Rio Claro recebe novo prêmio por combate à tuberculose

Município está entre as cidades paulistas com maior porcentagem de cura em pacientes.

A prefeitura de Rio Claro, por meio da Rede de Atenção Básica da Secretaria de Saúde, foi premiada mais uma vez pelas ações no combate à tuberculose e tratamento aos portadores da doença. O prêmio foi entregue segunda-feira (18) em São Paulo, a representantes da Vigilância Epidemiológica, vinculada à Secretaria Municipal de Saúde.

“Pelo terceiro ano consecutivo Rio Claro é destaque, referência no acolhimento humanizado e tratamento eficaz aos pacientes com tuberculose. Trabalhamos também com a prevenção nas unidades, envolvendo a comunidade com as ações das equipes das unidades de saúde da família e unidades básicas de saúde. Esse prêmio é merecido pelo excelente trabalho de nossos profissionais”, afirmou o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.

Estiveram presentes à solenidade de premiação a técnica em enfermagem Vaniele Souza e a enfermeira Valeska Canhamero, ambas da VE.

Rio Claro está entre as cidades do estado de São Paulo com maior porcentagem de cura em pacientes com tuberculose tratados na rede municipal de saúde.

“A manutenção desse prêmio por três anos consecutivos mostra a preocupação e investimento do governo Juninho com a saúde preventiva da população e também empenho e competência dos profissionais das unidades básicas de saúde e unidades de saúde da família, em conjunto com a Vigilância Epidemiológica”, disse o secretário de Saúde, o médico José Badra Neto.

O diagnóstico e tratamento da tuberculose na rede municipal de saúde são supervisionados nas unidades de saúde mais próximas das residências dos pacientes, que precisam comparecer de segunda a sexta-feira na unidade para receber a medicação supervisionada. Como forma de incentivo à continuidade do tratamento, os pacientes recebem café da manhã e, a cada dois meses, uma lata de suplemento alimentar. Se o paciente for efetivo no comparecimento à unidade de saúde e não faltar à consulta médica mensal, também recebe uma cesta básica ao final do mês, com direito a até seis cestas básicas durante o tratamento.

A tuberculose é uma doença infecciosa e transmissível que afeta principalmente os pulmões. Anualmente, são notificados cerca de 10 milhões de novos casos em todo o mundo, levando mais de um milhão de pessoas a óbito. No Brasil, segundo dados do Ministério da Saúde, a tuberculose ainda é um sério problema da saúde pública, com profundas raízes sociais. A cada ano, são notificados aproximadamente 70 mil casos novos, e ocorrem 4,5 mil mortes em decorrência da doença.