Prefeito assina contrato para construção de mais uma creche em Rio Claro

Essa será a sétima escola em construção no município.

O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, assinou nesta segunda-feira (18) contrato para a construção de mais uma creche em Rio Claro. A escola será construída na Rua 3 no bairro Jardim Residencial dos Bosques com capacidade para atender 188 crianças de zero a três anos em período integral. “É com muita alegria que assino esse contrato. Será mais uma creche para atender as famílias, principalmente as mães que precisam de um local seguro para deixar os filhos enquanto trabalham”, destaca o prefeito Juninho da Padaria.

A obra será realizada pela empresa Wisdom Construtora e Montagem Ltda., que venceu licitação realizada pela prefeitura. “Já emitimos a ordem de serviço para que a construção seja iniciada o mais breve possível”, informa o secretário municipal da Educação, Adriano Moreira.

O contrato prevê investimentos de R$ 2.763.259,39, sendo R$ 2.405.511,78 do governo federal, por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), e contrapartida de R$ 357.747,61 da prefeitura. A escola do Residencial dos Bosques é uma das três creches que tiveram obras recuperadas pela atual administração municipal, após terem prazos de construção expirados na gestão anterior.

Essa será a sétima escola em construção no município. A prefeitura tem outras seis obras em andamento, sendo três escolas de ensino fundamental nos bairros Jardim Novo II, Benjamin de Castro e Jardim das Nações II, e três creches nos bairros Jardim Araucária, Jardim das Nações I e Jardim Residencial das Palmeiras.

As sete unidades juntas vão criar 2.876 novas vagas, sendo 1.920 de ensino fundamental e 956 de creche. Além disso, a administração municipal inaugurou uma creche no ano passado no Terra Nova e implantou escola no Jardim Esmeralda, totalizando dez escolas providenciadas pela atual gestão.

Também participaram da assinatura do contrato o secretário municipal de Governo, Desenvolvimento Econômico e Planejamento, Francesco Rotolo; André Fiório e Igor Santana, da empresa Wisdom; e os diretores municipais, Paulo Apolari e Monique de Neiva.

Prefeitura restabelece iluminação das quadras no Lago Azul

Local vem recebendo outras melhorias, como a instalação de novo playground.

A prefeitura de Rio Claro providenciou a reposição e instalação da iluminação das quadras poliesportivas e barracão, no Lago Azul, que tiveram aproximadamente 1.300 metros de cabos elétricos furtados no final de janeiro. O trabalho foi feito na manhã de sábado e finalizado nesta segunda-feira com a instalação de novos disjuntores.

“É muito importante que a população colabore na manutenção e preservação do Lago Azul, pois é um espaço nobre para integrar as pessoas, com lazer, esporte e cultura. Estamos providenciando uma série de melhorias para o local”, afirmou o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.

De acordo com o secretário de Agricultura, Emílio Cerri, o furto só não trouxe incômodos maiores aos usuários porque foi durante o horário de Verão. “Com a iluminação retomada, as pessoas poderão voltar a praticar seus esportes no período noturno normalmente”, disse Emílio.

Na sexta-feira (15), o Lago Azul ganhou novos brinquedos para ampliar as opções de diversão para as crianças. Um gira-gira, um balanço individual e uma casa do Tarzan com balanço e escorregador foram instalados. O parque ganhou ainda três novos bancos para que os pais possam sentar com conforto e observar as brincadeiras dos filhos. A instalação de novos brinquedos no Lago Azul é fruto de parceria entre a prefeitura e a empresa Caprem Construtora, assim como foi feito na implantação do espaço de recreação infantil na Praça Dalva de Oliveira. 

Tentativa de incêndio não compromete ponte no Jardim Novo, que segue em obras

Nova passagem está sendo feita com madeira tratada, suportará 60 toneladas e terá passarela.

Um fato lamentável foi registrado pela equipe da Secretaria de Obras da prefeitura ao chegar nesta segunda-feira (18) para dar continuidade à construção da nova ponte do Jardim Novo, na área sul de Rio Claro. Vestígios do que seria um princípio de incêndio estavam visíveis na madeira usada na estrutura. “Felizmente o fogo não evoluiu e não houve maiores danos”, informa o secretário de Obras, Paulo Roberto de Lima. “As obras seguem normalmente”, acrescenta, explicando que nesta etapa está sendo colocado o tablado da ponte.

O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, lamenta o ocorrido e lembra que a obra está sendo feita para beneficiar milhares de moradores que voltarão a trafegar naquele trecho diariamente, inclusive estudantes. “Qualquer tentativa de atrapalhar a obra vai prejudicar principalmente os usuários, que esperam com ansiedade pela liberação do trânsito na ponte”, destaca, lembrando que o ônibus circular também voltará a passar pela estrutura.

A nova ponte de madeira no Jardim Novo está sendo feita com acompanhamento técnico, de acordo com todas as normas exigidas para um tráfego seguro, ganhará nova iluminação, pintura de solo, calçadas e passarela exclusiva para pedestres, que antes dividiam o mesmo espaço com veículos.

A nova ponte terá capacidade para suportar peso de até 60 toneladas. Sobre ela poderão transitar ônibus urbanos, caminhões menores e carros. Como nas demais feitas de madeira, pela nova ponte do Jardim Novo não poderão passar caminhões de carga, que geralmente ultrapassam 60 toneladas. Esses veículos deverão utilizar a ponte de concreto a 500 metros dali, que liga o Jardim Novo ao bairro Terra Nova e foi duplicada em 2017.

A nova ponte do Jardim Novo tem oito troncos de eucalipto sendo utilizados no espaço para veículos. Essa madeira foi doada pela Fundação Florestal e tratada pela Prema Tecnologia e Comércio Ltda, empresa com larga experiência no ramo. As madeiras tratadas têm maior resistência e durabilidade que as sem tratamento.

Na passarela para pedestres estão sento utilizados dois troncos doados pela empresa Rumo Logística. São madeiras antigas, porém igualmente tratadas e em perfeitas condições para o uso dos pedestres. Dois outros troncos tratados doados pela Rumo estão sendo usados para o guarda-corpo da estrutura.

Tanto os eucaliptos doados pela Fundação Florestal quanto pela empresa Rumo, além do tratamento da madeira feita pela Prema não tiveram custos para os cofres públicos municipais. A articulação dessas parcerias para viabilizar a nova ponte contou com a participação do vereador Júlio Lopes.

O prefeito Juninho ressalta que o município ainda não desistiu de construir no local uma ponte em concreto. Quando visitou a antiga ponte com o prefeito Juninho, a vereadora Maria do Carmo Guilherme anunciou que buscaria recursos financeiros para a obra em concreto no governo federal, com o apoio do deputado Baleia Rossi.