Bom desempenho em curso de qualificação garante a jovem vaga de emprego

Ao todo 45 pessoas concluíram os cursos de panificação e elétrica realizados em parceria com a prefeitura.

Já com alguma experiência na área de panificação e confeitaria, Yasmin Elias Alves estava desempregada e há tempos buscava uma chance de recolocação no mercado de trabalho. Após uma pausa na carreira para se dedicar à maternidade, a jovem de 24 anos viu no curso de panificação Mão na Massa, realizado em Rio Claro, a oportunidade para aprender mais e ter mais chances de retomar a carreira. Só não esperava que a tão sonhada vaga viesse logo ao final do curso, junto com o diploma. “Posso dizer que o curso foi um divisor de águas na minha vida, pelo emprego conseguido, e, principalmente, por todo o conhecimento adquirido”, destaca. As expectativas agora são as melhores. “Quero me dedicar ao máximo, fazer por merecer a confiança que em mim está sendo depositada e dividir com as pessoas um pouco do que aprendi”, finaliza.

Yasmin foi escolhida a partir de seu bom desempenho no curso e recebeu a boa notícia na manhã de sexta-feira (15), quando cerca de 45 pessoas receberam certificados de conclusão dos cursos de panificação e confeitaria e de elétrica residencial. Ambos os cursos são oferecidos a partir do projeto Inclusão Produtiva, parceria da prefeitura com a organização União de Amigos, contando também com investimentos do Rotary Club de Rio Claro.

“São várias frentes de trabalho dentro da administração municipal possibilitando à comunidade a qualificação profissional, que é fundamental para quem busca uma vaga no mercado de trabalho”, destaca o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria. “Estamos oferecendo oportunidades porque entendemos que a partir da qualificação as pessoas podem buscar melhores condições de vida”, acrescenta o prefeito.

Os cursos inseridos no projeto Inclusão Produtiva priorizam pessoas em situação de vulnerabilidade e o cidadão que busca inserção ou reinserção no mercado de trabalho. “Especialmente para estas pessoas a disponibilização de cursos de qualificação é um importante incentivo e pode ser determinante na conquista do emprego”, observa Erica Belomi, secretária do Desenvolvimento Social.

O empresário Augusto Pedro Prochnon Júnior, proprietário do Mercado Qualidade, anunciou que também serão feitas entrevistas com mais duas pessoas que concluíram o curso para que futuramente possam ser contratadas. “Para o Mercado Qualidade é muito gratificante estar junto com a prefeitura, Udam e Rotary neste projeto e poder oferecer oportunidade para quem se dedica em busca da qualificação”, frisa Augusto. “A mão de obra qualificada é um produto nobre”, resume o empresário.

A conquista do emprego marca o encerramento do ciclo de trabalho do desenvolvimento social na vida da pessoa, conforme explica a secretária Erica. “O atendimento social tem início com o atendimento técnico e encaminhamento para curso e, com a conclusão do curso e conquista da vaga de emprego encerramos com sucesso esse ciclo, com resultado e impacto social atingidos e dando início a uma nova fase na vida da pessoa”, acrescenta.

O curso de elétrica residencial tem inscrições abertas e interessados podem procurar a sede da Udam+, na Avenida 30, 1210, bairro Santana. Para os interessados na área de panificação é possível deixar o nome em lista de espera, para que sejam chamados no caso de desistência. Para se inscrever é preciso apresentar RG, CPF e comprovante de residência. A duração do curso de panificação é de seis meses e o de elétrica um ano, ambos com aulas duas vezes por semana.

Na formatura também estiveram presentes Otávio Tonello (presidente da Udam), Adriano Marchi (vice-presidente da Udam), Roselaine Alves (presidente do Rotary Club Rio Claro) e o tenente-coronel Luiz Roberto Moreira Filho (comandante do Batalhão da Polícia Militar de Rio Claro).