Prédio da Escola Marrote será reinaugurado nesta quinta-feira

Com investimento municipal de R$ 738 mil, a prefeitura entrega nesta quinta-feira (1º) à comunidade as obras de reforma de um dos prédios da Escola Municipal “Antonio Maria Marrote”, no Bairro do Estádio. A cerimônia será realizada às 7h30 na sede da unidade de ensino que fica na Rua 17, número de 315.

A obra realizada pela prefeitura atende reivindicação da comunidade escolar. O prédio ficou interditado por um ano devido a problemas estruturais. Assim que assumiu a prefeitura, o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, determinou a realização da reforma. “Decidimos realizar essa obra para atender pais e alunos e também para evitar mais desperdício de dinheiro público”, comenta.

O secretário da Educação, Adriano Moreira, ressalta que a conclusão da reforma proporcionará maior comodidade para professores e alunos. “Os alunos tinham sido remanejados para o centro social do bairro e agora poderão retornar à escola”, destaca.

Além da reforma das sete salas de aula e da brinquedoteca, o prédio recebeu telhado novo. As telhas comuns foram substituídas por telhas sanduíche que são termoacústicas e possuem propriedades que isolam a temperatura e o som. O espaço externo recebeu sistema de drenagem para evitar alagamentos em períodos de chuva e um novo portão para facilitar a entrada e saída das crianças.

O prédio tem capacidade para atender 350 crianças em dois períodos. A Escola Marrote atende 750 alunos de pré-escola e ensino fundamental (1º ao 5º ano).

Elektro entrega 10.000 lâmpadas de led à comunidade

Numa parceria com a prefeitura, a Elektro realiza nesta quinta-feira (1º) atividades educativas no Jardim Público, principal praça de Rio Claro. Mais de dez mil lâmpadas de led serão entregues no evento Energia em sua Vida. A Secretaria Municipal de Agricultura distribuirá mudas de hortaliças e a Secretaria Municipal de Saúde também oferecerá alguns serviços durante o evento, que será realizado de manhã e à tarde.

Terão direito às novas lâmpadas cerca de duas mil famílias cadastradas na tarifa social da concessionária, que deverão apresentar lâmpadas incandescentes ou fluorescentes para serem trocadas pelas de led, mais econômicas e eficientes, além de documento de identidade.

“A iniciativa da Elektro ajuda milhares de famílias e também colabora com o meio ambiente, uma vez que são lâmpadas não poluentes”, observa o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.

Das 9 às 17 horas, além deste serviço, outras muitas atividades serão desenvolvidas no Jardim Público, incluindo ações voltadas à educação e ao meio ambiente, além de lazer e entretenimento. O objetivo é proporcionar orientações sobre o uso racional e eficiente de energia elétrica.

Em unidade móvel de educação, as crianças poderão conhecer teste de nervos, simulador de energia solar, simulador de energia mecânica, pilha humana,

casinha que simula o consumo de energia em uma residência, entre outros. Tudo com acompanhamento de monitores. Distribuição de mudas e teatro de fantoches, dinâmica com jogos de tabuleiro são outros atrativos do evento, que terá ainda brinquedos infláveis para as crianças e distribuição de pipoca e algodão-doce. Serviços de saúde também serão realizados, com aferição de pressão arterial e teste de glicemia, entre outros.

Para dar informações sobre quem tem direito de cadastrar na tarifa social, haverá equipe da concessionária realizando trabalho informativo no local.

Rio Claro registra queda de roubos e furtos em janeiro

O trabalho conjunto realizado pela prefeitura e polícias Civil e Militar para melhorar a sensação de segurança em Rio Claro tem dado resultados positivos. A criminalidade vem registrando quedas sucessivas, segundo levantamento feito pela Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo. E esse feito foi repetido em janeiro deste ano. Dados divulgados pela pasta estadual revelam que o número de roubos e furtos diminuiu no mês passado em relação a janeiro de 2017.

Foram quedas expressivas, sendo a maior no caso de furtos de veículos que registrou redução de 40,74% em um ano. Os casos diminuíram de 54 em janeiro do ano passado para 32 no mesmo período deste ano. Em seguida vem roubos em geral com redução de 30,67%. As ocorrências caíram de 75 para 52, respectivamente.

Com relação a roubos de veículos, os registros baixaram de 31 em janeiro de 2017 para 24 em janeiro de 2018, diminuição de 22,58%. Também houve queda de 9,24% nos casos de furtos em geral nesse período, quando os casos reduziram de 217 para 197.

Para o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, os números da Secretaria Estadual de Segurança Pública demonstram que o trabalho conjunto realizado pelas forças de segurança, guarda civil e polícias civil e militar, tem sido efetivo. “A redução da criminalidade tem sido gradativa e vem sendo mantida nos últimos meses. Os números mostram que estamos no caminho certo e vamos continuar trabalhando para fazer de Rio Claro uma cidade cada vez mais segura para a população”, afirma.

Essa união de forças policiais também é destacada por Marco Antonio Bellagamba, vice-prefeito e secretário municipal de Segurança, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Sistema Viário. “É um trabalho de várias mãos, cada instituição atuando em suas características, que está tendo reflexo positivo nos números, com redução crescente da criminalidade”, avalia Bellagamba, que destaca ainda o trabalho das secretarias municipais com serviços de manutenção da cidade e atendimento social, também importantes para melhorar a segurança.

A prefeitura tem feito a sua parte iluminando pontos escuros da cidade, colocando mais guardas municipais nas ruas através da Operação Guarda Cidadã, criando duas Centrais de Segurança Integrada (CSI), ampliando o sistema de comunicação da Guarda Municipal na área rural, realizando o treinamento do canil municipal no Lago Azul enquanto faz o patrulhamento do parque, entre outras ações desenvolvidas pelo município.

Matrículas da 3ª chamada da Univesp em RC serão feitas 5ª e 6ª-feira no NAM

As matrículas dos convocados na terceira chamada do vestibular da Univesp (Universidade Virtual do Estado de São Paulo), para cursos do polo de Rio Claro, serão feitas no Núcleo Administrativo Municipal (NAM, antiga “Elektro da Rua 6”), na Rua Dr Eloy Chaves, 3265, bairro Alto de Santana.  Os candidatos convocados devem comparecer ao auditório 1, ao lado refeitório, na quinta-feira (1), ou sexta-feira (2) para fazerem suas matrículas. O atendimento será sempre das 9 às 13 horas. No manual do candidato estão todos os detalhes referentes à documentação exigida para a matrícula. A terceira lista de convocados foi divulgada no site www.vunesp.com.br/uvsp1703 na quarta-feira (28), de acordo com a organização do vestibular.

A Univesp é universidade pública gratuita, que a partir deste ano conta com unidade em Rio Claro fruto de parceria entre o governo estadual e a prefeitura de Rio Claro. Com aulas pela internet e atividades presenciais, a Univesp foi criada em 2012 pelo governo estadual, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Educação.

A universidade desenvolve cursos em plataforma online onde são ministradas videoaulas, disponibilizado material didático e bibliografias das disciplinas, e feito acompanhamento dos tutores.

Escolas podem agendar atividades na Sala Verde do lago Azul

As escolas de Rio Claro já podem solicitar atividades na Sala Verde do Lago Azul. O novo espaço para educação ambiental do município foi entregue quarta-feira (28) pelo prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria. “Esse é o resultado de uma ação coletiva que envolveu a participação de vários setores da comunidade, trabalhando em conjunto pelo meio ambiente”, comenta Juninho. Os contatos das unidades de ensino interessadas devem ser feitos com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Sema) pelo email semarioclaro@gmail.com, ou pelo telefone 3522-1997.

Essa é a segunda Sala Verde de Rio Claro. Assim como a da Floresta Estadual, o centro de educação ambiental no Lago Azul tem biblioteca, jogos, materiais didáticos e brinquedos de materiais recicláveis elaborado pela Sema. As visitas são realizadas de segunda a sexta-feira das 8 às 17 horas. O espaço é direcionado a estudantes das redes municipal, estadual e particular, de todos os níveis de ensino.

Na inauguração, alunos do Ensino Fundamental da escola municipal Monsenhor Martins, que desempenham atividades como agentes ambientais, receberam materiais didáticos e ouviram palestra ministrada por Leonardo Andrade, gerente da Secretaria de Meio Ambiente, além de participarem de brincadeiras envolvendo a temática ambiental.

“Por meio de atividades lúdicas a Sala Verde proporciona oportunidade dos jovens se aprofundarem nesse tema tão importante, o que certamente vai colaborar para a formação de cidadãos mais conscientes nas questões ambientais”, afirma o secretário municipal do Meio Ambiente, Antonio Penteado.

A iniciativa traz para o município projeto do Ministério do Meio Ambiente para o incentivo de ações e programas educacionais. O projeto de lei que trouxe a iniciativa federal à Rio Claro é do vereador Seron, que destacou a boa acolhida da ideia no município. “A prefeitura e demais setores da sociedade abraçaram a iniciativa, o que é muito positivo para a cidade”, disse. O vereador Julio Lopes elogiou o programa pelo fato de sensibilizar as crianças para o meio ambiente. Também participaram da atividade os vereadores Geraldo Voluntário de André Godoy, presidente da Câmara Municipal, o vice-prefeito e secretário de Segurança, Defesa Civil e Mobilidade Urbana, Marco Antonio Bellagamba, o secretário municipal de Administração, Jean Scudeller, o diretor do Instituto de Biociências na Unesp, Cláudio Von Zuben, o diretor da BRK Ambiental, Diogenes Lyra.

Na Sala Verde do Lago Azul a prefeitura conta com apoio da BRK Ambiental, Unesp Rio Claro, Ambientelix Serviços Ambientais, Sustentare Ambiental, Planeta Azul e Rigava. O imóvel passou por reformas feitas por voluntários, com material obtido por meio de doações, além de tinta reaproveitada dos seis ecopontos da cidade. Essa é mais uma ação desenvolvida pela prefeitura que faz parte das diretivas do “Programa Município Verde Azul”, iniciativa do governo estadual que pontua investimentos ambientais feitos pelos municípios. As cidades que atingirem a pontuação necessária e obtêm o certificado garantem prioridade na captação de recursos do Fundo Estadual de Prevenção e Controle da Poluição (Fecop).

Carreta da mamografia terá equipamento de última geração

Os equipamentos da unidade de mamografia em instalação no Espaço Mais Saúde de Rio Claro começam a ser montados na segunda-feira (5). A implantação do novo serviço, que contará com mamógrafo de última geração, segue de acordo com o cronograma da prefeitura que, nesta semana, deve finalizar as adequações elétricas e hidráulicas da unidade. A estrutura chegou ao município na sexta-feira da semana passada e o atendimento começa neste mês de março.

“Vamos atender na unidade de mamografia mais de 2.300 mulheres que aguardam na fila de espera por esse exame tão importante”, explica o secretário municipal de Saúde, Djair Francisco.

O exame de mamografia serve para identificar nódulos, manchas e outras alterações nos seios que possam indicar a presença do câncer de mama. É fundamental para detectar a doença ainda em estágio inicial, o que facilita o tratamento e aumenta as chances de cura da paciente. “Vamos continuar investindo no setor de saúde como prioridade em nosso governo, pois se trata se investir no bem-estar da comunidade e, muitas vezes, de salvar vidas”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, numa referência a outros serviços já implantados na rede municipal de saúde no ano passado.

A partir dos 40 anos de idade as mulheres devem fazer o exame de mamografia anualmente. Segundo preconiza a Organização Mundial da Saúde, se houver caso de câncer de mama na família, é preciso iniciá-lo um pouco antes.

Para as pacientes que constam na lista de espera da rede pública de saúde do município, a Central Municipal de Regulação entrará em contato por telefone. Caso alguma dessas mulheres precise atualizar seus contatos, a Secretaria Municipal de Saúde aconselha que procurem sua unidade de saúde mais próxima de sua casa. Mais informações a respeito da unidade de mamografia podem ser obtidas por meio do telefone 3522-3600.

Comunidade recebe orientações para produção de hortas caseiras

Quando o assunto é saúde e qualidade de vida a alimentação saudável é um item indispensável. Na correria do dia a dia, cultivar verduras e legumes em casa pode ser um facilitador na hora de consumir os alimentos. Além da praticidade de se ter os produtos em casa, a horta caseira é garantia de alimentos fresquinhos.

Para quem não sabe por onde começar, a alface é uma boa sugestão para se ter na horta, já que é uma das hortaliças mais fáceis de cultivar e se desenvolve em pequenos espaços. Mudas poderão ser conseguidas nesta quinta-feira (1º) no Jardim Público, em Rio Claro, a partir das 9 horas, em distribuição gratuita realizada pela Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Silvicultura e Manutenção de Rio Claro. A atividade está inserida na programação do evento Energia em sua Vida, promovido pela Elektro em parceria com a prefeitura, com muitas outras atividades, incluindo serviços de saúde. A Elektro distribuíra 10.000 lâmpadas de led.

“Além de levar a muda para casa, a comunidade também terá orientação de técnicos agrícolas sobre plantio e cultivo de hortaliças em garrafas pets”, observa Emílio Cerri, secretário da Agricultura. Serão disponibilizadas 600 mudas para doação, incluindo alface, cebolinha e salsinha.

“A ação incentiva a produção de hortas caseiras e redução do descarte de garrafas pets, o que contribui para o meio ambiente”, destaca o diretor Sérgio Litholdo, lembrando que a secretaria também tem realizado orientações em escolas, ONGs e entidades assistenciais. A solicitação deve ser feita no Atende Fácil.

Para que verduras e legumes cheguem também à mesa de quem mais precisa, a prefeitura reativou no ano passado a Horta Municipal, que com colheitas periódicas tem toda a sua produção destinada ao Fundo Social de Solidariedade para distribuição à famílias carentes. Neste ano já foram realizadas três colheitas.