Semana do Aleitamento prossegue com palestra nesta terça-feira

Programação tem várias atividades sobre o tema ao longo do mês.

A 21ª Semana Municipal do Aleitamento Materno de Rio Claro prossegue nesta terça-feira (5) com a palestra “A Importância do Profissional da Saúde no Aleitamento Materno”. A atividade será realizada às 13h30 no anfiteatro do Hospital São Rafael na Avenida 15, número 277, no bairro Saúde. O evento é aberto ao público.

A Semana do Aleitamento Materno foi aberta nesta segunda-feira (5) no CEU Mãe Preta. A assessora municipal dos Direitos da Mulher, Jaqueline Alves, ressaltou a importância do tema “Empoderar mães e pais, favorecer a amamentação” e o apoio das entidades e empresas parceiras para realização do evento. De acordo com ela, a semana tem como objetivo incentivar a amamentação que é tão importante para a saúde do bebê.

O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, também participou da atividade. “Quero cumprimentar as mães que decidem amamentar seus filhos fortalecendo esse vínculo de amor”, disse Juninho, observando que esse gesto pode ser estendido a outras pessoas através da doação de leite. “Quem tem leite em excesso faça a doação para ajudar quem precisa”, incentivou o prefeito, que também agradeceu os parceiros que apoiaram a realização do evento.

“A amamentação é uma experiência única, um gesto de amor que só fortalece o vínculo entre a mãe e seu filho, além de ajudá-lo a crescer forte e saudável”, declarou Paula Silveira Costa, presidente do Fundo Social de Solidariedade, que viveu essa experiência com suas duas filhas. “Não é fácil, mas vale a pena. É uma sensação de dever cumprido em benefício de seu filho”, destacou.

O vereador Geraldo Voluntário manifestou sua alegria em participar dessa atividade e enalteceu a disposição dos profissionais em participar das palestras para orientar a população sobre a importância da amamentação. Bruno Smirmaul, gerente do Núcleo de Educação em Saúde, Treinamento e Desenvolvimento (Nestd) da Fundação de Saúde informou que as atividades serão realizadas ao longo deste mês nas unidades de saúde com grupos de mães e gestantes. Carlos Trevisan, diretor municipal de Políticas Especiais, frisou que o tema é muito amplo porque além da saúde, a amamentação envolve ainda questões sociais, psicológicas, sentimentais e até econômicas já que as mães produzem o alimento dos filhos.

Também participaram do evento o vereador Júlio Lopes, servidores municipais e representantes das instituições parceiras: Santa Casa de Misericórdia, Proama (Projeto Amamentar – Unesp), Faculdades Asser, Câmara Municipal e Drogaria Farmazul.