Juninho entrega ao governador Dória Carta de Rio Claro em apoio à Unesp

Universidade solicita mais recursos humanos e financeiros.

O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, entregou nesta quarta-feira (8) ao governador João Dória, a Carta de Rio Claro assinada por representantes de entidades de classe do município em apoio à Unesp (Universidade Estadual Paulista). A universidade solicita ao governo estadual mais docentes e funcionários e aumento dos recursos financeiros para a manutenção do câmpus. “A Unesp é uma referência no setor educacional e um patrimônio da cidade, e no que depender do município vamos apoiá-la naquilo que for possível”, destaca o prefeito Juninho da Padaria.

A entrega foi feita ao governador, que estava acompanhado de Marco Vinholi, secretário de Desenvolvimento Regional do Estado de São Paulo. O governador demonstrou preocupação com a situação da Unesp e determinou que a carta fosse encaminhada à secretária estadual de Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen da Silva, para discutir o assunto.

Na carta, a Unesp informa que o percentual de 9,57% da arrecadação do ICMS destinado às três universidades estaduais paulistas (Unesp, USP e Unicamp), estabelecido em 1995, não é mais suficiente e precisa ser revisto, visto que nesses 24 anos cursos foram ampliados, bem como o número de estudantes atendidos. A Unesp fica com 2,34% do ICMS, USP com 5,03% e Unicamp com 2,2%.

O professor José Alexandre de Jesus Perinotto, diretor do IGCE (Instituto de Geociências e Ciências Exatas), lembra que em 1955 a comunidade de Rio Claro se mobilizou para pedir ao governo de São Paulo e Assembleia Legislativa a implantação da Faculdade de Filosofia, Ciência e Letras, criada em 1957 por decreto e com início das atividades em 1958. Agora, 61 anos depois da instalação, a comunidade novamente se mobiliza em prol da universidade. “A comunidade reconhece a importância de ter uma unidade da Unesp na cidade e de novo se mobiliza para que o esforço feito lá atrás não se perca”, explica Perinotto, ressaltando que se algo não for feito a Unesp pode deixar de existir. “Se nenhuma providência for tomada, cursos de graduação e pós-graduação poderão ser descontinuados e pesquisas interrompidas, trazendo, em consequência, grande e danoso prejuízo para toda nossa sociedade”, acrescenta o diretor, frisando a importância desse reconhecimento da população ao trabalho realizado pela universidade.

As entidades rio-clarenses que assinaram a carta são Prefeitura de Rio Claro, Arquivo Público e Histórico de Rio Claro, Rotary Club, Rotary Club Alvorada, Rotary Club Cidade Azul, Rotary Club Sul, Sesi, Acirc, Aspacer, Câmara Municipal, Ciesp, Instituto de Biociências da Unesp, IGCE/Unesp, Jornal Cidade, Jornal Diário, Lions Clube Centro, Lions Clube Indaiá, OAB , Partecal e Associação de Engenharia, Arquitetura, Agronomia e Geologia.

Sábado tem campanha de arrecadação de alimentos em supermercados

Ação coordenada pelo Fundo Social de Solidariedade destinará doações ao atendimento de famílias carentes.

Rio Claro realiza no sábado (11) campanha de arrecadação de alimentos em supermercados do município. A ação é organizada pelo Fundo Social de Solidariedade de Rio Claro, que destinará as doações a famílias carentes.

“A solidariedade da população é fundamental para que possamos ajudar essas pessoas”, observa Paula Silveira Costa, presidente do Fundo Social.

A mobilização será realizada das 8 às 17 horas em 22 supermercados, nos quais a população poderá fazer doação de alimentos não perecíveis. “A comunidade tem atendido os nossos chamados e contribuído com as campanhas que realizamos e, certamente, dessa vez não será diferente”, acrescenta Paula.

A ação solidária terá o apoio da Defesa Civil, Tiro de Guerra, Banco de Alimentos e entidades assistenciais. Atiradores do Tiro de Guerra e voluntários estarão nos supermercados participantes para orientar a população sobre a campanha e recolher as doações. 

RC está entre municípios que receberão recursos pendentes do governo estadual

Prefeito Juninho participou de reunião com governador Dória na quarta-feira, na capital.

Recursos financeiros para Rio Claro que estão pendentes por parte do governo do estado devem ser em breve liberados. A informação é do prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, que participou de evento na capital paulista quarta-feira (8) com o governador João Dória. Um dos assuntos tratados foi as pendências orçamentárias referentes à administração estadual passada. “Ficamos satisfeitos, pois esses recursos fazem falta para o município e estamos recebendo resposta rápida do novo governo estadual”, comenta Juninho. “Em quatro meses estão sendo definidos assuntos que antes precisávamos esperar anos”, destaca.

Dória confirmou essa nova postura do governo do estado durante o evento de quarta-feira. “‘Sim’ ou ‘não’, estamos empenhados em responder com agilidade às demandas que chegam até nós”, disse. Ao todo o governo do estado vai liberar, para 167 cidades, R$ 30 milhões relativos à compromissos financeiros firmados na gestão estadual anterior.

De acordo com o secretário municipal de Governo, Desenvolvimento Econômico e Planejamento, Francesco Rotolo, que também participou do evento na capital, Rio Claro está seguindo todas as orientações do governo do estado para que os recursos cheguem o mais rápido possível. “Seremos ágeis, quanto mais rápido cumprirmos as etapas burocráticas, mais cedo o dinheiro chegará e a comunidade será atendida”, disse, informando que a secretaria municipal de Governo está fazendo todos encaminhamentos para que os recursos sejam liberados.

De acordo o prefeito Juninho, o novo secretário estadual de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, tem sido de grande importância no diálogo entre os municípios e o governo estadual. “Vinholi está fazendo um trabalho essencial para o atendimento de demandas dos municípios”, frisa o prefeito de Rio Claro.

Idosos comemoraram Dia das Mães com paeja e música

Evento organizado pelo Fundo Social reuniu centenas de idosos no Sesi de Rio Claro.

Em comemoração ao Dias das Mães, centenas de idosos rio-clarenses participaram nesta quarta-feira (8) do piquenique organizado pelo Fundo Social de Solidariedade. “É gratificante ver que mais uma vez a comunidade se envolveu com o evento, possibilitando que tivéssemos um encontro alegre, de onde todos saem satisfeitos”, observa Paula Silveira Costa, presidente do Fundo Social.

O encontro começou pela manhã com um café, teve música ao vivo, dança do ventre e, no almoço, uma paeja caipira preparada pelo Clube de Amigos da Comunidade (CAC). Com a coordenação de Maria Gama, foi apresentada a dança que representará Rio Claro nos Jogos Regionais do Idoso. “Eu adorei, estava tudo muito bom e, a comida, uma delícia”, avaliou dona Maria do Carmo Clemente da Silva, frequentadora do Grupo da Terceira Idade Independência.

O município de Rio Claro possuiu ainda outros 73 grupos de terceira idade e aproximadamente 13% da população tem mais de 60 anos.

“Temos procurado ampliar os serviços para estas pessoas que tanto colaboram com a cidade”, afirma o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, citando como exemplos as implantações do Núcleo de Orientação ao Idoso, da Patrulha do Idoso e do Centro Dia do Idoso do Jardim Esmeralda.

A moradora do Jardim Arco-íris, Maura Baselli, também aprovou a confraternização. “Revi amigos e me diverti, acho isto muito interessante”, afirmou.

A comemoração contou também com a participação do vice-prefeito Marco Antonio Bellagamba, da secretária do Desenvolvimento Social, Érica Belomi, Néia Magalhães, assessora de Políticas Públicas para Idosos, e dos vereadores Júlio Lopes, Ney Paiva, Seron, Maria do Carmo Guilherme e Adriano La Torre.

Moradores do Jd. Nova Rio Claro e prefeitura discutem asfalto no bairro

Vereadores também foram convidados a participar da reunião desta quinta-feira.

Moradores do Jardim Nova Rio Claro se reúnem nesta quinta-feira (9) para discutir a pavimentação no bairro. Essa será a primeira de uma série de reuniões que serão realizadas pela prefeitura em bairros sem asfalto. O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, secretários municipais e vereadores vão participar da reunião que terá início às 19 horas na sede da Associação Estação do Bem na Rua 23, número 162, no Nova Rio Claro.

“Esperamos contar com a participação dos moradores do Nova Rio Claro que há mais de 30 anos esperam pelo asfalto”, comenta o prefeito Juninho da Padaria, ressaltando a importância de discutir o assunto com a população diretamente afetada pelos transtornos causados pela falta de asfalto. “Gostaria de pavimentar todos os bairros sem asfalto, mas para isso é preciso obter recursos externos porque a prefeitura não tem dinheiro para realizar essas obras com recursos próprios”, explica Juninho.

Diante disso, a administração municipal está tentando obter dinheiro a fundo perdido no Ministério do Desenvolvimento Regional e solicitando autorização da Câmara Municipal para financiar R$ 60 milhões, dos quais R$ 30 milhões serão destinados à pavimentação asfáltica, R$ 20 milhões para recapeamento e R$ 10 milhões para o setor de saúde e Daae (Departamento Autônomo de Água e Esgoto). O projeto tramita na Câmara Municipal e aguarda análise e votação dos vereadores. “Temos que unir forças para conseguir resolver problemas antigos do município, como falta de asfalto e buracos nas ruas”, afirma o prefeito.

O financiamento de R$ 30 milhões para pavimentação seria pago pelos moradores diretamente beneficiados com o asfalto através de contribuição de melhoria. A medida está prevista na legislação e já foi utilizada em gestões anteriores. Já o pagamento das obras de recapeamento e dos investimentos na saúde e no Daae será feito pela prefeitura, sem cobrança para a população.

Festa da Cachaça será nos dias 18 e 19 de maio

Música ao vivo, gastronomia e boa cachaça são atrações da festa.

A sexta edição da Festa da Cachaça será realizada nos dias 18 e 19 de maio (sábado e domingo) na Central do Agronegócio, em Rio Claro. Gastronomia e música ao vivo serão atrações do evento, que reunirá produtores de cachaça da melhor qualidade de Rio Claro e região.

Doze produtores da bebida já confirmaram participação e irão expor e vender suas cachaças no evento. “A cada ano mais pessoas prestigiam a festa, que está se tornando tradição no município e é opção de lazer para toda a família”, observa Emílio Cerri, secretário da Agricultura, Abastecimento, Silvicultura e Manutenção.

A festa terá música ao vivo nos dois dias e ampla praça de alimentação. O cardápio inclui porções de frango à passarinho e isca de carne, batata, mandioca e polenta fritas, pastéis, massas, salgados, tapiocas, espetinhos, doces, “fondue” de chocolate, caldo de cana, entre outros. No domingo também será servido prato executivo, com opção de frango e carne, custando 25 reais.

As apresentações musicais estão marcadas para as 19 horas de sábado, com show de Wesley Cristian, e 11 horas de domingo, quando o público poderá conferir o talento de Paula Mally.

O Fundo Social de Solidariedade coordenará o serviço de bar, onde serão vendidos água, refrigerante e cerveja. Outra opção são os coquetéis com e sem álcool, preparados por profissional especializado.

A festa será realizada no dia 18 (sábado) das 18 às 22 horas e no domingo (19) das 10 às 16 horas. A Central do Agronegócio fica no antigo espaço livre da Vila Martins, na Rua 3-A, 1155.

Feira Corujão tem edição especial do Dia das Mães nesta sexta-feira

Evento terá sorteio de brindes para os consumidores.

A Feira Corujão terá edição especial em homenagem ao Dia das Mães nesta sexta-feira (10) em Rio Claro. Além dos produtos de qualidade e preços acessíveis, o evento terá música ao vivo com Carlos & Jander e sorteio da cesta do produtor e vale brindes que dão direito a cabeleireiro, manicure, massagem, limpeza de pele, entre outros serviços. A Feira Corujão terá início às 17h30 e o sorteio será realizado às 19h30.

As pessoas que adquirirem produtos na feira ganharão cupom para concorrer ao sorteio. Na Feira Corujão, o público pode encontrar produtos da agricultura familiar, que fazem o percurso campo-consumidor sem intermediários. É uma excelente opção para quem valoriza qualidade em frutas, verduras e legumes frescos, com preços acessíveis. Também são vendidos bolos, pães, massas, temperos, pimentas, condimentos e outros produtos culinários, além de artesanato.

A Feira Corujão é realizada às terças e sextas-feiras, das 17h30 às 20h30, na Central do Agronegócio, que fica no antigo Espaço Livre da Vila Martins, na Rua 3-A com Avenida 46-A. O local possui estacionamento próprio.