Prefeitura faz plantio de ipês amarelos no Cidade Jardim

População pode solicitar no Atende Fácil plantio gratuito de árvores.

A prefeitura de Rio Claro realizou na tarde desta sexta-feira (3) o plantio de cinco ipês amarelos na Rua 5, entre as avenidas 23 e 25, no bairro Cidade Jardim. As mudas foram plantadas em local de onde foram removidas duas árvores que estavam comprometidas e ofereciam risco de queda.

“Estamos trabalhando para ampliar a arborização na cidade e já plantamos aproximadamente 17 mil mudas desde 2017”, destaca o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria. Somente no primeiro quadrimestre deste ano foram plantadas cerca de 600 mudas em frente a residências, além de plantios de reflorestamentos e em áreas públicas. “A muda sempre é escolhida de acordo com o local onde será plantada”, explica Emilio Cerri, secretário municipal de Agricultura, Abastecimento, Silvicultura e Manutenção.

A secretaria reforça que a remoção das árvores é uma medida preventiva para evitar acidentes, e é feita com embasamento técnico. “A retirada de árvores só é realizada com autorização da Secretaria do Meio Ambiente”, explica Cerri.

Os pedidos para remoção de árvores são analisados pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente e podem ser deferidos ou indeferidos com base em critérios técnicos e nas normas do código de arborização do município. “Podas e cortes de árvores na cidade só podem ser feitos mediante autorização do diretor de Manejo Florestal que avalia cada solicitação”, informa o secretário municipal do Meio Ambiente, Ricardo Gobbi e Silva.

A população pode solicitar o plantio de árvores em frente às suas casas. O plantio é feito pela prefeitura que fornece as mudas e orientações sobre os cuidados com a espécie. Os pedidos devem ser feitos no Atende Fácil (Avenida 2 entre as ruas 2 e 3, Centro), de segunda a sexta-feira das 8 às 16 horas.

Modificação no canteiro central da Av. 54 para disciplinar trânsito

Serviços começam na semana que vem e têm objetivo de tornar trânsito mais seguro.

A prefeitura de Rio Claro inicia na próxima semana os serviços de reorganização do trânsito na Avenida 54, no Jardim Paulista 2. O trecho que vai da Rua 23 até a Rua 30 terá o canteiro central modificado.

“Muitos motoristas acabam entrando na contramão ao invés de fazer um pequeno retorno e isto é perigoso”, observa o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, acrescentando que “os moradores nos pediram as mudanças e nosso setor de trânsito realizou estudos que apontaram a necessidade de intervir”.

Naquele trecho, a Avenida 54 é duplicada, porém o canteiro central não está alinhado às esquinas e invade os cruzamentos. “Verificamos que isto tem ocasionado transtornos ao trânsito e colocado em risco a vida de motoristas e pedestres”, afirma o secretário municipal de Segurança, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Sistema Viário, Marco Antonio Bellagamba.

As obras para modificar o traçado do canteiro central da Avenida 54 serão feitas pela empresa Rino Imóveis, como contrapartida ao município.

Aquele trecho da Avenida 54 está recebendo outra melhoria que é a ampliação do sistema de iluminação pública. Com serviços contratados da empresa Rizel, a prefeitura está colocando postes para deixar os lados da via pública iluminados. Atualmente apenas quem vai no sentido da Rua 30 para a Rua 23 tem iluminação.

Professores participaram de curso sobre deficiência visual

Atividades tiveram início no sábado com a participação de profissionais de educação.

Rio Claro iniciou no sábado (27) o curso “Deficiência visual, um novo olhar”. O objetivo é oferecer aos participantes, na maioria professores, conhecimento básico da deficiência visual, abrangendo vivência, direitos, história e lutas pela inclusão, método de leitura e escrita braille e o  contexto da vida em sociedade da pessoa com deficiência visual.

Com duração de três meses, o curso foi organizado pela ONG Mais Forte que a Deficiência em parceria com a Secretaria da Cultura, por intermédio da Assessoria dos Direitos da Pessoa com Deficiência, vinculada à Diretoria de Políticas Especiais.

“É muito importante que o município traga esta temática para discussão, já que é preciso entender as necessidades e limitações de cada pessoa com deficiência e também trabalhar suas potencialidades, atuando de maneira mais qualificada”, observa Paulo Meyer, assessor dos Direitos da Pessoa com Deficiência, acrescentando que este é um projeto piloto que pode ser expandido.

“Esse curso quer trazer ao profissional de ensino um novo olhar, com informações e conhecimento básico da vivência do deficiente visual, além de despertar nele o desejo da busca pelos direitos e inclusão da pessoa com deficiência”, observa Rita Silva Leite, presidente da ONG Mais Forte que a Deficiência.

A pedagoga Sabrina Pereira, uma das coordenadoras do curso e membro da ONG, salienta que o projeto deverá ter novos módulos, uma vez que se constatou a necessidade de se ampliar a discussão da temática abordada no curso.

Prefeitura vai ouvir moradores sobre pavimentação nos bairros

Na quinta-feira (9), o prefeito Juninho da Padaria inicia uma série de reuniões com moradores.


Jardim Nova Rio Claro espera há mais de 30 anos pelo asfalto

A prefeitura de Rio Claro vai ouvir os moradores sobre a pavimentação nas localidades sem asfalto. Uma série de reuniões com esse objetivo será realizada a partir da próxima semana. O bairro Jardim Nova Rio Claro, que há mais de 30 anos pede asfalto, será o primeiro a ter a reunião abrindo debate com a comunidade. Na quinta-feira (9), às 19h30, o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, se reunirá com moradores na sede da Associação Estação do Bem, que fica na Rua 23, número 162, no Nova Rio Claro. Vereadores e população estão convidados a participarem da atividade.

De acordo com o prefeito, até o momento o assunto foi discutido apenas entre gabinetes e a ideia é ampliar o debate. “Vamos ouvir os moradores que são os principais interessados no assunto. São eles que sofrem os transtornos causados pela poeira e lama decorrentes da falta de asfalto”, explica o prefeito Juninho da Padaria. A ideia é realizar reuniões nos 18 bairros que não têm pavimentação.

A pavimentação dos bairros e a recuperação de pavimento antigo com recapeamento são obras caras que no momento a prefeitura não tem condições financeiras para fazer. Para resolver o problema, a administração municipal está tentando obter dinheiro a fundo perdido no Ministério do Desenvolvimento Regional e solicitando autorização da Câmara Municipal para financiar R$ 60 milhões, dos quais R$ 30 milhões serão destinados a pavimentação asfáltica, R$ 20 milhões para recapeamento e R$ 10 milhões para o setor de saúde e Daae (Departamento Autônomo de Água e Esgoto).

“Se aprovado o financiamento, os recursos vão resolver problemas antigos da cidade, como a falta de asfalto em vários bairros e os buracos nas ruas”, destaca o prefeito Juninho da Padaria, ressaltando que muitos dos bairros que serão contemplados são antigos e os moradores aguardam há anos pelas melhorias. “A população tem interesse em fazer o pavimento”, frisa.

O financiamento de R$ 30 milhões para pavimentação seria pago por meio de contribuição de melhoria a ser paga pelos moradores diretamente beneficiados com o asfalto, medida prevista na legislação e já adotada em gestões anteriores. As obras de recapeamento e os investimentos na saúde e no Daae não terão contribuição de melhoria e os pagamentos serão feitos pela prefeitura.

Nova ponte do Jardim Novo ganha calçadas

Calçamento está sendo feito do lado do Terra Nova; no acesso pelo Jardim Novo já está pronto.

A prefeitura de Rio Claro está realizando os últimos serviços nas obras de reconstrução da ponte de madeira que interliga os bairros Terra Nova e Jardim Novo. Nesta semana foi iniciada a calçada no acesso pelo Jardim Terra Nova e concluída a calçada no acesso pelo Jardim Novo, feita em asfalto e tem no total 180 metros lineares.

A calçada do lado do Terra Nova está sendo feita em concreto e tem no total cerca de 65 metros lineares. “Mais que uma nova ponte, vamos entregar um trecho totalmente revitalizado, com mais segurança para motoristas e pedestres”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.

De acordo com o secretário municipal de Obras, Paulo Roberto de Lima, a previsão é de que a etapa de colocação das calçadas seja finalizada até a semana que vem, se não houver imprevistos com chuvas. “Já concluímos a pavimentação de aproximadamente 30 metros de cada lado da ponte, deixando o piso asfáltico mais alto para se adequar às cabeceiras da nova ponte”, explica. O diretor municipal de Obras Públicas, Válter Godoy, informa que a prefeitura também concluiu a canaleta para dispersão da água das chuvas, com duas saídas da cada lado da ponte.

A prefeitura também implantou lombadas para melhorar a organização do trânsito uma vez que a nova ponte tem passarela para pedestres e haverá aumento do uso de transeuntes. Por isso, também foi colocada nova faixa de pedestres e feito reforço na sinalização ao longo da Avenida 14JN. O local recebeu ainda oito braços duplos de iluminação, ampliando a segurança e plantio de ipês amarelos. 

Invicto, Rio Claro tem jogo decisivo contra Santa Cruz das Palmeiras no futsal


Rio Claro segue invicto na Taça EPTV de Futsal. Segunda-feira o jogo será no Sesi local

A 23ª edição da Taça EPTV de Futsal entra na fase decisiva. Na próxima segunda-feira, 6/5, a partir das 20h30 Rio Claro, equipe que segue invicta na competição, vai realizar o primeiro jogo diante da sua torcida. A partida contra Santa Cruz das Palmeiras será realizada no Ginásio do Sesi. A equipe local formada a partir de parceria com o Pisos Nice conta com apoio da Prefeitura Municipal de Rio Claro com apoio da Secretaria de Esportes e Turismo (Setur). “Tenho certeza que vai ser um grande jogo de futsal . Quero parabenizar a todos os envolvidos neste projeto e convidar a família rio-clarense a mais este evento”, ressalta o secretário Ronald Penteado

Rio Claro conquistou resultado positivo na última quinta-feira, 2/5, no Ginásio Poli José Cortez, em Vargem Grande do Sul ao empatar com os donos da casa em 3 a 3 em partida válida pela segunda fase da Taça EPTV de Futsal da região Central. Na segunda-feira, 29/4, em Mococa, Santa Cruz das Palmeiras derrotou Vargem do Sul por 2 a 0. “A nossa equipe está mostrando força na competição. Agora dentro de casa precisamos do apoio da torcida para buscar a vitória”, comenta o técnico do Rio Claro João Felipe do Nascimento. Na primeira fase, Rio Claro terminou em primeiro lugar ao vencer Itaqueri da Serra e Gavião Peixoto. Marcou 13 e sofreu três gols.

Mais de 60 deixaram de levar animais para castração em abril

Falta de comunicação de ausência diminui número de atendimentos.

No mês de abril, a Secretaria Municipal de Saúde de Rio Claro realizou a castração de 379 animais, entre cães e gatos. Este número poderia ter sido maior se todos os proprietários que fizeram agendamento tivessem levado seus animais ao Centro de Controle de Zoonoses (CCZ).

Relatório divulgado nesta semana pelo setor mostra que 66 proprietários não apareceram com seus animais no dia e hora marcados e muitos deles nem avisaram da desistência.

De acordo com a Secretaria de Saúde, esse tipo de atitude prejudica os trabalhos da equipe do CCZ. Apesar do contratempo, o número de castrações realizadas em abril é considerado muito bom e a meta vem se mantendo devido ao empenho da equipe. No ano passado, 858 proprietários deixaram de levar seus animais no dia e hora marcados para a cirurgia, sem avisarem antecipadamente. Mesmo assim, a prefeitura de Rio Claro encerrou 2018 com 4.050 animais castrados.

Os profissionais e técnicos do Centro de Controle de Zooneses pedem para que, em caso de desistência, os proprietários de animais liguem com antecedência para avisar, dando assim a oportunidade para que outros animais possam ser castrados. Os telefones do CCZ para mais informações são 3535-4441 ou 3533-7155.

Os interessados em castrar seus animais devem ligar para o CCZ, de segunda a sexta-feira das 7 às 16 horas. Será feito um cadastro e agendamento da cirurgia. Caso não seja possível comparecer no dia agendado, o proprietário deve ligar e fazer o cancelamento com pelo menos três dias de antecedência para que outro animal possa ser agendado. É importante que o interessado mantenha seu telefone de contato atualizado.

Prefeitura faz melhorias em trecho do Córrego Olinda

Secretaria Municipal de Obras está reconstituindo faixa de proteção que separa o córrego de moradias.

A prefeitura de Rio Claro está reconstituindo a área que separa o Córrego Olinda de moradias no Jardim Santa Maria. Chuvas no fim da semana passada destruíram, em alguns trechos do bairro, parte dessa proteção, chamada talude. O serviço está sendo feito entre as ruas 6 e 14. “É um trabalho que visa sobretudo garantir a segurança das pessoas daquelas imediações”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.

Do outro lado do córrego, que dá para área de proteção ambiental, no bairro Bosques de Rio Claro, a reconstituição do talude  foi necessária e já finalizada. “É uma ação importante, pois para o Córrego Olinda desce a água de vários bairros das imediações, como Vila Olinda e Parque Universitário, e sem a devida proteção o risco de invasão da água aumenta”, diz o secretário municipal de Obras, Paulo Roberto de Lima.

Segundo o diretor municipal de Obras Públicas, Válter Godoy, o serviço envolveu ainda desassoreamento e limpeza em trechos do córrego, além da correção da faixa por onde a água corre.

As ações da prefeitura no Córrego Olinda vêm sendo feitas periodicamente. Um grande serviço de recuperação de trechos do talude já havia sido feito após danos causados por chuvas no final do ano passado.

Festival Dalva de Oliveira sábado e domingo em Rio Claro

Apresentações serão no Casarão da Cultura com entrada gratuita.  

Festival Dalva de Oliveira será realizado neste sábado e domingo (4 e 5) com entrada gratuita em Rio Claro. Com ampla programação musical no Casarão da Cultura, o evento homenageia a cantora rio-clarense Vicentina de Paula Oliveira, conhecida como Dalva de Oliveira. De voz afinada e bela, a cantora foi considerada a Rainha da Voz ou o “rouxinol brasileiro” e foi uma das Rainhas do Rádio, até hoje lembrada pelo mundo artístico como uma referência. No dia 5 de maio Dalva de Oliveira completaria 102 anos.

“Diante da grandeza artística de Dalva de Oliveira, anualmente realizamos o festival, levando ao público a obra da cantora e possibilitando aos mais jovens que conheçam o repertório de Dalva e tudo o que ela significa no cenário musical”, observa Daniela Ferraz, secretária da Cultura. O Casarão da Cultura fica na Avenida 3 com a Rua 7.

O repertório do festival inclui sucessos consagrados na voz da cantora e também músicas atuais. A abertura do espaço nos dois dias de evento será às 19 horas. No sábado (4) a primeira apresentação será às 19h30 e terá Emílio Moreira Quinteto. Depois de mais de 10 anos de formação e dedicação ao choro, Emílio Moreira está lançando seu primeiro disco de choros autorais. Com sete composições próprias e parceira com Guilherme Girard (direção musical e arranjos), o disco prima pela qualidade e bom gosto.   Dividido entre peças de violão solo, choros e valsas, o disco conta com a participação dos músicos Guilherme Girard (violão de sete cordas), Tiago Veltrone (cavaquinho), Keila Yonashiro (pandeiro) e Paulinho Leme (piano e sanfona).

Ainda no sábado, às 20h30, Encontro de Seresteiros reúne Roberto Seresteiro e o grupo Água de Vintém. No domingo (5) às 19h30 a apresentação “Dalva e a era do rádio” será realizada pela Escola Sons de Nebadon.

Dalva de Oliveira teve apogeu artístico nas décadas de 30, 40 e 50 e realizou mais de 400 gravações.  Sua voz está em vários coros de discos de Carmen Miranda, Orlando Silva, Francisco Alves, Mário Reis, entre outros. Muitos de seus sucessos foram regravados por grandes artistas, como Nelson Gonçalves, Maria Bethânia, seu filho Pery Ribeiro e Angela Maria. Mais de 40 anos depois, sucessos de Dalva continuam sendo regravados.

A rio-clarense também participou de filmes e, após sua morte na década de 70, teve sua obra e vida apresentadas no teatro e na televisão, como na minissérie Dalva e Herivelto, da Rede Globo. 

Terceira etapa do Campeonato de Xadrez reúne estudantes no Colégio Objetivo


Secretário Ronald Penteado e o Professor Marcos na etapa realizada no Colégio Koelle

Integração. De acordo com o professor Marcos Antônio Lopes, coordenador da Secretaria Municipal de Esportes e Turismo (Setur), esta palavra resume o Campeonato Estudantil de Xadrez que neste sábado, 4/5, terá a sua terceira etapa realizada nas dependências do Colégio Objetivo, na Rua 24, no Jardim São Paulo, a partir das 13 horas.

Crianças com idades de seis a 16 anos de escolas das redes pública e particular vão em busca da vitória no jogo marcado pelo alto nível técnico e de concentração. “Além da disputa, a competição promove a integração de alunos de diversas escolas e possibilita também o desenvolvimento do fair play entre os participantes”, comenta o professor Marcos.

Assim como foi a segunda etapa da competição, realizada nas dependências do Colégio Koelle, no mês passado, o titular da Setur Ronald Penteado enfatiza que a expectativa é de que o evento esportivo no Colégio Objetivo também vai superar as expectativas. “Parabenizo, antecipadamente, pais e responsáveis que acompanham os competidores bem como toda as pessoas responsáveis pela organização”, assinala o secretário municipal. A atividade é aberta ao público.