Samu da região sul atende mais de 2 mil ocorrências em seis meses

Número corresponde a quase 40% do total de atendimentos realizados pelo Samu de Rio Claro.

Em seis meses de funcionamento, a base descentralizada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), na região sul de Rio Claro, foi acionada para 2.050 atendimentos. O número equivale a quase 40% do total de atendimentos realizados pelo Samu Rio Claro de junho a dezembro de 2019.

“São pessoas que estão recebendo o atendimento com mais agilidade do que antes porque agora contam com base do Samu mais próxima do local da ocorrência”, destaca o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.

Inaugurada em junho do ano passado, a base instalada na região sul da cidade reduz para menos da metade o tempo de deslocamento da ambulância até o local da ocorrência naquela região. A primeira base funciona no lado oposto da cidade, na Vila Martins, entre as regiões norte e nordeste do município.

“Estamos trabalhando para otimizar recursos e ampliar ao acesso da comunidade aos serviços de saúde”, comenta a secretária municipal de Saúde, Maria Clélia Bauer. “As necessidades são muitas e os recursos escassos e temos que estabelecer prioridades. Nesse caso, uma segunda base do Samu agiliza os atendimentos e salva vidas”, reforça o prefeito Juninho da Padaria.

Atendimentos clínicos, incluindo paradas cardíacas e crises de hipoglicemia, por exemplo, correspondem ao tipo de chamado mais registrado. “Menor tempo de deslocamento significa socorro mais rápido, o que faz muita diferença para o atendimento de urgência”, observa Silveli Pazetto, coordenadora do Samu. A comunidade pode acionar o Samu pelo telefone 192. O serviço funciona 24 horas.

A segunda base do Samu está instalada na Avenida Presidente Kennedy, 900, próximo ao aeroclube. O prédio que abriga o Samu na área sul foi reformado pela prefeitura e cumpre as exigências sanitárias preconizadas pelo Ministério da Saúde. A prefeitura investiu R$ 250 mil na reforma do prédio, recursos oriundos do montante de mais de R$ 1,5 milhão devolvido pela Câmara Municipal com recomendação para que o dinheiro fosse aplicado no setor de saúde. No mês passado o município foi contemplado pelo Ministério da Saúde com mais uma ambulância do Samu, reforçando o atendimento realizado em Rio Claro.