Para evitar coronavírus, Rio Claro fará atendimento público por telefone

Em caso de necessidade, atendimentos presenciais serão agendados.

A prefeitura de Rio Claro está tomando medidas para reduzir a circulação de pessoas pelo paço municipal e em outros prédios onde são feitos atendimento ao público, como Daae, os Cras e outros. A partir desta quarta-feira (18) não haverá atendimento presencial nas repartições municipais, ou quando for necessário, haverá agendamento por telefone. O objetivo é reduzir risco de infecção pelo coronavírus.

Nas unidades de saúde o atendimento permanecerá normal. Os demais prédios públicos municipais estarão fechados à população e o atendimento será feito prioritariamente por telefone ou email.

Nos casos em que o atendimento presencial for indispensável, haverá agendamento telefônico marcado pelas equipes de cada setor. “Com os agendamentos, poderemos evitar aglomerações, que aumentam o risco de contaminação pelo coronavírus”, explica o prefeito João Teixeira Junior, que assina o decreto sobre o assunto que está sendo publicado no Diário Oficial do Município.

Os setores nos quais as pessoas deverão agendar atendimento por telefone são o Atende Fácil (3522-2070), Secretaria da Habitação (3522-1906 e 3522-1909), Daae (3531-5205, 3531-5253, 0800 505-5200), ISSQN (3523-7226, 3533-1794), Cadastro Único (3536-7162), Cras Mãe Preta (3524-9954), Cras Brasília (3533-3752), Cras Bonsucesso (3531-3243), Cras Independência (3535-4558), Cras Panorama (3523-5112), Cras Terra Nova (3533-3556), Creas (3532-2939), Centro de Economia Solidária (3524-3054) e Centro de Referência de Atendimento à Mulher (Cram, 3532-4014).

As demais secretarias e órgãos públicos terão atendimento realizado exclusivamente via telefone ou email.