Carreta da mamografia já está no Espaço Mais Saúde

Objetivo é atender mulheres de Rio Claro e da microrregião.

A carreta do programa Mulheres de Peito, mantido pelo Governo do Estado, chegou a Rio Claro na manhã desta segunda-feira (11) e deverá permanecer no município até o dia 30 de março, no Espaço Mais Saúde, na Avenida Visconde do Rio Claro entre avenidas 10 e 12. Mulheres entre 50 e 60 anos de idade podem fazer exames gratuitos de mamografia para prevenção do câncer de mama sem necessidade de pedido médico. Pacientes fora dessa faixa etária terão que apresentar pedido médico da rede pública ou particular para realizar o exame. A carreta do programa Mulheres de Peito irá atender de segunda a sexta-feira, das 9 às 18 horas, e aos sábados, das 8 às 13 horas.

“Com o auxílio do Espaço Mais Saúde, conseguimos zerar no ano passado a fila de pacientes que esperavam pela mamografia e hoje a espera é muito menor. Pleiteamos a vinda para Rio Claro do programa Mulheres de Peito ao governo do Estado e fomos atendidos. A vinda dessa unidade irá nos auxiliar no atendimento da demanda existente, garantindo acolhimento e humanização na realização dos exames”, afirma o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, que visitou o Espaço Mais Saúde nesta segunda-feira (11) acompanhado do secretário interino da Saúde, José Badra Neto. A carreta vem a Rio Claro também com o apoio do deputado Aldo Demarchi, que sempre intercede no governo estadual em benefício da comunidade.

“Comemorando o mês da mulher, o governo de Rio Claro oferece mais uma oportunidade para que as mulheres possam cuidar de sua saúde fazendo gratuitamente mamografias no Espaço Mais Saúde”, destaca Badra. “Queremos que a carreta esteja de portas abertas para atender pacientes de Rio Claro e também da microrregião”, acrescenta o secretário, informando que o objetivo é atender mulheres de Rio Claro, Analândia, Corumbataí, Ipeúna, Itirapina e Santa Gertrudes.

De janeiro de 2017 a março de 2018 quase seis mil pacientes realizaram mamografia em Rio Claro, que zerou a fila do SUS (Sistema Único de Saúde) para esses exames. O exame de mamografia deve ser feito anualmente por todas as mulheres acima de 50 anos de idade. Para as mais jovens, quando há indicação médica. Para ter acesso ao exame na rede pública, as mulheres também podem procurar a unidade de saúde mais próxima de suas casas.

Esses quase seis mil exames de mamografia foram realizados no AME (Ambulatório Médico de Especialidades, do governo estadual), na Gold Imagem, por meio de contrato estabelecido com a Santa Casa de Misericórdia, e na carreta da mamografia que estava no Espaço Mais Saúde no ano passado.

Prefeitura retira lixo e entulho de terreno no Jardim das Paineiras

Descarte irregular de lixo prejudica bairro. 

A prefeitura de Rio Claro realizou nova limpeza na Avenida 50, entre as ruas 26 e 27, no Jardim das Paineiras nesta segunda-feira (11). O serviço foi executado por equipe da Secretaria Municipal da Agricultura, Abastecimento, Silvicultura e Manutenção. Do local foi retirada grande quantidade de lixo e entulho. O secretário da Agricultura, Emilio Cerri, solicita a colaboração da comunidade para manter o espaço limpo. “Pedimos aos moradores que façam o descarte correto do lixo”, orienta.

Rio Claro tem seis ecopontos que funcionam de segunda a sexta-feira, das 8 às 20 horas, aos sábados das 8 às 17 horas e aos domingos e feriados das 8 horas ao meio dia. Nos ecopontos podem ser depositados até um metro cúbico de galhos, restos de podas de árvores e entulhos de materiais de construção; móveis, eletrodomésticos, madeiras MDF, colchões e outros objetos velhos; pilhas e materiais recicláveis, lâmpadas e óleo de cozinha. Lixo orgânico, hospitalar e de empresas não são aceitos nos ecopontos, pois têm outros modelos de descarte.

Além dos ecopontos, o Jardim das Paineiras conta com todos os outros serviços oferecidos pela prefeitura para o descarte correto de materiais. A coleta de lixo domiciliar é feita três vezes por semana, o bairro é atendido com o serviço mensal de cata bagulho, no qual caminhão da prefeitura recolhe porta a porta móveis velhos e itens inservíveis, e recebe coleta seletiva.

Os endereços dos ecopontos e calendários da coleta seletiva e cata bagulho estão disponíveis no endereço www.rioclaro.sp.gov.br.

Violência contra a mulher é tema de exposição


Mostra será aberta nessa terça-feira (12) e segue até dia 29.

O Casarão da Cultura abre nessa terça-feira (12), às 19 horas, a instalação de arte “A culpa é minha?”, que expõe a violência sofrida pela mulher na sociedade por meio de relatos reais de violência física, sexual e psicológica. A entrada é gratuita e a classificação indicativa é 16 anos.

“Para que a violência seja combatida precisamos falar sobre ela, até como forma de incentivo às denúncias”, observa Daniela Ferraz, secretária da Cultura.

O objetivo é desconstruir a ideia equivocada de culpar a mulher pela violência sofrida, inclusive censurando trajes. Com os relatos estarão em exposição roupas similares às que as mulheres estavam usando quando sofreram as agressões. A mostra tem como base depoimentos fornecidos por vítimas.

A exposição poderá ser vista até o dia 29 de março, de segunda a sexta, das 8 às 16 horas. O Casarão da Cultura fica na Avenida 3 com a Rua 7, Centro. O evento é organizado pela Secretaria da Cultura, por meio da Assessoria de Direitos da Mulheres, vinculada à Diretoria de Políticas Especiais, em parceria com a Fundação de Saúde.

Badra ouve funcionários e vereadores no primeiro dia como secretário

Secretário disse que diálogo com vereadores e colaboração de funcionários são importantes.

Em seu primeiro dia de trabalho como secretário interino de Saúde do município de Rio Claro, o médico José Badra Neto se reuniu com funcionários e diretores da Fundação Municipal de Saúde e, ainda pela manhã, conversou com vereadores da Câmara Municipal.

Para integrantes da equipe de trabalho Badra pediu que continuem se empenhando no sentido de oferecer serviços de qualidade à comunidade. “Este é o objetivo principal do nosso trabalho, bem atender o público que precisa da rede pública de saúde”, lembrou.

Aos vereadores, Badra disse estar disposto a oferecer sua dose de colaboração ao município, destacou que a atuação dos vereadores é importante para o bom andamento dos serviços, fiscalizando e sugerindo soluções, e afirmou que estará à disposição para dialogar. “O importante é que os serviços aconteçam e as pessoas se sintam atendidas com respeito e atenção”, ressaltou durante a reunião na prefeitura, que teve a presença do prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, e dos vereadores André Godoy (presidente), Val Demarchi, Adriano La Torre, Seron, Júlio Lopes, Rafael Andreeta, Hernani Leonhardt, Maria do Carmo Guilherme, José Pereira dos Santos e Geraldo Voluntário.

No início da tarde, o secretário Badra e o prefeito Juninho estiveram no Espaço Mais Saúde acompanhando a instalação da carreta do programa Mulheres de Peito, que irá fazer exames de mama para mulheres da microrregião de Rio Claro.

Prefeitura começa a colocar madeiramento na ponte do Jardim Novo

Prefeitura fará melhorias, como trecho de calçada para acesso à ponte e ampliação da iluminação.

A prefeitura começou na segunda-feira (11) a etapa de colocação do novo madeiramento da ponte do Jardim Novo, na região sul de Rio Claro. O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, anunciou mais melhorias naquele trecho durante visita ao local, junto com o vereador Júlio Lopes e o secretário municipal de Obras, Paulo Roberto de Lima. “Vamos providenciar calçada para facilitar o acesso de pedestres, que também utilizam bastante essa passagem, além de melhorar a iluminação pública no local”, disse o prefeito Juninho, destacando que o município está empenhado em levar melhores condições para os moradores dos bairros mais afastados do Centro, como a região do Jardim Novo.

Na ponte estão sendo utilizadas oito vigas de aproximadamente nove metros e meio. É madeira tratada, que a prefeitura obteve a partir de parceria com a Fundação Florestal, vinculada ao governo do estado por meio da Secretaria Estadual de Meio Ambiente, e a Prema Tecnologia e Comércio Ltda. O vereador Júlio Lopes, que colaborou na articulação de parcerias para a realização da obra, destaca a colaboração dos parceiros e reafirma o empenho para que o problema da ponte seja resolvido. “Com esse trabalho conjunto, estamos conseguindo levar essa importante melhoria para a comunidade do Jardim Novo”, comenta.

Morador há cinco anos na Avenida 14 do bairro, ao lado da ponte que está em obras, Marcelo Lopes confirma que as más condições e interdição da ponte vêm causando vários transtornos. “Uma das dificuldades é para levar minha filha à escola, devido à grande volta necessária para chegar ao outro lado da ponte”, explica. “Esperamos que com essas ações da prefeitura a situação se normalize”, completa.

A mão de obra empregada no serviço é totalmente de servidores públicos municipais. De acordo com o secretário municipal de Obras, a prefeitura está empenhada em concluir a obra o mais rápido possível. “Embora haja os impedimentos causados pelas chuvas, vamos aproveitar cada trégua do clima para dar andamento a esse trabalho”, afirma Lima.

Segundo o prefeito Juninho da Padaria a recuperação da ponte sempre foi tratada como prioridade pela prefeitura. “Infelizmente, nossa intenção inicial de remontar a estrutura usando as madeiras que já estavam na ponte não foi viável, devido às condições do antigo madeiramento”, explica. “A partir disso, fomos buscar parcerias e, em mais um exemplo de trabalho conjunto, estamos trazendo esse avanço aos moradores daquela região”, esclarece, lembrando que a interdição e a obra são necessárias para a correção de um acentuado desnível da ponte em relação ao asfalto.

RC quer novo trevo e vai reforçar pedido em audiência pública nesta terça-feira

O conhecido ‘trevo da Viviani’ é perigoso e precisa ser substituído. Audiência no NAM começa às 10h30.

Terça-feira (12) é dia dos rio-clarenses se mobilizarem pela construção de novo trevo no cruzamento da rodovia Washington Luís com Avenida Tancredo Neves comparecendo à audiência pública a partir das 10h30 no NAM, que será conduzida por representante da
Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp). Todos podem participar do evento. De acordo com o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, a presença da população, de representantes de entidades e das forças políticas é essencial para dar força e novo impulso ao antigo pedido do município para novo trevo naquele trecho, já que o atual há anos representa perigo para motoristas e pedestres, tendo sido local de vários acidentes, alguns com vítimas fatais. “A audiência pública desta terça-feira será uma excelente oportunidade de toda a sociedade rio-clarense reiterar o pedido de novo trevo para que esse antigo problema seja finalmente resolvido”, frisa Juninho.
Estudos para um novo trevo chegaram a ser feitos, mas o projeto não estava previsto em contrato e não foi realizado. “Como haverá novo contrato de concessão, temos a oportunidade de solicitar a inclusão dessa melhoria para Rio Claro e, havendo determinação contratual, o novo trevo ficará bem mais perto de ser concretizado”, explica o prefeito de Rio Claro, lembrando que vem realizando intenso trabalho para a realização dessa obra há anos, seja como vereador ou desde que assumiu a prefeitura em 2017. “Também falei sobre o assunto diretamente com o vice-governador Rodrigo Garcia. Ele tem apoiado o município sobre o trevo e outros assuntos de importância para os rio-clarenses”, salienta.
O deputado estadual Aldo Demarchi também vem dedicando intenso trabalho para que Rio Claro tenha novo trevo naquele local. “A união de todos, participando da audiência pública desta terça-feira e reforçando o interesse de Rio Claro pela obra, é essencial para que o novo trevo saia do papel e se transforme em realidade, levando mais segurança para as milhares de pessoas que transitam pelo local”, destaca.
Realizadas pela Artesp, as audiências públicas para colher contribuições e sugestões sobre o novo projeto de concessão do sistema rodoviário começaram em 18 de fevereiro e prosseguem até 20 de março, em várias cidades.
Na audiência pública em Rio Claro será discutido não somente o trevo da Viviani, mas também o da Polícia Rodoviária e da Avenida Castello Branco, que ficam na rodovia Washington Luís.