Rio Claro irá receber R$ 841,2 mil para investir em projetos sociais

O município de Rio Claro irá receber R$ 841,2 mil para investir em projetos sociais. Os recursos serão liberados pelo governo estadual por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social. O dinheiro será repassado aos municípios ao longo deste ano através do Fundo Estadual de Assistência Social (Feas) para ser utilizado em ações e projetos desenvolvidos por meio do Sistema Único de Assistência Social (SUAS).

O governo estadual está destinando R$ 27 milhões para 121 municípios de quatro regionais. “Esses recursos vão chegar aos municípios para custear ações e projetos que já foram planejados. Sabemos onde e como o dinheiro será gasto. Estamos validando as decisões tomadas pelos gestores municipais para o atendimento de pessoas em situação de vulnerabilidade social”, declarou o secretário estadual de Desenvolvimento Social, Floriano Pesaro, na cerimônia de assinatura dos convênios realizada nesta terça-feira (20) no Centro Cultural “Leny de Oliveira Zurita” na cidade de Araras.

O termo de Rio Claro foi assinado pelo prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, e pela secretária municipal de Desenvolvimento Social, Érica Belomi. “Esse convênio é importante porque sem o aporte do governo estadual fica difícil o município atender sozinho as demandas sociais e acolher aqueles que passam por momentos de dificuldade”, comenta Juninho da Padaria.

Para Érica Belomi, os recursos têm que ser muito bem aplicados. “Os recursos vêm com destino certo para subsidiar os serviços de assistência social que atendem pessoas em situação de vulnerabilidade. Temos vários projetos que são realizados nos municípios com esses recursos”, informa.

O prefeito de Araras, Pedro Eliseu Filho, observou que “o maior desafio do Brasil hoje na área de assistência social é criar um ambiente favorável para que as pessoas possam evoluir”.  A diretora da Diretoria Regional de Assistência e Desenvolvimento Social (Drads) de Piracicaba, Maria Aparecida Ribeiro Germek, também participou da cerimônia.

Transporte de alunos terá novos ônibus

A Secretaria Municipal da Educação de Rio Claro apresentou nesta terça-feira (20) pedido à empresa Sancetur para que coloque em circulação o quanto antes os novos ônibus para os serviços de transporte de alunos. “Sabíamos que num primeiro momento a empresa não estaria com os ônibus definitivos, porém aceitamos esta condição para que não houvesse interrupção no atendimento aos estudantes”, informou o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria. O secretário municipal da Educação, Adriano Moreira, esteve pessoalmente na garagem da Sancetur, em Rio Claro, para conversar sobre o assunto. “Vamos acompanhar os serviços de perto para que sejam feitos com qualidade e segurança para nossos alunos”, afirma o secretário.

A empresa informou que vai tomar providências e que já nesta quarta-feira (21) deverá incluir sete peruas Kombi em sua frota para substituir ônibus que circularam em linhas com poucos alunos, especialmente na zona rural. A empresa também confirmou que a frota que entrou em operação na cidade é provisória, e que outros veículos virão em substituição aos atuais.

A empresa Sancetur – Santa Cecília Turismo – assumiu na segunda-feira (19) o transporte escolar em Rio Claro, de alunos de escolas municipais e estaduais.

A empresa teria prazo de até 30 dias para iniciar os serviços, mas atendeu solicitação da prefeitura e começou a operar já nesta semana. “Desta maneira não houve interrupção dos serviços e descartamos a possibilidade da contratação de serviços emergenciais, que poderiam acarretar maior custo ao município”, explica Moreira.

A transição do serviço foi tranquila e, para agilizar o processo, a Sancetur contratou todos os funcionários que já realizavam o serviço pela Rápido São Paulo, empresa que fazia o transporte de alunos até então.

Prefeito busca recursos em Brasília para asfalto e recapeamento

Recursos federais poderão ser solução para buracos em vias públicas.

A prefeitura de Rio Claro busca alternativa para solucionar o problema de buracos nas ruas e avenidas e a falta de asfalto em alguns bairros. Para isso o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, estará nesta quarta-feira (21) em Brasília para reunião no Ministério das Cidades, onde pleiteará recursos da ordem de R$ 30 milhões. “Desde o início a manutenção das vias públicas tem sido uma de nossas preocupações, mas apesar dos esforços das equipes da nossa Fábrica de Artefatos de Cimento e Usina de Asfalto, vem sendo difícil atender as demandas, uma vez que o orçamento que herdamos para o ano passado não foi suficiente”, explica Juninho.

A intenção do município é obter os recursos através de financiamento para amplo atendimento da cidade. Além R$ 6 milhões em serviços de recapeamento das ruas mais antigas – que já não aceitam mais remendos, seriam investidos aproximadamente R$ 24 milhões para pavimentar bairros inteiros e pontas de rua. O projeto precisa de aprovação da Câmara de Vereadores. “Uma proposta que traz benefícios à comunidade e colabora para acelerar o desenvolvimento de Rio Claro certamente terá o apoio dos vereadores”, comenta o presidente da Câmara, André Godoy.

Essa iniciativa da prefeitura para resolver o problema de barro, poeira e buracos em grande parte da área urbana do município não pôde ser tomada no ano passado em razão do município não dispor da Certidão de Regularidade Previdenciária (CRP) e da Certidão Negativa de Débitos Tributários (CND). Os documentos, que são essenciais para a obtenção de recursos em outras esferas de governo, estavam suspensos e foram recuperados após intenso trabalho da atual administração. Rio Claro estava sem CND desde 2016 e conseguiu recuperar em julho do ano passado. Já a CRP foi conseguida de volta no final de 2017, após ter sido suspensa em setembro de 2015.

Nesta semana, o prefeito Juninho e o vice-prefeito Marco Antonio Bellagamba visitaram alguns locais da cidade que precisam de melhorias em vias públicas. Na Avenida 40 com Rua 16, por exemplo, a prefeitura deverá realizar na próxima semana serviços para eliminar os buracos.

Elektro e Prefeitura de Rio Claro avaliam parceria para projeto educacional

Rio Claro foi selecionado pela concessionária de energia Elektro para receber o programa educacional Mentes Brilhantes. O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, recebeu na terça-feira (20) representantes da concessionária e também da Quest, que desenvolveu o projeto.

Na ocasião o projeto foi apresentado ao prefeito Juninho, que juntamente com Adriano Moreira, secretário municipal da Educação, se mostrou bastante receptivo à ideia. “Nos sentimos privilegiados em sermos selecionados para levar mais esta benfeitoria à nossa comunidade”, destacou Juninho.

Representantes da prefeitura e Elektro darão encaminhamento ao assunto para detalhar as responsabilidades na execução do programa, que prevê melhorias no espaço físico da sala onde as atividades serão desenvolvidas, com ambiente propício para o trabalho lúdico desenvolvido por monitores do Mentes Brilhantes com alunos da rede pública de ensino. Também está prevista a capacitação de professores para que os trabalhos tenham continuidade após a conclusão das oficinas ministradas.  A escola onde as atividades serão realizadas será apontada pela Secretaria da Educação. “Iremos avaliar qual o melhor local para o desenvolvimento do trabalho e a viabilização da implantação do programa”, observou o secretário Adriano, que acrescentou que a secretaria tem total interesse na parceria. O programa é direcionado a alunos do ensino fundamental 1 e 2.

“Esta é mais uma demonstração de que a Elektro está preocupada com a comunidade”, frisou Eduardo Zornoff, especialista institucional da Elektro, acrescentando que o compromisso que a prefeitura tem apresentado na realização de ações do tipo é fundamental para o sucesso da parceria.

O programa Mentes Brilhante é desenvolvido em parceria com o Ministério da Cultura e dividido em três módulos, que buscam potencializar o desenvolvimento de competências socioemocionais de alunos da rede pública de ensino, impulsionando o desempenho acadêmico, além de oferecer orientação vocacional e acompanhamento psicopedagógico.

Da reunião participaram Thiago Kling, da Quest; e da Elektro, Laura Baiè, analista de sustentabilidade; Lorena Teixeira, gerente; e André Fernandes, analista institucional, além de Tainá Vilela, diretora de Eventos da Secretaria da Cultura de Rio Claro.

ETA 1 será desligada na noite de quarta-feira para limpeza dos reservatórios

No início da noite desta quarta-feira (21), o Departamento Autônomo de Água e Esgoto (Daae) de Rio Claro fará um desligamento programado na Estação de Tratamento de Água (ETA 1), localizada no bairro Cidade Nova, para realizar serviço de limpeza nos quatro reservatórios de água do local, assegurando e garantindo a qualidade da água para abastecimento da população.

O desligamento está marcado para as 19h. A previsão é que a situação seja normalizada até o final da manhã de quinta-feira (22).

Em função dessa paralisação, poderá haver baixa pressão ou interrupção temporária no fornecimento de água nos bairros Bela Vista, Cidade Nova, Vila Alemã, Santa Cruz, Santana, Centro, Cidade Jardim, Saúde, Copacabana, Bairro do Estádio, Cidade Claret, Vila do Rádio, Jd. Inocoop, Jd. Mirassol, Jd. Novo, Jd. Anhanguera, Jd. Kennedy, Jd. Donângela, Jd. Conduta, Jd. do Trevo, Jd. Nova Veneza, Vila Operária, Vila Paulista, Vila Santo Antonio, Vila Indaiá, Vila Aparecida, Vila do Horto, Consolação, Parque Flórida, São Benedito, Itapuã, bairro Olímpico e Porto Fino.

A autarquia orienta que os consumidores redobrem a atenção ao uso racional da água nesse período, principalmente nos imóveis que não têm reservatório (caixa d’água), de instalação obrigatória, como determina o Código Sanitário Estadual, Decreto nº 12342/1978, em seu artigo 10º. Mais informações podem ser obtidas pela central de atendimento do Daae, no telefone 0800-505-5200. ​

Projeto Mãos de Mães atua no Jardim das Nações em Rio Claro

Elisandra Nunes da Silva, moradora do condomínio Suécia no Jardim das Nações 2, é uma das 40 pessoas que vão fazer o curso de manicure e pedicure oferecido pelo Fundo Social de Solidariedade em parceria com a Fundação Rotária, por meio do Rotary Club de Rio Claro Cidade Azul. “Quero me profissionalizar e trabalhar nessa área”, afirma Elisandra que já tem curso de cabeleireira e depilação. “Fiquei sabendo do curso e me inscrevi. É uma grande oportunidade fazer o curso de graça e pertinho de casa”, declara.

A aula inaugural do curso foi realizada nesta terça-feira (20) no condomínio Japão no Jardim das Nações 1. “É uma satisfação oferecer esse curso em parceria com o Rotary. Estamos somando esforços pra vocês e espero que aproveitem a capacitação e se tornem bons profissionais”, disse Paula Silveira Costa, presidente do Fundo Social, aos alunos na abertura da aula inaugural.

“Governar com pessoas boas ao lado se torna muito prazeroso”, observou o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, que também participou do evento. Ele agradeceu as pessoas que participam ativamente do governo. “O poder público nem sempre consegue fazer tudo sozinho e as parcerias, como essa com o Rotary, são importantes para ajudar a população, principalmente aqueles que mais precisam”, afirmou Juninho solicitando aos alunos que valorizem o curso gratuito e utilizem o conhecimento adquirido para fazer a diferença.

Carmem Silvia Rozin Kleiner, presidente da Comissão de Projetos Humanitários do Rotary Cidade Azul, explicou o nome dado ao projeto: Mãos de Mães. “Queremos que essas mães se profissionalizem e possam trabalhar perto de seus filhos gerando renda para suas famílias”, disse lembrando que o Jardim das Nações é grande e possui amplo espaço para trabalhar.

“Esperamos que o curso seja proveitoso e que vocês [alunos] possam utilizar o aprendizado para uma vida melhor”, declarou Lúcia Helena Hebling Almeida, presidente do Rotary Club Cidade Azul. Ela solicitou aos alunos que cuidem e preservem os equipamentos que serão utilizados posteriormente pelo Fundo Social em novas capacitações.

O secretário municipal de Habitação, Anderson Golucci, enalteceu as parcerias que viabilizaram a realização do curso de manicure e pedicure, capacitando os moradores que podem trabalhar perto de casa. “Essa região tem quase seis mil pessoas e isso pode proporcionar oportunidades de trabalho”, comentou.

As questões de saúde e higiene estão sendo observadas pela Vigilância Sanitária que esteve representada no evento pela diretora de Vigilância em Saúde, Paula Kannebley.

Nessa primeira etapa participam 20 alunos em duas turmas de dez cada uma. As aulas serão ministradas às segundas, terças e quartas-feiras, das 8h30 às 11h30 para os alunos do período da manhã, e das 13 às 16 para as turmas da tarde. Após a conclusão destas turmas, o curso será ministrado para mais 20 alunos, totalizando 40.

Matrículas da 2ª chamada da Univesp em Rio Claro serão feitas no NAM

As matrículas dos convocados na segunda chamada do vestibular da Univesp (Universidade Virtual do Estado de São Paulo), para cursos do polo de Rio Claro, serão feitas no Núcleo Administrativo Municipal (NAM, antiga “Elektro da Rua 6”), na Rua Dr Eloy Chaves, 3265, bairro Alto de Santana.  Os candidatos aprovados devem comparecer ao auditório 1, ao lado refeitório, na quinta-feira (22), ou sexta-feira (23), ou segunda-feira (26) para fazerem suas matrículas. O atendimento será sempre das 9 às 13 horas. No manual do candidato estão todos os detalhes referentes à documentação exigida para a matrícula. A segunda lista de convocados será divulgada no site www.vunesp.com.br/uvsp1703 na quarta-feira (21), de acordo com a organização do vestibular.

O manual do candidato estabelece que, se houver terceira chamada, a lista dos convocados será divulgada, também no site da Vunesp, no próximo dia 28. As matrículas em Rio Claro da terceira chamada serão realizadas nos dias 1 e 2 de março, no auditório 1 do NAM.

No mesmo local, nos dias 26 e 28 de fevereiro, e primeiro de março, serão realizadas as aulas inaugurais do polo de Rio Claro, onde serão ministrados cursos de pedagogia, engenharia da computação e engenharia de produção.

A Univesp é universidade pública gratuita, que a partir deste ano conta com unidade em Rio Claro fruto de parceria entre o governo estadual e a prefeitura de Rio Claro. Com aulas pela internet e atividades presenciais, a Univesp foi criada em 2012 pelo governo estadual, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Educação.

A universidade desenvolve cursos em plataforma online onde são ministradas videoaulas, disponibilizado material didático e bibliografias das disciplinas, e feito acompanhamento dos tutores.