Rede municipal inicia ano letivo com período de adaptação para as crianças

Alunos terão horário reduzido nos primeiros dias de aula.

A rede municipal de ensino de Rio Claro inicia o ano letivo de 2019 nesta quarta-feira, dia 6 de fevereiro, após período de férias. Nessa data, cerca de 20 mil alunos retornam às aulas nas 63 unidades de ensino do município, incluindo creches, escolas e projetos. Professores e funcionários das escolas municipais iniciaram atividades na sexta-feira (1°) com a aula inaugural que discutiu os projetos realizados no ano passado, além de planos e metas para este ano.

As escolas terão tempo de adaptação para os novos alunos e também para quem vai retomar as atividades escolares. “Os pais e responsáveis devem ficar atentos para que o retorno às aulas seja um momento tranqüilo de rever amigos e retomar os estudos”, observa o secretário municipal da Educação, Adriano Moreira.

Os alunos do ensino fundamental terão horário reduzido na quarta-feira (6). As escolas vão funcionar das 7 às 9 horas no período da manhã e das 13 às 15 horas no período da tarde. A partir de quinta-feira (7), o funcionamento será em horário normal. O mesmo vale para as crianças atendidas pelos projetos. Nas escolas “Rubens Foot Guimarães” (Agrícola) e Dennizard França Machado, o horário de adaptação na quarta-feira será das 7h30 às 9h30.

Na educação infantil (creche e pré-escola) haverá três dias de adaptação, com duas horas de aula em cada um. Na quarta e quinta-feira as crianças atendidas em período integral terão aulas das 7 às 9 horas ou das 7h30 às 9h30. Nesses dois dias os alunos deverão estar acompanhados dos pais ou responsável. Na sexta-feira (8), o horário será o mesmo, mas sem a presença de acompanhantes. A partir de segunda-feira (11) o horário será normal. “É importante restabelecer a rotina para que a criança comece o ano adaptada e sinta-se segura e confortável na escola”, comenta Osmar Garcia, diretor do Departamento Pedagógico da Secretaria Municipal da Educação.

As crianças atendidas pelo Projeto Recriando também terão período de adaptação. Na quarta e na quinta-feira, o atendimento será das 7h30 às 9h30 e das 13 às 15 horas, com a presença dos responsáveis. Na sexta-feira (8), as aulas ocorrerão das 7h30 às 9h30 e das 13 às 15 horas, sem acompanhamento dos responsáveis. No Programa de Educação Integral, horário especial na quarta-feira (6), das 7 às 9 horas e das 13 às 15 horas, e normal a partir de quinta-feira (7).

Os alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) retornam às aulas na terça-feira (5), das 19 às 21 horas. A partir de quarta-feira (6) o horário será normal, com exceção das salas descentralizadas da Escola Municipal Marcelo Schmidt onde as aulas começarão na quarta-feira, das 7 às 9 horas, voltando ao horário normal a partir de quinta-feira (7).

Rio Claro realiza primeira pré-conferência de saúde na 6ª-feira

Evento é aberto ao público e preparatório para a 14ª Conferência Municipal, que será em abril.

Após o encontro preparatório, realizado no dia 31 de janeiro, a Fundação de Saúde de Rio Claro e o Conselho Municipal de Saúde realizam no próximo dia 7 a primeira pré-conferência de saúde. O encontro visa discutir e elencar os assuntos que deverão ser levados à 14ª Conferência Municipal de Saúde que será realizada dia 13 de abril.

Essa primeira pré-conferência faz parte do eixo 1 das discussões e tem como tema “O papel do Estado como disciplina e fomentador do direito à saúde”. 

O evento, aberto ao público, terá início às 14 horas no auditório da Faculdade Claretiano.

Todos os eixos de discussão terão subtemas relacionados ao tema principal da conferência de abril, que é “A Consolidação do SUS (Sistema Único de Saúde) para Manutenção do Direito à Saúde”.

A Faculdade Claretiano fica na Avenida Santo Antonio Maria Claret, 1724, Jardim Claret. A partir desse mês serão realizadas várias pré-conferências, com profissionais de saúde e população para estabelecer as questões a serem discutidas no evento de abril.

Vale lembrar que propostas e reivindicações votadas durante a conferência municipal podem ser aceitas e incorporadas ao SUS em todo o País. É garantida aos cidadãos a participação social no Sistema Único de Saúde pela Lei nº 8142/90, para fins de controle social. A participação da população dá-se de duas formas – nos conselhos de saúde e nas conferências de saúde.

Alta turbidez da água bruta interrompe temporariamente captação de água na ETA 2

Chuvas aumentam a turbidez do Rio Corumbataí.

O Departamento Autônomo de Água e Esgoto (Daae) de Rio Claro informa que, em razão das fortes chuvas ocorridas na noite de domingo (3), houve um grande aumento da turbidez no manancial de captação de água bruta do Rio Corumbataí.

Com isso, a autarquia precisou paralisar temporariamente na manhã de segunda-feira (4) a captação de água bruta do sistema de captação da Estação de Tratamento de Água (ETA) 2, localizada na estrada municipal que liga o Distrito Industrial ao distrito de Ajapi.

“A paralisação temporária na captação, tratamento e distribuição foi necessária para manter a qualidade da água dentro dos parâmetros exigidos pela legislação”, explica o superintendente do Daae, Paulo Roberto Bortolotti, alertando a população quanto ao consumo racional da água. “Pedimos que os consumidores redobrem a atenção ao uso consciente da água nesse período”.

A paralisação pode resultar em baixa pressão ou interrupção temporária no fornecimento de água nos Distritos de Assistência e de Ajapi e nos bairros Mãe Preta, Grande Cervezão, Santana, Alto do Santana, Parque das Nações 1 e 2, Distrito Industrial, Vila Industrial, Arco-íris, Alan Grey, Vila Verde, Vila Nova, Vila Martins, Vila Olinda, Floridiana, Jardim América, Progresso 1 e 2, Guanabara, Palmeiras, Jardim das Flores, Bonsucesso, Village, Panorama, Maria Cristina, Cidade Azul, Jardim Azul, Boa Vista, Paulista 2, Centenário, Nova Rio Claro, Bandeirantes, Primavera, Jardim Portugal, Jardim Brasília, Jardim Karan, Figueira, Ipê, São Paulo, Jardim São João, Wenzel, Novo Wenzel, São Miguel, Santa Maria, Santa Elisa, Terra Nova, Recanto Paraíso, São Caetano, Parque Universitário, Parque São Jorge, Parque Residencial, Ipanema, Chácara Rupiara, Matheus Manieiro, BNH, Bom Retiro, Condomínio Residencial São Paulo Home, Residencial Florença, Residencial Regina Picelli, Águas Claras, Paineiras, Santa Clara 1 e 2 e Benjamin de Castro.

O Daae está monitorando a água do Rio Corumbataí a cada 15 minutos para verificar a turbidez, que está diminuindo em razão da capacidade de autodepuração (recuperação) do corpo d’água do rio. A previsão é de que os trabalhos de captação, tratamento e abastecimento de água na ETA 2 sejam retomados ainda nessa segunda-feira (4).

O Daae reforça a orientação para que os moradores tenham reservatório de água em seus imóveis. As populares “caixas d’água” são importantes para reduzir transtornos em caso de interrupção no fornecimento, com volume suficiente para 24 horas de consumo racional, eliminando os transtornos aos usuários em casos como esse. Além disso, a instalação de reservatórios nas residências é obrigatória, conforme estabelece o Código Sanitário Estadual.

A autarquia ressalta ainda que, na retomada da captação total, pode haver situações pontuais de turbidez na água em alguns bairros e orienta a população a relatar eventuais casos ou solicitar descarga de cavalete e teste da qualidade da água em seu imóvel por meio de agendamento, que deve ser feito pelo telefone 0800-505-5200, ou presencialmente na Avenida 8-A, 360, bairro Cidade Nova, de segunda à sexta-feira, das 9 às 15 horas.

Mais informações podem ser obtidas pela Central de Atendimento do Daae, no telefone 0800-505-5200.

Prefeitura finaliza decreto com regras para a Cidade Inteligente

Empresas terão 60 dias para se manifestarem. Implantação dos projetos não terá custos ao município.

As empresas interessadas em apresentar projetos para o município se tornar uma Cidade Inteligente terão dentro de alguns dias as regras para participarem desse processo. O decreto que estabelece as regras sobre a Manifestação de Interesse Privado (MIP) e o Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) será publicado na próxima semana, dando prazo de 60 dias aos interessados.

O projeto, denominado O Futuro Já / Rio Claro+10, tem a expectativa de transformar o município de Rio Claro em referência na América Latina como Cidade Inteligente, em parceria com a iniciativa privada. A utilização de novas tecnologias inclui a instalação de uma ampla infovia em toda a cidade, que poderá gerenciar o sistema de trânsito, a iluminação pública, escolas, postos de saúde e oferecer outros serviços públicos.

O Rio Claro+10 também prevê o melhor aproveitamento de áreas públicas, como as oficinas ferroviárias, aeroporto, Lago Azul, Floresta Estadual, entre outras. Os estudos, elaboração de projetos e implementação das inovações não terão custos ao município.

“É um projeto pioneiro que está sendo elaborado pensando no crescimento de Rio Claro, que tem grande potencial de desenvolvimento. Vamos explorar esse potencial para alavancar o crescimento do município gerando riquezas, emprego, renda e melhor qualidade de vida”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria. “Rio Claro ganha um projeto inovador, que já nasceu com uma grande perspectiva de sucesso”, acrescenta.

Francesco Rotolo, secretário municipal de Governo, Desenvolvimento Econômico e Planejamento, observa que o conceito de “Smart City” (Cidade Inteligente) é uma tendência mundial. “A implantação de uma ‘Smart City’ possibilita atrair investimentos, assim como, através dessa tecnologia, reduzir gastos públicos e colocar Rio Claro num patamar de cidades atraentes para novos investimentos”, afirma.