Rio Claro amplia número de testes para coronavírus

Novo protocolo passou a ser usado na segunda-feira (8) nas unidades de saúde do município.

Em Rio Claro mais pessoas irão realizar testes rápidos para diagnóstico da Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus. As indicações para exames estão sendo ampliadas a partir de segunda-feira (8) e seguirão critérios estabelecidos pela Secretaria Municipal de Saúde para nortear as ações das equipes de saúde.

“Os números mostram que a doença está em fase crescente no município e a identificação e diagnóstico precoces são fundamentais para evitarmos a transmissão e para que sejam adotados os cuidados necessários com o paciente”, observa o prefeito João Teixeira Junior, lembrando que o município adquiriu 10 mil testes rápidos que já estão sendo utilizados e que serão fundamentais para atender os casos definidos no novo protocolo. Há também quatro mil testes rápidos que foram disponibilizados pelo governo federal. “Estamos investindo e empenhando esforços para atender a população e evitar que o coronavírus faça novas vítimas na cidade”, acrescenta o prefeito Juninho.

Novo protocolo de testagem foi elaborado pelo Comitê de Contingência do Coronavírus da Secretaria Municipal de Saúde. Agora, além dos pacientes com indicação de internação e profissionais de saúde com sintomas, mais pessoas também farão testes. Os exames serão realizados em profissionais da segurança, da limpeza pública, dos transportes públicos e de funerárias, desde que estejam apresentando sintomas. População sintomática com condições de risco para desenvolvimento de complicações também tem indicação de teste. Entre os fatores considerados de risco estão doenças neurológicas, obesidade, diabetes, pneumopatias graves e idade (mais de 60 anos).

“Além de adotar recomendações do governo estadual, o município amplia a testagem além do determinado, preconizando a realização de exames também para pessoas com idade entre 15 e 59 anos, economicamente ativas e com sintomas”, destaca Maurício Monteiro, secretário de Saúde. Nestes casos serão realizados testes rápidos a partir do 14º dia de sintomas.

“O tipo de exame realizado em cada caso, seja teste rápido ou PCR, segue as recomendações do Ministério da Saúde, levando em consideração a data do início dos sintomas”, observa Suzi Berbert, diretora de Vigilância em Saúde. Caberá à equipe de saúde fazer a avaliação e encaminhamento para exames.

Neste momento de flexibilização da quarentena, Rio Claro adota a testagem ampliada com o objetivo de identificar precocemente casos em pessoas com maior risco para complicações, o que permite monitoramento mais ativo e atuação com maior rapidez nos casos. Além disso, é possível identificar os infectados com finalidade de afastamento e isolamento domiciliar rigoroso para impedir a cadeia de transmissão.