Educação tem proposta “casada” para aproveitar obra abandonada e ampliar vagas

O prefeito Du Altimari e a secretária de Educação, Heloísa Maria Cunha do Carmo visitaram na terça-feira, 23, área onde uma obra abandonada que chegou a abrigar, temporariamente, no passado, o Centro Comunitário do Jardim Ipanema. Posteriormente sem ter qualquer destinação específica e entregue ao abandono há vários anos, o prédio, contudo, poderá ser aproveitado numa espécie de operação “casada” projetada pela prefeitura. A proposta, anunciada no local pelo prefeito Du Altimari e pela secretária Heloísa, consiste em utilizar a área para a construção do novo prédio da Escola Municipal Sueli Aparecida Marin, de ensino fundamental, que funciona atualmente no Jardim São João, cujas instalações já não suportam a demanda, somando-se ao fato de que a unidade também compartilha espaço com a Escola Municipal Mitiko Nevoeiro, dedicada à educação infantil. “Pensamos em construir uma nova sede para a Escola Sueli Marin e, ao mesmo tempo, utilizar as instalações atuais dessa unidade para ampliar o atendimento em período integral na Escola Mitiko”, explicou Heloísa. Segundo ela, um eventual projeto para a nova sede da Escola Sueli Marin deverá levar em conta a possibilidade de “incorporar a parte física do prédio” então destinado a ser um centro comunitário.

Prefeito Du Altimari e secretária Heloísa na área que deve abrigar nova escola municipal
Prefeito Du Altimari e secretária Heloísa na área que deve abrigar nova escola municipal

“Cremos que isto é possível, mas vai depender de uma análise técnica das estruturas do prédio”, admitiu a titular da Educação. O prefeito Du Altimari entende que essa solução “casada” contribuirá para que o município “mantenha-se em dia com o atendimento às demandas da Educação, ampliando a oferta de vagas”, tanto na educação infantil como no ensino fundamental. “Assim, equacionamos o problema representado por uma obra inacabada e, simultaneamente, mantemos nossa política que alia quantidade e qualidade na Educação”, afirmou o prefeito. A intenção é providenciar o projeto executivo da obra ainda neste ano para iniciar a construção no final deste ano. “Queremos inaugurar a nova escola de Rio Claro em 2011”, anuncia a secretária Heloísa.