Programação especial valoriza a cultura africana em Rio Claro

Atividades começam na terça-feira (23) no Casarão da Cultura com encerramento no dia 28.

Rio Claro realiza de 23 a 28 de abril mais uma edição da Semana “Ogum e Suas Origens Culturais – A cultura africana entre nós”. De terça a domingo uma série de atividades será realizada. Música, palestra e oficina estão na programação, que é totalmente gratuita. A abertura será na terça-feira (23), às 19h30, com exposição no Casarão da Cultura. O público poderá visitar mostra que reúne peças do acervo da Federação Umbandista Caminho dos Orixás.

“Entre os propósitos da semana está discutir os direitos sociais, políticos, econômicos e culturais dos povos de matriz africana, além proteger as manifestações culturais realizadas por esses povos”, observa Daniela Ferraz, secretária da Cultura, lembrando que os africanos contribuíram para a cultura brasileira em vários aspectos, entre eles a dança, música, religião, culinária e idioma. 

“É a oportunidade para discutirmos e propormos formas de combate à violência contra a ancestralidade africana no Brasil e ao racismo institucional e também de difundir o patrimônio e as expressões culturais”, afirma Josiane Martins, assessora de Políticas de Direitos Raciais.  

O vereador Geraldo Voluntário, autor da lei que instituiu a Semana de Ogum em Rio Claro, também convida a comunidade para prestigiar o evento, destacando a importância de se valorizar a cultura africana.

A programação terá na quarta-feira (24) Samba no Casarão, que homenageará Clara Nunes, a partir das 20 horas. Palestra irá discutir a intolerância religiosa na quinta-feira (25), às 19h30 e na sexta-feira (26), no mesmo horário, haverá oficina de tambores com o Projeto Construindo o Saber: As Ayabás. As atividades serão no Casarão da Cultura, que fica na Avenida 3 com a Rua 7, Centro.

No encerramento do evento, que será no domingo (28) no Centro Cultural “Roberto Palmari”, haverá apresentações de capoeira, música e feira de afro empreendedores. As atividades serão das 11 às 16 horas. O Centro Cultural fica na Rua 2, 2.880, Vila Operária.