Rio Claro registra 19 casos de dengue

Surgimento de 10 novos casos em uma semana põe município em alerta.

Rio Claro tem 19 casos de dengue registrados. Os dados estão no boletim de arboviroses divulgado quarta-feira (13) pela Fundação Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica. O número refere-se aos casos positivos de dengue desde o início do ano e mostra surgimento de dez casos em uma semana. O boletim divulgado na semana passada mostrava nove casos de dengue no município.
De acordo com a Vigilância Epidemiológica a maioria dos casos é autóctone, isto é, adquirida no próprio município. Três casos são importados. As chuvas e a quantidade de lixo e entulho descartados pela população de maneira irregular podem ter contribuído para o aumento no número de casos. A Fundação de Saúde realiza semanalmente os mutirões de combate ao Aedes aegypti com auxílio do caminhão cata-bagulho, recolhendo toneladas de potenciais criadouros dos terrenos e demais imóveis. 
Em seis mutirões já realizados desde o início do ano os agentes visitaram mais de oito mil imóveis orientando moradores e recolhendo criadouros do mosquito transmissor da dengue, chikingunya e Zika vírus. Na  gestão do prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, a Fundação Municipal de Saúde contratou mais 30 agentes de endemias, passando de 19 para 49 profissionais, a partir de concurso público.
“Queremos também buscar alternativas intensificar as vistorias nos imóveis especialmente naqueles de difícil acesso, por estarem desabitados”, informa o prefeito.
Os alertas das autoridades de saúde são constantes para que a população faça o descarte correto de materiais. O município conta com ecopontos, serviço de cata bagulho, coleta seletiva e coleta de lixo domiciliar. Mais informações sobre o trabalho dos agentes do Centro de Controle de Zoonoses podem ser obtidas pelo telefone 3523-8663, inclusive aos sábados das 8 às 13 horas.
Pessoas que apresentem os sintomas compatíveis com a dengue (febre, dor no corpo, dor de cabeça, dor no fundo dos olhos, dor abdominal, náusea ou vômito e algum tipo de sangramento) devem procurar o posto de saúde mais próximo.