Mutirão recolhe mais de uma tonelada de criadouros do Aedes no Progresso

Ações permanentes de combate à dengue são realizadas pela prefeitura.

Em união de esforços de secretarias municipais, o Jardim Progresso, em Rio Claro, recebeu no sábado (18) mutirão de combate à dengue e ações de limpeza, inclusive com o caminhão cata bagulho.

Ao todo mais de uma tonelada de material foi recolhida no bairro. Enquanto os agentes da Secretaria de Saúde faziam o trabalho de orientação e recolhimento de inservíveis, equipes da Secretaria do Meio Ambiente, utilizando máquinas, retiravam lixo e entulho que estavam amontoados em uma via não pavimentada. “O acúmulo de lixo é um dos problemas enfrentados para se combater a dengue, daí a importância da colaboração da comunidade, inclusive no descarte correto de materiais”, destaca Paula Kannebley, diretora de Vigilância em Saúde.

Com o material recolhido no sábado, o município já soma mais de 20 toneladas de materiais recolhidos nos mutirões. Além dos mutirões de limpeza realizados aos sábados, o Centro de Controle de Zoonoses tem feito seu trabalho diário de visita casa a casa procurando conscientizar as pessoas sobre o risco que o Aedes representa para a saúde pública. “Ainda assim, nos mutirões realizados, quase sempre é retirada mais de uma tonelada de criadouros nos bairros visitados”, observa Diego Reis, gerente do CCZ.

Outro alerta emitido pelo CCZ diz respeito aos criadouros encontrados dentro das residências. De acordo com Maria Júlia Guarnieri Baptista, chefe de núcleo do CCZ, o empenho da população na luta contra o mosquito é essencial. “É preciso que os moradores prestem atenção e eliminem os criadouros que possam existir em suas casas”, ressalta Maria Júlia.