Palestra em Rio Claro aborda estimulação de linguagem em crianças com síndrome de Down

No próximo dia 16 de março, às 14 horas, acontece a palestra “Como fazer da família um parceiro eficaz na estimulação de linguagem”, com a fonoaudióloga Cynthia Raya Kristensen.

Estimular o desenvolvimento cognitivo e de linguagem dentro de casa, junto aos familiares das crianças com síndrome de Down. É com este objetivo que no próximo dia 16 de março, às 14 horas, acontece a palestra “Como fazer da família um parceiro eficaz na estimulação de linguagem”, com a fonoaudióloga Cynthia Raya Kristensen. A atividade, aberta a toda comunidade, será realizada no Núcleo Administrativo Municipal (NAM), à Rua 6, nº 3265, Alto do Santana. A palestra é uma realização do grupo Podemos + Down e conta com apoio da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Esportes e Turismo (Setur).

Margarete Maria Murbach Baungartner, mãe participante do grupo Podemos + Down, explica que, 21 de março, é o Dia Internacional da Síndrome de Down e para marcar a data será realizada a palestra no auditório do NAM. “O desenvolvimento cognitivo é algo bem difícil para as crianças com síndrome de Down, assim, fisioterapia, fonoaudióloga, Terapia Ocupacional, entre outras estimulações, são necessárias. Para a fala, a dificuldade é um pouco maior, mas com estimulação com profissionais, família, sociedade é possível ajudar as crianças”, comenta Margarete, mãe de Giana, nove anos.

Ela explica que o grupo Podemos + Down teve início em 2016 com o objetivo de trocar informações e experiências com outras mães de crianças com síndrome de Down. No início eram oito mães e hoje são 42 que, além da troca de experiências, promovem também capacitação e atividades, como a palestra que será realizada no dia 16 de março.

“Essa será a sétima palestra que promovemos e também temos um grupo no whatsapp e página no Facebook. A intenção é levar o máximo de informação possível e trocar experiências. Muitas mães vivem de luto pela notícia e não vão à luta, ficam entristecidas. Mas é preciso seguir adiante e dar apoio. Nós procuramos fazer justamente esse fortalecimento, além do emocional, auxiliando também na orientação sobre importantes exames que devem ser feitos já nos primeiros dias de vida da criança com síndrome de Down”, salienta Margarete.

O titular da Setur, Ronald Penteado, destaca a importância da palestra. “A participação de todos é muito importante para obter informação, conhecimento e também trocar experiências. Além disso, irá influenciar diretamente no desenvolvimento das crianças em sua rotina diária”, comenta.

A palestra “Como fazer da família um parceiro eficaz na estimulação de linguagem”, acontece no auditório do NAM, às 14 horas do dia 16 de março. A presença na atividade é gratuita e dará direito ainda a certificado de participação.

Quem quiser obter mais informações pode entrar em contato com Margarete pelo número 99758-5517. Há ainda o grupo no Facebook Podemos+Down Família em Ação, com divulgação de informações e atividades.