jardim Guanabara. Equipe do setor de Mobilidade Urbana refez a pintura das lombadas que estavam apagadas dificultando a visibilidade.

O serviço foi aprovado pelos moradores. “Essa pintura é muito importante porque a antiga estava apagada e a lombada quase não era vista, principalmente à noite. Estava muito perigoso”, declarou Raimundo Santana dos Santos, morador do bairro desde 1985.

“Gostaríamos de ter iniciado este trabalho bem antes, mas não havia recursos financeiros suficientes”, afirma o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, que acompanhou a pintura da lombada nesta quinta-feira (10).

No ano passado, com orçamento herdado, a prefeitura enfrentou muitas dificuldades financeiras o que interferiu no cronograma de alguns serviços. No caso da sinalização de solo, a tinta não foi suficiente para o ano todo. “Compramos novo lote de tinta e agora vamos acelerar o serviço para atender vários pontos da cidade”, informa Juninho.

Além da lombada no Jardim das Palmeiras, também foi realizada pintura no cruzamento de algumas vias transversais, na Avenida 12 com a Rua 8 (no bairro Santa Cruz) e na Rua 8 com Avenida 9 (no Centro). “O serviço foi solicitado pela população para aumentar o ângulo de visão dos motoristas”, explica Marco Antonio Bellagamba, vice-prefeito e secretário de Segurança, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Sistema Viário.

O próximo ponto que terá a pintura reforçada será o cruzamento da Rua 7 com a Avenida 9. “Estamos definindo cronograma de serviço para os próximos dias com base em escala de prioridades”, informa o diretor de Mobilidade Urbana, Adilson Marques, lembrando que a sinalização horizontal (solo) é complementar à sinalização vertical (placas), também realizada pela prefeitura.

Limpeza prioriza unidades de saúde e escolas

Unidades de saúde e prédios escolares estão recebendo atenção prioritária da prefeitura de Rio Claro na realização dos serviços de limpeza e corte de mato. As unidades de saúde da família do Jardim Guanabara e Jardim das Flores têm corte de mato e poda de grama nesta semana. O trabalho deve continuar nos próximos dias e o objetivo é atender todas as unidades de saúde e de ensino.

“O período chuvoso e de sol é propício para o crescimento acelerado do mato, o que pede trabalho redobrado por parte da administração municipal nos serviços de limpeza”, observa o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria. “O trabalho continua sendo feito em praças e canteiros centrais, mas nossa prioridade neste momento são as escolas e postos de saúde”, acrescenta Juninho.

“Nas unidades de saúde, o cronograma de trabalho indica serviços de corte de mato e podas em mais 12 unidades nos próximos 20 dias”, destaca Antônio Archangelo, secretário interino da Saúde. Nessa relação estão o Centro de Referência da Infância e Adolescência de Rio Claro (Criari), Centro de Especialidades Odontológicas e unidades do Wenzel, Terra Nova, Jardim Progresso, Panorama, Jardim Novo, Benjamin de Castro, Jardim Boa Vista, Jardim das Palmeiras, Vila Cristina e Bonsucesso. No Jardim Guanabara, a limpeza incluiu unidade de saúde e terreno ao seu entorno e atende solicitação do vereador Rafael Andreeta.

As escolas da rede pública municipal devem receber os serviços antes da volta às aulas, no mês que vem. “A limpeza nas escolas deve começar na segunda quinzena de janeiro e tudo deve estar pronto antes do início do ano letivo”, comenta Adriano Moreira, secretário da Educação.

Em breve a atuação das equipes terá uma nova frente de trabalho, em que também serão realizados serviços de limpeza em terrenos particulares que não forem limpos pelos donos. No próximo dia 25 a prefeitura começa a fazer o serviço e a mandar a conta aos proprietários faltosos.

​​Novos membros do Conselho de Assistência Social tomam posse na próxima 6ª-feira (19)

Os integrantes do Conselho Municipal de Assistência Social de Rio Claro para o biênio 2018-2019 tomam posse na próxima sexta-feira (19). O decreto definindo a nova formação da entidade foi assinado pelo prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria. A posse será realizada a partir das 9 horas no paço municipal.

A entidade é formada por representantes de secretarias municipais, representantes dos usuários ou organizações de usuários da rede de assistência social, representantes de entidades e organizações de assistência social e representantes de trabalhadores do setor. São 36 membros entre efetivos e suplentes.

Tomam posse pelas secretarias municipais Rita Cassia Lima e Leila Costa (titular e suplente pela Secretaria de Desenvolvimento Social); Daniel Buchdid e Larissa Zeminian (Desenvolvimento Social); Juliana Eigenheer e Keila Santos (Educação); Mafalda Ribeiro e Lara Zandonadi (Saúde); Alessander Marrich e Lauro Britisqui Neto (Negócios Jurídicos); Luciana Engle e Andrea Zuculotti (Gabinete do Prefeito); Elizabete Vieira e Marcia Regina do Nascimento (Economia e Finanças); Angela Maria de Oliveira e Marli Righi (Habitação); Rosimeire Rodrigues e Nathalia Cais Costa (Esportes).

Tomam posse como representantes dos usuários ou organizações de usuários da Assistência Social, Maria Luiza Camotti (titular) e Cristina Toledo (suplente); Regiane Xavier e Maria Valdenice Dutra; Paloma Vitalli e Davi Nunes de Oliveira.

Pelas entidades e organizações de Assistência Social serão empossados como titular Marco Aurélio Campos (Educandário) e como suplente Rosalina Nadai Bernardinelli (Lar Bethel); Claudia Aparecida Lopes (Adra) e Maria Aparecida Baptista Juliano (IVC); Augusto Pedro Prochnon Junior (Casa das Crianças) e Carla Andreza Andreatto (Abrigo São Vicente de Paula).

Os representantes de trabalhadores do setor de assistência social são Solange Savareze (titular) e Patricia Naitzki (suplente); Taís Inforzato e Miriã de Araújo; Cinthia Scatolin da Silva e Rosangela Deliberali da Fonseca.