Após anos de espera, RC começa obra para garantir água em Assistência

Um antigo problema enfrentado pelos moradores do distrito de Assistência finalmente está sendo resolvido. Após obter a autorização da Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo), Rio Claro começou nesta semana a implantar aproximadamente 1.800 metros de rede e adutora de 300 milímetros em trecho da rodovia SP-127, próximo ao viaduto Saint Clair Onofre. Com a obra, o município vai finalizar o novo sistema de abastecimento que resolverá o problema da falta de água no distrito. O investimento é de aproximadamente R$ 1,5 milhão.

“Estamos conseguindo resolver mais um problema herdado e, graças à união de esforços, estamos viabilizando mais uma grande melhoria na cidade, atendendo antigo pedido da população”, destaca o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, que acompanhou o início das obras na segunda-feira (9).

A obra está sendo realizada por meio do Departamento Autônomo de Água e Esgotos (Daae) e, para ser viabilizada, a prefeitura precisava de uma liberação da Artesp, já que a rede passa em área de concessão das concessionárias Centrovias e Colinas. As tratativas do município com a Artesp contou com o apoio do deputado estadual Aldo Demarchi e do vereador Rafael Andreeta.

 “Também fizemos a operacionalização do reservatório de 1 milhão de litros de água no distrito, interligando a água aos bairros vizinhos e melhorando consideravelmente o fornecimento de água”, comenta o secretário municipal de Governo, Desenvolvimento Econômico e Planejamento, Francesco Rotolo, que até o início deste ano atuou como superintendente do Daae. “Há mais de 10 anos a população convive com eventuais faltas d’água”, acrescenta.

Ricardo Pires de Oliveira, atual superintendente Daae, também acompanhou a vistoria do prefeito ao início dos trabalhos, dá detalhes sobre a obra. “A adutora será ligada ao novo reservatório do distrito, possibilitando que, após anos de espera, a água chegue com pressão e quantidade suficientes às famílias daquela região”.

Mais uma obra

Também nesta semana a prefeitura e o Daae darão início à outra grande obra para melhorar o abastecimento e fornecimento de água em outra região da cidade, dessa vez a do bairro Novo Wenzel. Será feita implantação de uma adutora de 250 milímetros no km 176, em trecho de interligação da rodovia Washington Luís com a rodovia Fausto Santomauro. O investimento é de cerca de R$ 480 mil. “Vamos ampliar a oferta de água no bairro e em toda aquela região”, acrescenta Ricardo Pires de Oliveira.

Prefeito pede agilidade em resultado de exame sobre gripe

A vigilância epidemiológica estadual deverá finalizar ainda nesta semana as análises que irão indicar se a morte de um paciente semana passada no Hospital da Unimed, em Rio Claro, foi ou não causada pelo vírus influenza H1N1 ou H3N2.

A informação foi passada por Regiane de Paula, diretora do Centro de Vigilância Epidemiológica do Estado de São Paulo, ao prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, após receber dele o pedido de maior agilidade possível na conclusão das análises, que inicialmente seriam finalizadas em 30 dias. “Nosso objetivo é tranquilizar e esclarecer a população”, afirma o prefeito.

No dia 23 deste mês, o Ministério da Saúde lançará uma campanha nacional de vacinação contra a gripe, como acontece todo o ano. De acordo com o secretário Djair Francisco, Rio Claro também estará na campanha e a secretária municipal de Saúde divulgará os critérios e as prioridades de vacinação.

Nos últimos dias, muitas especulações e até afirmações em redes sociais deram conta de que o paciente teria morrido em razão do vírus, o que até agora não se tem confirmação. As análises do Instituto Adolfo Lutz indicarão se o paciente foi ou não vítima do vírus da gripe.

Unidade de saúde de Itapé ganha reforma após anos em estado precário

A prefeitura de Rio Claro está reformando a Unidade de Saúde da Família (USF) do bairro rural de Itapé. Na segunda-feira (9) o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, visitou a obra acompanhado do secretário de Saúde, Djair Francisco. “Essa unidade é muito importante para os moradores de Itapé que, devido às condições precárias, precisavam sair do bairro para fazer consultas, exames, receber vacinas e outros atendimentos”, explica o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria. “Esse é mais um exemplo de que a prioridade do nosso governo é com a saúde das pessoas”, acrescenta.

Ao término da obra a equipe da rede de atenção básica volta a atender a população do distrito. “Ao todo são mais de 300 moradores cadastrados na unidade para receber o atendimento de medicina preventiva feito pela USF de Itapé”, esclarece o secretário de Saúde.

O trabalho está sendo feito pela Secretaria Municipal de Obras. O trabalho inclui implantação do forro e lâmpadas de LED em três salas e colocação de piso e revestimento nas paredes, além de adequações na rede elétrica. “A unidade sempre esteve aberta à população, mas há anos apresentava problemas em sua estrutura”, comenta o subprefeito de Itapé, Marcos do Nascimento, que acompanhou o prefeito na vistoria às obras na USF. O gerente municipal de Saúde Bucal, Paulo César de Oliveira Freitas, também esteve presente na visita à unidade.

Algumas empresas privadas doaram pisos e outros materiais de construção para a reforma da unidade. O vereador Seron, que colaborou para que esse trabalho obra esteja sendo realizado, destaca a importância da obra para toda a comunidade de Itapé.

Ao longo do ano passado, várias melhorias foram providenciadas na rede pública municipal de Saúde, visando ampliar a melhorar o atendimento. “Ao término da reforma vamos renovar os equipamentos para garantir o bom atendimento à população”, destaca o secretário municipal de Saúde, Djair Francisco.

Além da conclusão de seis novas Unidades de Saúde da Família, ampliando em 30% a capacidade de atendimento na Atenção Básica, prefeitura também reativou o consultório odontológico móvel, que ficou dois anos parado, ampliou a frota de ambulâncias com mais dois veículos e conseguiu uma segunda UTI móvel para o Samu, entre outros avanços.

Canteiro Central da Avenida 32 recebe plantio de palmeiras fênix

O canteiro central da Avenida 32, na região do Lago Azul, em Rio Claro, ganhou novo paisagismo nesta segunda-feira (9). A prefeitura plantou 15 palmeiras fênix ao longo da via, no trecho entre a Avenida Visconde e a Rua 2-A. Os serviços foram realizados pela secretaria de Agricultura, Abastecimento, Silvicultura e Manutenção.

Os trabalhos fazem parte do projeto de readequação paisagística que está sendo desenvolvido pela prefeitura com o intuito de tornar a cidade mais bonita, e incentivar o plantio de vegetação adequada nos espaços urbanos. “Estamos mudando o visual da via assim como fizemos recentemente na Avenida Tancredo Neves e, gradativamente, iremos estender essa ação para demais bairros”, explica o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.

“Fizemos há pouco tempo um trabalho de conscientização com os moradores e comerciantes das imediações para manterem não só o canteiro central limpo, como evitar a colocar sacos de lixo”, comenta Emílo Cerri, secretário de Agricultura.

Além da Avenida 32, a Avenida Tancredo Neves na região do Jardim Inocoop recebeu o plantio de 30 palmeiras fênix na semana passada. A prefeitura também realizou o plantio de 27 resedás nos canteiros centrais do Jardim Floridiana e 14 mudas de calistemo na rotatória da Avenida 50-A no Jardim América.

Consultório odontológico móvel atende em Itapé até sexta-feira

A prefeitura de Rio Claro está ampliando o acesso da população aos serviços de saúde. O consultório odontológico móvel estará atendendo em Itapé, região rural do município, até a próxima sexta-feira (13). O atendimento está sendo feito na estação do bairro onde a população pode realizar consultas e procedimentos odontológicos, como obturações, canal, entre outros.

“A descentralização do atendimento é importante para que a população que mora longe da zona urbana possa ter acesso aos serviços odontológicos sem sair de casa”, observa o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, que visitou o local nesta segunda-feira (9).

O serviço mais próximo de casa conta com aprovação dos moradores. “Moro em Itapé, trabalho em sítio, e agora estou tendo oportunidade de fazer tratamento dentário”, comenta Cristiano Aparecido de Souza.

Depois de encerrar atividades em Itapé, o consultório odontológico móvel será deslocado para Batovi, em data a ser definida. “O consultório passará por vistoria, para eventual manutenção, e higienização antes de iniciar novos atendimentos”, explica Paulo César de Oliveira Freitas, gerente geral de Saúde Bucal da Fundação Municipal de Saúde, que acompanhou o prefeito juntamente com o secretário de Saúde, Djair Francisco, e o subprefeito de Itapé, Marcos do Nascimento.

O consultório odontológico móvel foi recuperado e colocado em funcionamento pela atual administração municipal no ano passado depois de dois anos parado. Além desse serviço móvel, o atendimento odontológico à população é feito mediante agendamento em um dos três Centros de Especialidades Odontológicas (CEOs) ou nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e Unidades de Saúde da Família (USFs).

Prefeitura verifica emissão de fumaça da frota municipal

A prefeitura de Rio Claro está intensificando a inspeção de veículos da frota municipal movida a diesel. O objetivo é controlar a emissão de fumaça visando colaborar com a qualidade do ar e, ao mesmo tempo, ampliar as ações preventivas relacionadas à manutenção dos veículos. Os 19 primeiros automóveis inspecionados na semana passada receberam selo de aprovação após serem verificados. Todos atenderem aos padrões exigidos, com no máximo 40% de densidade da fumaça. “Caso algum veículo esteja fora deste padrão, será encaminhado para manutenção e passará por novo teste”, explica o perito Wanderley de Souza, gerente municipal de Transporte da Secretaria Municipal de Obras.

A ação está inserida nos esforços do município no programa Município Verde Azul (PMVA), em que o governo estadual classifica as cidades que melhor desenvolvem ações relacionadas ao meio ambiente e sustentabilidade. O trabalho de inspeção na sexta-feira (6), realizado por Souza, foi acompanhado por Edson Norberto Andrade, da Secretaria Municipal da Educação e interlocutor de Rio Claro no PMVA.

“A prefeitura tem que dar o exemplo, por isso estamos trabalhando para mostrar com ações concretas que cada atitude é importante na construção de uma cidade que respeita o meio ambiente”, explica o secretário municipal de Meio Ambiente, Antonio Penteado.

A inspeção veicular tem validade de um ano e será feita ao longo de 2018 em toda a frota movida a diesel das secretarias e autarquias municipais. A ação faz parte da diretiva “Qualidade do Ar”, do programa Município Verde Azul. “Caminhões, ônibus e carretas são a principal alvo desse trabalho”, esclarece Edison Andrade.

Para a realização da vistoria está sendo utilizada a Escala de Ringelmann, uma ferramenta de controle de emissão da fumaça preta, que consiste em uma lâmina de papel circular dividida em cinco partes, cada uma com uma tonalidade de cinza. Ao aproximar a lâmina da fumaça emitida pelo veículo, é feita a comparação da cor com as tonalidades da lâmina para verificar se estão dentro dos padrões exigidos.

As cidades que atingem a pontuação necessária no PMVA garantem prioridade na captação de recursos do Fundo Estadual de Prevenção e Controle da Poluição (Fecop).

Prefeitura apresenta novos integrantes da Cipa 2018

A prefeitura de Rio Claro apresentou nesta segunda-feira (9) os novos integrantes da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa) para a gestão 2018. A cipa é composta por representantes da administração municipal de vários setores e membros eleitos pelos servidores municipais. A Cipa 2018 será presidida por Mário Davi do Amaral Veiga, diretor de Alimentação Escolar. “O trabalho de cada um será muito importante para que tenhamos um ambiente de trabalho eficiente e saudável”, declarou Veiga, ao agradecer o trabalho realizado pelos membros anteriores da Cipa e receber os novos integrantes.

Para o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, o trabalho dos cipeiros é prevenir acidentes de trabalho e para atingir esse objetivo é necessário conscientizar os servidores municipais sobre a importância da utilização dos EPIs (Equipamentos de Proteção Individual). No ano passado a administração municipal investiu quase meio milhão na compra desses equipamentos e está fazendo nova compra neste ano.

“É um investimento para diminuir o número de acidentes e preservar vidas. O uso dos EPIs é obrigatório e tem que ser fiscalizado e cobrado pelos cipeiros”, destacou Juninho. “Não basta apenas usar os equipamentos, é preciso utilizá-los da maneira correta para que eles sejam eficientes”, reforçou o vice-prefeito e secretário de Segurança, Marco Antonio Bellagamba.

Tu Reginato, presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal de Rio Claro, ressaltou a importância e a responsabilidade dos membros da Cipa e cobrou maior união entre as três Cipas da administração municipal: prefeitura, Daae e Fundação de Saúde. O vice-presidente da Câmara Municipal, Júlio Lopes, lembrou que a conscientização sobre a importância do uso dos EPIs deve ser feita também com funcionários das empresas terceirizadas e não apenas com os servidores públicos.

Os titulares são Rivânia Vetoratti Dias Cordeiro (vice-presidente), Hamilton Andrade dos Santos, Rosivaldo Gomes Salles Goes, Antonio Erinaldo A. de Sousa, Paulo César Pereira da Silva, Alex L. Santana, Ana Elisabete Bergman de Aguiar, Fabiano Rodrigo Lázaro e Érica Rodrigues dos Santos, que terão como suplentes Ben-Hur Ap. da Silva, Felipe Medeiros da Cunha, Silvio Ribeiro da Silva, Francisco Ferreira da Silva, Karina Araújo Lima e Marcel Dias de Jesus.

Também participaram do evento os secretários Jean Scudeller (Administração), Adriano Moreira (Educação), Gilmar Dietrich (Economia e Finanças) e Rodrigo Ragghiante (Procuradoria Jurídica); os diretores municipais Sérgio Christofoletti (Administração), José Luiz Marques (Patrimônio e Próprios Municipais), Regina Masson (Gestão de Pessoas) e Mônica Christofoletti (Administração/Educação); e os vereadores Adriano La Torre, Geraldo Voluntário e Ruggero Seron.

Atualização técnica da Defesa Civil tem pronto-socorrismo na 3ª-feira

Pronto-socorrismo é o tema abordado nessa terça-feira (10) no ciclo de atualização técnica realizado pela prefeitura de Rio Claro para a Defesa Civil. A atividade começa às 9 horas na sede da DC e dever ser desenvolvida até as 11h30. Na segunda-feira (9) o curso focou proteção animal e análise de estruturas prediais. “Essa preparação é primordial para se prestar um serviço com segurança e eficiência”, comenta o diretor municipal da Defesa Civil de Rio Claro, Wagner Martins Araújo.

O ciclo de atualização técnica engloba atividades teóricas e práticas. Na sexta feira (6) a instrução foi realizada sob o comando do Corpo de Bombeiros, na qual o sargento Oliveira e o cabo Nivaldo deram orientações sobre técnicas de salvamento em áreas alagadas. Foram simuladas situações de resgate de pessoas presas em alagamentos, com o socorro prestado com auxílio de cabos e embarcações leves.

Referência regional na área, o município expandiu o treinamento e também participam do curso integrantes da Defesa Civil de Santa Gertrudes, atiradores do Tiro de Guerra, Guarda Civil Municipal e outros segmentos.

O curso tem a duração de 70 horas aulas e conta com um corpo docente altamente qualificado para treinamento em várias áreas, como profissionais da administração municipal, do Corpo de Bombeiros, da Polícia Ambiental e da iniciativa privada. “O trabalho de capacitação em Defesa Civil deve ser constante e estamos trabalhando para manter nossa equipe sempre atualizada e preparada para o atendimento à comunidade”, afirma o secretário municipal de Segurança, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Sistema Viário, Marco Antonio Bellagamba.

Prefeitura retira lixo e entulho em terrenos no Cervezão

No Cervezão está um dos seis ecopontos de Rio Claro e, mesmo assim, a falta de educação de uma minoria prejudica moradores do bairro com o descarte incorreto de materiais. Na segunda (2) e terça-feira, nova ação de limpeza da prefeitura resultou em muito lixo e entulho recolhidos em dois terrenos. “Limpamos periodicamente o local, e mesmo assim, é impressionante a quantidade de sujeira acumulada entre uma limpeza e outra”, comenta o subprefeito Adenilson Feliciano da Silva.

Uma das áreas fica ao lado da escola Victorino Machado e a outra ao longo de trecho da Estrada do Sobrado entre o residencial Quirino e o final da Rua M-7.

Além dos ecopontos, o Cervezão conta com todos os outros serviços oferecidos pela prefeitura para o descarte correto de materiais. A coleta de lixo domiciliar é feita três vezes por semana, o bairro é atendido com o serviço mensal de cata bagulho, no qual caminhão da prefeitura recolhe porta a porta móveis velhos e itens inservíveis, e recebe coleta seletiva. “A colaboração da comunidade é essencial para que o bairro fique em ordem, não adianta a prefeitura limpar e logo em seguida jogarem lixo e sujeira de novo”, ressalta o secretário municipal de Obras, Paulo Roberto de Lima. O trabalho nesta semana também contou com a colaboração de equipes da Secretaria de Obras e do projeto Nova Vida, gerenciado pela Secretaria do Desenvolvimento Social e no qual a prefeitura oferece formação profissional e oportunidade de inserção no mercado de trabalho para pessoas em situação de risco social.