Prefeitura faz recapeamento na Avenida 49 no Jardim Anhanguera

Trecho da Avenida 49, no bairro Jardim Anhanguera, em Rio Claro, está ganhando recapeamento asfáltico. O serviço começou na quinta-feira (19) e a previsão é de que seja concluído nesta sexta-feira (20), se não houver nenhum imprevisto. A recuperação de mais de 200 metros da via está sendo feita com aplicação de massa quente.

“As ações para recuperação do asfalto nas vias públicas somente estão sendo possíveis porque neste ano estamos trabalhando com orçamento próprio, e não herdado, como foi no ano passado”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, informando que os serviços de recapeamento e tapa buracos estão sendo intensificados priorizando os pontos mais críticos.

Assim que o recapeamento desse trecho for concluído será realizada operação tapa buracos nos demais trechos da avenida para completar a recuperação de toda a via. “Nossa demanda é grande e estamos estabelecendo cronograma para agilizar os serviços, que serão estendidos para outros bairros da cidade”, informa o secretário municipal de Obras, Paulo Roberto de Lima.

Para realizar o recapeamento é necessário interditar o trânsito. “Pedimos que pedestres e motoristas redobrem a atenção ao circularem pela região”, orienta Richard Schalch, diretor da Secretaria de Obras.

A necessidade de recuperar o pavimento de ruas do município é um assunto que tem sido acompanhado pela Câmara Municipal, conforme lembra o vereador Rafael Andreeta, observando que o recapeamento da Avenida 49 era um problema antigo, que felizmente está sendo resolvido pela prefeitura, beneficiando moradores e empresas daquela região.

Vale ressaltar que a preparação do pavimento para receber o recapeamento começou na quarta-feira (18), com serviços de manutenção e limpeza realizados pela prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Abastecimento e Silvicultura.

Brincadeiras Ambientais na Sala Verde arrecadou 50 quilos de recicláveis

Aproximadamente 150 pessoas participaram da segunda edição das “Brincadeiras Ambientais”, na Sala Verde do Lago Azul de Rio Claro. A atividade foi realizada no domingo (15), com cerca de 50 quilos de materiais recicláveis arrecadados entre os participantes.

A atividade foi organizada pela prefeitura, por meio da Secretaria de Meio Ambiente (Sema) e apoio da Secretaria da Educação. Os recicláveis serão entregues à Cooperativa dos Catadores de Materiais Reaproveitáveis (Cooperviva).

“Novamente o evento foi sucesso e mostra o crescente interesse pelas atividades da temática ambiental”, destaca o secretário municipal de Meio Ambiente, Antonio Penteado, informando que a terceira edição está marcada no local para o dia 20 de maio.

Na Sala Verde, as crianças, acompanhadas dos pais ou responsáveis, resgataram brincadeiras antigas como bolinhas de gude, corre cotia, pula corda e jogo da memória. Também houve uma atividade com pipas e brincadeiras em um pula-pula inflável. Para repor as energias, uma mesa de frutas foi oferecida para a criançada e seus acompanhantes.

“A aceitação foi muito grande nas duas edições e, por isso, resolvemos manter essa temática das brincadeiras antigas durante todo o ano”, comenta Leonardo Andrade, gerente de conservações da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e coordenador do evento, ressaltando que as brincadeiras são realizadas com reaproveitamento de materiais.

Essa é mais uma ação desenvolvida pela prefeitura no “Programa Município Verde Azul”, do governo estadual, que pontua investimentos ambientais feitos pelos municípios. As cidades que atingem a pontuação necessária e obtêm o certificado garantem prioridade na captação de recursos do Fundo Estadual de Prevenção e Controle da Poluição (Fecop).

A Sala Verde do Lago Azul fica no prédio localizado na Rua 2-A e a ação conta com o apoio do Supermercado Covabra, Lê Cruz Brinquedos e Cia Exciton.

Rio Claro abre processo seletivo para assistentes de alfabetização voluntários

A prefeitura de Rio Claro realiza processo seletivo simplificado para escolha de assistentes de alfabetização voluntários para atuarem no Programa Mais Alfabetização, que será desenvolvido nas escolas da rede municipal de ensino. O edital com as regras para participação foi publicado na quarta-feira (18) no Diário Oficial do Município. “O Programa Mais Alfabetização tem o objetivo de fortalecer e apoiar as unidades escolares no processo de alfabetização para fins de leitura, escrita e matemática, dos alunos do primeiro e segundo anos do ensino fundamental”, explica o secretário municipal da Educação, Adriano Moreira. “O assistente de alfabetização voluntário apoiará o professor alfabetizador nas atividades desenvolvidas em sala de aula”, acrescenta.

As inscrições serão realizadas de 24 a 26 de abril na Secretaria Municipal da Educação que fica no Núcleo Administrativo Municipal (NAM) na Rua Dr. Eloy Chaves, 3.2165, Alto do Santana. O horário de atendimento ao público é das 8 às 11 horas e das 13h30 às 16h30. Para participar é necessário ser brasileiro, ter mais de 18 anos, ter formação de nível médio completo em magistério e/ou ser licenciado em Pedagogia ou Letras ou estar cursando uma dessas graduações, além de estar em dia com as obrigações militares e eleitorais. No ato da inscrição, os candidatos deverão apresentar original e cópia do RG, CPF, comprovante de residência, comprovante de formação (diploma, certificação de conclusão de curso ou comprovante de matrícula), título de eleitor, entre outros documentos.

A seleção será realizada em duas etapas: prova de conhecimentos básicos na área de alfabetização e análise do currículo do candidato. A prova será aplicada no dia 6 de maio (domingo), às 8 horas, em local ainda a ser divulgado. Os candidatos selecionados vão compor banco de dados da secretaria e serão utilizados conforme as necessidades das escolas. “Cada assistente de alfabetização pode ter no máximo oito turmas de alunos e carga horária de 40 horas por semana”, informa Osmar Garcia, diretor do Departamento Pedagógico da Secretaria da Educação. “A jornada diária de atividades não poderá exceder a três horas por turma”, complementa.

De acordo com o edital, “o serviço voluntário não gera vínculo empregatício, nem obrigação de natureza trabalhista previdenciária ou afim, sendo oferecido a título de ressarcimento ao assistente de alfabetização voluntário, o valor mensal instituído para o Programa Mais Alfabetização em 2018, de R$ 150,00 por turma”. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (19) 3522-1950 ou ainda na edição número 892 do Diário Oficial do Município que pode ser acessado pelo site www.rioclaro.sp.gov.br, no menu “Publicações”.

Vacinação contra gripe começa na 2ª-f para idosos, indígenas e trabalhadores da Saúde

Nesta segunda-feira (23) começa a campanha nacional de vacinação contra a gripe. Rio Claro segue as determinações do Ministério da Saúde e vacinará os grupos de risco. As imunizações começam sendo feitas em pessoas a partir de 60 anos, indígenas e trabalhadores da saúde. Neste ano a vacina, distribuída pelo governo federal, protege contra os vírus H1N1, Influenza B e H3N2.

Em Rio Claro a vacinação será feita em 18 salas de vacinação, nas Unidades Básicas de Saúde e Unidades de Saúde Família. A lista com endereços completos e telefones está no endereço www.saude-rioclaro.org.br/enderecos.htm. O atendimento será feito de segunda a sexta-feira das 7 às 16 horas. As Unidades Básicas de Saúde onde serão aplicadas as vacinas ficam nos distritos de Assistência e Ferraz e nos bairros Boa Vista, Cervezão, Bairro do Estádio, Wenzel e Vila Cristina. As Unidades de Saúde da Família onde serão aplicadas as vacinas ficam no distrito de Ajapi e nos bairros Mãe Preta, Palmeiras, Jardim Novo, Benjamim de Castro, Bonsucesso/Novo Wenzel, Jardim das Flores, Guanabara, Panorama, Terra Nova e Jardim Progresso.

A partir do dia 2 de maio serão incluídas na vacinação crianças de seis meses a menores de cinco anos, gestantes e puérperas. Do dia 9 de maio em diante também serão vacinadas pessoas portadoras de doenças não contagiosas, professores e pessoas no sistema prisional.

A meta estabelecida pelo Ministério da Saúde para a vacinação contra a gripe em Rio Claro é 42 mil pessoas dos chamados “grupos prioritários”. No ano passado, Rio Claro conseguiu superar a meta.
“Esperamos neste ano também superar meta e toda a equipe de profissionais da Vigilância Epidemiológica e Atenção Básica está mobilizada na campanha de vacinação”, comenta o secretário municipal de Saúde, Djair Francisco.

Em sua visita a Rio Claro, na quinta-feira (19), o Ministro da Saúde, Gilberto Occhi, reiterou a importância do trabalho das secretarias de Saúde e vigilâncias epidemiológicas dos Municípios. “Precisamos unir esforços para que todos dos grupos prioritários sejam vacinados”, afirmou Occhi.

De acordo com o cronograma do Ministério da Saúde, o dia 12 de maio está previsto para ser o “Dia D” de vacinação contra a gripe, para todas as pessoas dos grupos prioritários tomarem a vacina. De acordo com o governo federal, a vacinação de pessoas que não fazem parte de grupos prioritários ainda está em estudo pelo Ministério da Saúde.
Além de tomarem a vacina, as pessoas podem se prevenir contra a gripe com atitudes simples, como  evitar contato muito próximo com pessoa infectada; lavar sempre as mãos com água e sabão e evitar levar as mãos ao rosto e, principalmente, à boca; sempre que possível ter um frasco com álcool-gel para garantir que as mãos sempre estejam esterilizadas; não compartilhar utensílios de uso pessoal, como toalhas, copos, talheres e travesseiros; evitar locais fechados ou com muitas pessoas.

Rio Claro adere à Rede Brasileira de Bancos de Alimentos

O Banco de Alimentos de Rio Claro aderiu à Rede Brasileira de Bancos de Alimentos, estruturada pela Secretaria Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do Ministério do Desenvolvimento Social. “São muitas as vantagens para o município em fazer parte da rede nacional”, comenta a secretária municipal do Desenvolvimento Social, Érica Belomi. “Entre elas, maior acesso a recursos federais e a sistemas de apoio à gestão”, explica, informando que a adesão também permitirá ao município participar de capacitações específicas da Rede Brasileira de Banco de Alimentos.

Em Rio Claro, o Banco de Alimentos é mantido pela parceria entre a prefeitura e a União de Amigos (Udam). “Essa parceria tem trazidos resultados altamente positivos, e agora, com participação na rede nacional, o nosso Banco de Alimentos deverá ofrecer benefícios ainda maiores à comunidade”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.

O Banco de Alimentos atua no combate ao desperdício de alimentos e contribui nas ações voltadas à segurança alimentar. Além de 1.400 famílias atendidas diretamente, o Banco de Alimentos  local atende mais 450 pessoas por meio de organizações da sociedade civil, como igrejas, pastorais da criança, casas de repouso, entidades religiosas, entre outros.

“As famílias que recebem as doações contam ainda com orientações de nutricionista e assistente social para melhor aproveitamento dos alimentos recebidos”, explica a gerente municipal de Segurança Alimentar e Nutricional, Larissa Baungartner Zeminian, informando que são atendidas famílias em situação de insegurança alimentar e nutricional, já inseridas em serviços socioassistenciais do município.

Os alimentos recebidos pelo Banco de Alimentos em boas condições para consumo passam por higienização em solução clorada, seguindo as normas de vigilância sanitária. Depois são embalados a vácuo e destinados para as organizações da Sociedade Civil cadastradas, que repassam as cestas para as famílias. Já os alimentos impróprios para consumo são destinados para ração animal e processo de compostagem, sendo depois utilizados como adubo.

Juninho pede ao novo ministro da Saúde mais recursos federais aos municípios

Recém-empossado como ministro da Saúde, Gilberto Occhi recebeu na quinta-feira (19) em Rio Claro uma série de reivindicações durante o 32º Congresso de Secretários Municipais de Saúde do Estado de São Paulo. O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, foi enfático ao defender o aumento do repasse de recursos federais para os municípios. “Cidades como Rio Claro, que priorizam a saúde pública, têm que arcar com a maioria dessas despesas, o que dificulta o trabalho por um atendimento de qualidade à população”, disse, reiterando a necessidade de um novo pacto federativo, mais justo, no qual uma parte maior do que se arrecada no município fique de fato no município, para custeio da saúde e atendimento aos que mais precisam.

Occhi parabenizou Rio Claro e o Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Estado de São Paulo (Cosems) pela organização do congresso, que segue até a sexta-feira (20) na Claretiano Faculdade, e reiterou seu compromisso com o Sistema Único de Saúde (SUS). “Vou receber as propostas e ideias surgidas neste congresso para juntos discutirmos como executá-las”, disse o ministro, que foi recebido no município, além do prefeito, pelo secretário de Saúde, Djiar Francisco, pelo presidente da Câmara Municipal, André Godoy, e pelo vereador Julio Lopes.

André Godoy enfatizou a importância da vinda do ministro para o congresso. “Este é um momento importante de definições sobre a saúde pública no país e Rio Claro dá sua contribuição sediando esse importante evento de reivindicações, debate e troca de ideias”, disse.

O prefeito Juninho também entregou em mãos ao ministro Gilberto Occhi uma série de reivindicações específicas para o setor de saúde de Rio Claro. Os pedidos incluem elevação dos valores repassados ao município para custeio de internações e procedimentos de média e alta complexidade, pedidos de habilitação e mais recursos para o Centro de Habilitação Infantil Princesa Victoria, ampliação de leitos hospitalares, maior repasse para os setores de urgência e emergência e outros. “São pedidos que, se atendidos, darão imenso auxílio para o atendimento da população de Rio Claro”, diz o secretário municipal de Saúde, Djair Francisco.

Carmino de Souza, presidente do Cosems, saudou a vinda do ministro a Rio Claro. “Há muito tempo que um Ministro da Saúde não vinha a um congresso nosso”, destacou. “Em nome dos secretários municipais de Saúde, agradecemos por vir pessoalmente ouvir nossas reivindicações”, acrescentou.
Ao final do Congresso os secretários municipais de Saúde assinarão a Carta de Rio Claro, contendo as ideias e propostas de melhorias em diversos setores da Saúde. Este documento será entregue ao Ministério da Saúde pelo Cosems.

Novo secretário estadual da Saúde reafirma em RC compromisso com o SUS

O novo secretário de Estado da Saúde, Marco Antonio Zago, participou na noite de quarta-feira (18) da cerimônia de abertura do 32º Congresso de Secretários Municipais de Saúde do Estado de São Paulo, que está sendo realizado até sexta-feira (20) em Rio Claro. O evento reúne mais de 1.500 participantes de vários municípios, entre gestores de saúde, expositores e profissionais do setor.

A participação de Zago no congresso foi seu primeiro ato oficial como novo gestor da pasta da Saúde. Sua nomeação foi formalizada na segunda-feira (16) e a portaria foi publicada no Diário Oficial do Estado na quarta-feira (18). “Fiz questão de participar do congresso em Rio Claro para reforçar o compromisso do Governo do Estado com o SUS”, declarou o secretário, reiterando que o governador Márcio França pretende estreitar a relação do estado com os municípios no que se refere ao SUS.

O prefeito de Rio Claro, João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, destacou que o pacto federativo é cruel com os municípios na divisão dos recursos arrecadados com os impostos. “Estado e União ficam com a maior parte do dinheiro. Essa distribuição de recursos é injusta porque os problemas acontecem nos municípios, que ficam com a menor parte dos recursos e com a responsabilidade de atender a maior parte da demandas. É preciso rever esse pacto”, assinalou Juninho.

O Congresso de Secretários Municipais de Saúde é uma realização do Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Estado de São Paulo (Cosems). O Congresso tem como tema “30 anos de SUS: SUStentabilidade para garantia do Direito à Saúde – Aumento do financiamento federal e estadual!”. O evento continua nesta quinta-feira (19) com palestras, mostra de experiências exitosas dos municípios, rodas temáticas e lançamento de livros. Na sexta-feira (20), as atividades incluem palestras, mostras, assembléia geral, entrega do 8º Prêmio David Capistrano e cerimônia de encerramento.

Dia do Exército foi comemorado 5ª-feira no Tiro de Guerra de RC

Cerca de 250 pessoas, entre autoridades, familiares, amigos e convidados de atiradores, participaram na quinta-feira (19), no Tiro de Guerra de Rio Claro, da solenidade em comemoração ao Dia do Exército e de entrega da boina e distintivo do TG. A Ordem do Dia, do comandante do Exército, foi lida durante o evento e destacou que “o exército de hoje renova, diariamente, seu compromisso de defender, desde sempre, a Pátria, a soberania e a liberdade”.

Entre as autoridades presentes estavam o vice-prefeito e secretário municipal de Segurança, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Sistema Viário, Marco Antonio Bellagamba; o deputado estadual Aldo Demarchi; o Chefe da Instrução do Tiro de Guerra, 1º Sargento Robinson Alexandre Boeck; o instrutor do Tiro de Guerra, 1º Sargento Jussiê de Souza Dantas; e o Comandante da Guarda Municipal, Luis Fernando de Godoy. A coordenadora da União de Amigos (Udam), Sueli Vani, também participou do evento.

De acordo com o Tiro de Guerra, a comemoração é realizada em homenagem ao evento que é considerado a gênese da nacionalidade brasileira, consagrada na Batalha dos Guararapes. No dia 19 de abril de 1648, as três raças – branca, índia e o negra – reuniram-se num único ideal de defender o território nacional e expulsar o invasor holandês que havia invadido o litoral nordestino.

Durante o evento no Tiro de Guerra foram entregues as boinas e os distintivos do Tiro de Guerra a atiradores, após a conclusão do primeiro exercício do terreno marcha de 8 Km, técnicas especiais de progressão no terreno, primeiros socorros e transporte de feridos.

Rio Claro pede ampliação de leitos ao novo secretário estadual da saúde

No primeiro evento público do novo secretário estadual da Saúde, Marco Antonio Zago, o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, reapresentou na quarta-feira (18) ao governo estadual a solicitação para a ampliação em 50% do número de leitos na Casa de Saúde Bezerra de Menezes. “Como houve a mudança de comando na pasta, apresentamos novamente o pedido para que o município seja atendido”, afirmou Juninho, que entregou ofício durante a abertura do 32º Congresso de Secretários Municipais de Saúde, que termina nessa sexta-feira no Claretiano Faculdade.

O deputado Aldo Demarchi e o presidente da Câmara de Vereadores, André Godoy, também apoiam o pleito de Rio Claro. “Certamente a ampliação de leitos daria um ganho muito grande para o setor de saúde da cidade e região”, afirma André Godoy. “A abertura destes leitos será mais uma importante conquista para Rio Claro na reaproximação do governo municipal com a esfera estadual”, destaca Demarchi.

O município está pedindo acréscimo de mais 48 leitos. Em dezembro do ano passado o assunto foi discutido em audiência na Secretaria de Estado da Saúde. No mês passado, o prefeito Juninho fez a solicitação diretamente ao então secretário estadual de Saúde, David Uip. “Nosso pedido foi bem recebido na ocasião e agora contamos com o apoio e sensibilidade do novo secretário, Marco Zago, no sentido de atender essa importante demanda da área de saúde de Rio Claro”, comenta Juninho.

Se o pedido for atendido, o número de leitos disponíveis pelo Sistema Único de Saúde (SUS) subiria de 94 para 142. Para o secretário municipal de Saúde, Djair Francisco, “a ampliação da oferta de leitos vai ajudar a suprir a demanda crescente por vagas para internação”.

As tratativas para realização da parceria entre a prefeitura e a Casa de Saúde Bezerra de Menezes começaram em outubro do ano passado quando o prefeito Juninho da Padaria visitou o prédio, acompanhado do vice-prefeito Marco Antonio Bellagamba, do secretário de Saúde DJair Francisco, e dos vereadores Ruggero Seron e Val Demarchi.