Rio Claro poderá usar hospital de Piracicaba durante pandemia do coronavírus

Prefeitos da região se reuniram e vão buscar agenda com o governo estadual para adoção da medida.

Os prefeitos da região de Rio Claro estão unindo forças para conter possíveis avanços do novo coronavírus (Covid-19). Reunião para discutir o assunto foi realizada na tarde desta segunda-feira (16) em Piracicaba. Os municípios pretendem solicitar ao governo estadual a ampliação de atendimento no Hospital Regional de Piracicaba, que foi inaugurado em março de 2018 e ainda não funciona em plena capacidade. A ideia é utilizar a capacidade ociosa do hospital e viagra hap abrir cerca de 75 leitos de terapia intensiva para serem utilizados em caso de necessidade para tratamento de pacientes com coronavírus.

“Estamos tomando todas as providências para que possamos combater a doença e vencer a pandemia”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, que participou da reunião com o secretário de Saúde, Maurício Monteiro. “Estamos verificando com os hospitais locais quanto podemos absorver e buscando alternativas na região para ampliar nossa capacidade de atendimento”, acrescenta Juninho.

A articulação conta com apoio dos prefeitos da região. “Nosso objetivo é unir forças para fortalecer nosso pleito e obter apoio do governo estadual em caso de eventual necessidade”, destaca Maurício Monteiro. O Hospital Regional de Piracicaba foi escolhido porque já tem estrutura pronta tornando mais ágil a abertura de leitos e instalação de equipamentos.

O prefeito Juninho lembra que Rio Claro é referência em saúde para os municípios da microrregião, assim como Piracicaba é referência para Rio Claro e outras cidades. No domingo, Juninho fez contato com o secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann Ferreira, para discutir o assunto. Agora, será solicitada agenda estadual para que os prefeitos possam apresentar formalmente o pleito regional.

Da reunião nesta segunda-feira (16) também participaram os prefeitos Barjas Negri (Piracicaba), José Antonio de Campos – Zé Banana (Ipeúna) e a vice-prefeita Doroti de Fátima Zem Lopes, Leandro Martinez (Corumbataí), Carlos Lisi (Saltinho), Helinho Zanatta (São Pedro) e vice-prefeito Thiago Silva, Antonio Carlos Defavari (Rio das Pedras), Moisés Taglieta – coordenador do Cevisa (Centro de Vigilância em Saúde) e Miguel Henrique Sperber Ribeirão – chefe de gabinete da prefeitura de Santa Gertrudes.