Coronavírus faz saúde suspender férias de servidores

Férias e licença-prêmio de todos os servidores da Secretaria de Saúde estão suspensas até 15 de maio.

A prefeitura de Rio Claro anunciou na terça-feira (17) que estão suspensas as férias dos funcionários da Secretaria Municipal de Saúde. Esta é uma das providências necessárias para reforçar o atendimento no setor.

As férias e licença-prêmio dos servidores estão suspensas até o dia 15 de maio, mesmo daqueles que já estão em gozo do benefício. O prazo pode ser prorrogado ou suspenso mediante necessidade.

“Neste momento precisamos ter à disposição da comunidade toda a força de trabalho possível”, destaca Maurício Monteiro, secretário de Saúde. Estes servidores também atuam junto à comunidade orientando sobre prevenção e cuidados que precisam ser adotados.

Para que todos possam estar prontos para atuarem em seus postos de trabalho, está sendo feita a intensificação na capacitação dos servidores. “As equipes estão sendo preparadas para ofereceram o melhor atendimento possível à comunidade”, frisa a médica infectologista Suzi Berbert, diretora de Vigilância em Saúde. Nesta semana, servidores da saúde participaram de reunião para receberem orientações sobre o coronavírus. Duas reuniões já foram feitas e uma terceira será realizada, abrangendo todos os servidores que trabalham na rede municipal de saúde.

“A colaboração dos viagra nedir servidores é imprescindível para que tenhamos sucesso no trabalho de combate ao coronavírus”, ressalta o prefeito João Teixeira Junior, que na terça-feira (17) participou de reunião com os servidores. O vereador Julinho Lopes também esteve presente.

As informações de suspensão de férias e licença-prêmio constam em instrução normativa divulgada aos funcionários pela Secretaria de Saúde. Rio Claro contabiliza 17 casos suspeitos do novo coronavírus. Não há nenhum caso confirmado no município.


Reunião realizada na terça-feira com servidores da Saúde.