Rio Claro implanta sistema que identifica veículos roubados

Leitores Automáticos de Placas em 48 pontos dificultam ação de marginais.

Mais agilidade para as forças de segurança que atuam no município e maior tranquilidade para a população. Com esse objetivo, entrou em operação no município o sistema Detecta, a partir de convênio do município com o governo estadual, e que permite que veículos roubados ou furtados sejam identificados instantaneamente ao passarem pelos 48 pontos de monitoramento espalhados pelo município. “Providenciar essa estrutura e trazer essa tecnologia fazem parte de nossos esforços para deixar a cidade mais segura”, resume o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.

O sistema está estruturado em 48 pontos. Os Leitores Automáticos de Placas (LAP), dispositivos que identificam veículos roubados, foram colocados em 38 equipamentos de fiscalização de trânsito, semáforos e lombadas eletrônicas. Outros dez foram instalados separadamente, sobretudo na entrada da cidade. “É uma ‘muralha eletrônica’ que já no período de testes mostrou sua importância como apoio no combate à criminalidade”, destaca o vice-prefeito e secretário municipal de Segurança, Defesa Civil e Mobilidade Urbana, Marco Antônio Bellagamba.

Com os LAP, assim que um veículo furtado passa pelo leitor, o sistema recebe a informação, que chega para Polícia Militar e Guarda Civil. A viatura mais próxima é acionada, o que dá mais rapidez na procura e localização do veículo.

Qualquer situação criminal que envolva veículos pode ter sua resolução auxiliada por meio do sistema Detecta, como assaltos ou sequestros. Uma vez que a placa do veículo usado no crime seja inserida no sistema, quando passar por um equipamento de LAP, a Polícia e a Guarda Civil recebem a informação em poucos segundos.

Detecta

O sistema Detecta é uma ferramenta do governo estadual que integra informações dos bancos de dados das polícias civil e militar, do Registro Digital de Ocorrências (RDO), Instituto de Identificação (IIRGD), Sistema Operacional da Polícia Militar (SIOPM-190), Sistema de Fotos Criminais (Fotocrim), entre outros.