Prefeitura solicita apoio da OAB para acompanhamento de concursos públicos

A prefeitura de Rio Claro formalizou nesta terça-feira (11) à Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), 4ª Subseção de Rio Claro, pedido de apoio para acompanhar os concursos públicos realizados pela administração municipal. No momento estão em andamento certames da prefeitura e do Daae (Departamento Autônomo de Água e Esgoto).

“Esperamos contar novamente com o auxílio da OAB, que tem sido muito parceira da nossa administração”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, destacando a importância, representatividade e credibilidade da OAB na sociedade. “O objetivo é sempre total transparência”, observa Juninho.

A solicitação foi feita em reunião no paço municipal. O presidente da OAB de Rio Claro, Mozart Gramiscelli Ferreira, informa que a entidade está à disposição para ajudar no que for possível. “Vamos levar o pedido para deliberação da diretoria”, declara.

André Godoy, presidente da Câmara Municipal, observa que a parceria da OAB com o município se estende por várias ações e projetos. Exemplo disso foi a elaboração do projeto de lei que institui o Código Municipal de Defesa e Proteção dos Animais. “São várias iniciativas realizadas em parceria que beneficiam o município e a população”, frisa.

Também participaram da reunião o secretário dos Negócios Jurídicos, Rodrigo Ragghiante; o vereador Val Demarchi; os advogados Sérgio Dagnone e Marcelo Tadeu Pajola, tesoureiro da OAB.

Distrito de Assistência ganha melhoria na iluminação pública

A prefeitura de Rio Claro vai ampliar a iluminação pública na entrada principal do distrito de Assistência, na Rua Maria Ferraz Pereira, antiga Rua 1, que também dá acesso à Rodovia SP-127. O serviço será iniciado nesta quarta-feira (12) por equipe da Selt Engenharia, responsável pela manutenção da iluminação pública no município.

O local possui iluminação precária, o que gera insegurança para quem precisa utilizar a via durante a noite. “Vamos instalar mais lâmpadas para aumentar a claridade e a sensação de segurança de pedestres e motoristas”, informa o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, que esteve no local nesta terça-feira (11).

As lâmpadas de 70 watts de potência serão substituídas por lâmpadas de 250 watts de potência, sendo que cada braço terá duas luminárias. “Esse serviço atende antigo pedido da comunidade e vai ajudar muito os moradores, principalmente os estudantes universitários que esperam na pista o ônibus para ir para faculdade”, observa o subprefeito de Assistência, Paulo Henrique Maule. A melhoria também atende solicitação do vereador Rafael Andreeta.

Desde o ano passado a prefeitura está investindo em melhorias na iluminação pública, para aumentar a sensação de segurança da comunidade. Vários bairros já foram atendidos com a instalação de lâmpadas de LED ou lâmpadas de 250 watts de vapor metálico e luz branca, com iluminação melhor que a de luz amarela.

Desocupação de área verde no Jardim Nova Rio Claro

Mais uma desocupação de área de preservação permanente (APP) foi iniciada nesta terça-feira (11) em Rio Claro. Dessa vez a ação está sendo realizada no Jardim Nova Rio Claro, na Avenida 1, entre as ruas 25 e 28. O terreno, que tinha sido invadido há alguns anos, está sendo reintegrado ao patrimônio público por determinação da Justiça.

O processo judicial foi iniciado em 2014 pela administração municipal anterior e agora a Justiça expediu ordem de reintegração de posse com cumprimento imediato. “A desocupação está sendo feita pela Justiça que pediu apoio da prefeitura para realizar a ação”, explica o secretário municipal dos Negócios Jurídicos, Rodrigo Ragghiante.

A desocupação está ocorrendo de forma tranquila. Avisadas previamente, as famílias retiraram seus pertences e deixaram as edificações que estão sendo derrubadas para evitar novas invasões. “As famílias deixaram pacificamente as moradias e não houve resistência”, informa Luiz Alberto Irikura, presidente da Comissão Deliberativa sobre a Ocupação Indevida de Imóveis Públicos Municipais, criada no ano passado pela prefeitura para combater a invasão de áreas públicas.

A ação está sendo acompanhada por oficial de justiça e conta com o envolvimento de várias secretarias municipais e apoio da Guarda Civil Municipal (GCM). Equipes da Elektro e do Daae (Departamento Autônomo de Água e Esgoto) também participam da ação removendo as ligações clandestinas de energia elétrica e água.

A invasão de áreas públicas é um problema antigo no município que prefeitura vem trabalhando para resolver, por meio da Comissão de Ocupação Indevida, criada para essa finalidade. A primeira desocupação foi realizada no ano passado no Jardim Nova Rio Claro. Prédio na Rua 1, região central da cidade, também foi desocupado. No imóvel a prefeitura construiu banheiros públicos para uso da comunidade. Também houve desocupações no Jardim Inocoop e Jardim Novo. No mês passado, foi realizada desocupação de terreno invadido no Jardim Araucária onde será construída uma creche para atender 92 crianças em período integral ou 184 em período parcial.

Cachorra da GCM de RC fica em 4º lugar no campeonato de cães de faro

O canil da Guarda Civil Municipal rio-clarense foi um dos destaques do 10º Campeonato de Cães de Polícia das Guardas Municipais. A disputa foi realizada no início deste mês em Sumaré e a cadela de faro Pandora, de Rio Claro, conquistou a quarta colocação na detecção de entorpecentes. Disputaram 22 cidades e 32 equipes. Pandora participou acompanhada dos guardas municipais Ritter e De Souza.

“Os bons resultados que o canil da Guarda Municipal vem obtendo é reflexo de um trabalho sério, voltado para o aperfeiçoamento e constante busca de melhoria no atendimento à população”, comenta o secretário municipal de Segurança, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Sistema Viário, Marco Antonio Bellagamba, ressaltando que o uso de cães na área de segurança é extremamente eficaz.

Na prova de detecção o cão deve localizar os entorpecentes no menor tempo possível. Pandora, que é da raça pastor belga de malinois, cumpriu a prova em 4 minutos e 25 segundos. Na primeira colocação dessa modalidade ficou a GCM de Campinas, seguida das guardas civis de Santa Bárbara D’Oeste e de Santana de Parnaíba.

Em 2017 a Guarda Civil de Rio Claro conquistou o título de detecção de entorpecentes no torneio com o cão de faro Áthila, que realizou a prova em um minuto e 43 segundos, estabelecendo novo recorde. Em maio deste ano o cão Áthila faleceu por problemas renais.

De acordo com o Guarda Civil Palma, coordenador do canil da GCM de Rio Claro, o município a princípio não participaria da edição deste ano do campeonato, pois não havia tempo hábil para a preparação após a morte de Áthila. Com três anos de idade, a cadela Pandora chegou à Guarda Civil de Rio Claro já adulta e sem treino em detecção de entorpecentes.

“Acabamos decidindo participar mesmo com tempo reduzido de treino, para termos uma ideia do nível em que estava Pandora”, explica Palma. “Para a nossa surpresa, ela ficou na quarta colocação, que é um ótimo resultado”, acrescenta, destacando que a Guarda Civil já está se preparando para tentar o primeiro lugar no ano que vem.

Domingo tem porco à paraguaia no Sobradão

Quem quiser saborear no almoço de domingo (16) delicioso porco à paraguaia ainda pode adquirir adesões ao preço de R$ 35,00 no Fundo Social de Solidariedade de Rio Claro. “Solidariedade e amor ao próximo têm sido os principais ingredientes dos eventos que organizamos, sempre contando com a contribuição da comunidade”, destaca Paula Silveira Costa, presidente do Fundo Social.

O evento será realizado a partir do meio dia no Sobradão.  Além do porco, servido como prato principal, a adesão dá direito a feijão gordo, arroz, torresmo, farofa e salada. A animação musical será da dupla sertaneja Francisco e Fernando.

A arrecadação será destinada à realização de festa de Natal para crianças carentes. “Convidamos a todos para quem venham passar uma agradável tarde conosco e também, num gesto de generosidade, contribuir para que levemos diversão e alegria às crianças”, acrescenta Paula.

Para saborear o almoço com porco à paraguaia crianças com até dez anos não pagam. As bebidas serão cobradas a parte. O Fundo Social de Solidariedade, onde as adesões estão sendo vendidas, fica segundo piso do paço municipal (Rua 3, entre avenidas 3 e 5). O atendimento é feito de segunda a sexta, das 8 às 11h30 e das 13 às 17 horas. O Sobradão Eventos, onde será realizado o almoço, fica na Estrada do Sobrado, 1313.

Casarão da Cultura tem mostra de cinema na quarta-feira

Mostra de cinema: Um lugar ao sol será realizada quarta-feira (12) no Casarão da Cultura de Rio Claro. Além da exibição de “Era o Hotel Cambridge”, será realizado debate para discutir a temática abordada na tela. A mediação será de Natália Christofoletti Barrenha, que conduzirá as discussões a partir da exibição do filme. O evento gratuito será às 19h30 e a classificação indicativa é 12 anos.

“O filme fala de assunto muito atual e convida para uma discussão bastante complexa, inclusive no que diz respeito a relações sociais e comportamentos humanos”, destaca Daniela Ferraz, secretária da Cultura.

Da diretora Eliane Caffé, “Era o Hotel Cambridge” fala de refugiados recém-chegados a São Paulo que, em busca de lugar para morar, se unem a trabalhadores e famílias sem-teto em uma ocupação no centro da cidade. Juntos, transformam um edifício abandonado, o antigo Hotel Cambridge, num gigantesco palco de luta e experiências tragicômicas. Apesar do preconceito mútuo, as lideranças se unem e colocam em prática estratégias inusitadas para driblar os problemas da vida coletiva. Assim, orquestram-se os mutirões de limpeza e de manutenção, as saídas para o “shopping rua” – como é chamada a coleta de móveis e objetos em bom estado colocados no lixo –, as assembleias, as rodas de conversa e bebida, os amores e até as chamadas por Skype com os parentes deixados no outro lado do mundo.

Lançado em 2016, o filme participou de diversos festivais e continua sendo exibido em todo mundo. Ganhou inúmeros prêmios, entre eles o Prêmio da Crítica no Festival do Rio de 2016, e o Prêmio do Público (voto popular), também no Festival do Rio, e na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, dois dos mais importantes festivais de cinema no Brasil.

Natalia Christofoletti Barrenha é doutora em Cinema pela Universidade Estadual de Campinas – Unicamp, onde também desenvolve sua pesquisa de pós-doutorado e dá aulas. É curadora de diversas mostras audiovisuais, entre elas “Um lugar ao sol. A cidade em disputa no cinema brasileiro contemporâneo”, realizada em agosto em São Paulo e da qual o filme Era o hotel Cambridge fez parte da programação. A realização da mostra tem o apoio do Proac – Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo.

Disputa por vagas no G-8 marca Série Prata a duas rodadas da fase classificatória

O Campeonato Municipal de Futebol Amador Série Prata está a duas rodadas do término da fase classificatória. No último domingo, 9/9,o Nação Família CVZ, líder do Grupo A, com 34 pontos, venceu mais uma competição: 1 a 0 no jogo contra o Terra Nova. No mesmo grupo, o segundo colocado é o Expressinho IX de Julho, 32 pontos, que também comemorou vitória na rodada: 2 a 1 diante do Bonsucesso.

Também com 32 pontos mas na terceira colocação do Grupo A está o Itapé FC que venceu o Família Santa Maria por 1 a 0 no clássico da rodada. Mesmo com a derrota o Família STM segue na vice liderança do Grupo B com 28 pontos.

No Grupo B, a liderança é do Vila Olinda, 33 pontos, após vitória por 2 a 0 no jogo contra o Nova esperança. A rodada teve ainda os seguintes resultados: Sport Ceará 0x0 CSA Ajapi; Araucária 4×4 Guardiões Assistência; Atlético Nacional 1×1 Força Jovem; Atlético RJB 4×2 CR Motos; Unidos 2×7 Arapiraca FC; Ajax FC 0x5 Garotos da Farra; Ribeirão Claro Extra 1×4 Villa Real; Unidos Jardim Novo 1×2 Unidos Itapé; PSG 1×2 Real Sport Club; Alagoanos 1×3 Sport PSJ e Real Máster Gás 1×1 Garotos Paineiras.

A 15ª rodada do campeonato está confirmada para o próximo domingo, 16/9, com as seguintes partidas: CSA Ajapi x Araucária, às 10 horas, em Ajapi; Guardiões Assistência x Atlético Nacional, às 10 horas, na Assistência; Força Jovem x Atlético RJB, às 10 horas, no Paulistão; CR Motos x Unidos FC, às 8 horas, no Paulistão; Arapiraca x Ajax FC, às 10 horas, no Juventus; Garotos da Farra x Bonsucesso, às 8 horas, no Ipiranga; Expresssinho IX de Julho x Família Santa Maria, às 8 horas, no IX de Julho; Itapé FC x Ribeirão Claro Extra, às 9h30, em Itapé; Villa Real Bahia x Madrugadão, às 10 horas, no IX de Julho; Unidos Itapé x PSG FC, às 8 horas, na Assistência; Real Sport Club x Alagoanos, às 10 horas, no Ipiranga; Aiyzan FC x Terra Nova, às 10 horas, no Santana; Nação Família CVZ x Real Máster Gas, às 8 horas, na Lagoa Seca; Paineiras x Vila Olinda, às 8 horas, no Santana e Nova Esperança x Sport Ceará, às 8 horas no Juventus.

Pela 14ª rodada do Campeonato Municipal de Futebol Série Bronze os resultados foram: Família Pit Stop 0x2 EC Nova Era; Alan Grey 0x3 União Jovem; Christofoletti FC 1×3 ECJF; Santa Elisa 1×3 Santa Cruz; Ferraz 0x5 Red Bull; Nordestão 0x3 Corumbataí; Atlético Jardim Novo 5×1 Sociedad Sparta.

Rio Claro suspende novo prazo de cadastramento para transporte por aplicativos

Em razão de decisão liminar, a prefeitura de Rio Claro não abrirá novo prazo de cadastramento para motoristas que desejam trabalhar com transporte individual de passageiros por meio de aplicativos. A prefeitura anunciou na semana passada a publicação de edital com o novo prazo para regularizar os profissionais que atuam no município.

No entanto, o juiz da Vara da Fazenda Pública de Rio Claro, André Alcântara, concedeu nova liminar autorizando os motoristas a trabalharem sem cadastro na prefeitura. “Em função da decisão judicial estamos suspendendo o novo prazo de cadastro, porém apresentamos recurso ao Tribunal de Justiça contra a decisão”, explica o secretário municipal dos Negócios Jurídicos, Rodrigo Ragghiante.

O serviço de transporte de passageiros por aplicativos é regulamentado por lei municipal, elaborada com base na lei federal (13.640/2018). “A lei federal determina que os municípios devem regulamentar o serviço de transporte por aplicativos”, observa Ragghiante. O artigo 11-A estabelece que “compete exclusivamente aos municípios e ao Distrito Federal regulamentar e fiscalizar o serviço de transporte remunerado privado individual de passageiros”.

A prefeitura entende que a regulamentação é de fundamental importância para garantir que os profissionais não tenham antecedentes criminais, sejam devidamente habilitados e os veículos estejam em condições de trafegar. “O cadastro dos motoristas é feito para dar segurança e proteção aos passageiros, garantindo maior confiabilidade ao serviço”, afirma o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria. “Temos urgência em resolver o problema, pois tem muitas pessoas aguardando uma solução definitiva para poderem trabalhar”, acrescenta.

Rio Claro terá um limite de 123 alvarás de permissão, conforme previsto na lei que autoriza o serviço no município.