Tempestade ocasiona queda de energia e paralisa ETA 1

Raios danificaram fusível que alimenta a ETA 1, afetando o fornecimento nos bairros abastecidos. Previsão inicial para o restabelecimento da energia e do abastecimento de água é para às 22h. Sistema de telefonia da autarquia também está comprometido por tempo indeterminado.

Durante a tempestade que atingiu Rio Claro na tarde dessa quarta-feira (13), raios danificaram o fusível da entrada da cabine de força que alimenta a Estação de Tratamento de Água (ETA 1), ocasionando sua paralisação.

A previsão inicial para o restabelecimento da energia e retomada da operacionalidade da ETA 1 é para às 19h e o fornecimento de água deve ser restabelecido por volta das 22h.

Com isso, deve acontecer baixa pressão ou interrupção temporária no fornecimento de água no distrito de Assistência e nos bairros: Bela Vista, Cidade Nova, Vila Alemã, Santa Cruz, Santana, Centro, Cidade Jardim, Saúde, Copacabana, Bairro do Estádio, Cidade Claret, Vila do Rádio, Jd. Inocoop, Jd. Mirassol, Jd. Novo, Jd. Anhanguera, Jd. Kennedy, Jd. Donângela, Jd. Conduta, Jd. do Trevo, Jd. Nova Veneza, Vila Operária, Vila Paulista, Vila Santo Antonio, Vila Indaiá, Vila Aparecida, Vila do Horto, Consolação, Parque Flórida, São Benedito, Itapuã, bairro Olímpico e Porto Fino.

“Só conseguiremos retomar os trabalhos da ETA 1 após serem realizadas as devidas manutenções nas avarias provocadas pelos raios. Por isso, pedimos compreensão e ajuda dos munícipes para que façam o uso responsável da água nessa quarta-feira”, comenta Osmar da Silva Junior, superintendente do Daae.

O sistema de telefonia do Daae, que atende pela linha 0800-505-5200, também está comprometido por conta da tempestade e deve ficar inoperante durante toda essa quarta-feira (13).

A ETA 1 fica no bairro Cidade Nova e é responsável por 40% do abastecimento de água de Rio Claro. Os outros 60% são abastecidos pela ETA 2, que fica na estrada que liga o Distrito Industrial ao distrito de Ajapi e está funcionando normalmente.

Conforme o abastecimento vai sendo retomado gradativamente nos bairros, serão realizadas descargas na rede, mas mesmo assim, pode haver casos pontuais de cor escura na água.

Isso acontece por conta da despressurização ocasionada pela paralisação temporária do fornecimento de água, fazendo com que incrustações que estão na parede da tubulação se soltem e ao retomar o abastecimento, a pressão da água acaba deslocando estas incrustações na rede.

O aumento temporário na pressão em alguns pontos da rede pode deixar a água com um aspecto “esbranquiçado”. Neste caso, a água está com microbolhas, por conta dessa pressão, tanto que, em segundos, a água fica com seu aspecto normal e pode ser consumida normalmente.

A autarquia reforça a importância de os moradores terem caixa d’água em seus imóveis, que reduz transtornos em casos de interrupção no fornecimento de água.