​​Ginásio Felipão terá nova quadra

O Ginásio Municipal de Esportes Felipe Karan, a mais tradicional praça esportiva de Rio Claro, vai ganhar uma quadra própria de piso flutuante. A informação é do secretário municipal dos Esportes e Turismo, Ronald Penteado, que considera a medida importante para as atividades esportivas já desenvolvidas pelo município e também para os preparativos aos Jogos Abertos do Interior, evento que o município sediará em setembro deste ano.

“A nova quadra será importante no trabalho de fortalecimento do esporte em Rio Claro, especialmente das equipes de base do basquete”, explica o secretário Ronald.

Atualmente o município conta com cinco equipes de basquete masculino, nas categorias Sub-12, Sub-14, Sub-15, Sub-16 e Sub-19, disputando campeonatos regionais e estaduais.

A quadra desmontável com o chamado piso flutuante tem como principal característica um sistema de amortecedores que diminui o impacto nas articulações de joelhos e tornozelos dos atletas, reduzindo o risco de contusões mais graves.

Os Jogos Abertos serão realizados de 17 a 29 de setembro, com a expectativa da participação de 12 mil atletas de quase 200 cidades. “Pela magnitude do evento, a realização dos Jogos em Rio Claro projeta a cidade, fortalece as ações de turismo e aquece a economia, especialmente na rede hoteleira e de gastronomia”, afirma o secretário Ronald Penteado.

Só quem vai para área de risco precisa de vacina contra febre amarela

Nos últimos dias as unidades de saúde de Rio Claro têm recebido um grande fluxo de pessoas para tomar a vacina contra a febre amarela. A Secretaria Municipal de Saúde alerta a população que Rio Claro, até o momento, não é considerada área de risco para a doença pelo Ministério da Saúde. As autoridades sanitárias ressaltam que a vacina é indicada somente para quem vai viajar para local considerado de risco para transmissão da febre amarela. “Quem não vai viajar não precisa tomar a vacina”, orienta o secretário interino da Saúde, Antonio Archangelo.

O número de doses da vacina recebido pelo município é definido pelo Departamento Regional de Saúde (DRS 10), que prioriza as zonas de risco. Para atender todos os viajantes, a aplicação é limitada a 100 doses diárias em cada unidade de saúde onde o medicamento está disponível. “O limite diário de doses e o horário de atendimento são definidos com base na quantidade recebida da regional de saúde”, esclarece a coordenadora Vigilância Epidemiológica, Cláudia Passarelli, reiterando que a prioridade de vacinação é para as pessoas que vão viajar para áreas consideradas de risco pelo Ministério da Saúde. Esses locais podem ser consultados no site do órgão pelo endereço http://portalms.saude.gov.br/.

A Vigilância Epidemiológica do Município de Rio Claro está atenta para a ocorrência de casos em humanos e também o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) monitora a possível ocorrência de casos de febre amarela nos macacos da região, que não transmitem a doença aos humanos mas servem como elemento de alerta no controle da doença.

Trecho da Rua 1 do Jardim Novo recebe reparos na rede elétrica

A empresa Elektro, responsável pela manutenção da rede elétrica do município, está realizando substituindo o cabeamento de postes situados na Rua 1 do bairro Jardim Novo, trecho este bastante utilizado por motoristas.

No final do ano passado, um caminhão passou pelo local e arrastou parte da rede elétrica. Alguns postes  ficaram sem energia, um foi derrubado e um terceiro ficou torto.

“Os moradores do bairro e quem transita pelo local estão no escuro”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, que esteve no local para verificar a situação e acionar a empresa responsável. “A iluminação pública no local é importante, já que é uma questão de segurança para os pedestres e motoristas”, conclui.

A concessionária Elektro informou que na tarde de quarta-feira (17) uma equipe estaria no local para efetuar a recolocação dos cabos de energia para as lâmpadas serem religadas nas proximidades de uma praça. Com relação ao poste, a troca será feita nos próximos dias, informou a Elektro.

Integralidade em Saúde é tema de palestra nesta 6ª-feira

Com o tema “Integralidade em Saúde – Singularidade e questões de direitos humanos”, a Secretaria de Cultura e a Fundação Municipal de Saúde realizam a palestra na sexta-feira (19). O evento, sem cobrança de ingresso, será realizado às 14 horas no auditório do NAM (Núcleo Administrativo Municipal), localizado na Rua 6, nº 3265, bairro Alto do Santana.

O palestrante será o pesquisador e escritor Celso Ricardo Monteiro, que atua nas questões de saúde e desigualdades com enfoque em preconceito, discriminação, racismo e intolerâncias correlatas. Atualmente é assessor da Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo no programa municipal de DST/Aids.

A palestra gira em torno das questões relacionadas à diversidade sexual e sua relação com a saúde, segregação, discriminação e os processos relacionados às práticas para a promoção da integralidade, no que se deve considerar a necessidade de atenção às demandas e necessidades em saúde de cada indivíduo como elas são, e ao processo de trabalho, a intersetorialidade e o grau de atenção dispensado ao cuidado em saúde pública.

“É importante debater estes temas para desfazer estereótipos e garantir a atenção em saúde”, defende Daniela Ferraz, secretária de Cultura. “O preconceito impede e cria condições negativas, torna um grupo ainda mais vulnerável”, destaca.

O preparo dos profissionais para lidar com as populações vulneráveis, a importância da multiplicação de informações que auxiliem a eliminar o preconceito e produzam qualidade de vida e respeito à dignidade são peças fundamentais para mudança dessa realidade. “Quando detectamos essa barreira social o esforço tem que ser redobrado para que seja possível criar um ambiente acolhedor e integrar a população LGBT, com atendimento e necessidades específicas, independente da complexidade da demanda”, finalizou Daniela.

Prefeitura desobstrui trechos do córrego Wenzel no Jardim São Paulo

Ações emergenciais para reduzir enchentes estão sendo realizadas pela prefeitura em alguns pontos críticos de Rio Claro. No Jardim São Paulo o trabalho teve início quarta-feira (17), em trecho do córrego Wenzel na Avenida 16 entre as ruas 20 e 21. Além da limpeza para melhorar a vazão do córrego, os serviços incluem desobstrução da galeria de águas das chuvas naquelas imediações.

“A retirada de lixo, folhas e galhos de árvores, vai favorecer o escoamento da água”, comenta o diretor da Defesa Civil de Rio Claro, Wagner Martins Araújo. Além da Secretaria de Segurança, Defesa Civil e Mobilidade Urbana, o trabalho envolve a Secretaria de Obras e Serviços, Secretaria de Meio Ambiente e apoio da Secretaria da Agricultura.

Outro trecho do córrego Wenzel vai receber ação similar nos próximos dias. Assim que for concluído no Jardim São Paulo, o trabalho será deslocado para as imediações da rodoviária, no Jardim Mirassol. No início da semana o serviço foi feito em trecho do rio Corumbataí, no Jardim Nova Rio Claro.

Além das ações de manutenção feitas pela prefeitura, a comunidade pode ajudar a reduzir problemas com enchentes fazendo o descarte correto de materiais. O lixo deixado em vias públicas e terrenos acaba obstruindo bocas de lobo, comprometendo a capacidade das galerias de águas pluviais e assoreando rios e córregos. O município conta com coleta de lixo domiciliar em todos os bairros, coleta seletiva, serviço de cata bagulho e seis ecopontos.

Prefeitura aproveita momentos secos para dar continuidade ao tapa-buracos

As chuvas estão atrapalhando, mas mesmo com o clima adverso a prefeitura de Rio Claro prossegue com as ações de tapa-buracos nas ruas e avenidas. “Estamos aproveitando todas as brechas no clima para dar continuidade ao serviço”, comenta o secretário de Obras, Paulo Roberto de Lima. “Além de abrirem mais buracos nas vias, as chuvas também dificultam o tapa-buracos, pois o serviço perde qualidade quando é feito no piso molhado”, esclarece.

Trechos da Avenida Brasil, Rua 3B, Avenida Rio Claro e pontos da Vila Martins e do Centro receberam o serviço na terça-feira (17), além da Avenida Tancredo Neves, da altura da Viviani Veículos até o início da rodovia 127, e vários trechos do Cervezão. A programação é definida diariamente com foco nos pontos mais críticos.

Na semana passada a prefeitura anunciou reforço para o serviço de tapa-buracos, inicialmente com ampliação de três para quatro frentes de trabalho.

Um dos entraves para o serviço de tapa-buracos ao longo do ano passado foi o orçamento herdado da administração anterior, que limitou várias ações da prefeitura. Com o orçamento elaborado por esta gestão, vários serviços estão ganhando impulso neste início de ano. Além da recomposição asfáltica, a prefeitura também vai ampliar as equipes de limpeza de áreas públicas, conforme anunciado nesta semana pelo prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.