RC está pedindo recursos para substituir pontes na região rural

Rio Claro está buscando recursos para substituir duas pontes na área rural de Rio Claro. Com custos totais estimados em R$ 7 milhões, o município precisa de apoio dos governos estadual ou federal para a construção de novas pontes no distrito de Batovi e no bairro rural do Quilombo, na divisa com Ipeúna. “Estamos fazendo um trabalho contínuo na busca de suporte financeiros nas outras instâncias de governo”, relembra o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.

A deterioração das pontes de Batovi e do Quilombo são problemas herdados de administrações passadas. A ponte de Batovi de madeira é antiga, está condenada e interditada há seis anos. Os custos de uma nova ponte, de concreto, giram em torno de R$ 5 milhões. Quem transita por aquela região pode usar, como alternativa à passagem obstruída, a Estrada Velha que liga o bairro Bonsucesso ao distrito de Batovi, ou a SP-191.

Já a ponte do Quilombo está mobilizando não apenas a prefeitura de Rio Claro como também a da vizinha Ipeúna. Ambos os municípios trabalham em conjunto para levantar os recursos de cerca de R$ 2 milhões necessários à substituição da passagem. A ponte velha caiu em 2011 após um temporal, e desde então está interditada.

“Enquanto estamos trabalhando para conseguir as verbas necessárias para essas importantes obras, reforçamos a orientação para que os motoristas que circulam em ambas as regiões respeitem as interdições para evitar acidentes”, observa o secretário municipal de Obras, Paulo Roberto de Lima.