Airsoft busca expansão em Rio Claro

Integrantes do Coyotes Airsoft Team visitaram o paço municipal para apresentar a modalidade esportiva ao prefeito de Rio Claro João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria na terça-feira (6). O airsoft é um esporte de ação que simula situações de combate com uso de armas de pressão que disparam bolinhas de plástico. Os equipamentos são réplicas externas de armas de fogo reais.

A equipe local foi fundada em maio de 2016 e possui 22 operadores efetivos. Na região são mais dez equipes com mais de 200 operadores. Os treinos são realizados em área desativada da Escola Estadual “Chanceler Raul Fernandes”, localizada no bairro Vila Operária.

“Nosso governo tem incentivado os esportes de base porque sabemos da importância do esporte para melhoria da saúde e qualidade de vida da população. Dentro das possibilidades financeiras apoiamos toda iniciativa que incentiva a prática esportiva”, declara Juninho da Padaria.

Diego Gasbarro, comandante da equipe, informa que a prática de airsoft é realizada em florestas ou locais abandonados, e simula combates reais com uma história e objetivos a serem cumpridos. “O esporte só é praticado por pessoas acima de 18 anos. Os menores de idade devem estar acompanhados pelo responsável legal”, explica Gasbarro.

A visita da equipe ao paço municipal foi agendada pelo vereador Paulo Guedes. “Além de praticarem esporte em franca expansão, esses rio-clarenses promovem importantes ações sociais em benefício da comunidade em seus eventos esportivos”, observa Paulo Guedes.

O comandante Diego Gasbarro informa que o grupo já realizou campanha de arrecadação de alimentos e campanha do agasalho. “Realizamos jogos para arrecadação de donativos variados. Já fizemos doação de alimentos para a Casa das Crianças e estamos organizando um evento de Natal para o dia 9 de dezembro com doação de brinquedos”, informa. Quem quiser saber um pouco mais sobre o grupo pode acessar a página do Coyotes Airsoft Team no Facebook ou ligar para o telefone (19) 99178-3695.

Quintetos de Quinta abre exposição de concurso fotográfico

“Sombra Tocante”. Foto de Marcos A. Fegadolli. 2013. Imagem do acervo do Arquivo Público

Rio Claro realiza nesta quinta-feira (8) mais uma edição do Quintetos de Quinta com apresentação da Banda União dos Artistas Ferroviários a partir das 19h30 no Casarão da Cultura. A apresentação musical marcará a abertura da exposição e premiação da 10ª edição do concurso fotográfico “Rio Claro Revela sua História”, promovido pelo Arquivo Público e Histórico “Oscar de Arruda Penteado” com apoio da Secretaria Municipal da Cultura. A entrada é gratuita. “A comunidade poderá ouvir boa música e apreciar a fotografia como obra de arte”, convida a secretária da Cultura, Daniela Ferraz.

A edição deste ano tem como tema “Cartões Postais: um olhar atual sobre Rio Claro”. Os três primeiros colocados no concurso fotográfico vão receber prêmio em dinheiro: R$ 687,89 para o primeiro lugar, R$ 412,73 para o segundo e R$ 268,35 para o terceiro. Também serão concedidas menções honrosas a critério dos jurados. As fotos inscritas vão fazer parte do acervo do Arquivo Público e ficarão disponíveis para usos diversos, preservando os créditos da autoria.

“O concurso visa ampliar o acervo iconográfico do Arquivo Público, incorporando em suas coleções os registros fotográficos diferenciados de nossa cidade”, explica a superintendente da autarquia, Monica Frandi Ferreira. De acordo com ela, a realização do concurso incentiva uma maior relação dos munícipes com os espaços urbanos de Rio Claro e também proporciona olhares dos monumentos históricos a partir de novos ângulos.

As fotografias premiadas e as selecionadas serão expostas no Casarão da Cultura, com visitações de 9 a 30 de novembro. O público poderá conferir as obras de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas. O Casarão da Cultura fica na Avenida 3 esquina com a Rua 7, número 568, Centro.

“Balança”. Foto de Marcelo Cerri Rodini. 2011. Imagem do acervo do Arquivo Público

Também no evento desta quinta-feira (8) será realizado o lançamento do Calendário do Arquivo 2019, disponível para venda na sede da autarquia (Rua 6, 3265, Alto do Santana), no paço municipal e na banca da matriz, pelo valor de R$ 5,00 cada. Durante a premiação do concurso fotográfico, os interessados poderão adquirir pranchas de desenhos de prédios históricos de Rio Claro, confeccionadas a bico de pena pelo artista Percy de Oliveira.

Prefeito solicita área das antigas oficinas ferroviárias ao Dnit e SPU

Objetivo da prefeitura é realizar ampla reurbanização da área, incluindo a construção de uma grande avenida.

 

Antigo problema do município, a área entre as avenidas 8-A e 24-A na região central de Rio Claro, foi assunto tratado pelo prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, na quarta-feira (7) em Brasília, com o Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) e SPU (Secretaria do Patrimônio da União). O prefeito entregou projetos solicitando a área para o município.

“Os encaminhamos que conseguimos nos contatos com o governo federal nos abrem uma perspectiva de que o processo de transferência das oficinas ferroviárias possa ter continuidade e Rio Claro finalmente tenha a possibilidade de reorganizar sua mobilidade urbana na região central, antigo pleito da comunidade”, comentou o prefeito Juninho. “É um projeto que vem de anos, mas a documentação agora está em Brasília e estamos também fazendo a correção do Plano Diretor para que as oficinas possam ser transferidas para o Jardim Guanabara”, acrescentou.

O prefeito conversou pessoalmente com Charles Beniz, diretor do Dnit, e, por telefone, com Sidrack de Oliveira Correia Neto, secretário da SPU, órgão responsável por áreas ferroviárias rio-clarenses desde 2016. Uma das áreas pertence à CPOS (Companhia Paulista de Obras e Serviços). Beniz e Correia Neto se colocaram à disposição do prefeito.

Charles Beniz quis saber do andamento do processo para alteração do Plano Diretor de Rio Claro, necessária para a implantação das oficinas ferroviárias no Jardim Guanabara, e ouviu do prefeito Juninho que o projeto já tramita na Câmara de Vereadores em caráter de urgência, o que dá tranquilidade jurídica para a continuidade da mudança das oficinas. “É uma situação herdada do passado, quando muito se falou, mas não se atentou para isso e, sem esta alteração, não será possível instalar as oficinas ferroviárias no Guanabara”, destaca o prefeito, afirmando que está contando com o apoio dos vereadores para a adequação do Plano Diretor. O vereador André Godoy, presidente da Câmara Municipal, ressalta que essa modificação no Plano Diretor é uma necessidade da cidade, e que a Câmara pretende dar celeridade na avaliação e votação do projeto para que Rio Claro possa receber todos os investimentos e infraestrutura que se fizeram necessários para as novas oficinas. “Isso será um benefício para o desenvolvimento da nossa cidade”, frisa.

Rio Claro terá brigadas para combater dengue em prédios públicos

Os mais de cem prédios públicos municipais de Rio Claro passarão a ter tolerância zero na eliminação de criadouros do mosquito Aedes aegypti. A fiscalização será feita por servidores municipais que integrarão as brigadas de cada órgão municipal. A proposta, apresentada nesta semana pelo secretário municipal de Saúde, Djair Francisco, tem como objetivo intensificar o combate ao mosquito que transmite dengue, chikungunya e zika vírus. “Sabemos da importância desta ação e estamos colocando todas as secretarias municipais à disposição do projeto, que precisará contar também com o envolvimento direto dos servidores”, afirma o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria. “Antes de cobrarmos a participação da comunidade, temos que dar o exemplo, cuidando dos nossos espaços”, ressalta Juninho.

De acordo com o secretário Djair, a proposta está amparada em decreto do Ministério da Saúde de julho de 2016 e surge também em razão do alerta de especialistas da possibilidade do País passar por novas epidemias de Zika e chikungunya, a partir do mês que vem ou janeiro de 2019.

“Nosso objetivo agora é intensificar ainda mais o combate ao mosquito, envolvendo todos os setores da administração para que cuidemos de eliminar potenciais criadouros nos prédios em que trabalhamos”, afirma o secretário, ressaltando que o mais recente estudo de densidade de larvas do Aedes indicou estado de alerta em Rio Claro.

Uma reunião deverá ser marcada nos próximos dias para o detalhamento do funcionamento e composição das brigadas, que não terão custos ao município, pois serão formadas exclusivamente por servidores municipais no expediente de trabalho. “Nossa sugestão é de que os que trabalham na limpeza e manutenção façam parte das brigadas”, informa o secretário da Saúde. Todos receberão orientações do Centro de Controle de Zoonoses.

A proposta de vistorias periódicas nos prédios públicos ganhou apoio dos demais secretários municipais. “A prefeitura já realiza o trabalho de limpeza de terrenos, que é importante no combate à dengue, e com as brigadas vamos olhar mais de perto os nossos prédios”, afirma Emílio Cerri, secretário de Agricultura. “Nas escolas municipais já temos feito a conscientização, porém este cuidado mais rigoroso com imóveis municipais também é muito importante no combate ao mosquito”, destaca Adriano Moreira, secretário da Educação.

“A idéia é que cada brigada elimine os criadouros do mosquito e, quando necessário, acionem nossos agentes de saúde para providências em problemas de solução mais difícil”, explica o secretário Djair Francisco.

Daae faz reparo emergencial em adutora no bairro Jardim Brasília

O Departamento Autônomo de Água e Esgoto (Daae) de Rio Claro faz reparo emergencial em adutora de 300 milímetros localizada na Estrada dos Costas com a Avenida 20, no bairro Jardim Brasília, na tarde desta quarta-feira (7). Para realizar o conserto foi necessário interromper o abastecimento de água. Por esse motivo, pode ocorrer baixa pressão ou interrupção temporária no fornecimento de água nos bairros Jardim das Palmeiras, Jardim das Nações 1 e 2, Jardim Guanabara, Terra Nova e condomínios localizados na Estrada dos Costas.

Como o local tem movimentação de máquinas, a autarquia aconselha que o munícipe redobre a atenção e os cuidados, e evite transitar nas proximidades, procurando rotas alternativas para diminuir riscos de acidentes. A previsão inicial de conclusão da manutenção emergencial é para o final da tarde desta quarta-feira (7). Assim que o serviço for concluído, a normalização da pressão será restabelecida e abastecimento normalizado.

Nesse período, o Daae orienta que os consumidores redobrem a atenção para o uso racional da água e reforça a importância dos moradores terem reservatório de água em seus imóveis. As populares “caixas d’água” são importantes para reduzir transtornos em caso de interrupção no fornecimento, com volume suficiente para 24 horas de consumo racional. Além disso, a instalação de reservatórios nas residências é obrigatória, conforme estabelece o Código Sanitário Estadual.

Mais informações podem ser obtidas na Central de Atendimento do Daae, pelo telefone 0800-505-5200.