Juninho decreta estado de calamidade e cria alimentação em casa para crianças

Medidas foram anunciadas em pronunciamento ao vivo em rede social.

O município de Rio Claro declarou estado de calamidade pública como forma de adotar medidas mais rápidas no enfrentamento da pandemia de coronavírus. Decreto assinado pelo prefeito João Teixeira Junior foi publicado no Diário Oficial desta segunda-feira (6), após anúncio feito pelo prefeito em rede social.

Durante a transmissão ao vivo, o prefeito Juninho também anunciou que o município está acatando a determinação do governo estadual para estender a quarentena de prevenção ao coronovírus até o próximo dia 22. Também está mantida a suspensão de cobrança de estacionamento de veículos na Área Azul de Rio Claro.

Outra medida anunciada pelo prefeito foi a criação do programa Alimentação Escolar Direto em Casa, que vai destinar R$ 60,00 por mês para alunos da rede pública municipal de ensino pertencentes a famílias em situação de pobreza ou de extrema pobreza, com renda de até R$ 178,00 por membro da família.O primeiro pagamento a estes alunos deverá ser feito neste mês de abril, conforme critérios estabelecidos no decreto assinado pelo prefeito Juninho.