Rio Claro ganha Observatório Social para acompanhar gastos públicos

O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, recebeu nesta sexta-feira (16) no paço municipal integrantes da diretoria do Observatório Social de Rio Claro que está iniciando atividades no município. Um dos objetivos da entidade é monitorar as compras públicas e colaborar no controle social dos gastos públicos.

“Há cerca de um ano estamos divulgando as atividades do Observatório e agora que ele foi formalmente constituído achamos por bem levar ao conhecimento da prefeitura o início dos trabalhos”, informa o presidente do Observatório Social, Nelson Trevilatto. “Nosso trabalho não é fiscalizar e sim observar e acompanhar as contas públicas, apontar eventuais falhas e sugerir melhorias que podem ser realizadas”, acrescenta.

O prefeito Juninho da Padaria destacou a importância das parcerias que visam trabalhar para o bem comum. “Estamos abertos à participação de pessoas que venham somar com a administração para garantir que o dinheiro público, que é escasso, seja bem aplicado em benefício da população e naquilo que é prioridade”, declara.

Para André Godoy, presidente da Câmara Municipal, é gratificante verificar o interesse da sociedade civil em participar dos assuntos relativos à cidade. “É uma colaboração importante para a proposta do governo municipal de transparência e economicidade”, assinala.

O secretário de Economia e Finanças, Gilmar Dietrich, comenta que a proposta do Observatório Social reforça o trabalho que já vem sendo realizado pelo município focado no corte de gastos e economia de recursos. “Implantamos a Central de Compras com esse objetivo e estamos obtendo resultados positivos”, afirma.

O Observatório Social é uma entidade presente em mais de 120 cidades brasileiras, como Americana, Limeira, Leme, Araraquara, Ribeirão Preto e São José do Rio Preto. Nelson Trevilatto explica que o primeiro Observatório Social foi criado no município de Maringá (PR) em 2004 que na época enfrentava problemas com denúncias de desvio de recursos da prefeitura. De lá se espalhou para várias cidades em diferentes estados.

A ONG tem várias atribuições. Uma delas é acompanhar as licitações analisando os editais para verificar se os preços praticados estão compatíveis com o mercado. “As divergências encontradas são informadas ao órgão competente que pode tomar as providências cabíveis”, explica Trevilatto.

Outro ponto de verificação é a prestação de contas da prefeitura. O Observatório também tem um viés educacional que consta em ministrar palestras em escolas sobre a importância do recolhimento dos impostos e como é feita a distribuição do dinheiro. Além disso, a ONG também atua na preparação e orientação das micros e pequenas empresas para que elas possam participar dos processos licitatórios.

Todos os integrantes do Observatório Social são voluntários. Para participar da entidade não pode ter vínculos políticos e partidários, nem ser funcionário público municipal. A entidade está aberta a novos participantes.

Também participaram da reunião Carlos Augusto Báccaro, Arlindo José Romani Filho, Maria Antonia de Oliveira Bueno, Levi Martins, Leonardo dos Santos Clemente e Clóvis Delboni, todos integrantes da diretoria do Observatório Social.

Sancetur assume transporte escolar a partir de segunda-feira

A empresa Sancetur – Santa Cecília Turismo Ltda. vai assumir a partir de segunda-feira (19) o transporte escolar em Rio Claro, que era feito pela Rápido São Paulo. Alunos de escolas municipais e estaduais serão transportados pela concessionária que venceu a licitação do serviço realizada pela prefeitura. O contrato com a empresa foi assinado nesta sexta-feira (16) pelo prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, e o secretário da Educação, Adriano Moreira. O investimento previsto para este ano é de R$ 14,47 milhões.

A transição do serviço aconteceu de forma tranquila e, para agilizar o processo, a Sancetur contratou todos os funcionários que já realizavam o serviço pela Rápido São Paulo. “Não haverá mudanças para os alunos que já estão acostumados com motoristas e monitoras. A medida também facilita o serviço porque mantém funcionários que já estão em operação”, afirma Juninho da Padaria, que destacou a colaboração da Rápido São Paulo no processo de transição com a Sancetur.

O prefeito se reuniu nesta sexta-feira com motoristas e monitoras e reforçou o pedido para que continuem prestando um bom atendimento aos estudantes.

A nova empresa vai assumir o serviço de fretamento que atende cerca de 4.000 alunos de escolas municipais e estaduais nos 220 dias letivos. O contrato tem validade de um ano e pode ser prorrogado por mais quatro anos. O transporte escolar de fretamento é feito com 118 veículos, entre ônibus, microônibus e van. Todos devem ter no máximo dez anos de uso e operar com monitor para auxiliar os estudantes. “A novidade para este ano é que os veículos terão GPS”, informa o secretário Adriano Moreira ressaltando ainda que a licitação seguiu todas as orientações e apontamentos feitos pelo Tribunal de Constas do Estado (TCE).

Além do fretamento, o transporte escolar no município também é feito com frota própria da Secretaria da Educação e pela empresa do transporte urbano de passageiros que transporta os estudantes que recebem passe escolar.

 

Prefeitura de Rio Claro e grupo de astronomia querem ampliar parceria

Estimular a difusão do conhecimento e as alternativas em atividades educacionais. Com esse propósito, a prefeitura de Rio Claro e Câmara Municipal querem estreitar laços com o Grupo de Estudos Astronômicos de Rio Claro (Gearc). Representantes da entidade estiveram sexta-feira (16) no paço municipal conversando com o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, e o vereador Val Demarchi.

“Atividades como as desenvolvidas pelo Gearc merecem nosso reconhecimento e apoio”, comenta Juninho, lembrando que, além do trabalho sem fins lucrativos realizados com a comunidade, o grupo também projetou internacionalmente o nome de Rio Claro como parte da estrutura mundial que celebrou o Ano Internacional da Astronomia, há quase uma década.

Participaram da reunião de sexta-feira o presidente do Gearc, Manoel Barbosa Sobrinho, o vice-presidente, Antonio Carlos Duarte, o segundo secretário, Fabrizzio Montezzo, e o tesoureiro, Vitor Murilo Magalhães. De acordo com Barbosa Sobrinho, a entidade, que existe desde 2006, luta atualmente para ter uma sede. “É um passo importante na continuidade de nosso trabalho, que inclui palestras e cursos de astronomia para professores, alunos, jovens, adultos e idosos”, frisa.

O vereador Val Demarchi lembrou na reunião a importância das parcerias entre a sociedade civil e o poder público, frisando que o ganho maior é da comunidade. “O conhecimento engrandece a sociedade e o Gearc dá um belo exemplo de trabalho pela expansão das fronteiras do saber”, frisa.

Entre as atividades desenvolvidas pelo Gearc estão observações e práticas de astronomia com uso de telescópios. Escolas e outras entidades interessadas podem fazer contato pelos telefones (19) 3523-3680 ou (91) 35346740, ou pelo email fabrizzioastronomia@gmail.com. Outra opção é visitar a página do grupo no facebook, www.facebook.com/gearcoficial/.

Cruzamento da Avenida 8 com a Rua 1 terá interdição no domingo

O motorista que transitar pela Avenida 8 com os cruzamentos das ruas 1 e 1B, Centro, no domingo (18), deve redobrar a atenção. A Secretaria Municipal de Segurança, Defesa Civil e Mobilidade Urbana interditará o trecho das 8 às 13 horas para melhorias no trânsito.

No local será realizada nova pintura das faixas de pedestres e da área de conflito com a linha férrea (caixa amarela).

Ao término dos serviços a via será totalmente liberada.

​​Banda dos Ferroviários de Rio Claro oferece oficina de percussão afro

Com recursos financeiros repassados pela Secretaria Municipal de Cultura, a Banda Sinfônica União dos Artistas Ferroviários de Rio Claro está ampliando o número de vagas nas oficinas de percussão afro.

As inscrições estão abertas para novos alunos que pretendem participar da oficina que acontece no CEU do bairro Mãe Preta e, a partir deste ano, também no polo do Jardim das Nações. Em cada polo serão ofertadas 36 vagas.

A oficina, que acontece desde setembro de 2017, no CEU Mãe Preta é realizada aos sábados das 10 às 11h30. Já no Jardim das Nações as aulas serão às quartas-feiras das 19 às 21h30.

Dentre os instrumentos a serem aprendidos estão o timbau, repique, surdos, roca, tambores, entre outros. “Antes tínhamos apenas 18 pessoas tocando, e estamos dobrando esse número de pessoas e criando mais um polo, já que estamos adquirindo novos instrumentos”, disse o professor de música Jefferson Fontana, ressaltando que as inscrições só terminam quando forem preenchido todas as vagas.

As aulas são totalmente práticas através do ensino coletivo e é aberta para pessoas com idade a partir de 8 anos. O professor Jefferson Fontana destacou que um grupo de alunos que iniciou na oficina criou o bloco ‘Vai quem quer’, que tocou este ano em eventos carnavalescos que aconteceram em Rio Claro.

As inscrições podem ser feitas pela página do Facebook da Banda Sinfônica União dos Artistas Ferroviários, no CEU Mãe Preta ou pelo telefone 3524-1380.

Congresso estadual de saúde em RC debaterá 30 anos do SUS

Rio Claro está se preparando para sediar o 32° Congresso de Secretários Municipais de Saúde do Estado de São Paulo. A programação e inscrições já estão disponíveis online. O site do evento fica no endereço www.cosemssp.org.br/congresso2018.

O congresso é promovido pelo Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Estado de São Paulo (Cosems/SP) em conjunto com a Secretaria Municipal de Saúde e será realizado de 18 a 20 de abril no Claretiano Faculdade. O tema é “30 anos de SUS: SUStentabilidade para garantia do Direito à Saúde – aumento do financiamento federal e estadual”. Entre as atividades da programação estão a 15ª Mostra de Experiências Exitosas dos Municípios e o 8º Prêmio David Capistrano.

Debates, reflexões e troca de experiências entre a maioria dos 645 municípios paulistas. Essa é a proposta do congresso, tido como um dos mais relevantes na área de saúde. “É um evento de importância nacional que reunirá profissionais e especialistas do SUS em nosso Estado, dando mais uma mostra de como Rio Claro vem se tornando referência em matéria de saúde pública”, observa o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.
De acordo com o secretário municipal de Saúde de Rio Claro, Djair Francisco, a busca de soluções conjuntas para melhorar o SUS é um dos pontos fundamentais do evento de abril. “Estarmos unidos em âmbito estadual na busca de objetivos comuns é muito importante, o SUS é uma construção de todos”, destaca.

Entre as discussões que deverão permear o congresso estão as novas perspectivas para o SUS neste ano. “O ano de 2018 será diferenciado, o SUS completará 30 anos, assim como a nossa Constituição, o que dá um caráter especial para nosso congresso”, afirma Carmino Antonio de Souza, presidente do Cosems/SP e secretário de Saúde de Campinas.

Neste sábado tem mutirão contra o Aedes no Terra Nova e Jardim Novo

A prefeitura de Rio Claro realiza neste sábado (17) ação contra o mosquito transmissor da dengue nos bairros Terra Nova e Jardim Novo 1. Além das visitas casa a casa, o mutirão, realizado pela Secretaria Municipal de Saúde, terá apoio da Secretaria de Meio Ambiente, que enviará o caminhão cata bagulho para recolher entulho, pneus velhos e outros potenciais criadouros do Aedes aegypti, que também transmite chikungunya e zika vírus.

“Reforçamos o apelo para que a população não descarte lixo em terrenos baldios e nem acumule entulho ou nada que possa acumular água parada, onde se desenvolvem as larvas do mosquito”, salienta Maria Julia Guarnieri, que coordena o setor de combate a endemias Secretaria de Saúde.

De acordo com boletim desta semana da Vigilância Epidemiológica foram registrados três casos de dengue no município neste ano até esta sexta-feira (16). Não há casos de chikungunya ou zika vírus.

Desde o início deste ano a prefeitura está intensificando as ações de combate ao Aedes pelo fato do Índice de Densidade Larvária (IDL) colocar o município em situação de alerta.

Aferido pelo índice Breteau, o IDL medido entre 3 e 10 de janeiro, em 2549 imóveis, mostra Rio Claro com o resultado 2.0. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, número menor que 1 registrado no Breteau é classificado como tolerável; de 1 a 3,9, situação de alerta; e superior a 4, risco de surto. Em outubro de 2017 o levantamento do Breteau havia apontado índice de 0,5 em Rio Claro.

Prefeitura antecipa reajuste dos servidores, acima da inflação

Com índices acima da inflação e antecipação em dois meses, o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, encaminhou nesta sexta-feira (16) à Câmara Municipal projeto de lei que dispõe sobre o reajuste salarial dos funcionários públicos municipais. A prefeitura de Rio Claro propõe reajuste de 5% nos salários e 26% no vale alimentação que passará de R$ 310,00 para R$ 390,00. Além disso, os novos valores serão antecipados para 1º de fevereiro, dois meses antes da data-base da categoria que é 1º de abril.

“É um ato inédito na administração pública de Rio Claro que demonstra a seriedade do nosso governo e vem ao encontro de nosso objetivo de valorizar o funcionalismo”, comenta Juninho da Padaria informando que solicitou regime de urgência para o projeto. “Esperamos que os vereadores apreciem o quanto antes a proposta para que possamos fazer o pagamento do reajuste ainda na folha referente a fevereiro”, pontua o prefeito ressaltando que cópia do projeto de lei também será enviado ao Sindicado dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal, representante legal da categoria.

A estimativa é de que o índice da inflação fique em 3%, o que dará um ganho real de 2% para o funcionalismo. “Esse percentual é ainda maior se considerarmos a antecipação de dois meses no pagamento do reajuste”, observa o secretário municipal de Administração, Jean Scudeller. No ano passado, com escassez de recursos e orçamento aprovado pelo governo anterior, a prefeitura pôde apenas repor a inflação e subir em R$ 30,00 o vale alimentação.

“Neste ano, com a economia realizada por todas as secretarias, revisão de contratos com fornecedores e planejamento foi possível valorizar o funcionalismo aumentando o percentual de reajuste salarial”, afirma o secretário municipal de Economia e Finanças, Gilmar Dietrich.

O prefeito Juninho da Padaria destaca ainda que mesmo com as restrições financeiras, a prefeitura de Rio Claro pagou em dia todos os 12 salários de 2017 e os deste ano. Além disso, desde o início do ano passado, o vale-alimentação também foi liberado sempre sem atrasos, sendo que na maior parte desse período a liberação foi feita antes do prazo final, que é até o décimo dia útil de cada mês.

O projeto de lei foi entregue ao presidente da Câmara Municipal, André Godoy. “Tenho certeza que os vereadores vão apreciar esse projeto com agilidade para que o pagamento do reajuste salarial aos servidores seja feito o quanto antes”, disse Godoy ao receber a proposta. Ele anunciou ainda que o Legislativo Municipal irá seguir o Executivo nos índices para os novos salários e vale alimentação para os funcionários da Câmara.

Também participaram da reunião no paço municipal o vice-prefeito e secretário de Segurança, Marco Antonio Bellagamba; os secretários Rodrigo Ragghiante (procurador geral), Francesco Rotolo (Governo, Desenvolvimento Econômico e Planejamento), Djair Francisco (Saúde) e o superintendente do Daae, Ricardo Pires de Oliveira.