Estudo técnico para transferência da ferrovia deve começar em 15 dias

O município de Rio Claro deve começar em 15 dias a elaboração do Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA) que dará início ao processo de transferência das oficinas da ferrovia da região central para o Jardim Guanabara. A ordem de serviço que autoriza o início dos trabalhos foi assinada nesta sexta-feira (22). O estudo será elaborado pela empresa EGIS – Engenharia e Consultoria Ltda, que venceu a licitação realizada pelo Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes). O Ministério dos Transportes está investindo R$ 1,7 milhão na execução do projeto que tem prazo de conclusão de 12 meses.

“Acredito que em 15 dias a empresa começará a fazer os levantamentos necessários para o estudo técnico”, informou Charles Magno Nogueira Beniz, diretor de Infraestrutura Ferroviária do Dnit, lembrando que a elaboração do EVTEA é a primeira etapa do processo para a construção das novas instalações das oficinas. “Com o apoio de todos vamos vencer as demais etapas”, pontuou Beniz, ressaltando que o estudo técnico será realizado levando em consideração possíveis impactos ambiental e social causados pela construção das oficinas no Guanabara. Olivier Romeje, gerente da Egis Engenharia, falou sobre a experiência da empresa que pretende concluir os estudos técnicos o quanto antes.

O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, comentou que a assinatura da ordem de serviço é um presente para Rio Claro que completa 191 anos neste domingo (24). Juninho observou que essa conquista é fruto de várias pessoas, inclusive de gestões anteriores, que trabalharam para viabilizar o projeto. “A ferrovia teve papel importante no desenvolvimento do município, mas hoje divide Rio Claro em duas cidades. A transferência das oficinas permitirá a construção de uma grande avenida que irá melhorar a mobilidade urbana com possibilidade de desenvolver outros projetos na região”, declarou Juninho. “A mudança das oficinas vai atender propósitos urbanísticos de Rio Claro e a construção de novos galpões poderá gerar novas oportunidades de trabalho e desenvolvimento”, reforçou Francesco Rotolo, secretário municipal de Governo, Desenvolvimento Econômico e Planejamento.

Para o presidente da Câmara Municipal, vereador André Godoy, essa ordem de serviço é a concretização de um sonho coletivo de muitas pessoas que trabalharam por essa conquista. “É com união e parcerias que o município está conseguindo realizar obras e serviços em benefício da população”, afirmou.

A somatória de forças em prol do projeto também foi destacada pelo deputado federal Miguel Lombardi. “Foi uma grande luta viabilizar esse compromisso que é uma conquista de todos, independente de partido político. Sem união, Rio Claro não estaria recebendo recursos para realizar os estudos técnicos”, disse. Citando o ilustre rio-clarense Ulysses Guimarães, o deputado federal Nelson Marquezelli cumprimentou a todos os envolvidos no projeto de transferência das oficinas.

Do evento também participaram o vice-prefeito e secretário de Segurança, Marco Antonio Bellagamba; os secretários Ronald Penteado (Esportes e Turismo), Anderson Golucci (Habitação), Rodrigo Ragghiante (Negócios Jurídicos), Daniela Ferraz (Cultura), Emilio Cerri (Agricultura) e Djair Francisco (Saúde); os superintendentes Ricardo Pires de Oliveira (Daae) e Monica Frandi Ferreira (Arquivo Público); o comandante da Guarda Civil Municipal, Luís Fernando Godoy; Marcos Barrozo Ghiorzi, da consultoria e gestão de contratos da Egis Engenharia; Marcelo Rodrigues, diretor de Relações Governamentais da Rumo Logística; os vereadores Luciano Bonsucesso, Geraldo Voluntário, Ruggero Seron, Júlio Lopes, Ney Paiva, Irander Augusto, Maria do Carmo Guilherme, Carol Gomes, Hernani Leonhardt e Yves Carbinatti; entre outras autoridades e populares.

Programa da PM de combate às drogas forma 465 alunos

A Polícia Militar realizou na noite de quinta-feira (21), no Sesi de Rio Claro, a formatura de 465 crianças do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd).

De acordo com o setor de Comunicação Social da PM, o programa está sendo aplicado em Rio Claro há 19 anos e já formou mais de 36.000 crianças no município. O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, ressalta que “enquanto houver estas parcerias da PM com as escolas, será possível construir menos presídios, pois, bem orientados, nossas crianças e jovens se manterão no bom caminho”.

O Proerd é um programa preventivo e estratégico, tendo como objetivo principal educar as crianças em seu meio natural, a escola, sendo instruídos por policiais militares e também com o auxílio dos professores e a participação dos pais, levando o programa para a família. O programa abrange especialmente crianças no 5º ano do Ensino Fundamental, mostrando-lhes os efeitos das drogas e ensinando as habilidades necessárias e motivação para manterem-se longe desse mal.

Da solenidade também participaram os vereadores Júlio Lopes e Ruggero Seron, o capitão Marcos Paulo Barreto, professores e o diretor do Sesi, Luiz Renosto.

Prefeitura conclui obra em avenida ao lado do aeroclube

A prefeitura de Rio Claro concluiu nesta semana obra viária na Avenida 59, no Jardim Kennedy, ao lado do aeroclube. Trecho na confluência com os bairros Jardim Itapuã e Jardim Anhanguera recebeu intervenção para ampliar a largura da via.

“É uma obra relativamente simples, mas de grande importância, principalmente porque contribui para maior segurança de quem transita pelo local”, destaca o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.

Para que a intervenção fosse viabilizada a rotatória existente no trecho foi reduzida, dando lugar à segunda faixa da via. Com a obra realizada pela prefeitura, agora é possível o tráfego de dois veículos ao mesmo tempo, onde só passava um veículo por vez. Assim, o trânsito no local ganha mais fluidez. O trabalho foi realizado com o envolvimento das secretarias de Obras, de Agricultura e de Segurança, e equipe do programa Nova Vida.

Além de alargar a avenida, a prefeitura também providenciou ajustes na arborização do local e melhoria no sistema de iluminação pública com a substituição de sete luminárias.

“Estamos trabalhando para um trânsito melhor para todos e para isso, quando constatada a necessidade, temos realizado diferentes intervenções viárias, incluindo reforço de sinalização, alteração de mão de direção e implantação de semáforos”, observa Marco Antonio Bellagamba, secretário de Segurança, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Sistema Viário.