Avenida Tancredo Neves terá novo paisagismo

A prefeitura de Rio Claro inicia nesta terça-feira (16) a retirada de algumas árvores em trecho da Avenida Tancredo Neves entre as ruas 14 e 19. “Vamos remover Leucenas, que são plantas invasoras, e realizar um novo projeto paisagístico”, informa o secretário municipal de Agricultura, Emílio Cerri, que nesta segunda-feira vistoriou o local acompanhado do prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, e do diretor Tadeu Olivetti.

“No ano passado já conseguimos melhorar o aspecto visual da cidade em alguns locais e neste ano, com orçamento que elaboramos, pretendemos ampliar estes serviços”, afirma o prefeito Juninho.

As árvores serão substituídas por palmeiras triângulo, iguais as que estão plantadas em frente ao shopping Rio Claro. A prefeitura também fará substituição da grama, que é do tipo batatais e está tomada por ervas daninhas. Essa vegetação será trocada por grama tipo esmeralda.

Prefeitura recebe inscrições para atividades esportivas a partir de 2ª-feira

A prefeitura de Rio Claro recebe a partir da próxima segunda-feira (22) inscrições para várias modalidades esportivas com aulas gratuitas para crianças, jovens, adultos e idosos. As atividades terão início no dia 19 de fevereiro. Os interessados devem fazer a inscrição no setor de matrículas da Secretaria Municipal dos Esportes e Turismo que fica no Ginásio de Esportes Felipe Karan na Rua 9, número 1, no Bairro do Estádio. O atendimento é feito de segunda a sexta-feira, das 8 horas às 11h30 e das 13 horas às 16h30. Para se inscrever basta levar RG e os menores de idade devem estar acompanhados de um responsável.

No mesmo local, a secretaria está fazendo a rematrícula dos alunos matriculados no ano passado que pretendem continuar as aulas de natação, hidroginástica e musculação em 2018. Eles devem comparecer ao ginásio com a carteirinha para confirmar interesse pela vaga até a próxima sexta-feira (19).

O programa municipal de esportes oferece mais de 30 modalidades para diferentes faixas etárias. Os interessados em fazer alguma atividade física, seja por saúde ou lazer, podem fazer gratuitamente aulas de alongamento, basquete, futebol de campo, futsal, handebol, tênis de campo, vôlei de praia, voleibol, ginástica, ginástica para terceira idade, ginástica acrobática, pilates solo, Power local, taekwondo, krav maga, karatê, judô, boxe, hidroginástica, musculação, natação, ciclismo, balé, zumba, além de xadrez e damas.

“Todas as atividades são desenvolvidas por professores de Educação Física e oferecidas em vários pólos espalhados pela cidade”, explica o secretário dos Esportes e Turismo, Ronald Penteado. “Os exames médicos são realizados por profissionais da prefeitura e são gratuitos”, acrescenta.

“O interessado pode escolher o horário e o local que melhor se enquadrem em suas necessidades”, observa o diretor de Esportes, Vinícius Sossai, informando que podem se inscrever crianças a partir dos seis anos de idade. As aulas são ministradas em 40 pólos do município, como o Ginásio Felipe Karan, Centros Sociais Urbanos, quadras esportivas, academias, Mini Ginásio Manoel Bortolotti, Ginásio de Esportes do Cervezão, Centro de Artes e Esportes Unificado (CEU) no bairro Mãe Preta, entre outros locais. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones 3533-5433 e 3533-5422.

Mato em terrenos particulares pode pesar no bolso dos proprietários

A partir do próximo dia 26, sexta-feira, a prefeitura de Rio Claro retoma a limpeza de terrenos particulares, mandando a conta aos proprietários. E isso pode pesar no bolso dos donos faltosos. A limpeza de um terreno de 300m², por exemplo, custará R$ 586,54 se o trabalho for feito pelo município. “O ideal é cada um fazer sua parte buscando os meios mais econômicos para manter seus imóveis em ordem”, ressalta o secretário municipal de Agricultura, Abastecimento, Silvicultura e Manutenção, Emílio Cerri.

O prazo de 20 dias corridos aos donos de imóveis começou no último dia 6 e termina no dia 25, quinta-feira. “Vencido o período, a prefeitura passa a fazer ininterruptamente o serviço, ou seja, os donos devem manter os terrenos em ordem o ano todo para não receberem várias cobranças do município pelo trabalho”, alerta o diretor de Manutenção e Conservação, Tadeu Olivetti.

Quem não cuidar de seu imóvel pagará R$ 1,6293 por metro quadrado roçado ou capinado pela prefeitura, além de 20% sobre o valor total como taxa de administração dos serviços. “Mas essa não é a situação ideal, já que a prefeitura gasta tempo e recursos que poderiam estar sendo investidos na conservação de áreas públicas”, explica Olivetti.

Com a chegada das chuvas e das temperaturas mais altas, a limpeza de terrenos também é fundamental para reduzir os criadouros do mosquito transmissor da dengue, zika vírus, febre amarela e chikungunya. Terrenos limpos também ajudam a evitar incidentes com animais peçonhentos, como cobras, aranhas e escorpiões.

Provas da Universidade Virtual em RC serão aplicadas na Unesp

Os locais de aplicação das provas do vestibular 2018 da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp) estão disponíveis no site na Vunesp, no endereçowww.vunesp.com.br/uvsp1703, onde também está o manual do candidato. Em Rio Claro as provas, marcadas para o próximo domingo (21), serão feitas na Unesp Bela Vista (Avenida 24, 1515), nas instalações do Instituto de Geociências e Ciências Exatas (IGCE). Os portões serão abertos às 13 horas e as provas começam às 14 horas.

Trezentas e sessenta e sete pessoas se inscreveram para disputar as 150 vagas no polo de Rio Claro, distribuídas em três cursos. O mais concorrido é o de pedagogia, com 165 inscritos, 3,3 candidatos por vaga. Cento e nove se inscreveram para o curso de engenharia da computação (2,18 candidatos por vaga) e 93 para engenharia de produção (1,86 candidatos por vaga).

A Univesp é universidade pública gratuita, que a partir deste ano conta com unidade em Rio Claro fruto de parceria entre o governo estadual e a prefeitura de Rio Claro, que vai adequar instalações em parte do prédio da União de Amigos (Udam, na Avenida 30 entre as ruas 10 e 11, bairro Santana) para abrigar a partir de março o polo físico da universidade, que é credenciada pelo Conselho Estadual de Educação e pelo Ministério da Educação (MEC).

Com aulas pela internet e atividades presenciais, a Univesp foi criada em 2012 pelo governo estadual, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Educação. A universidade desenvolve cursos em plataforma online onde são ministradas videoaulas, disponibilizado material didático e bibliografias das disciplinas, e feito acompanhamento dos tutores.

O vestibular de janeiro de 2018 é destinado apenas a alunos de novos polos, como Rio Claro. No total, a Univesp está disponibilizando 20.150 vagas em 143 municípios paulistas.

Com aumento de índice de larvas, Rio Claro faz alerta sobre mosquito da dengue

As chuvas e as temperaturas mais altas aumentam o risco de doenças transmitidas pelo Aedes aegypti. As autoridades de saúde de Rio Claro reforçam o pedido à comunidade para que redobrem a atenção e ajudem a combater o mosquito, eliminado os criadouros. Além desta época do ano, que favorece a proliferação do inseto, a orientação da Secretaria Municipal de Saúde também está sendo intensificada pelo fato do Índice de Densidade Larvária (IDL) colocar o município em situação de alerta.

Aferido pelo índice Breteau, o IDL medido entre 3 e 10 de janeiro, em 2549 imóveis, mostra Rio Claro com o resultado 2.0. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, número menor que 1 registrado no Breteau é classificado como tolerável; de 1 a 3,9, situação de alerta; e superior a 4, risco de surto. Em outubro de 2017 o levantamento do Breteau havia apontado índice de 0,5 em Rio Claro.

“Precisamos mais do que nunca ficar atentos aos criadouros”, orienta a gerente do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), Amanda Borotti. “Pequenos recipientes de água parada são suficientes para a proliferação do mosquito e aos riscos à saúde”, acrescenta, reforçando que a colaboração dos moradores é essencial. Paralelamente, os trabalhos da prefeitura para combater o mosquito são realizados ininterruptamente no município. O Centro de Controle de Zoonoses desenvolve campanha permanente com visitas diárias casa a casa, faz nebulizações e ministra palestras educativas.

Uma das orientações feitas à comunidade é para o descarte correto de lixo e materiais inservíveis. Entre muitos outros problemas, sujeira espalhada em vias públicas, terrenos e quintais também pode se tornar criadouro do mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus. Para colaborar com o descarte correto, a prefeitura mantém coleta de lixo em todos os bairros, coleta seletiva, serviço de cata bagulho e ecopontos. Na semana que vem, a prefeitura vai iniciar a limpeza de terrenos particulares que não foram limpos por seus proprietários e fazer a cobrança pelo serviço.

Em 2017, Rio Claro registrou 14 casos de dengue, 10 de chikungunya e nenhum de zika vírus, doenças transmitidas pelo Aedes aegypti. O boletim mais recente da Vigilância Epidemiológica aponta que nestes primeiros dias de janeiro não foram registrados casos de nenhuma dessas três doenças no município.