Professores e crianças são os que menos tomam vacina contra a gripe

Entre os profissionais de saúde, a vacinação até agora também é baixa.

Rio Claro chega a 46,57% de cobertura vacinal contra a gripe. Os grupos com menor procura pela imunização são os de professores e de crianças até 5 anos, com respectivamente 33,43% e 37,05% de cobertura vacinal. Desde o início da campanha 672 professores foram vacinados e 4.592 crianças.

Os números foram divulgados na quinta-feira (9) pela Vigilância Epidemiológica do município. Ao todo 28.318 pessoas foram vacinadas contra a gripe. A meta estabelecida pelo Ministério da Saúde é vacinar 42.113 pessoas em Rio Claro.

Até o momento a maior cobertura vacinal é das puérperas, com a vacinação de 194 mulheres (64,67%). Na sequência estão os idosos com mais de 60 anos, grupo em que a vacinação alcança 56,41% com a imunização de 14.277 pessoas. Também foram vacinadas 866 gestantes (47,37%); 2.284 trabalhadores de saúde (38,44%); e 5.304 portadores de doenças crônicas (40,73%). “A campanha vai até dia 31 de maio e a recomendação é para que as pessoas que pertencem aos grupos prioritários procurem uma unidade básica de saúde ou unidade de saúde da família para receber a dose da vacina”, reforça Maria Clélia Bauer, secretária de Saúde.

Também devem ser imunizados contra a gripe adolescentes e jovens de 12 a 21 anos que estão sob medidas socioeducativas; população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional; e policiais e bombeiros que estão na ativa.

Quem estiver com alguma vacina em atraso poderá colocar a carteira de vacinação em dia.  Para isso basta apresentá-la na unidade de saúde. A lista com endereços e telefones das unidades de saúde de Rio Claro está no site http://www.saude-rioclaro.org.br/enderecos.htm.