Rio Claro vai reativar Conerc e buscar recursos em Brasília

O prefeito de Rio Claro João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, assumiu o compromisso de reativar o Conselho Municipal da Comunidade Negra. O assunto foi discutido em reunião realizada no sábado (26) no paço municipal com o secretário nacional de Política de Promoção de Igualdade Racial, Juvenal Araújo Júnior, e a professora Elisa Lucas Rodrigues, coordenadora de Políticas para a População Negra e Indígena da Secretaria de Justiça de São Paulo.

A reativação do conselho é um dos itens necessários para que o município possa aderir ao (Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial) e receber recursos do governo federal. O município já entregou dois projetos em Brasília e outros três estão sendo elaborados.

“O que couber ao município será feito. Não pode haver nenhum tipo de discriminação seja pela cor, nome e bairro onde mora. O que vale são as atitudes e ações das pessoas”, destacou Juninho. “Espero que o governo federal possa nos ajudar a fazer esse enfrentamento contra o racismo”, completou.

Juvenal Araújo Júnior afirmou que o racismo somente será vencido com políticas públicas afirmativas. “A violência no Brasil tem cor e idade. Setenta por cento das vítimas são negros, pobres e moradores da periferia”, informou o secretário enfatizando que o racismo remonta aos primórdios da escravidão e que a discriminação velada tem tentáculos nas esferas de governo que têm pouca representatividade de negros.

Para Elisa Lucas Rodrigues, a visita do secretário nacional é um momento histórico que marca a aproximação com a Seppir (Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial) para discutir questões afirmativas.

“Precisamos aumentar a oferta de políticas públicas para essa população no município”, assinalou a secretária municipal de Cultura, Daniela Ferraz. “Essa visita é importante para mim como vereador e também como cidadão dada a importância da discussão em pauta”, disse o vereador Geraldo Voluntário, que intermediou a vinda dos visitantes a Rio Claro.

“A comunidade negra é importantíssima para Rio Claro e a visita do secretário poderá trazer novos projetos para a cidade”, observou o vereador Val Demarchi, que representou o deputado estadual Aldo Demarchi na reunião.

Pai André Luís de Moraes, do Templo de Umbanda Vovô Serafim e Ogum Três Espadas, representou as igrejas de matriz africana. “Que a visita do secretário a Rio Claro seja um momento para a construção do nosso futuro”, declarou. O bispo Antonio Esteves, presidente do Conselho de Pastores, reafirmou seu respeito às diferentes crenças religiosas. “É assim que vamos construir uma sociedade harmoniosa”, disse.

Também participaram da reunião os secretários municipais de Habitação, Anderson Golucci, e de Administração, Jean Scudeller, e o presidente do Conselho Municipal de Saúde, José Domingos de Almeida.