Rio Claro vacina mais de 2.500 pessoas em drive-thru

Município já vacinou 42.206 pessoas contra a gripe. Vacinação prossegue nas unidades de saúde.

O município de Rio Claro realizou na quinta-feira (30) atendimento em drive-thru para vacinação contra a gripe ampliando o acesso da população à vacina e aumentando a cobertura vacinal na cidade. Balanço divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde aponta que 2.510 pessoas foram vacinadas no drive-thru, sendo a maioria idosos e adultos entre 55 e 59 anos.

“É importante que as pessoas que têm indicação para tomar a vacina se imunizem para se proteger contra o vírus da influenza”, recomenda o prefeito João Teixeira Junior. “A vacina não tem eficácia contra o coronavírus, mas ajuda os profissionais de saúde na exclusão do diagnóstico de coronavírus que tem os sintomas parecidos”, reforça o secretário municipal de Saúde, Maurício Monteiro.

Desde o início da campanha de vacinação, Rio Claro já imunizou 42.206 pessoas, o que corresponde a 57,88% do público a ser vacinado. Os profissionais de saúde são o grupo com maior cobertura vacinal, com 121,68%. Em seguida vêm os idosos com cobertura vacinal de 98,61%. Outras 5.519 doses foram aplicadas em doentes crônicos e a meta é superar o número do ano passado, quando foram vacinadas 11.799 pessoas deste grupo.

A campanha de vacinação contra a gripe prossegue nas unidades básicas de saúde e unidades de saúde da família, exceto as unidades do Santa Elisa, Jardim Brasília e Vila Cristina. A relação de unidades, endereços e telefones pode ser consultada no site da Fundação Municipal de Saúde (www.saude-rioclaro.org.br). “A vacina está disponível para quem faz parte dos grupos indicados pelo Ministério da Saúde”, observa Fabyolla Lourenço, enfermeira da Vigilância Epidemiológica.

Podem tomar a vacina pessoas com mais 55 anos de idade, trabalhadores do setor de saúde, professores das escolas públicas e particulares, doentes crônicos, e profissionais das forças de segurança e salvamento, funcionários do sistema prisional, caminhoneiros e profissionais de transporte coletivo.