Rio Claro intensifica ações contra a tuberculose

A doença tem cura se diagnosticada em tempo e com tratamento correto.

No Dia Mundial de Combate à Tuberculose, 24 de março, Rio Claro realizará ações preventivas à doença com pessoas em situação de rua na praça Dalva de Oliveira, às 8 horas. “Esta é uma população mais vulnerável e que precisa deste olhar mais atento para que seja possível identificar mais precocemente a doença”, observa Valeska Canhamero, enfermeira responsável pela Vigilância Epidemiológica de Rio Claro. Além de orientações, será realizada coleta de material para exames destas pessoas. O trabalho contará com o apoio da Secretaria do Desenvolvimento Social, por meio do Serviço Especializado de Abordagem Social.

A Secretaria Municipal de Saúde vem reforçando orientações à comunidade a respeito da tuberculose, doença infectocontagiosa que atinge principalmente os pulmões e que, se tratada corretamente e em tempo, tem cura. Até o próximo dia 29 as precauções e ações relativas ao assunto são tema da campanha “Respire aliviado. Tuberculose tem cura!”. A busca ativa a casos da doença está intensificada e inclui coleta de dados clínicos e de amostras de material para análise em laboratórios. Os resultados são rápidos, o que possibilita ao paciente iniciar o tratamento o mais rápido possível.

Tosse persistente, febre baixa, suor noturno, falta de apetite, perda de peso, cansaço fácil, fraqueza e dor no peito são os sintomas da tuberculose. Em caso desses indícios, as pessoas devem procurar a unidade de saúde mais próxima de sua residência.

O tratamento é feito por seis meses e não deve ser interrompido. O paciente deve tomar diariamente os medicamentos prescritos. Somente o Sistema Único de Saúde, SUS, realiza o tratamento contra a tuberculose.

Outra orientação importante da Secretaria Municipal de Saúde é que todos os que convivem com a pessoa com tuberculose devem passar por avaliação. Quanto mais precoce for o diagnóstico, maior a chance de cura.